O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 8 de junho de 2012

O TEMPO DO TEMPO



Direis que o tempo é, para mim um assunto recorrente.

Mas não é o tempo o único assunto recorrente em nossas vidas? É ele que nos acompanha em cada segundo, e mais importante se torna à medida que se esgota.

Porque, em verdade, é o único capital que a ninguém é dado repor. Uma vez que se esgote a nossa cota, inevitável é a viagem antes que possa haver um novo amanhã.

Entretanto, ao jovem não cabe o conhecimento desta realidade, que permeia a consciência do homem maduro e ocupa constantemente os pensamentos dos idosos.  

A juventude vê o hoje e a velhice o ontem. Só a maturidade é capaz de enxergar realmente o amanhã, pois lhe pertencem a consciência do passado e a esperança no futuro.

A cada um não preocupa o que possui em abundância, mas o que lhe falta. O rico, protegido por sua fortuna, não entende a angústia do pobre ante a ameaça da fome.

O pássaro, que canta de alegria ao calor do sol, não entende o silêncio da coruja que cochila para voar na frieza da noite; e aquele que sorri de amor não entende o pranto da solidão.

É assim que é. Porque cada homem apenas entende as suas próprias necessidades, vê a vida com seus próprios olhos e mede as distâncias pelo tamanho dos seus passos.

E assim será, até o dia em que formos capazes de entender que as nossas vidas se entrelaçam, como as estrelas que tão distantes entre si formam a beleza do céu noturno.

Este será o dia em que venceremos o tempo. Porque a morte não existe, para aquele que acredita na Vida; nem a solidão para o homem que sabe amar os seus irmãos.

Até lá, entretanto, muito tempo haverá de passar. E o mediremos com nossos relógios, entre as nossas dores e as nossas alegrias, que esqueceremos entre as suas dobras.

E o desperdiçaremos enquanto jovens, o veremos passar quando maduros e lamentaremos na velhice. Porque o homem aproveita o que lhe sobra, mas deseja o que lhe falta.

É assim que é. É assim que tem sido, é assim que será, até que nos seja dado descobrir que o tempo apenas limita os nossos corpos, mas não pode vencer os nossos sonhos.

Nem o nosso verdadeiro Eu.   

43 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; Um belo texto, sem a menor dúvida.
O tempo pra mim, jamais será preocupação, quando se trata de vida, porque ela a Deus pertence. Mas, sempre é, quando se refere a realizações. Quando vejo a esperança de um sonho ir embora, esse tempo se torna cada vez menor.
Gostei muito da imagem!
Bom fim de semana! Beijos

8 de junho de 2012 18:13  
Blogger Claudinha ੴ disse...

o tempo... nosso algoz... Mas você Árabe sabe tirar dele lições e ao nos passá-las, dribla e eterniza sua essência. Boa semana!

10 de junho de 2012 07:50  
Blogger alecerosana disse...

Um dia eu escrevi: o tempo, esse matador de sonhos...

Talvez esteja errada...

Uma boa semana :)

10 de junho de 2012 14:45  
Blogger Smareis disse...

Olá amigo Árabe,

Bela postagem!

O tempo, sempre ele... falei algo na minha postagem sobre a paciência, e o tempo requer muito de paciência nos dias de hoje.O tempo nos ensina muito, e jamais vence o nossos sonhos e nosso Eu. Concordo contigo.
Grande abraço amigo!

10 de junho de 2012 15:30  
Blogger ONG ALERTA disse...

Cada um tem o tempo que precisa basta saber usar, abraço Lisette.

10 de junho de 2012 16:36  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo,
Que fabulosa mensagem.
Sim, quando todos entrelaçarmos as mãos e comungarmos dos mesmos ideais poderemos chamar ao tempo o tempo de todos nós. As ambiguidades não poderão deter o amor com que formos gerados e limitar-nos nos sonhos que nos ajudam a prosseguir o caminho.
Um beijinho e excelente semana.
Ailime

11 de junho de 2012 03:51  
Blogger CamilaSB disse...

«... a juventude vê o hoje e a velhice o ontem... descobrir que o tempo apenas limita os nossos corpos, mas não pode vencer os nossos sonhos... » lindas e sábias palavras, de uma sensibilidade que toca o coração... se cada um de nós partilhasse o que tem, todos seriamos bem mais felizes! Obrigada pelo carinho... ler os seus ensinamentos faz bem à alma!
Um beijinho com amizade e estima!

11 de junho de 2012 14:43  
Blogger ✿ chica disse...

Te ler é me encantar( isso após ficar de queixo caído de tão lindo sempre) Muito lindo e a imagem idem! abração e a aliança engolida é imaginação, quis brincar com o tema,rsrs chica

11 de junho de 2012 15:20  
Blogger Parole disse...

Seu texto é imenso, Árabe.Percebi algo de "metafísico" nele, muito para além do tempo físico... Se eu entendi, acho que levará muito tempo para que amadureça em nós essa ideia da força do coletivo, já que estamos no caminho inverso em que valorizamos o eu apenas.

Beijos.

11 de junho de 2012 16:34  
Blogger Nina Souza disse...

Belíssimo texto! Adorei seu blog. Fato que retornarei mais vezes. Abs!

11 de junho de 2012 17:12  
Blogger São disse...

O Tempo é espiralado e se move por ciclos: actualmente estamos transitando de um para outro, com todas as dores de parto inevitáveis.

Um abraço, Swami.

11 de junho de 2012 20:01  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é meu amigo, o tempo...nunca
sabemos com antecipação aquilo que
ele nos reserva.Totalmente de acordo
com o seu texto.
Um grande beijinho
Irene

12 de junho de 2012 08:56  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Querido Árabe,
É um prazer poder retornar à sua prestigiada página.
Agradeço-te, de coração, o teu apoio durante as minhas férias, férias essas onde os sonhos permaneceram vivos.
Uma profunda reflexão temos aqui, amigo. O tempo pode e deve ser nosso maior amigo, pois com ele ganhamos maturidade e experiência.
Beijos!

12 de junho de 2012 14:25  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

o tempo!sempre o tempo!

acho esta frase tão sábia.

"Porque o homem aproveita o que lhe sobra, mas deseja o que lhe falta."

mais um belíssimo texto.

um beij

13 de junho de 2012 13:00  
Blogger ISA disse...

Uma excelente mensagem, quando muitas vezes já nem sabemos para que lado vai o "Tempo" ou se o mesmo teve uma passagem pela N/ Vida, ou vice-versa. É que o N/ ritmo de vida é de tal modo apressado, o qual por vezes não o gozamos na altura certa.

Abraço amigo
Resto de Boa Semana

13 de junho de 2012 14:40  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel: para cada um de nós, o tempo é relativo; absoluta é a sua passagem. :) Bom resto de semana.

14 de junho de 2012 09:26  
Blogger O Árabe disse...

Algoz e professor, Claudinha... como, aliás, é comum em nossas vidas. Bom resto de semana!

14 de junho de 2012 09:27  
Blogger O Árabe disse...

Não, alecerosana, não está errada; ele os mata, sim... mas também os faz nascer. Bom resto de semana!

14 de junho de 2012 09:29  
Blogger O Árabe disse...

OU talvez, Smareis, o tempo cada vez mais nos ensine a paciência. Bom resto de semana, amiga!

14 de junho de 2012 09:30  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Lisette: é preciso saber usar! Bom resto de semana.

14 de junho de 2012 09:31  
Blogger O Árabe disse...

E é é um belo sonho, Ailime: o tempo de todos nós. Bom resto de semana!

14 de junho de 2012 09:32  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Camila, pela gentileza das palavras. Bom resto de semana!

14 de junho de 2012 09:32  
Blogger O Árabe disse...

Sorte da personagem, não, Chica? :) Obrigado, amiga; bom resto de semana.

14 de junho de 2012 09:33  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Parole; mas eu prefiro crer que o individualismo é apenas uma fase da nossa existência. Bom resto de semana!

14 de junho de 2012 09:34  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Nina, pela gentileza; e volte sempre, sim. O oásis é nosso! Bom resto de semana.

14 de junho de 2012 09:35  
Blogger O Árabe disse...

Inevitáveis e necessárias, não, São? :) Bom resto de semana, amiga!

14 de junho de 2012 09:36  
Blogger O Árabe disse...

Mas talvez, Irene, se o soubéssemos a vida perderia muito da graça. :) Bom resto de semana, amiga!

14 de junho de 2012 09:37  
Blogger O Árabe disse...

Uma alegria a sua volta, Vanuza, e espero que as férias tenham sido maravilhosas! Bom resto de semana, amiga.

14 de junho de 2012 09:37  
Blogger O Árabe disse...

Faz parte de nós, talvez, Piedade. Grato, amiga, pela gentileza; bom resto de semana!

14 de junho de 2012 09:38  
Blogger Lidi Horácio disse...

Oiee, te achei na blogosfera...
Ameiii seu bloguinhooo ")

Tô te seguindoo..

Me visita tbm, vou adorar.
http://lidiepaulo.blogspot.com.br/]

Beijocas :*
Ótima 5ª Feira ")

14 de junho de 2012 11:02  
Blogger C Valente disse...

" O tempo" Ninguem manda onde não existe donos,
Saudações amigas

14 de junho de 2012 12:53  
Blogger O Árabe disse...

É isso, Isa: às vezes precisamos diminuir o ritmo, para que possamos sentir mais a vida! Bom resto de semana.

14 de junho de 2012 13:32  
Blogger # Poetíssima disse...

tempo, tempo, tempo... ele é sim, um dos deuses mais lindos...

Abraços meus, querido.

14 de junho de 2012 17:18  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lidi, pela gentileza. E volte sempre, sim; o oásis é nosso. Bom fim de semana!

15 de junho de 2012 18:06  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, amigo Valente. E quantas vezes gostaríamos de mandar no tempo! :) Meu abraço, boa semana.

15 de junho de 2012 18:06  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua presença, Poetíssima. Bom fim de semana!

15 de junho de 2012 18:07  
Anonymous De... disse...

Belo e interessante texto, Árabe... pois sempre há o que se dizer sobre o tempo e seus mistérios.
O tempo existe apenas enquanto estamos vivenciando nossa experiência na matéria.
Na verdade, o tempo não existe... existe apenas a Vida. Vida agora... Vida além.
Quando tivermos o entendimento profundo de que somos imortais, saberemos que o único tempo que existe é a eternidade.

Mas enquanto estamos por aqui, tenha um ótimo fim de semana.
Beijos...

15 de junho de 2012 20:53  
Blogger Fa menor disse...

Que o tempo não vença mesmo os nossos sonhos!

Obrigada. Bj

16 de junho de 2012 04:47  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, De. Pra vocë também; bom fim de semana!

16 de junho de 2012 20:44  
Blogger O Árabe disse...

Sabe, Fa menor? Ele até pode vencer o resto... mas os sonhos, eu duvido! :) Bom fim de semana.

16 de junho de 2012 20:45  
Blogger Peregrinus disse...

Era tempo de descansar.
Era tempo de estar presente.
Era tempo de escutar com o coração.
Gratidão.

1 de julho de 2012 10:38  
Blogger O Árabe disse...

Era tempo, decerto, de contarmos com a sua presença, Peregrinus. Boa semana!

1 de julho de 2012 16:36  
Blogger Denise Bomfim disse...

Mash´Allah!

22 de setembro de 2012 05:16  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky