O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

BALADA DA SAUDADE


Hoje, quero falar-vos de saudade.
 
Não a saudade que magoa e faz sofrer; que muitas vezes se mistura à frustração e faz com que o vosso coração se confranja e de vossos olhos brotem as lágrimas mais amargas.

Quero falar-vos da saudade doce e compassiva, que se assenta ao vosso lado e vos envolve em seu abraço de carinho. Que vos faz lembrar o passado e acreditar no futuro.

Quero falar-vos da verdadeira saudade, onde não existe a revolta do egoísmo contrariado; nem o travo amargo da renúncia forçada. Da saudade que vos aflige e consola.      

Eu vos digo que a saudade não é a ausência, mas a presença. E não é a solidão, mas a companhia; porque não conhece a saudade aquele que antes não tenha conhecido o amor.

A saudade não é a dor, mas o conforto; não está no pranto de hoje, mas nos sorrisos de ontem. Não está nas recordações, mas nas emoções; não é relembrar, mas reviver.
Saudade é amor, em sua forma mais pura e cristalina; porque não faz desejar a posse do ser amado, mas a sua presença. Não vos permite exigir, nem reclamar; apenas amar.

Saudade não é a tristeza da perda, mas a alegria do convívio. Não é abraçar o vazio, mas preenchê-lo com os sentimentos que persistem em vossa alma e vos fazem viajar no tempo.

É a saudade que vos sustenta, quando a dor da perda faz vergar os vossos ombros. É ela que vos ampara; que vos traz forças, para que continueis a seguir o vosso caminho.

É através da saudade, que o amor sobrevive. Que os menores gestos assumem outra importância; que um simples sorriso vos aquece o coração, que momentos se tornam eternos.

É através da saudade, que reaprendeis a viver; que podeis conviver com a tristeza, enquanto o tempo e as lágrimas fazem brotar em vossos lábios o botão de um novo sorriso.   

É através da saudade, que conservais o melhor do ser amado; que a sua lembrança vos acompanha e reconforta. Que a esperança do reencontro vence o desencanto do adeus.
É através da saudade, que aprendeis a valorizar a presença. Que entendeis a relatividade do tempo e o sentido da Vida, que não está contida no tempo, mas na Eternidade.  

Hoje, quero falar-vos de saudade.
Hoje, vos quero falar de amor.

47 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Saudade é dolorida, mas ela traz quem tanto queremos. É na saudade que sentimos a sua presença.
Lindo demais Árabe!
Bom fim de semana! Beijos

1 de novembro de 2013 18:22  
Blogger Olhos de mel disse...

A musica é muito linda e me emocionou
demais! Linda imagem!
Beijos

1 de novembro de 2013 18:25  
Blogger Olhos de mel disse...

Pois é Árabe; é na saudade que encontramos o amado; é nela que revivemos os momentos que passamos juntos. Porque ninguém tem saudade das horas amargas...
Beijos

1 de novembro de 2013 19:40  
Blogger Wania Alves disse...

Pois é, saudade às vezes transborda e vira lágrima...
Lindo texto...
abços!
Wania

1 de novembro de 2013 20:15  
Blogger Paula Barros disse...

Infelizmente geralmente não se tem esta concepção de saudade. E se sofre pela saudade. Sem olhar o lado bom como bem descreve o texto.
abraço

1 de novembro de 2013 20:22  
Blogger ✿ chica disse...

Tua visão da saudade é a ideal! Nem sempre conseguimos ver assim ou sentir. Parabéns!Linda concepção dela! abração,chica

1 de novembro de 2013 23:49  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Querido Árabe,
Falar da saudade "sem revolta e egoísmo", só você para falar assim, só você...
Amigo, estou com meu PC em frangalhos, mal consigo usá-lo. Daí, ele vai ter que passar por uma revisão técnica geral. Mas quando voltarmos...ah, quando voltarmos tudo será festa, rsrs.
Um gostoso fim de semana pra você e os seus!!!Bjsss

2 de novembro de 2013 04:32  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Você descreveu tão bem, as duas maneiras de sentir saudade. Fico com a "doce e compassiva"...Beijo na alma, Árabe!

2 de novembro de 2013 08:15  
Blogger Rita disse...

Poxa tem saudade que dói demais
mas tbém sei que com ela aprendemos
a ter forças para viver, saudade faz parte da vida

Bjussss

. (.") .
. /█\..└──●► *Rita!!

2 de novembro de 2013 09:11  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo e bom Árabe é com muita emoção que acabo de ler o que divinamente escreveu! Penso que a saudade nos dá a dimensão do verdadeiro amor! Daquele que nos sustentou e continua a dar esperança do reencontro! Um beijinho e grande abraço. Desejo-lhe um bom domingo e semana. Ailime

2 de novembro de 2013 10:01  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

é através da sua saudade,
que aprendi a entender e a lidar melhor com a minha também...
lindo demais!!!

beijinhos

2 de novembro de 2013 13:33  
Blogger helia disse...

Saudade , uma palavra tão bonita ,que umas vezes nos faz sorrir ao relembrarmo-nos de momentos felizes e agradáveis da nossa vida e outras vezes nos faz cair uma lágrima ao recordarmos nomentos de angústia e de sofrimento ! Mas os sorrisoa e as lágrimas fazem parte da vida !
Um bom Domingo

3 de novembro de 2013 04:00  
Blogger Cidinha disse...

Olá, amigo. Saudade é presença e não ausência. Essa é a verdadeira visão de saudade! Lindo amigo. deixo um abraço carinhoso e boa semana! Obrigada por partilhar.

3 de novembro de 2013 10:37  
Blogger ONG ALERTA disse...

Saudades é algo que brota na pele...
Abraço Lisette

3 de novembro de 2013 10:47  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Falar da suadade, da doce saudade e não da que mata...
Um post belíssimo, como todos os outros.
Um abraço grande

3 de novembro de 2013 16:06  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Ninguem tem saudade de algo ruim... so temos saudade do que nos fez sorrir... do que foi bom... e isso... ja nos consola...

3 de novembro de 2013 18:21  
Anonymous gal disse...

" E por falar em saudade onde anda você?Onde anda seus olhos que a gente não vê,onde anda esse corpo que me deixou louca de tanto prazer?????"
É,sentir saudades é o meu forte,é reviver!!! Só se sente saudades quando se amou de verdade,as vezes ela aperta o peito,dá uma tristeza danada,mas ai a gente imagina que pode ter a esperança do reencontro,isso ameniza um pouco a dor.Saudade é tudo que fica daquilo que não ficou.
Tudo muito perfeito,música,imagem,mensagem tudo.ADOREI!!!!mAS SÓ AUMENTOU EM MIM A SENSAÇÃO DOCE/AMARGA DA SAUDADE. vÁ ENTENDER......

4 de novembro de 2013 08:48  
Anonymous Helena disse...

Hoje eu quero falar de admiração! Sim, amigo, admiração pela forma doce, linda e tão significativa que tens de nos trazer textos que ensejam reflexões, momentos em que tuas palavras se aquietam na nossa alma e ficam ali, ruminando docemente os ensinamentos que nos trazes com tanta prodigalidade. Grata, amigo, por me ensejares a oportunidade de mais e mais aprender um pouco mais sobre a vida.
Nos sorrisos e nas estrelas, meu carinho,
Helena

4 de novembro de 2013 09:36  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

gostei desta maneira de ler e sentir saudade...

:)

5 de novembro de 2013 07:19  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
TAMBÉM ACHO QUE SÓ SE TEM SAUDADE DO QUE FOI BOM E ACRESCENTOU ALGO EM NOSSAS VIDAS.
LINDO POST.
ABRÇS
http://zilaaniceli.blogspot.com.br/

5 de novembro de 2013 16:44  
Blogger São disse...

Para quem acabou de perder uma Amiga, este teu texto é um bálsamo.


Pelo apoio nesta hora tão triste, o meu grato abraço, meu querido amigo!

6 de novembro de 2013 07:22  
Blogger LUZ disse...

Saudade é sempre um sentimento positivo.

Boa semana.

6 de novembro de 2013 08:50  
Blogger O Árabe disse...

Realmente, Olhos de Mel: a música e a imagem são mesmo lindas; como, aliás, as emoções que se ocultam na saudade. Obrigado, bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 11:55  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Wania: uma lágrima que homenageia os sorrisos do passado. Bom resto de semana, obrigado.

6 de novembro de 2013 11:57  
Blogger O Árabe disse...

Certo, Paula; a saudade tem, sim, o seu lado bom: o encanto das lembranças. Bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Sabe, Chica? Eu acredito que sentimos, sim... só não nos apercebemos. :) Bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 11:59  
Blogger O Árabe disse...

Torcendo pelo pronto restabelecimento do PC, Vanuza; você deixa saudades! :) Bom resto de semana.

6 de novembro de 2013 12:00  
Blogger O Árabe disse...

Eu também, Shirley... eu também! :) Bom resto de semana.

6 de novembro de 2013 12:01  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Rita: faz parte da vida. E parte importante! Bom resto de semana.

6 de novembro de 2013 12:01  
Blogger O Árabe disse...

Gostei, Ailime: a saudade nos dá a dimensão do amor! Bom resto de semana, obrigado.

6 de novembro de 2013 12:02  
Blogger O Árabe disse...

Mas é isso mesmo, Rô: é através da saudade, que aprendemos a lidar com ela, sim! Bom resto de semana.

6 de novembro de 2013 12:03  
Blogger O Árabe disse...

É isso, sim, Hélia: a saudade é uma das nossas emoções mais complexas... e completas. Bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 12:05  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Cidinha. Sempre uma alegria a sua presença, bom resto de semana.

6 de novembro de 2013 12:06  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Lisette. Sei que bem a conheces, amiga, e sabes que ela às vezes se torna parte de nossa vida. Bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 12:07  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Daniel, pela gentileza e amizade. Meu abraço, bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 12:08  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Arco-Íris! A saudade, muitas vezes, é o seu próprio consolo! Bom resto de semana.

6 de novembro de 2013 12:09  
Blogger O Árabe disse...

Essa música é realmente linda, gal; Vinicius, um poeta eterno e incomparável! Obrigado pela gentileza do comentário, bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 12:11  
Blogger O Árabe disse...

Aprendemos juntos, Helena, e te agradeço pela gentileza e amizade. Bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 12:12  
Blogger O Árabe disse...

A melhor forma de sentí-la, não, Piedade? Obrigado, bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 12:13  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Zilani! Por isto, é bom poder sentir saudade! Obrigado, bom resto de semana.

6 de novembro de 2013 12:14  
Blogger O Árabe disse...

Eu desejaria, São, que não tivesses que passar por esta provação. Mas é um consolo saber que o post te reconfortou, amiga. Bom resto de semana, fica bem!

6 de novembro de 2013 12:16  
Blogger O Árabe disse...

É, Luz. E nos faz uma companhia cálida e amiga. Bom resto de semana!

6 de novembro de 2013 12:16  
Blogger Ilca disse...

Olá meu amigo,
Lindo demais o que vc escreveu sobre a saudade e como vc descreve divinamente bem esse sentimento tão belo e sublime, que toca fundo nossa alma e, muitas vezes, dói, machuca, mas também acalma e acalenta os nossos corações, quando revivemos os bons momentos inesquecíveis que tivemos ao lado de quem tanto amamos.
Maravilhoso texto, admiro sua sensibilidade! Obrigada, amigo... Me fez um bem enorme!
Abraço.

6 de novembro de 2013 13:11  
Blogger Smareis disse...

Olá Árabe!

Sua forma de traduzir a saudade é maravilhosa, e real."A saudade não é a dor, mas o conforto; não está no pranto de hoje, mas nos sorrisos de ontem."Lindo e verdadeiro o que escreveste.
Gostei demais de ler essa postagem.
Deixo um abraço!


7 de novembro de 2013 12:12  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Ilca. Mas confesso, amiga, que não sei se é bem sensibilidade... ou essas coisas que a vida vai ensinando à gente. :) Boa semana!

11 de novembro de 2013 04:32  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, não, Smareis? Bem o sabe aquele que já sentiu saudade! Obrigado, amiga; boa semana.

11 de novembro de 2013 04:33  
Blogger Fa menor disse...

"É através da saudade, que o amor sobrevive." - Lindo!

21 de dezembro de 2013 01:55  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky