O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

AS NOSSAS ALMAS


Eu vos tenho trazido a minha alma.
E alimento a esperança de que, através do que nela encontrais, possais conhecer as paisagens de vossas próprias almas: os mares e desertos, os abismos e as montanhas, o céu e o chão.
Eu vos tenho contado os meus sentimentos; as minhas alegrias e tristezas, as minhas emoções e ideias. Eu vos tenho falado dos meus sonhos e dos meus despertares, ao longo deste tempo.
Eu vos tenho cantado canções de esperança e desencanto; de amor e solidão; de gratidão e resignação. Eu vos tenho mostrado o que se passa em mim, para que possais entender a vós mesmos.
Eu vos tenho aberto o meu coração. Porque de nada adianta assentar-se o homem entre os seus irmãos, se ali não estiver inteiro; se não derrubar o muro de seus medos e suas desconfianças.
Por isto, busco trazer-vos sempre a minha alma nua. Sei, entretanto, que muitas são as vezes em que ela mesma se envolve em véus; porque é difícil, para a alma, desnudar-se ante suas irmãs.
Perdoai-a, por assim proceder. Perdoai-me pelas vezes em que não vos disse todas as palavras que gostaria; em que não vos mostrei tudo que sentia. Acreditai que assim fiz por nosso bem.
Pois não é generoso, nem sensato, aquele que expõe todas as suas verdades. Porque cada homem tem a sua própria verdade, o seu limite de tolerância, os seus pensamentos e os seus medos.
E, embora sejamos iguais em nossa essência e caminhemos juntos para o mesmo destino, cada um tem direito de fazer o próprio caminho; e nele aprender o que precisa, para atingir o Conhecimento.
Muitas são as portas e as estradas que levam ao Conhecimento. E ninguém chegará a ele, sem chorar todas as suas lágrimas e sorrir todos os seus sorrisos; é a união de ambos, que o faz florescer.
Deixai, pois, que eu continue a trazer-vos a minha alma; e, com ela, as minhas lágrimas e os meus sorrisos. Porque não é o corpo que sente felicidade ou tristeza, mas o nosso verdadeiro Eu.
Podeis, sim, enxugar os vossos olhos; ou ocultar os vossos sorrisos. Mas, se assim fizerdes, a tristeza ou a alegria continuarão presentes em vós e preencherão o vosso mundo interior.
Conhecer a si mesmo; este é o verdadeiro objetivo da jornada. E estamos fadados a caminhar sobre a terra, até que o consigamos atingir; então, seremos capazes de voar entre as estrelas.
Eu vos trago a minha alma. Observai-a bem, em sua pequenez e sua grandeza, para que a possais conhecer. Recordai que o homem precisa conhecer o seu irmão, para conhecer a si mesmo.
E, através da minha alma, podeis conhecer as vossas próprias almas.


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/1_ernesto_cortazar_misty.mid

28 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Lindo Árabe! Dizer mais o que?
Linda imagem e musica!
Bom fim de semana! Beijos

13 de outubro de 2017 19:12  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

"Pois não é generoso, nem sensato, aquele que expõe todas as suas verdades. Porque cada homem tem a sua própria verdade, o seu limite de tolerância, os seus pensamentos e os seus medos."

Belíssimo texto Árabe! Pois é, cada um com a sua maneira de pensar, de agir, de ser. A verdade é que, somos todos diferentes e é nossa obrigação aceitar, respeitar e acima de tudo, aprender a conviver com as diferenças do nosso próximo. Fui criada ouvindo minha vó falar o seguinte, cinco dedos nunca serão iguais, realmente não são, não mesmo!!! Que você tenha um lindo final de semana, com paz e saúde. Amei tudo, muito obrigada!

13 de outubro de 2017 19:19  
Blogger ✿ chica disse...

Muito bom! Conseguimos te conhecer pelos teus escritos onde mostras tua alma,Isso sempre nos ajuda e faz bem! Gosto muito ! abração, chica e tudo de bom!

14 de outubro de 2017 02:10  
Blogger CÉU disse...

Olá, meu querido amigo!

Acredito que os seus textos sejam mesmo aquilo que você pensa e que quer para seus amigos, o melhor, mas cada cabeça, sua sentença. Todavia, continue na sonda do bem e do entendimento.

Já conseguiu recuperar o "fôlego" (rs). Ah, tolices minhas! Grata por seu caloroso comentário.

Beijos para todos vocês.

16 de outubro de 2017 13:55  
Blogger São disse...

A minha alma agradece a generosidade da tua, querido Amigo.

Abraço apertado

17 de outubro de 2017 07:19  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola, Árabe!!!

Es verdad lo que escribes, nos has dejado alma vida y corazón en tus letras, siempre lo mejor de ti y con una gran maestría. Esperando que sigas por mucho años dándonos "guerra" esa guerra dulce y sabia, gracias amigo, por darnos tanto y tan bello.

Te dejo mi gratitud y mi gran estima.
Un besito y se muy -muy feliz.

17 de outubro de 2017 11:52  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

Um agradecimento do fundo da minha alma!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

17 de outubro de 2017 12:00  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Tem sido um privilégio receber todos os ensinamentos que a sua alma de forma sublime me tem transmitido.
É com esses ensinamentos sábios que tenho meditado e feito as minhas reflexões, modificando certos aspetos da minha vida que não estavam tão bem resolvidos.
Desta forma, que da sua parte é tão abnegada, eu quero agradecer cada palavra, cada estímulo, que me têm ajudado a enxergar de forma mais clara o meu caminho.
Muito obrigada, meu Amigo.
A música é linda e suave.
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime

18 de outubro de 2017 07:04  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

E dentro de cada um de nós há um mundo e nesse mundo mistérios ,esse é o gostoso da vida desvendar mistérios, nunca conheceremos totalmente uma pessoa e isso é o charme da vida ou talvez uma rota de fuga, se apertar fujo por entre os dedos como areia do deserto.
Desejo-lhe uma lindo final de semana.
beijos
Joelma

20 de outubro de 2017 05:55  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

O homem so conhece a si mesmo quando convive com seu proximo, e é nessa troca de vivencias que conhecemos quem somos, quando entregamos ao outro o nosso eu interior, permitimos que o outro se abra nao so para nos, mas para o mundo, assim como acontece conosco... e testamos nossos limites e aprendemos a respeitar o nosso proximo, a sabedoria nao esta em conhecer o outro, mas em conhecer e aceita-lo, com todas as suas imperfeiçoes... pq somos dualidade.
Gratidao amigo...

Beijos, querido Arabe...

PS:Deixei o blog em suspenso, tenho passado por alguns altos e baixos, ate que tudo se resolva, apenas visitarei os amigos como vc.

20 de outubro de 2017 06:43  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. Bom fim de semana, fique bem!

20 de outubro de 2017 10:44  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Maria Luzia: somos todos diferentes, embora tenhamos a mesma essência. E são exatamente as nossas diferenças que nos fazem tão atraentes; o mistério tem um encanto único! Obrigado, minha amiga; bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 10:48  
Blogger O Árabe disse...

Essa, Chica, é a ideia: juntos, conhecermos o que vai em nossas almas! Grato, amiga; bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 10:49  
Blogger O Árabe disse...

Consegui, Céu. Mas, acredita, encantam-me a leveza e a poesia com que abordas temas que, embora façam parte da sexualidade humana, a maioria das pessoas considera proibidos. Parabéns, amiga, e obrigado; bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 10:56  
Blogger O Árabe disse...

E eu confesso, São: sou grato à generosidade das vossas almas, que mantêm acesa a chama do nosso oásis. Meu abraço, amiga; bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 10:57  
Blogger O Árabe disse...

De nada vale o escrever, Marina, se não nos entregamos em nossas palavras e nossos sentimentos; tenho certeza de que bem o sabes, pois é o que fazes em teus belos textos! Obrigado, amiga; bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 11:00  
Blogger O Árabe disse...

Eu agradeço, Isy, pela bondade e pela gentileza com que nos acompanhas todo o tempo. Bom fim de semana, amiga!

20 de outubro de 2017 11:01  
Blogger O Árabe disse...

Privilégio, Ailime, é dividir convosco as minhas ideias e os meus pensamentos; sentir que caminhamos juntos e juntos aprendemos a enxergar de forma mais clara o nosso caminho. Obrigado, amiga; bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 11:03  
Blogger O Árabe disse...

Achei linda e verdadeira essa ideia da fuga por entre os dedos, como a areia do deserto, Joelma... é o que muitas vezes acontece, com coisas e pessoas que fazem parte de nossas vidas; aí, é preciso aprender a conviver com a saudade.Obrigado, bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 11:07  
Blogger O Árabe disse...

Nesse comentário, Arco-Íris, você disse algo que eu realmente acredito: "O homem só conhece a si mesmo quando convive com seu próximo"; talvez seja esta, no fundo, a razão pela qual escrevo! Espero que logo, amiga, a tua vida esteja no mais alto: não apenas para que voltes a postar, mas também (e principalmente!) para saber-te feliz. Obrigado pelo carinho e amizade, bom fim de semana!

20 de outubro de 2017 11:11  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Verdade árabe, eu que agradeço e muito! Bom final de semana pra você também. Abração.

20 de outubro de 2017 11:56  
Blogger O Árabe disse...

O melhor, Maria Luzia, é que caminhamos juntos; e, por isto, somos gratos uns aos outros. Esta é a melhor maneira de caminhar! Grande abraço, obrigado.

20 de outubro de 2017 17:39  
Anonymous lucia Argolo disse...

Belíssimo texto!
Admiro sua inspiração e como as coloca no papel. Me fazem pensar, refletir, descobrir...
Muito bom!

21 de outubro de 2017 16:43  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Lúcia. E esta é a ideia: pensarmos, refletirmos, descobrirmos... todos juntos! Boa semana.

23 de outubro de 2017 08:41  
Blogger Fá menor disse...

Texto muito enriquecedor. Apreciei muito, como de costume, as suas palavras tão cheias de sabedoria.

Abraço, meu amigo!

25 de outubro de 2017 01:58  
Blogger Vanessa Abreu disse...

Querido Árabe, se lembra de mim? Vanessa, blog Bruta Flor (que o tenho agora no Tumblr)... Senti saudades dos seus textos e decidi lhe fazer uma visita! Confesso que estou sem palavras...

7 de novembro de 2017 14:48  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fa, pela amizade e gentileza de sempre; pena que só hoje, vi o seu comentário. Boa semana, amiga!

13 de novembro de 2017 09:15  
Blogger O Árabe disse...

Desculpe, Vanessa; só hoje, vi o seu comentário. Lembro de você, sim, e agradeço a gentileza da visita. Volte sempre, o oásis é nosso. Tentei acessar o seu blog, para retribuir a visita, mas não consegui. Boa semana!

13 de novembro de 2017 09:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky