O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

A VOSSA SOLIDÃO


Eu percebo a vossa solidão.
Por detrás de vossos rostos sorridentes, das portas de vossas casas. Das mesas lotadas de vossos bares, da música estridente de vossas festas, da vossa dependência de companhia.  
Eu percebo a solidão que vos separa, em meio a vossas próprias famílias. Que se esconde atrás de vossas juras de amor, que espreita em vossas almas, que tentais afogar em cada beijo.
A solidão que vos atinge nas horas mortas da noite, quando cessam os ruídos do mundo. Que se faz mais presente quando todos dormem, e ficais a sós com os vossos pensamentos.
A solidão que buscais afastar em cada novo sonho. Que julgais expulsar de vossos lençóis, entre sussurros e gemidos de prazer, mas se esconde sob vossas camas e retorna após o orgasmo.
A solidão que chora em cada verso sentido que canta o amor; que inspira as mais lindas canções e os textos mais comoventes. A solidão que procurais, em vão, arrancar de vossos dias.
Eu percebo a vossa solidão. Aquela que, como a sombra, vos acompanha por todos os cantos e em todas as horas, embora possa mostrar-se apenas às vezes, quando a luz o permite.
Eu percebo a vossa solidão. Aquela que não se dissolve nas vossas lágrimas sofridas, por mais que choreis; e que coloca uma nesga de medo e tristeza em todos os vossos sorrisos. 
Eu percebo a vossa solidão. Vejo que, em um mundo que se torna cada vez menor, estais a cada dia mais separados e distantes uns dos outros; porque mais e mais vos afastais de vós mesmos.
Não é no sucesso, que encontrareis a cura para a solidão; nem na riqueza, nem no poder e nem mesmo em afagos e carícias passageiras, que não vão além da vossa pele e da vossa carne.  
Pois não é em vossos corpos, que sentis a solidão; mas em vossa alma. Estareis sós, ainda que andeis em meio a multidões, enquanto não aceitardes a vossa própria companhia. 
Assim eu vos tenho dito. Mas insistis em esconder-vos atrás de vossos medos e de vosso egoísmo, esquecidos que de nada adianta sorrir para o mundo, se a solidão dói em vosso verdadeiro Eu. 
É em vós, e não naqueles que vos cercam, que está a sensação de companhia. Sempre vos sentireis sós, a menos que sejais capazes de amar e, verdadeiramente, confiar em alguém.
Guardai convosco esta verdade. Pois necessitais vencer os vossos medos e abandonar a falsa proteção dos vossos muros, para que possais descobrir quão reconfortante é sentir-se acompanhado.
Só assim, vencereis a vossa solidão. 

Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/jaimevillalba-nocturne.mid 

28 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Ė um belo texto! Esse tema ė muito complexo. Musica e imagem lindas!
Bom fim de semana! Beijos

29 de setembro de 2017 20:47  
Blogger ✿ chica disse...

Sabedoria pura em tuas palavras! Tantas vezes a solidão está dentro de nós! abração, linda semana,chica

30 de setembro de 2017 03:12  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Boa noite Árabe!

Sábias palavras como sempre... Falo a você o seguinte: das vezes em que precisei ficar só, aprendi a buscar coisas que para mim faz muito sentido, como por exemplo, apreciar melhor a beleza da natureza, distinguir melhor as coisas úteis das inúteis, refletir sobre a própria vida, aprender a caminhar sozinha e até mesmo descansar a alma dos sentimentos.Penso que, a solidão nos acompanha, dependendo do nosso estado de espírito, muitas vezes estamos cercados de pessoas e nos sentimos sozinhos, não é mesmo? Árabe, tenha um ótimo domingo! Amei tudo, muito grata e um grande abraço!

30 de setembro de 2017 16:24  
Blogger Branca disse...

Belas palavras! A solidão pode estar conosco mesmo quando estamos cercadas por pessoas.
:)

30 de setembro de 2017 18:23  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

Já diz a letra de uma música que amo:
"A solidão é fera
A solidão devora
É amiga das horas
É Prima-irmã do tempo
E faz nossos relógios
Caminharem lentos..."

Assim como uma pedra, o solitário,pode ter um valor ainda maior já que seu brilho nunca é ofuscado, alguns seres humanos parece que foram separados para ser uma joia, joia no saber e no viver.

Desejo-lhe uma linda e inspiradora semana.
beijos no teu coração.
Joelma

1 de outubro de 2017 12:27  
Blogger CÉU disse...

Olá, estimado amigo!

Diz o provérbio: "mais vale só, que mal acompanhado", contudo há quem pense precisamente o contrário: antes mal acompanhado do que só. Eu creio que a solidão, sobretudo, para os mais velhos, é uma realidade difícil e para os mais novos, ela tem outros contornos.

Um excelente texto, que nos ajuda a refletir.

Abraços e boa semana.

2 de outubro de 2017 08:29  
Blogger Ailime disse...

Meu amigo e bom Árabe,
Maravilhosa esta dissertação sobre solidão.
Penso que abordou aqui toda a espécie de solidão que pode acontecer nas mais díspares situações, mas na verdade a maior é a que existe dentro de nós.
Vou focar três aspetos que me tocaram. Andamos cada vez mais de costas uns para com os outros e isso influi segundo penso até na solidão global.
Vou transcrever, se me permite, as duas últimas que achei sublimes: “Estareis sós, ainda que andeis em meio a multidões, enquanto não aceitardes a vossa própria companhia.”
“Sempre vos sentireis sós, a menos que sejais capazes de amar e, verdadeiramente, confiar em alguém.
Solidão um tema bem complexo, mas que o meu amigo aqui eloquentemente tratou.
Obrigada!
A música em perfeita sintonia.
Beijinhos e votos de uma boa semana.
Ailime

2 de outubro de 2017 11:38  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

Tens toda a razão nessa análise!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

2 de outubro de 2017 13:21  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Como se define a solidao? Se perguntares a dez pessoas, cada uma lhe dira uma resposta, e para vc vai ser verdadeira a resposta que mais parecer com o seu pensamento...
Assim é a solidao, é individual... para alguns é ausencia de pessoas ao redor,para outros é a ausencia de si mesmo...

Beijos, Arabe...

2 de outubro de 2017 22:26  
Blogger Marina Fligueira disse...


Un texto precioso envuelto en prosa. Es la soledad triste, cuando es impuesta, mas a veces se necesita estar solo/a, para pensar y meditar.
Siempre es un placer pasar a leerte.

Te dejo un beso y me gratitud.
Se muy -muy feliz.

3 de outubro de 2017 03:25  
Blogger São disse...

Ainda estava na faixa dos vinte anos quando escrevi isto:

O ser humano é uma ilha rodeada de inavegável solidão!


Temos que saber encontrar em nós aquilo que preenche a nossa vida .

Beijos e feliz Outubro, Swami.

3 de outubro de 2017 04:45  
Blogger Sissym Mascarenhas disse...

Arabe,

Nestes ultimos anos, sou a prova de que um rosto sorridente não é garantia de alegria e sim muita solidão. Coisas da vida.

Bjs

5 de outubro de 2017 12:23  
Blogger Fá menor disse...

Amar e confiar: eis a chave. Muito bem. Gostei muito.

Meu abraço.

5 de outubro de 2017 12:48  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. E você tem razão: tema complexo, sim; mas sempre presente em nossas vidas! Bom fim de semana, fique bem.

6 de outubro de 2017 07:57  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Chica! Solidão, melancolia, felicidade... são coisas que estão dentro da gente, e de nada adianta procurarmos causas ou remédios ao nosso redor! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

6 de outubro de 2017 07:58  
Blogger O Árabe disse...

Esta é uma bela receita, Maria Luzia: aprender usar a solidão para buscar coisas que fazem sentido para o nosso verdadeiro Eu. Gostei da ideia, obrigado. Boas "férias" e bom fim de semana!

6 de outubro de 2017 08:02  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Branca! Até porque é dentro de nós que ela mora. :) Obrigado, bom fim de semana!

6 de outubro de 2017 08:06  
Blogger O Árabe disse...

Também adoro essa música de Alceu Valença, Joelma! E concordo com você: existem, sim, seres humanos que florescem melhor na solidão. Obrigado, bom fim de semana.

6 de outubro de 2017 08:13  
Blogger O Árabe disse...

Acho que você está certa, Céu: para cada um, a solidão tem um contorno e um significado muito próprio. Obrigado, minha amiga; bom fim de semana.

6 de outubro de 2017 08:23  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Ailime, por tua amizade e gentileza. E estamos de acordo: a maior solidão é aquela que existe dentro de nós; essa, é que verdadeiramente nos separa de tudo e todos. Bom fim de semana!

6 de outubro de 2017 08:25  
Blogger O Árabe disse...

Não sei bem se eu chamaria de análise, Isy... é mais um fruto da minha própria solidão. :) Obrigado, bom fim de semana!

6 de outubro de 2017 08:26  
Blogger O Árabe disse...

Achei linda esta frase, Arco-Íris: "Assim é a solidao, é individual... para alguns é ausencia de pessoas ao redor,para outros é a ausencia de si mesmo...". É isso mesmo, amiga; e que sensibilidade você tem! Obrigado, bom fim de semana.

6 de outubro de 2017 08:29  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Marina: nada como a solidão, para que possamos meditar! Obrigado, minha amiga; bom fim de semana, fica bem!

6 de outubro de 2017 08:30  
Blogger O Árabe disse...

Como sempre, São, colocas verdades que às vezes fingimos não perceber. Eu também, desde muito novo, tenho essa sensação de solidão; e concordo, mais uma vez, quando dizes que: "Temos que saber encontrar em nós aquilo que preenche a nossa vida.". Puras verdades, amiga! Meu abraço, bom fim de semana.

6 de outubro de 2017 08:32  
Blogger O Árabe disse...

Grande alegria com a sua presença, Sissym. E concordo: muitas vezes, o rosto mais sorridente esconde a maior solidão. É por isso que adoro "Smile", de Chaplin, principalmente com Michael Jackson; é tão lindo, que chega a doer! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

6 de outubro de 2017 08:36  
Blogger O Árabe disse...

Para mim, Fa, não existe outro caminho. :) Obrigado, minha amiga; bom fim de semana!

6 de outubro de 2017 08:37  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Bom fim de semana, Árabe! Paz e saúde.Obrigada!

6 de outubro de 2017 14:51  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Maria Luzia, pela amizade e pelo carinho constantes!

6 de outubro de 2017 17:06  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky