O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 8 de julho de 2011

A LIBERDADE E OS SONHOS

Criais as vossas próprias prisões.

E vos perdeis, ao acorrentar as vossas almas à frustração dos desejos insatisfeitos. Ou ao lamentar o sonho que se foi, esquecidos da felicidade que um dia vos trouxe.

Isto eu vos tenho dito, e repetirei enquanto me quiserdes ouvir. Pois é ao chocar-se repetidamente contra a pedra, que a água aos poucos escava a caverna por onde um dia escorrerá.

E assim acontece também ao homem: é preciso que muitas vezes se repita o conselho, para que possa vencer as barreiras dos seus ouvidos e encontrar guarida em seu coração.

Guardai-vos, portanto, de lamentar as vossas desilusões. Porque a tristeza é como as nuvens cinzentas, que ao poucos se ajuntam até roubar-vos a visão do sol, que brilha no horizonte.

Participai, sim, do enterro dos vossos sonhos. Pois ninguém existe que se despeça sem tristeza dos seus momentos de alegria. Cuidai, entretanto, de sepultar também a esperança.

Pois o sonho é como a porcelana, que uma vez estilhaçada jamais voltará a ser como antes. E insensato é o homem que insiste em tropeçar novamente na mesma ilusão.

Porém, ao invés de vos entregardes à escuridão do desânimo, deveis buscar a luz de um novo sonho. Porque os sonhos são como as rosas: a cada uma que tomba, nasce um novo botão.

E os sonhos são como as estrelas: incontáveis, no céu do vosso universo. E para cada um que se apaga, outro haverá de brilhar, para iluminar a vossa caminhada.

Acreditai, portanto, nos vossos sonhos. Porque deles dependerá o tamanho e a força das vossas asas, e até onde vos poderão levar. Deles, dependem a vossa liberdade e a vossa vida.

Dos vossos sonhos, depende o tamanho do vosso mundo. Porque ninguém existe, que possa tornar realidade algo em que não acredita; ou atravessar fronteiras que não crê existirem.

Desacorrentai-vos, pois. Abandonai os vossos medos, os vossos preconceitos e os desejos desmedidos. Abraçai a tolerância e a solidariedade, para que possais entender os vossos irmãos.

Renunciai ao orgulho de impor as vossas respostas e encontrareis novas perguntas. Vivei intensamente os vossos sonhos, e não vos assustará o fantasma da desilusão.

Assim, encontrareis o caminho da liberdade.

E por ele passará o vosso verdadeiro Eu.

38 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; muito lindo e emocionante! A pior corrente que nos aprisiona é o orgulho. Ele nos impede de caminhar em direção a realização dos nossos sonhos.
Desilusões virão sempre; mas ainda assim sonhar é preciso e acreditar neles.
Lindo demais, Árabe! Musica, imagem e prosa poética.
Um bom e feliz fim de semana!
Beijos

8 de julho de 2011 18:19  
Blogger Fa menor disse...

Nunca se canse de repetir os bons conselhos.

Abraços

9 de julho de 2011 04:22  
Blogger ISA disse...

Caro Amigo

Como sempre excelente texto e algumas dicas para a realização dos mesmos, mas há sonhos e Sonhos e cada um de nós. tem de saber travar cada obstáculo para os seus Sonhos conseguir.

Um abraço e Bom Fim-de-Semana.

9 de julho de 2011 04:51  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Deus nos livre de todas estas correntes... Lindo texto! Um beijo!

10 de julho de 2011 09:38  
Blogger ✿ chica disse...

Maravilha,Árabe... Bela mensagem pra iniciar uma semana e sempre! abraços,chica

11 de julho de 2011 10:43  
Blogger C Valente disse...

"Pois o sonho é como a porcelana,"
texto muito lindo
Saudações amigas

11 de julho de 2011 11:57  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Participar do enterro dos meus
sonhos, propõe o seu texto.Acertou
amigo, como eu tenho necessidade
de fazer isso.Beijinhos e parabéns
pelo texto.
Irene

11 de julho de 2011 12:00  
Blogger Smareis disse...

Oi Árabe, um texto muito reflexivos pra ler. Os sonhos precisa ser livres pra voarem e ser realizados.
Um Beijo e uma ótima semana!

11 de julho de 2011 12:52  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Meu querido, muitos sonhos venho enterrando para não errar de novo.
É preciso sonhar sonhos que valham a pena serem sonhados, que sejam reais, e que venham curar as feridas.
Há que entendermos que o eu só se tornará mais ameno quando buscarmos a humildade, ao invés do orgulho e outras vaidades.
Um fraterno e afetuoso abraço.

11 de julho de 2011 20:19  
Blogger ONG ALERTA disse...

Veradade os sonhos sáo como as estrelas incontáveis no céu, beijo Lisette.

12 de julho de 2011 04:31  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Viver, reviver intensamente os bons sonhos e os momentos de paz e felicidade...
É isso aí, amigo!
Uma incrível semana, Árabe!!!
Beijos

12 de julho de 2011 09:39  
Blogger Magia da Inês disse...

♥ •˚。
Amigo,
É preciso sonhar... liberdade também é preciso...
Passei para te deixar um abraço.
Beijinhos, querido.
Minas
♥ •˚。
°° 。♥。
●/ ♥•˚。˚
/▌
/ \ 。˚。♥

14 de julho de 2011 01:57  
Blogger Daniel disse...

É difícil Arabe, mas juro que tento, tento e tento. Não desito. Principalmente de sonhar. Aliás, os sonhos são o motivo do meu seguimento aqui neste plano. Se não os tivesse já teria ido embora há muito tempo.

Daniel

14 de julho de 2011 14:25  
Anonymous De... disse...

Belíssimo texto!
Os sonhos expandem e iluminam a Alma.
Eles são os protótipos do futuro.
Sonhemos, então, Árabe!

Beijosss...

14 de julho de 2011 19:52  
Blogger helia disse...

"Vivamos pois os nossos sonhos e encontraremos o caminho da liberdade..."
Um texto muito bonito e que me deu muito prazer lê-lo.
Bom fim de semana

14 de julho de 2011 23:56  
Blogger TITA disse...

Àrabe,como precisamos de nos desacorrentar...Belíssima esta tua mensagem.Um abraço.

15 de julho de 2011 00:26  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. E você tem razão: é preciso sonhar. Sempre. :) Bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:21  
Blogger O Árabe disse...

Assim será, Fa menor, enquanto houver corações que os ouçam. :) Bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:22  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Isa: há sonhos e sonhos... cada um tem o seu próprio sonho, e precisa vencer os seus próprios obstáculos. :) Bom fim de semana, amiga!

15 de julho de 2011 06:32  
Blogger O Árabe disse...

Bela síntese, Claudinha: Deus nos livre! :) Bom fim de semana.

15 de julho de 2011 06:32  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Chica, pela amizade e gentileza. :) Bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:33  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Valente; meu abraço, bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:34  
Blogger O Árabe disse...

Doloroso sempre, Irene... mas às vezes necessário. Bom fim de semana, amiga!

15 de julho de 2011 06:34  
Blogger O Árabe disse...

Gostei da colocação, Smareis; e precisamos ser livres, para realizá-los. :) Bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:35  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, irmão Antonio Lidio! Meu abraço, bom fim de semana.

15 de julho de 2011 06:36  
Blogger O Árabe disse...

São, sim, Lisette... e quanto deles precisamos! :) Bom fim de semana.

15 de julho de 2011 06:37  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vanuza; bom fim de semana, amiga!

15 de julho de 2011 06:37  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Inês, pela gentileza e pelo comentário. :) Bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:38  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Daniel: os sonhos são esperanças, que nos animam a seguir em frente. :) Meu abraço, bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:39  
Blogger O Árabe disse...

É preciso, De... sonhar torna o mundo melhor! :) Bom fim de semana.

15 de julho de 2011 06:39  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Hélia. Bom fim de semana, amiga, com muitos sonhos! :)

15 de julho de 2011 06:40  
Blogger O Árabe disse...

Precisamos, sim, Tita... nós mesmos nos acorrentamos. :) Bom fim de semana!

15 de julho de 2011 06:41  
Blogger Parole disse...

Como sempre suas palavras são maravilhosas e sábias.

Os meus sonhos tem data de validade... a vida é muito curta para ficar perdendo tempo com sonhos impossíveis.

Beijo

15 de julho de 2011 15:43  
Blogger O Árabe disse...

Interessante sugestão, Parole. Gostei! :) Bom fim de semana.

15 de julho de 2011 18:08  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

bons conselhos.

sempre!

beij

16 de julho de 2011 14:35  
Blogger Vanessa ੴ disse...

Belíssimo, querido Árabe!
Preciso consultar meu dicionário para usar novos adjetivos, pois você é surpreendente!
Acredito que precisamos enterrar os sonhos mortos, senão, irão contaminar tudo em volta. Para quê lamentar, se outros sonhos virão?
O segredo é jamais deixar de tecê-los!
Excelente semana querido amigo :)

17 de julho de 2011 15:22  
Blogger O Árabe disse...

Piedade, gentil amiga. Sempre! :) Boa semana.

19 de julho de 2011 05:06  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Vanessa: lamentar os sonhos perdidos apenas nos impede de desfrutar dos que sempre virão. :) Boa semana!

19 de julho de 2011 05:08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky