O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 1 de junho de 2012

O ESPELHO DA ALMA


Às vezes, é preciso rasgar as nossas roupas.

Arrancar de nossos ombros a imagem que vestimos para o mundo. Admitir as nossas frustrações, esconder-nos nos nossos medos, reconhecer os nossos desejos e defeitos.

Como o alpinista que encara de frente o abismo; ou o navegante que, sob o céu escuro da noite sem lua, busca a luz da estrela distante que o guie na viagem solitária.

Às vezes, é preciso levantar os panos da hipocrisia e das convenções e descobrir o espelho da alma, para que nele possamos ver refletido o nosso verdadeiro Eu.

Porque ninguém existe que seja inteiramente bom, ou completamente mau. A bondade e a maldade convivem em todo homem, e esta é a razão de caminharmos sobre a terra.

É preciso admitir esta verdade, para que a jornada realmente se inicie. Pois aquele que não sabe aonde quer chegar não pode traçar o rumo que deve seguir.

Este será joguete de seus desejos e suas vontades; e seguirá para onde o levem os ventos, incapaz de posicionar as suas velas e assumir o controle da própria vida.

De sua boca, ouvireis as mais amargas reclamações sobre o destino inclemente e os mais pueris protestos de inocência quanto aos males que surjam em seu caminho.

Sensato será aquele que admita as suas imperfeições e assuma o fardo das suas consequências; apenas assim poderá alijá-lo de seus ombros, para mais leve prosseguir a caminhada.

Porque admitir o erro, em vez de imputar aos seus irmãos a culpa que só a ele pertence, é o primeiro passo para que o homem possa encontrar a redenção.
  
Às vezes, é preciso rasgar as nossas roupas.

Para sentir na pele a carícia do vento, o calor do sol e a frieza da chuva. Para que aqueles que nos cercam possam realmente conhecer-nos e entender as nossas reações.

Para que possamos ser sinceros conosco; para desabafar por um instante e aliviar a pressão que sentimos na maior parte do tempo, durante todos os dias.

Às vezes, é preciso rasgar as nossas roupas.

Para encontrar o nosso verdadeiro Eu.      

42 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Assim é Árabe! É preciso que sejamos transparentes e verdadeiros para que possamos ser felizes.
Nada que possamos aparentar, servirá de reflexo do que verdadeiramente somos.
Linda reflexão, Árabe!
Bom fim de semana! Beijos

1 de junho de 2012 18:08  
Blogger RITA DE CÁSSIA disse...

COMO SABER QUEM SOMOS REALMENTE?

1 de junho de 2012 18:23  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

sim, rasgar as roupas e renascer de novo.
belo texto.
um bom fim de semana.
beijo

2 de junho de 2012 09:58  
Blogger Magia da Inês disse...

.•°`♥✿⊱╮
❤♡
Olá, amigo!
A vida é uma preciosidade, mas às vezes, é preciso ter uma paciência... com nós mesmos.
Sempre assim rasgando, costurando, refazendo nossas roupas... outras vezes, comprando roupas novas...
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil.
°º °♫♫♪¸.•°`

3 de junho de 2012 04:03  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Muito lindo e verdadeiro Árabe. Um beijo!

3 de junho de 2012 09:36  
Blogger Fa menor disse...

Sim. É preciso rasgar as roupas da alma e vê-la a nu ao espelho.
E vestir roupas lavadas.

Bjo

4 de junho de 2012 04:08  
Blogger ✿ chica disse...

Maravilha!Bem verdade!!Rasgar nossas roupas e tentar achar o EU... E é preciso!! abraão, tudo de bom,chica

4 de junho de 2012 04:52  
Blogger ISA disse...

Bonita mensagem, mas para tal acontecimento, mencionado aqui nesta semana, é preciso uma enorme força de vontade, coragem para deixarmos o N/ verdadeiro EU transparecer pelas roupas, as quais o têm vindo oprimir, ganha essa batalha, saberemos nos identificar.

Boa Semana
Abraço

4 de junho de 2012 14:43  
Blogger TITA disse...

...e vestirmo-nos de novo...Que bom voltar aqui.Aquele abraço.

4 de junho de 2012 15:40  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

O difícil é "encarar" esse momento de rasgar tudo - se tornar transparente - mas a gente tem que tentar. Excelente texto.

Sempre bom e confortante passar por aqui, ler escritos seus. Obrigada.

beijo grande querido amigo, boa semana!

4 de junho de 2012 20:50  
Blogger helia disse...

`´E mesmo verdade ! às vezes é preciso afastar o medo , rasgarmos a roupa e mostrar o noso eu !

5 de junho de 2012 00:22  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei muito deste texto, posso
colocá-lo no sinfoniaesol?
Um grande beijinho e obrigada
pelas suas palavras no meu
intemporal-pippas.
Irene Alves

5 de junho de 2012 07:39  
Blogger CamilaSB disse...

« Rasgarmos as nossas roupas » e voltarmos o olhar para dentro de nós mesmos, é um gesto que exige verdade e reflexão... concordo plenamente com as suas palavras, sobretudo quando diz que « a maldade e a bondade convivem em todo o homem » no meio de tudo isto, o importante é que nos esforcemos para que dentro de nós, o bem prevaleça sobre o mal... Assim, poderemos ser mais felizes, nós e os outros...
Olá, amigo... é sempre um gosto passar por aqui! Obrigada pelo carinho e um beijinho!

6 de junho de 2012 07:40  
Anonymous irene alves disse...

Meu querido amigo, é para lhe dizer
que já coloquei no sinfonia e sol
O Espelho da Alma. Espero que
esteja do seu agrado.
Eternamente grata.
Beijinhos.
Irene Alves

6 de junho de 2012 08:32  
Blogger C Valente disse...

Tantas necessidades que temos, na verdade o importante é saber superar
Saudações amigas

6 de junho de 2012 13:18  
Blogger O Árabe disse...

E belo comentário, Olhos de Mel! Bom resto de semana.

7 de junho de 2012 07:38  
Blogger O Árabe disse...

Este, Rita, é o objetivo da jornada: encontrar o nosso verdadeiro Eu. Bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:38  
Blogger O Árabe disse...

... e tantas são as vezes em que precisamos fazê-lo, Piedade! Grato, bom resto de semana.

7 de junho de 2012 07:39  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Inês! Ainda bem que são muitas as nossas roupas. :) Bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:40  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Claudinha, pela gentileza e amizade. Bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:41  
Blogger O Árabe disse...

Sempre, Fa menor! Muitas são as roupas que abandonamos; outras tantas, apenas lavamos. :) Bom resto de semana.

7 de junho de 2012 07:42  
Blogger O Árabe disse...

É, Chica... é a razão da nossa caminhada! Bom resto de semana, amiga.

7 de junho de 2012 07:42  
Blogger O Árabe disse...

Esse é o ponto, Isa: aprendermos a nos identificar. Bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:43  
Blogger O Árabe disse...

E que bom contar com a sua presença, Tita! Bom resto de semana.

7 de junho de 2012 07:44  
Blogger O Árabe disse...

Temos que tentar, Tina... e o fazemos todos os dias. Sempre uma alegria a sua presença, minha amiga; bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:44  
Blogger O Árabe disse...

Iso, Helia... ou o veremos sufocar. Bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:45  
Blogger O Árabe disse...

Claro, Irene! À tua disposição estão todos os nossos textos, amiga; obrigado. Bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:46  
Blogger O Árabe disse...

E é sempre muito bom contar com a sua presença, Camila! Obrigado, bom resto de semana.

7 de junho de 2012 07:47  
Blogger O Árabe disse...

Ficou ótimo, Irene. Obrigado, amiga!

7 de junho de 2012 07:48  
Blogger O Árabe disse...

Em verdade, amigo Valente, este é o aprendizado. :) Meu abraço, bom resto de semana!

7 de junho de 2012 07:48  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo boa tarde,
Gosto tanto de ler as suas reflexões. Considero-me transparente-me, não sendo perfeita, longe disso.
Tento fazer a minha conversão diariamente.
Por vezes sinto-me incompreendida nesta minha maneira de ser. Parece que não querem aceitar-me assim. As pessoas hoje são muito fechadas, reservadas e quem se abre mais um pouco não é bem vista.
"Rasgo as minhas roupas" tantas vezes, mas como fazer passar a mensagem?
Muito grata pelas suas palavras no meu canto.
Um beijinho.
Ailime

7 de junho de 2012 09:31  
Blogger Multiolhares disse...

Ás vezes é preciso pararmos e decidir conhecermos-nos, aceitarmos-nos e decidir romper os medos e estarmos abertos ao novo
bjs

7 de junho de 2012 10:36  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

hoje vim deixar o meu sorriso :) e votos de um óptimo feriado.

um beij

7 de junho de 2012 10:58  
Blogger Luma Rosa disse...

É, meu amigo! Às vezes acho que o tempo de Deus, deveria ser também adorado aos homens, porque quando tomamos consciência do que realmente queremos, parece que é tarde. Os manuais dizem: nunca é tarde.
Se eu filosofar sofre essa frase, entrarei em um redemoinho: nunca não existe, assim com o "tarde". Pois tarde já é. O nunca vem complementar. Tarde é nunca. Quais são os grandes planos humanos? Na maioria das vezes é incluído a posse. Comprar uma casa, um barco, um carro... Quais são as metas humanas diante da superficialidade que vivem?
Se você tiver amor pelas pessoas, você não terá amor pelas coisas... o grande plano de Deus sempre foi: fazer os homens se interessarem pelas pessoas e por isso Jesus morreu pregado em uma cruz!
Shalom!!
Beijus,

7 de junho de 2012 20:26  
Anonymous De... disse...

Tema árduo e complexo... e importantíssimo, Árabe.

Nossas roupas revestem apenas o nosso "eu" inferior, aquilo que chamamos de personalidade.
Rasgar nossas roupas é sim, um primeiro passo... aquele passo que nos faz cientes de nossas frustrações, desejos e defeitos, como tão bem o disse você.
Mas não basta ter "ciência" disso tudo... é preciso ter "consciência" de que é preciso mudar internamente... mesmo que lentamente.
Enquanto acreditarmos que a realização de nossos desejos está em algo fora de nós, ou que depende de outra pessoa (amor, sexo, dinheiro, posses), mais estaremos alimentando essa "persona".

Isso fará apenas que vejamos o nosso "eu" inferior desnudo, pois o nosso "Eu" superior, nosso "Eu" verdadeiro... aquele que é essência... aquele que se espelha em nosso Criador... desse "Eu" ainda temos apenas vislumbres.

Beijos em seu fim de semana...

8 de junho de 2012 08:58  
Blogger O Árabe disse...

Talvez não o consigamos, Ailime, mas pelo nosso próprio bem precisamos tentar. Bom fim de semana!

8 de junho de 2012 18:04  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Luna: às vezes é preciso! Bom fim de semana.

8 de junho de 2012 18:05  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade; um sorriso sempre alegra o nosso dia! Bom fim de semana.

8 de junho de 2012 18:05  
Blogger O Árabe disse...

Bela reflexão, Luma! Salam Aleikum, bom fim de semana!

8 de junho de 2012 18:06  
Blogger O Árabe disse...

E esse é o ponto, De: precisamos descobrir o nosso verdadeiro Eu. Bom fim de semana!

8 de junho de 2012 18:07  
Blogger Peregrinus disse...

Quando nos espelham a Luz do Ser é tempo de gratidão.

1 de julho de 2012 10:44  
Blogger O Árabe disse...

Sempre é, Peregrinus. A cada dia, pelos novos amigos! Boa semana.

1 de julho de 2012 16:37  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky