O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 1 de julho de 2022

DA SEGURANÇA QUE BUSCAIS


Buscais a segurança. Não percebeis como é insensata essa busca?

Porque viveis no mundo da insegurança, onde tudo pode mudar em um instante. Onde tudo se irá, mais dia menos dia; onde a própria vida pode acabar, em um piscar de olhos.

E, com ela, de uma vez acabam-se as vossas preocupações e os vossos cuidados. Porque, enquanto caminhais sobre a Terra, a cada caminhada relacionais o vosso futuro.

Faríeis melhor, talvez, se menos vos preocupásseis com a segurança e mais atentásseis ao momento que passa. Se, em vez de imaginar o amanhã, tratásseis antes de viver o hoje. 

Pois aquele que se angustia com a chuva que cai, não percebe o reflexo colorido da luz nos desenhos que as gotas formam na vidraça; nem o cheiro gostoso de vida, que sai da terra molhada.

E o homem que teme mergulhar no mar, jamais conhecerá a sensação maravilhosa da água acariciando o seu corpo; nem verá a beleza dos peixes e corais, diante dos seus olhos.

Buscais a segurança de continuidade no vosso trabalho; e, antes, deveríeis cuidar de fazê-lo com amor e de sentir-vos felizes, enquanto o fazeis. Porque a ele dedicais muito do vosso tempo.

E o trabalho não vos deve ser um peso, mas a certeza de que fazeis a vossa parte, na construção de uma vida melhor para todos. Assim, além de ganhar o vosso pão, alimentais a vossa alma.  

Buscais a segurança de longevidade nos relacionamentos. A eles deveríeis, antes, entregar-vos de corpo e alma; assim, conhecereis plenamente as emoções que vos podem trazer.

Pois, eu vos tenho dito, o amor não é usufruto, mas entrega; não é recebimento, mas doação. Ele não vos envolve, mas aflora de vós; e nada vos promete, mas vos faz sentir o seu encanto.

Buscais a segurança da saúde de vossos corpos. Que é importante, para prosseguirdes em vossa jornada; mas deveríeis ter presente que esta é apenas uma etapa de uma jornada maior.

E mais necessário é que cuideis da vossa alma. Pois é o vosso verdadeiro Eu que transcende o tempo; que passeará nos jardins da Eternidade, e estará sempre vivo na Mansão do Amanhã.

Abandonai, pois, as vossas preocupações com a segurança. Nenhum de vós estará seguro, enquanto caminhardes sobre a Terra; ela mesma poderá desaparecer, em um minuto.

Porque o que vos pertence, agora, não é o futuro, mas o presente. Ocupai-vos, portanto, de desfrutar da doce aventura que é a Vida; de viver plenamente cada minuto que vos é dado neste mundo.

Esta é a única certeza que podeis ter.

Música:

http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/1_carmen_cavallaro_autumn_leaves.mid

Link música

Link vídeo

28 Comentários:

Blogger chica disse...

Perfeitas tuas palavras. Sabemos de tudo isso,mas quantas vezes o contrário fazemos? Somos falhos... abração, tudo de bom,chica

2 de julho de 2022 07:08  
Blogger Parapeito disse...

Olá .
Gostei muito do que li.
No final pensei que bem podia ser sobre as crianças :)
Só elas conseguem enxergar assim a vida, fazendo cada dia ser uma aventura. Conseguem ver tudo com simplicidade, alegria e amor. A criança consegue oferecer afeto sem motivo algum.
A única missão é: ser feliz no momento presente...
Deixo abraço e brisas doces **

2 de julho de 2022 16:25  
Blogger Beatriz Pin disse...

Olà meu amigo, desejo que tenha um bo día, que viva o presente e não se preocupe com o futuro nem coa segurança, mas para não nos preocupar, debemos ponher da nossa parte em fazer as coisas bem. Eu me levantei hoje ás 6:00 horas para viajar tranquila, sem carros na estrada porque começam as ferias e eu não gosto dista época nas estradas. Eu me preocupo em tomar medidas mas ja sei que não importam poque nada impede que suceda o pior.
Gostei da música A viagem e mesmo faz sentido para mim que viajei hoje.
Um beijinho

3 de julho de 2022 10:58  
Blogger Fatyma Silva disse...

Meu querido amigo Árabe , que belas palavras nos partilha!
A verdade é que por mais que procuramos fazer o certo, somos falhos com nossas atitudes e pensamentos.
Deveríamos acertar mais nos cuidados a saúde, mas estamos sempre errando!

Boa semana e um ótimo mês de Julho.
Um abraço

4 de julho de 2022 17:13  
Blogger Maria Lucia (Centelha) disse...

A facilidade com que suas palavras aqueceram meu coração, é um atestado de que seu texto é altamente edificante. Gostei.
Abraços

4 de julho de 2022 19:58  
Blogger Majo Dutra disse...

Estimado amigo.
Parece-me que não estou completamente de acordo contigo.
Creio que o presente deve ser vivido intensamente à luz dos conhecimentos adquiridos no passado e não comprometendo o futuro, é assim que interpreto o 'Carpe Diem'. É de louvar a sensatez. acima de tudo...

Em despedida, por algum tempo, venho desejar a ti e tua família, saúde em dias luminosos de paz e contentamento.
Um grande abraço.
~~~~~~

4 de julho de 2022 20:04  
Blogger Semplicemente Donna disse...

Che post meraviglioso caro amico Árabe!
E' un inno alla Vita , ma soprattutto al vivere il presente sempre al meglio , perchè oggi ci siamo e domani non lo sappiamo , tanto vale viverci l'Oggi!


Un abbraccio augurandoti buon Luglio!

Rosy

5 de julho de 2022 03:51  
Blogger São disse...

A tua reflexão vem na linha dos ensinamentos do budismo zen : viver cada minuto em consciência e termos a noção da impermanência , praticando o desapego.

Te abraço com estima, Swami, e que seja feliz a tua semana

5 de julho de 2022 11:16  
Blogger Roselia Bezerra disse...

o reflexo colorido da luz nos desenhos que as gotas formam na vidraça...

nos relacionamentos. A eles deveríeis, antes, entregar-vos de corpo e alma; assim, conhecereis plenamente as emoções que vos podem trazer.

Bom fim de noite, amigo Árabe!
Chamaram-me a atenção os dois parâmetros avisa colocados.
O Amor não é usufruto... Perfeito!
Encantada com as palavras de muita sabedoria.🙏
O que virá é ainda maior do que o vivido aqui.
Tenha dias abençoados!
Abraços fraternos


5 de julho de 2022 21:18  
Blogger Margarida Pires disse...

Mergulhar no mar é das melhores sensações que já vivi!
E também concordo que as preocupações devem ir com o vento.
Um abracinho, Árabe!
🌼🌼🌼Megy Maia

6 de julho de 2022 09:58  
Blogger stella disse...

La vida es un paseo corto, nos afanamos en hacer muchas cosas, guardar o atesorar como si fuesemos a vivir siempre, no queremos ver que cada día es un día menos, que hemos de trabajar para dejar lo mejor de nosotoros mismos, todo cuanto tenemos se quedará aquí por lo que hemos de luchar por el crecimiento interior,
Siempre es un lujo leerte Árabe
Un abrazo

6 de julho de 2022 13:34  
Blogger Mariazita disse...

Gostei da tua reflexão, sem sombra de dúvida, embora não esteja totalmente de acordo com a tua linha de pensamento.
A segurança é necessária. E ela pode conviver com todos os outros sentimentos que apontas...
Isto é o que eu penso, não o que eu quero impor como certo e verdadeiro, meu caro Árabe.

RE: Acerca do problema com o livro eu nada te posso dizer. Já tentaste informar-te junto do teu panco? Aí é que te podem dizer se se pode ou não fazer transferências para Portugal. Experimenta. Lembrei-me agora, vou falar com um amigo meu que é escritor e que envia muitos livros para o Brasil. Se conseguir saber algo, digo-te.

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

7 de julho de 2022 12:54  
Blogger O Árabe disse...

Acho que você disse muito bem, Chica: somos falhos. O que nos resta é perseverar, amiga; chegaremos lá! :) Meu abraço, obrigado; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:27  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Maria! Por isto, confesso: apesar de todo o aprendizado e amadurecimento que a vida traz, precisamos guardar, ainda que bem oculto, um restinho de criança! ;) Meu abraço, obrigado; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:29  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Bea: precisamos fazer bem a nossa parte! Este é um dos meus princípios de vida: se acredito que tentei fazer o meu melhor, não me entristeço quando as coisas não dão certo. Levanto, sacudo a poeira e parto pra outra. É bem assim, minha amiga! :) Obrigado, meu abraço; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:32  
Blogger O Árabe disse...

Entretanto, Fatyma, consola-me pensar que errar é apenas um caminho mais longo, para fazer o certo; um dia, todos lá chegaremos! Meu abraço, amiga, obrigado; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:34  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Centelha! Meu abraço, amiga, e obrigado! Bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:38  
Blogger O Árabe disse...

Mas é exatamente isso, Majo! Acredito que, se vivermos bem o presente, com sensatez e entrega, construiremos um futuro sempre melhor. Desejo-te boas férias e espero que não te demores muito; fazes falta! Meu abraço, obrigado; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:43  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Rosy. E é exatamente assim que penso: devemos, sempre, viver bem o hoje; o amanhã virá por si mesmo! Meu abraço, obrigado; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:45  
Blogger O Árabe disse...

Confesso que não sabia, São; mas tenho certeza que estou em boa companhia: aprecio muito as máximas budistas! ;) Meu abraço, querida amiga; bom resto de semana, obrigado.

7 de julho de 2022 13:54  
Blogger O Árabe disse...

Grato pela gentileza e amizade, Rosélia, e plenamente de acordo: o que virá, amiga, é muito mais do que podemos, sequer, imaginar! Meu abraço, obrigado; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:55  
Blogger O Árabe disse...

Duas das melhores coisas deste mundo, Megy: mergulhar no mar e sentir a carícia do vento nos cabelos. Uma das razões pelas quais adoro praias! Meu abraço, amiga, obrigado; bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:57  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Carmen. E concordo plenamente com o que dizes: a caminhada é curta, em cada jornada. Aproveitemos, pois, os encantos do caminho! Obrigado, amiga; meu abraço, bom resto de semana.

7 de julho de 2022 13:59  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Mariazita: a segurança pode conviver com todos os deleites, sim. Só acho, amiga, que não devemos tê-la como principal meta ou parâmetro; até porque, neste mundo, ela é ilusória; entendes? Pelo menos, assim a vejo. :) Quanto ao livro, acho que tens razão; vou procurar informar-me junto ao banco. Acho que ainda não o fiz porque, como resolvo tudo pela internet, nem sei quem é meu gerente. ;) mas vamos resolver, e terei o teu livro! Meu abraço, amiga; obrigado, bom resto de semana.

7 de julho de 2022 14:05  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

A vida é apaixonante mesmo com todas as incertezas e talvez mais ainda por isso,cabe tão somente a mim escolher se quero viver vivendo,ou tentando controlar o incontrolável

Beijos
Joelma

7 de julho de 2022 17:47  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Joelma: essa escolha pertence a cada um de nós. Porque cada um precisa caminhar o seu próprio caminho, embora todos sigamos juntos. Complicado, não parece? Mas, na verdade, é muito simples. ;) Meu abraço, obrigado; bom fim de semana.

8 de julho de 2022 22:07  
Blogger Ailime disse...

Boa noite meu Amigo e bom Árabe,.
Como fiquei triste em não ver aqui o meu comentário.
Será que não foi para spam?
Todos os dias valido comentários nos meus blogs que caem no spam.
Peço desculpa, mas seus textos merecem toda a minha consideração.
Não ia deixar de comentar.
Um beijinho, Amigo, e boa semana
Ailime

11 de julho de 2022 20:54  
Blogger O Árabe disse...

Também não cheguei a ver o comentário anterior, Ailime; mas ainda bem que o percebeste. Sinto-me grato e gratificado por tua atenção e amizade. Meu abraço, obrigado; bom resto de semana!

13 de julho de 2022 17:02  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky