O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

domingo, 24 de junho de 2007

PENSAMENTOS


Não é no pó que se acumula nas minhas sandálias, que encontrarei as lembranças dos caminhos que já percorri; mas nos sentimentos de que pude desfrutar, durante as minhas viagens.

Como não é nas minhas palavras, que encontrarei as verdades que busco; apenas poderei encontrá-las nas dúvidas que me são trazidas pelos meus irmãos. Pois a resposta não começa a nascer, antes que seja formulada a pergunta.

Assim como o perigo das tempestades não está no estrondo assustador do trovão, mas na beleza ofuscante dos raios, também não é nos anseios do mundo que encontraremos as causas da nossa felicidade, ou do nosso sofrimento; elas estão nos nossos sentimentos, em nosso verdadeiro Eu.

Como o mar, tem o verdadeiro Eu as suas calmarias e as suas borrascas. Como o mar, é profundo e insondável; é nele que residem a melhor e a pior parte de nós. E não podemos controlá-lo; ele é que nos controla, porque é a nossa verdade maior.

Todavia, o homem busca entorpecer-se com os apelos do mundo. É nos valores da sociedade, que busca os parâmetros para medir aos outros e a si mesmo. E, ao fazê-lo, é como a mariposa ingênua, que se deixa atrair pelo brilho fatal da lâmpada enganosa.

Eis que me move o desejo de aprender; e como compreender a Vida, se eu me fechar em mim mesmo e não compartilhar as dúvidas e a sabedoria dos meus irmãos? Pode uma única página possuir toda a sabedoria que habita em um livro? Ou uma única flor exibir todo o colorido de um vasto jardim?

Assim, cada um que ouça as minhas palavras e nelas encontre o ponto de partida para as suas próprias verdades, será para mim como a missão cumprida. Pois o semeador, ao lançar milhões de grãos sobre a terra, sabe que nem todos eles frutificarão; e nem por isso despreza o valor do seu trabalho, ou a alegria da colheita.

Por isto, assim como devo lavar as minhas vestes, para que nelas não persista a poeira do caminho, devo também abrir a minha mente, para que possa aceitar as idéias alheias e nelas descobrir novas verdades. Pois aquele que se julga completo é como uma esponja que, encharcada de presunção, nada mais consegue absorver.

Desejo, apenas, que a minha voz se faça ouvir. Que o meu coração esteja pronto a ouvir os meus irmãos e compreender os seus sentimentos; e, acima de tudo, que a Voz do Universo possa exprimir-se por minhas palavras e orientar-nos na caminhada, que se renova em todos os dias.

A busca do nosso verdadeiro Eu.

44 Comentários:

Blogger Mônica Montone disse...

Lembrei daquela canção do Melodia: "se a gente falasse menos, talvez compreendesse mais" :o)

beijos e boa semana

MM

25 de junho de 2007 08:57  
Anonymous Dani Araújo disse...

Olá... obrigada pela visita, volte sempre viu??

Seu blog é muito bacana...
Tb voltarei com certeza!!

Bjão

25 de junho de 2007 10:44  
Anonymous tati sabino disse...

Oi,
tbm venho me perguntando o que é a verdadeira felicidade, é tão dificil saber que caminho nos leva a ela, né?
mas enfim...
tenha uma ótima semana..
bjoss

25 de junho de 2007 12:54  
Anonymous DO disse...

Gostei daqui.
Muito interessante!!


Abração!!

25 de junho de 2007 13:24  
Blogger Tina disse...

Olá!

Lindo texto! A busca pelo EU é diária, a gente sempre se surpreende com as coisas que somos capazes, sempre mesmo.

beijos querido, boa semana.

25 de junho de 2007 15:32  
Anonymous Everton disse...

Uau!

25 de junho de 2007 17:17  
Blogger Mary disse...

Ola meu amigo! Adorei os pensamentos.
Beijocas pra você e boa semana.

25 de junho de 2007 18:14  
Blogger Ciça Donner disse...

Mas isso é um verdadeiro oasis de sentimento

26 de junho de 2007 04:05  
Blogger O Árabe disse...

Às vezes, parece que o homem fala tanto para se aturdir, por medo de pensar, não é? Boa semana, Mônica!

26 de junho de 2007 05:36  
Blogger O Árabe disse...

Dani, grato pela visita e pela opinião. Disponha do nosso oásis... voltarei ao seu.

26 de junho de 2007 05:37  
Blogger O Árabe disse...

Tati, talvez a felicidade, como a paz, seja o próprio caminho... e um dia aprendamos a percorrê-lo. Boa semana, para você.

26 de junho de 2007 05:40  
Blogger O Árabe disse...

É verdade, Tina... sempre podemos mais do que julgamos. E isso é maravilhoso, não? Boa semana.

26 de junho de 2007 05:45  
Blogger O Árabe disse...

Everton, espero que esse Uau signifique apreciação... para que possamos contar sempre com você em nosso oásis.

26 de junho de 2007 05:47  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado pela visita e pela opinião, Mary, e lembre-se: este oásis é nosso: estará sempre às ordens. Boa semana.

26 de junho de 2007 05:50  
Blogger O Árabe disse...

Agora mais completo, Ciça, com a agradável presença de vocês! Disponha dele.

26 de junho de 2007 05:52  
Blogger O Árabe disse...

Volte sempre, DO... o oásis é nosso. Também gostei muito do Ramsés, só não consegui comentar por lá. Tentarei novamente. Receba o meu abraço de boas-vindas.

26 de junho de 2007 05:53  
Anonymous Blogue da Magui disse...

De qualquer forma, não é bom ficar olhando para trás porque vc vira estátua de sal.

26 de junho de 2007 07:10  
Blogger Susana Jas disse...

Arabe !

Primeiro, linda foto : os patos voando juntos sao uma das lindas coias que se pode ver aqui na Holanda.
Depois, maravilhoso texto !!!! Sua comparacao do ser que se considera completo a uma esponja encharcada, foi perfeita !!!!!
Voceembala nossos pensamentos com suas belas reflexoes.

A Holanda tem coisas lindas , mas , a exemplo de todos os lugares, tem suas desvantagens tambem. Mas, aprendi a gostar daqui como meu segundo lar.

Um bj,

Susana

26 de junho de 2007 07:30  
Anonymous Dani Araújo disse...

Eiii, atualiza...
Boa terça!!
Bjim

26 de junho de 2007 07:40  
Anonymous Lulu on the sky disse...

Lindo texto... tudo q eu precisava ler.

Obrigada pela força com relação ao falecimento da minha tia viu?

Big Beijos

26 de junho de 2007 13:40  
Blogger O Árabe disse...

Magui, essa é uma verdade bíblica. Além de tudo, quem olha para trás não pode perceber o futuro, não é?

26 de junho de 2007 20:59  
Blogger O Árabe disse...

Susana, eu não tenho o prazer de conhecer a Holanda; mas as suas fotos me passam a impressão de calma e beleza. Obrigado por elas... e pela sua opinião sobre o nosso oásis.

26 de junho de 2007 21:02  
Blogger O Árabe disse...

Dani, agora vai demorar um pouco... mas eu volto, sim. Vocês são a minha força...

26 de junho de 2007 21:03  
Blogger O Árabe disse...

Lulu, este é o papel dos amigos: multiplicar as alegrias e dividir as tristezas. Desejo, sinceramente, que você esteja bem.

26 de junho de 2007 21:07  
Anonymous Flavia Sereia disse...

Para se buscar o verdadeiro Eu, não se pode ter medo, vergonha ou orgulho de descobrir os nossos defeitos.
Basta vc fazer uma pesquisa de opnião sobre quais os defeitos de cada um e vc vai ver que pouca gente admite por exemplo que sente inveja, avareza e soberba. Todos preferem adimitir os pecados mais lights, vi isso numa pesquisa que o Lino fez.
Como conhecer a si mesmo se vc não admite os seus erros mais podres?

bjs

26 de junho de 2007 22:46  
Blogger luma disse...

Não ter vergonha de expor os sentimentos, sejam quais forem, já é mostra de grande crescimento pessoal. Viver sem máscaras, com plenitude! Com paz! Beijus, Luma

27 de junho de 2007 04:11  
Blogger Defensor disse...

Salve

Beleza de blog. Belas mensagens. Os textos são seus?

Voltarei.

Abraços

27 de junho de 2007 04:33  
Blogger O Árabe disse...

Flávia, gostei da expressão "pecados mais lights"; pitoresca, mas certíssima. Como é certo que, quanto pior o erro, mais relutamos em admití-lo...

27 de junho de 2007 06:24  
Blogger O Árabe disse...

Excelente sugestão Luma. As máscaras que usamos, no dia-a-dia, apenas nos afastam do nosso verdadeiro Eu...

27 de junho de 2007 06:26  
Blogger O Árabe disse...

Defensor, obrigado pela visita e pela opinião; volte, sim. O oásis é nosso, como os textos; aliás, gosto muito dos seus...

27 de junho de 2007 06:32  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

E vivemos buscando a tal felicidade sem perceber que está em nós, basta ter mais atenção nos atos e sentimentos.
lindo dia,
beijosss

27 de junho de 2007 09:51  
Blogger O Árabe disse...

Não é, Clarinha? Paradoxal, mas a melhor maneira de encontrá-la talvez seja não nos absorvermos na busca...

27 de junho de 2007 13:54  
Blogger Josse disse...

Colocações bem postas daquilo que não entendemos. O que seria do homem se não soubesse sentir. De parte igual, em mim seria o essencial da vida. Apenas sentir para depois decidir.

Beijos

Josse

28 de junho de 2007 07:32  
Blogger O Árabe disse...

Sentimentos e razão. Os ventos que impulsionam nosso barco... e o leme que determina o nosso curso. Bem colocado, Josse.

28 de junho de 2007 07:42  
Anonymous Dani Araújo disse...

ani Kd vc moço??
Bjão

28 de junho de 2007 10:47  
Blogger O Árabe disse...

Estou voltando, Dani... daqui a pouco! :)

28 de junho de 2007 17:02  
Anonymous Lino disse...

Seguramente uma das coisas mais difíceis de se encontrar é o nosso verdadeiro eu. Muitas vezes nós o escondemos de nós mesmos.

28 de junho de 2007 17:20  
Blogger O Árabe disse...

Ou tentamos esconder-nos dele, Lino; mas sempre teremos que encontrá-lo, ao fim de cada caminhada...

28 de junho de 2007 17:26  
Blogger Josse disse...

Porque as pessoas fogem tanto de si...procurando externamente o que talvez estivesse descrito em seus interiores? Porque tanta busca, se bastaria um espelho e olhos treinados para se encontrar?

Bjs

3 de julho de 2007 08:39  
Anonymous Fernanda Figueira disse...

Boa tarde,
O ser humano vive smepre em busca da felicidade, felicidade essa que está numa simples flor basta vc saber olhar
Adorei esse texto pois nos faz refletir o nosso próprio eu
bjs carinhosos

12 de julho de 2007 08:59  
Blogger O Árabe disse...

Josse, aquele que tem os olhos treinados para megulhar em si mesmo... nem precisa do espelho! ;)

13 de julho de 2007 17:59  
Blogger O Árabe disse...

fernanda, é mais ou menos isso: sempre buscamos a felicidade fora de nós... quando é dentro, que ela está. ;)

13 de julho de 2007 18:00  
Blogger Sol do Deserto disse...

Estava procurando por algo que me respondesse nesta data (24/06 - recordação/falecimento de meu sábio pai) e me deparei com seus Pensamentos que sempre respondem as minhas perguntas, mesmo que essas não sejam antes formuladas.


Saudações

23 de junho de 2009 22:06  
Blogger Peregrinus disse...

Saudações!

Peregrinando , hoje, somente hoje, dei de caras com o seu oásis!!!
Sentei-me à sombra de uma das palmeiras e respirei fundo a tranquilidade presente. O silêncio se fez presente em minha mente, apenas o coração escuta... Permanecerei um tempo para recuperar minhas forças pois um cansaço imenso me invade a alma.
Com gratidão pela partilha, e paz no coração o saúdo.

Peregrinus

1 de julho de 2012 09:37  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky