O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

O VOSSO TEMPO


O passado não volta.
Entretanto esta verdade, que tão óbvia se mostra, está entre as que mais facilmente esqueceis. Talvez porque algo em vós se nega a admitir a passagem do tempo.
Melhor faríeis, se isto tivésseis presente. Porque assim valorizaríeis cada momento de vossas vidas, cada afeto de vossos corações, cada trecho de vossos caminhos.
Cada um dos vossos sorrisos é único e jamais se repetirá; como é única cada uma das vossas lágrimas. Na raiz de cada um e de cada uma existe uma emoção que não voltará.
É assim que é. E muitas vezes, na pressa ou no medo de ver chegar o futuro, deixais de aproveitar o prazer fugidio do instante que viveis e logo se perderá no passado.

Desperdiçais muitos dos vossos momentos, ansiando ou temendo o seguinte. Com os olhos fixos no futuro, muitas vezes não percebeis a felicidade ao vosso lado no presente.
Assim é o jardineiro desatento que, no afã de admirar a rosa idealizada, não se encanta com a beleza do delicado botão que começa a abrir-se e exalar o seu perfume.  
Assim é o pai que, antegozando o momento de tomar nos braços o filho recém-nascido, não acompanha o mágico processo da gestação, no ventre da companheira que escolheu.
Assim é o enamorado que, no afã de abraçar a mulher amada, não aproveita cada maravilhoso segundo dessa espera encantadora, que a torna presente em seu coração.
Assim é o mercador que, tendo realizado uma venda compensadora, angustia-se por não saber quando conseguirá vender a peça mais valiosa do seu estoque.
Assim é o viajante que não saboreia a delícia da água fresca em seus lábios ressequidos pelo sol do deserto, imaginando quando encontrará outro oásis para reencher o seu cantil.
Sufocais o brilho das vossas alegrias, mergulhando-as no líquido denso das vossas inquietudes e dos vossos desejos. Como se cada coisa não viesse a seu próprio tempo.
Renunciais a viver o presente, em nome de um futuro que talvez nem venha a chegar. E  o arrependimento vos visitará, quando amanhã recordardes o passado.
Recordai, sempre, a transitoriedade de vossa passagem sobre este mundo. Tende em mente que o tempo voa e não vos será oferecida por duas vezes a mesma emoção.
Assim, aprendereis a viver plenamente cada um dos vossos momentos.  

41 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Assim é Árabe; passa tão rápido o tempo, que muitas vezes, nem nos damos conta. Creio que o mais sensato, é viver o presente, mas sem esquecer que é no hoje que delineamos o amanhã. E se por ventura, encontrarmos pedras no caminho, é porque esquecemos de limpar a estrada.
Mas temos sim que viver e da melhor forma possível o presente. Porque talvez esse amanhã não nos chegue.
LINDO POST, Árabe!
Belas também a musica e a imagem!
Bom fim de semana! Beijos

11 de janeiro de 2013 17:24  
Anonymous Sérgio disse...

Mensagem Iluminada.

"Está chegando o fim da Era dos Soldados (guerras, ganância, destruição, etc), é tempo dos Guerreiros do Arco Iris".

Eternamente Grato.

11 de janeiro de 2013 18:32  
Blogger ISA disse...

Como diz e muito bem, o Passado não volta, mas existe algo no Tempo de outrora que bem pensado/trabalhado, ajudaria muito este Mundo. Quem Sabe!!

Bom Fim-de-Semana

Parabéns

12 de janeiro de 2013 02:42  
Blogger ✿ chica disse...

Lindo e, no momento, vivo o momento ao mar,férias! abraços praianos,chica

12 de janeiro de 2013 07:45  
Blogger LUZ disse...

Olá, amigo!

O tempo é como qualquer agente atmosférico, isso é, nunca passa duas vezes. Saibamos vivê-lo e aproveitá-lo.

Bom fim de semana.

Afetos e Cumplicidades

12 de janeiro de 2013 15:21  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo e bom Árabe, uma reflexão bem verdadeira, que ecoou bem fundo no meu coração, no meu pensamento. Ultimamente tenho pensado muito em como o tempo passou ou vai passando quase que evaporando-se! Não sou muito agarrada ao passado e vou tentando melhorar o meu presente! Por vezes não é fácil, mas vou tentado sempre. Deixo-lhe um beijinho e desejo-lhe um bom domingo e excelente semana. Ailime

12 de janeiro de 2013 17:09  
Blogger Ana Carla disse...

Todos sabemos, mas difícil é praticarmos a lição de aproveitarmos nosso PRESENTE! Bom AGORA pra vc!

12 de janeiro de 2013 18:45  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Oi :
E quando se renuncia a viver o presente em nome do passado?Para mim isto ainda é pior.Corroi as gerações completamente.Como estancar isto, que já vem de outras gerações?

Beijinho doce

13 de janeiro de 2013 13:38  
Blogger C Valente disse...

O passado já não volta mais
O presente foge entre mãos
O futuro ainda estará para vir,
Tempo, a incógnita se apresenta

Saudações amigas com um obrigado pelo belo apontamento

14 de janeiro de 2013 07:02  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Não dá para desperdiçar mesmo Árabe. O tempo é muito precioso e o seu texto também! Parabéns!

14 de janeiro de 2013 16:05  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

O homem vive dizendo que a vida é curta... mas agindo como se ela nao tivesse fim...
Beijos...

15 de janeiro de 2013 02:28  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Sábias palavras, amigo. Uns vivem remexendo o passado, outros querem adivinhar o futuro. Ao final das contas, todos saem perdendo...perdendo o frescor do momento presente.
Muito carinho para ti!

15 de janeiro de 2013 09:14  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

palavras sábias.
e temos de viver o presente da melhor maneira possível.
uma boa semana.
um beijo

15 de janeiro de 2013 10:56  
Blogger Olhos Doces disse...

Belo post, Árabe! Com certeza, muitas vezes deixamos de viver o presente, porque paramos para admirar os sonhos e ele passa tão rápido...
Beijos

15 de janeiro de 2013 12:36  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Feliz coincidência nossos temas, sobre o tempo, não foi? Ou não foi coincidência, tendo sido uma manifestação do destino para que nos falassemos nesse 2013? Quem souber a resposta, ganha um amigo e leva outro, pois adorei visitar seu cantinho, ler suas idéias e rever seu coração sempre cheio de grandes ideiais. Que 2013 seja um ano abençoado para voce e os seus, amigo. BeijUivoooooossssssss da Loba

15 de janeiro de 2013 18:10  
Blogger vieira calado disse...

Sabe, meu caro, tenho um poema de oitenta páginas chamado Nu Tempo.
O tempo é um dos grandes mistérios da vida. Stephan Waking diz que o tempo não existe - é uma abstracção...

Um forte abraço!

15 de janeiro de 2013 19:35  
Blogger São disse...

O passado não volta, mas marca-nos e traça o futuro, pelo menos em parte.

Assim sendo, mais um motivo para vivermos bem o presnte!

Querido Amigo, um apertado abraço.

16 de janeiro de 2013 16:54  
Anonymous Bel disse...

O tempo passa tão rápido que por vezes nem damos por ele. Um lindo texto Árabe.
Resto de uma excelente semana
Beijitos

17 de janeiro de 2013 02:45  
Blogger Luma Rosa disse...

Talvez por causa da não vivência integral dos momentos, o homem tem se tornado tão insensível algumas emoções e noutras ocasiões quando o momento já passou, recaí na amargura de não tê-lo aproveitado adequadamente.
Passam-se anos e quando olhamos para trás é como se fossem apenas dias passados. Não há como freiar o reloginho do tempo e muito por fazer, jaz para sempre!
Bom restinho de semana!!
Beijus,

17 de janeiro de 2013 11:32  
Blogger O Árabe disse...

Vc está certíssima, OLhos de Mel: temos que viver da melhor forma o presente. É nele que vivemos. Bom resto de semana!

17 de janeiro de 2013 12:31  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, irmão Sérgio. Grato pela amizade e gentileza, bom resto de semana! Meu abraço.

17 de janeiro de 2013 12:33  
Blogger O Árabe disse...

Existe, Isa. O pasado é uma fonte de ensinamentos que podem fazer o futuro melhor! Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:34  
Blogger O Árabe disse...

Viva-o, Chica... e bem! Vocë merece! Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:35  
Blogger O Árabe disse...

Belo conselho, Luz. Precisamos sim... e como! Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:36  
Blogger O Árabe disse...

E isto é o principal, Ailime: tentar sempre! Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:37  
Blogger O Árabe disse...

Difícil, talvez, Ana Carla... mas necessária, acredite! Bom resto de semana; bom AGORA!

17 de janeiro de 2013 12:38  
Blogger O Árabe disse...

O aprendizado, Doce Amor. É a única forma de mudar o que vem de outras gerações! Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:39  
Blogger O Árabe disse...

Tem razão, amigo Carlos Valente: a grande incógnita. Meu abraço, bom resto de semana!

17 de janeiro de 2013 12:40  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Claudinha, pela gentileza e amizade. Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:41  
Blogger O Árabe disse...

Belo raciocínio, Arco-Íris; é isso mesmo que acontece! BOm resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:42  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Vanuza! E o presente se perde no passado. Bom resto de semana, amiga!

17 de janeiro de 2013 12:43  
Blogger O Árabe disse...

Temos, Piedade... só assim, viver vale a pena! Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:44  
Blogger O Árabe disse...

Passa, Olhos Doces... e leva os sonhos que muitas vezes nem vivemos. Bom resto de semana!

17 de janeiro de 2013 12:49  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, Keila! Sempre uma grande alegria rever vocë, amiga. Bom resto de semana, feliz 2013!

17 de janeiro de 2013 12:50  
Blogger O Árabe disse...

E tenho cxerteza, amigo e mestre Vieira Calado, que ler esse poema será um belo uso do tempo! Meu abraço, bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:51  
Blogger O Árabe disse...

certíssima, como sempre, São: mais um belo motivo. Vivamos, pois! Bom resto de semana, amiga; fica bem!

17 de janeiro de 2013 12:52  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bel, pela amizade e gentileza. Bom resto de semana!

17 de janeiro de 2013 12:53  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Luma! O tempo nos usa... saibamos usar o tempo! Bom resto de semana.

17 de janeiro de 2013 12:54  
Blogger Fa menor disse...

"Sufocais o brilho das vossas alegrias, mergulhando-as no líquido denso das vossas inquietudes e dos vossos desejos" - quantas vezes!

Bjo

2 de fevereiro de 2013 02:55  
Blogger O Árabe disse...

Quantas, sim! E o pior é que nos esforçamos para não aprender esta simples lição. Boa semana!

4 de fevereiro de 2013 08:40  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

De certa forma sim.Mas não totalmente.Se calhar o melhor é fechar o Templo para obras e escrever: encontra-se encerrado por falta de segurança.

Beijinho doce

22 de fevereiro de 2013 13:25  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky