O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 27 de maio de 2011

OS VOSSOS MOMENTOS



O tempo não retrocede.


Como o vento, que não caminha sobre os próprios passos; e as águas do rio, que necessitam seguir o seu curso rumo à foz. Como a inocência, quando em malicia se transforma.


Assim, jamais podereis reviver os vossos momentos. E cada um deles que se vai é como uma jóia que abandona o cofre da eternidade, onde está guardado o tempo da vossa jornada.


Prezai, portanto, os vossos momentos. Valorizai cada sorriso, cada beijo, cada emoção que encontrardes em vosso caminho. Como o faríeis a um bem que em breve vos será levado.


Dedicai-vos ao ser amado, enquanto a vosso lado o tiverdes. Refugiai-vos em seus braços, fartai-vos de beijar os seus lábios; não economizeis em vossas caricias, nem em vosso amor.


Venerai o seu corpo, buscai a comunhão de vossas almas. Guardai em vosso coração cada instante de amor, cada momento compartilhado. Um dia, as lembranças serão o vosso consolo.


Porque a verdade é que ninguém pertence senão a si mesmo, e é sozinho que cada homem atravessa as fronteiras da vida. Desfrutai, portanto, do tempo em que a dois vos é dado caminhar.


Como o vento modifica as dunas do deserto, o tempo a tudo transforma em vossas vidas. E as lembranças traçarão o mapa, que vos permitirá prosseguir em vossa jornada.


Não desperdiceis o vosso tempo. Cada momento que se passa, mais perto vos coloca do instante final; e esta é uma verdade que só ao fim do caminho percebereis.


Pois, enquanto vos pertence a juventude, procedeis como o imprevidente, que pela janela atira o seu maior capital; o único que jamais lhe será dado multiplicar.


E vos agastais com pequenas coisas, e mais valorizais as vossas lágrimas que o vosso sorriso, e preferis o orgulho à tolerância. Desperdiçais em lamentações o tempo de serdes felizes.


Eu, entretanto, vos repito que o tempo modifica todas as coisas; como faz florir o botão, e murchar a rosa. Como substitui o dia pela noite e faz com que se alternem as estações.


Prezai, portanto, os vossos momentos. Entregai-vos a cada um deles, enquanto vos pertence; e buscai vivê-lo como se fosse o último de toda a vossa vida.


Porque, quando a neve cobrir os vossos cabelos, as lembranças formarão a colcha que aquecerá os vossos corações.

48 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Lindo demais! Poema, musica, imagem, tudo perfeito em harmonia.
Amei!
Existem momentos que são eternizados em nossas memórias e nos fazem bem recordar.
Bom fim de semana! Beijos

27 de maio de 2011 18:22  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Querido Árabe; de volta aqui, desfrutando cada palavra, cada parágrafo, ao som dessa bela melodia!
Beijos

27 de maio de 2011 21:19  
Blogger Daniel disse...

"Porque a verdade é que ninguém pertence senão a si mesmo, e é sozinho que cada homem atravessa as fronteiras da vida. Desfrutai, portanto, do tempo em que a dois vos é dado caminhar."

Essa parte sempre me confunde um pouco quando lembro da tal alma gêmea.

Já ouvi em alguns centros espíritas que ela não existe. Em outros já ouvi que sim.

Infelizmente acho que o que escreveu é a verdade. Pois como evoluir se ficar a vida inteira preso a alguém?

Daniel

28 de maio de 2011 06:11  
Blogger Fa menor disse...

Pois é! cada um desses momentos deve ser vivido em plenitude de vida.

Bjos

28 de maio de 2011 07:12  
Blogger ISA disse...

Todos nós temos os N/ momentos ao longo da N/ vida, mas mesmo que exista uma alma gémea nenhum será igual ou idêntico ao dela, pois podemos comparar os momentos a um filme, uns ficam gravados para sempre outros apagamos ou tentamos que isso aconteça.

Beijos
Bom Domingo

29 de maio de 2011 02:53  
Blogger Magia da Inês disse...

Sim... o tempo não pára.

Como canta Lulu Santos:

"nada do que foi será
de novo do jeito que já foi um dia
tudo passa, tudo sempre passará..."

Não devemos deixar o tempo escapulir como areia por entre nossos dedos.

Beijinhos e boa semana!

Você mora no Brasil ou
tu moras em Portugal?

°º♫
°º✿ Minas
º° ✿♥ ♫° ·.

29 de maio de 2011 06:25  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Pois...

Já postei.

Beijinho doce

29 de maio de 2011 14:27  
Blogger São disse...

Swami, eu não sei como te dizer o quanto te admiro!!

Um abraço grato pelas preciosas lições que aqui nos ofereces.

30 de maio de 2011 06:31  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Bem está falando a nossa amiga Lúcia:
Lindo, lindo demais!
Amar, estarmos próximos de corpo e alma àqueles que nos cercam, isso, só isso importa, nada mais mesmo.
Quantos parentes e amigos que perdi pelas estradas da vida e que gostaria de tê-los de volta? Quantos...
Por vezes, sonho com eles como se vivos estivessem e, de alguma forma, viverão sempre dentro da gente.
Um abraço bem carinhoso, amigo!!!

30 de maio de 2011 10:56  
Blogger TITA disse...

Cada momento é de facto único...Aqui o meu tempo pára,Árabe e questionas-me sempre sobre o que faço daquilo que me é proporcionado a cada momento.Um abraço.

30 de maio de 2011 13:41  
Blogger ✿ chica disse...

E desde crianças vamos tecendo, sem saber, essa colcha! Que lindo ,Árabe!

um abraços,linda semana,chica

31 de maio de 2011 07:20  
Blogger Vanessa disse...

Belíssimo é a palavra que mais uso neste oásis, porém é o que o descreve perfeitamente.
Infelizmente - ou felizmente - não podemos reviver nossos momentos, pois estes pertencem ao tempo.
Você me lembra Khalil Gibran, não sei se lhe disse isso :)
Querido Árabe, desejo que sua semana seja repleta de bênçãos.
beeijo

P.S. Amo suas visitas ao "Girassóis". Para postar um comentário no meu novo jardim, basta clicar sobre o título da postagem, ou sobre o marcador quando não houver título ;)

31 de maio de 2011 07:54  
Blogger GarçaReal disse...

Ao ler o teu texto vi como tens razão. Como deixamos o tempo passar e não aproveitamos o "momento".
Deixamos que ele corra sem o valorizarmos e quando a tal neve cobrir nossa cabeça será que o que temos para recordar tem beleza?
Será que valeu a pena.

Momentos haverá que marcaram e farão parte dessas recordações...Sejam elas boas ou más....

Gostei

Boa semana amigo

Bjgrande do Lago

31 de maio de 2011 14:24  
Blogger Pensador disse...

Muito verdadeiro!
Me lembrou da música "O tempo não para", do Cazuza.

31 de maio de 2011 22:21  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um texto repleto de conselhos e realidades.

uma boa semana e um

beij

1 de junho de 2011 05:50  
Blogger Elizabeth F. de Oliveira disse...

Nossa, Árabe, tu és mesmo um bálsamo para os meus dias!
A tua pena é sempre bem carregada de sabedoria, conforto, verdade e poesia.
Eu sempre me emociono com as tuas palavras, porque elas assinam os anseios da minha alma.
Abraços,

1 de junho de 2011 07:02  
Blogger C Valente disse...

o tempo é rei e senhor
saudações amigas

1 de junho de 2011 13:12  
Blogger Vozes de Minha Alma disse...

Sempre digo que vivamos o hoje como se fosse o último.
Somos únicos em nossa caminhada, ninguém o farápor nós.
Para quê se entregar a algo que só nos faz sofrer?
Meu irmão,um abraço afetuoso.

1 de junho de 2011 14:49  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe! Esta frase final é simplesmente um dos desfechos mais lindos que já vi, a mais pura verdade escrita de maneira genial. Um beijo!

1 de junho de 2011 17:22  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. E vc tem razão: há momentos que parecem vencer o tempo, e continuam presentes na memória. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 07:31  
Blogger O Árabe disse...

Música realmente fantástica, não? E a gravação é maravilhosa! :)

2 de junho de 2011 07:33  
Blogger O Árabe disse...

Ainda que exista a alma gêmea, Daniel, acredito que cada homem está só, ao chegar a este mundo e dele partir. Mas gosto de imaginar que ela possa existir, sim. :) Meu abraço, bom resto de semana.

2 de junho de 2011 07:38  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Fa menor: em plenitude. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 07:39  
Blogger O Árabe disse...

Bela reflexão, Isa! Às vezes tentamos, mas geralmente não conseguimos. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 07:40  
Blogger O Árabe disse...

No Brasil, Inês; mais exatamente na Bahia. E adoro essa música do Lulu Santos. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 07:41  
Blogger O Árabe disse...

Já, Doce Amor... e eu já li. E gostei. :) Bom resto de semana.

2 de junho de 2011 07:42  
Blogger O Árabe disse...

Admiração mútua, São... tenho certeza que o sabes! :) Bom resto de semana, amiga.

2 de junho de 2011 07:47  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Vanuza. E é reconfortante saber que continuam conosco. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 07:48  
Blogger O Árabe disse...

E esse questionamento constante, Tita, é um dos caminhos que nos nos levam à evolução. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 07:49  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Chica: desde crianças. E sempre. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 07:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Vanessa. E é uma honra conseguir lembrar o Gibran, que admiro demais e é o autor do melhor livro que já li: O Profeta. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 08:02  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, Garça: sejam elas boas ou más. :) Bom resto de semana, amiga!

2 de junho de 2011 08:03  
Blogger O Árabe disse...

Muito boa, por sinal, não, amigo Pensador? :) Meu abraço, bom resto de semana!

2 de junho de 2011 08:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela amizade e gentileza. :) Bom resto de semana!

2 de junho de 2011 08:04  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo, amigo Valente: rei e senhor! :) Meu abraço, bom resto de semana.

2 de junho de 2011 08:05  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua presença, Elizabeth. Obrigado, bom resto de semana! :)

2 de junho de 2011 08:06  
Blogger O Árabe disse...

Boa pergunta, irmão Antonio Lidio:por que, muitas vezes, escolhemos o sofrimento? :) Meu abraço, bom resto de semana. Salam Aleikum!

2 de junho de 2011 08:06  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Claudinha. E, acredite, é algo que a experiência me ensinou. :) BOm resto de semana!

2 de junho de 2011 08:07  
Anonymous De... disse...

Dizer algo a mais seria profanar a Luz das suas palavras.

Namasté!

2 de junho de 2011 20:05  
Blogger ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

O tempo segue
seu destino
de mão única.
Assim é preciso
aprender a ser
pleno a cada instante,
para no epílogo
da vida,
saber que
tudo o que foi vivido
valeu a pena.

Que sempre
existam
sonhos em ti...

3 de junho de 2011 11:39  
Blogger Carol disse...

Lindo seu espaço habib, demais mesmo! Belíssimo poema, amei!!! Beijos

3 de junho de 2011 12:37  
Blogger ***Parole*** disse...

Acho que nunca li algo tão lindo e tão verdadeiro aqui na net... O texto todo é uma lição de vida, mas esse pedacinho...
"Porque a verdade é que ninguém pertence senão a si mesmo, e é sozinho que cada homem atravessa as fronteiras da vida. Desfrutai, portanto, do tempo em que a dois vos é dado caminhar."... é deslumbrante.

Parabéns pelas palavras, querido.

Ótimo fim de semana.

3 de junho de 2011 15:41  
Blogger O Árabe disse...

Grato, De... mas a Luz não está nas palavras, e sim em quem sabe ouví-las em seu coração. :) BOm fim de semana!

4 de junho de 2011 16:41  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria, amigo Aluisio, merecer as suas poéticas reflexões. :) Meu abraço, bom fim de semana.

4 de junho de 2011 16:43  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Carol. Volte sempre, o oásis é nosso! :) Bom fim de semana.

4 de junho de 2011 16:44  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Parole, pela gentileza e amizade constantes. :) Bom fim de semana!

4 de junho de 2011 16:45  
Blogger Bernardete disse...

Examente isso.
Esta é a NOSSA vida.
"A verdade é que ninguém pertence senão a si mesmo, e é sozinho que cada homem atravessa as fronteiras da vida".
É uma dádiva podermos caminhar verdadeiramente a dois, enquanto houver VIDA.

6 de junho de 2011 21:35  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Bernardete. E é em nós que ela existe! :) Boa semana, sempre uma alegria a sua presença.

7 de junho de 2011 11:47  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky