O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 15 de junho de 2012

ALGUÉM QUE AMA MAIS


Sempre haverá alguém que ama mais.


Aquele que, buscando prolongar o amor, muitas vezes chegará a anular a própria vontade. E, assim fazendo, encurtará o tempo de duração da sua história.

Porque o amor tem na plenitude o seu maior encanto. E não existirá plenitude entre dois amantes, se cada um não puder expressar os seus próprios desejos.

Pois não existe, sob o sol, alguém que não se sinta incompleto. É por isto que buscais o amor: para que possais encontrar a parte que vos falta, a outra metade de vós.

E é por isto que são efêmeros os vossos amores. Porque ninguém existe que seja a outra metade de alguém; cada um de vós é um mundo à parte, com as suas próprias paisagens.

Não é em outra pessoa, que encontrareis o que vos falta; mas em vossos sentimentos. Pois é através do verdadeiro Eu, que o homem se pode ligar ao Universo.

Apenas assim, encontrareis a plenitude. Pois a centelha divina que existe em vós se ressente do exílio, e seu maior desejo é reunir-se ao Cosmo, ao qual pertence.

É esta a origem da vossa inquietação. E não conhecereis a paz, enquanto a vossa alma não conhecer esta verdade; enquanto cada homem não aceitar a si mesmo.

Por isto, sempre existirão mãos que se entrelaçam. E que um dia se separarão, para acenar um derradeiro adeus; não ao amor, mas à esperança que se vai.

Sempre existirão bocas que se beijam, entre palavras de carinho e desejo. E que um dia buscarão as palavras mais duras, para magoar a quem juravam amar.

Sempre existirão olhos que se fitam, e trocam mensagens de amor. E que um dia se entregarão a lágrimas de tristeza e saudade, ou de revolta e frustração.

Sempre existirão corpos que se encontram e penetram, e no calor do orgasmo escapam ao tempo e ao espaço. E um dia sentirão o frio cruel da solidão.

Sempre haverá alguém que ama mais. E talvez para ele seja mais dolorosa a separação. Decerto, entretanto, será o mais feliz enquanto durar o amor.

Porque com mais intensidade viverá o seu sonho.

39 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Linda mensagem, Árabe! Nossa, fiquei emocionada ao ler a mensagem com essa musica de fundo. Ficou perfeito!
O amor Árabe, é eterno. Ainda que duas pessoas que amam precisem se afastar, ele viverá e tocará os corações eternamente... Nesse caso, os olhos que brilhavam de felicidade, brilharão marejados pelas lágrimas de saudade.
Tudo lindo e perfeito demais!
Bom fim de semana! Beijos

15 de junho de 2012 19:33  
Blogger Fa menor disse...

E como isto é verdade!!!

Boa semana, amigo!

16 de junho de 2012 04:44  
Blogger Magia da Inês disse...

°`♥✿✿⊱╮
♡¸¸.•
Existe medida para amar?!
Boa semana!
Beijinhos.
Brasil
¸.•°`❤✿⊱╮

17 de junho de 2012 09:24  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe!
É verdade pura e isso me incomoda. Incomoda porque todos sonhamos com finais felizes...
Li que a música era linda e me perguntei porque não a ouço. Aí abri seu site no IE e lá é o único local em que se ouve. Como eu uso o Chrome ou o FF, não se escuta nada. De agora em diante, abrirei seu site no IE. Um beijo!

17 de junho de 2012 13:11  
Blogger ✿ chica disse...

Que lindo te ler,Árabe,Sempre falas tanto... abraços, linda semana,chica

17 de junho de 2012 14:57  
Blogger Daniel disse...

Tenho para mim que é necessário passarmos por tudo o que passamos para evoluirmos, senão não haveria conflito.

Cada ser humano no seu grau de evolução.

Ler suas postagens me auxilia a subir degraus.

Daniel

17 de junho de 2012 16:07  
Blogger CamilaSB disse...

Amar é saber partilhar com alguém a busca do sentido da vida (embora haja dias em que ela pareça não fazer sentido...) é no amor que retempero as minhas forças... o verdadeiro amor, é aquele que entende, apoia e respeita o outro. Pois, cada um de nós é um ser único... e, como tal, não se deve subjugar a ninguém, o verdadeiro amor é livre e espontâneo, cresce no campo como uma flor, como uma dádiva da Natureza!
Adorei as suas belas palavras... obrigada pelo carinho! Um beijinho com amizade!

18 de junho de 2012 05:41  
Blogger São disse...

O amor precisa de liberdade e autenticidade e confiança.


Um abraço enorme, Amigo.

18 de junho de 2012 09:40  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Absolutamente de acordo amigo.
Vou colocar este no sinfoniaesol.
Um grande beijinho
Irene

18 de junho de 2012 10:23  
Blogger Lidi Horácio disse...

Adoreii

Beijos :*
Boa Semaninha ")

18 de junho de 2012 11:39  
Blogger Rô... disse...

oi meu querido,

amar é mesmo sem fronteiras e sem medidas...
adoro tanto te ler,
quando crescer,
vou escrever assim também...

beijinhos

18 de junho de 2012 12:26  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

É assim mesmo, Árabe. Juras de amor, a princípio e, depois, a tortura do rancor um pelo outro. Altos e baixos na vida e na dança do amor terreno.
Amigo, uma boa noite!Bjsss

18 de junho de 2012 15:55  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo,
É sempre um privilégio ler o que escreve.
Uma eloquente dissertação sobre o amor, o sentimento mais nobre e perfeito que nos faz mover e dar sentido à nossa vida.
Na plenitude do amor fomos gerados e ele viverá em nós para além da eternidade.
Beijinhos e excelente semana.
Ailime

18 de junho de 2012 16:22  
Blogger TITA disse...

...porque o Amor é sempre mais...Lindo.Um abraço.

18 de junho de 2012 17:38  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

tão real!

subscrevo o teu majestoso texto.

um beij

19 de junho de 2012 03:53  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel: eterno. Ainda que mudem as circunstâncias da vida. Boa semana!

19 de junho de 2012 09:47  
Blogger O Árabe disse...

É, Fa menor; pena que demoramos muito para a aprender. Boa semana!

19 de junho de 2012 09:48  
Blogger O Árabe disse...

Existe, Inês... mas varia de pessoa para pessoa. :) Boa semana!

19 de junho de 2012 09:49  
Blogger O Árabe disse...

E essa música é realmente linda, não, Claudinha? Ainda que não fale expressamente em um final feliz. :) Boa semana!

19 de junho de 2012 09:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Chica, pela gentileza e amizade. Boa semana!

19 de junho de 2012 09:50  
Blogger O Árabe disse...

Fico feliz com isso, Daniel. E agradeço a sua amizade. Meu abraço, boa semana.

19 de junho de 2012 09:51  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Camila, e concordamos: o amor precisa ser puro e espontâneo, sim! Boa semana.

19 de junho de 2012 09:52  
Blogger O Árabe disse...

Isso, São! Ou não seria o Amor. Boa semana, amiga!

19 de junho de 2012 09:52  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Irene. Sinto-me honrado, amiga; boa semana!

19 de junho de 2012 09:53  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lidi; boa semana!

19 de junho de 2012 09:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Rô. Mas eu acho que você já escreve muito bem! Boa semana.

19 de junho de 2012 09:55  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Vanuza: altos e baixos, sempre. Na maioria das vezes, que nós mesmos fazemos. Boa semana!

19 de junho de 2012 09:55  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Ailime. Privilégio é contar com amigos como vocês! Boa semana.

19 de junho de 2012 09:56  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Tita: sempre mais. Sempre. Boa semana!

19 de junho de 2012 09:57  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela amizade e gentileza. Boa semana.

19 de junho de 2012 09:57  
Blogger C Valente disse...

Amar o próximo cada vez é mais preciso
Saudações amigas

20 de junho de 2012 05:03  
Blogger Lidi Horácio disse...

Lindaa mensagem!


Beijinhos ;*
Ótima Semana ")

20 de junho de 2012 08:09  
Anonymous De... disse...

Caro Árabe...

Em suas palavras estão contidos ensinamentos preciosos.
Quando existe alguém que “ama” mais, é porque o amor já não existe nessa relação. Melhor seria dizer: quando alguém “deseja” mais.
O amor em si, não possui medida... e talvez, ainda não aprendemos realmente a amar.
“Não é em outra pessoa, que encontrareis o que vos falta...”, pois não existe um completar-se através do outro... o nosso Eu terá que percorrer os seus próprios caminhos rumo à evolução.
Mas em uma união entre dois seres, podemos dizer que uma sementinha de amor já existe, quando cada um apóia e incentiva o outro em seus passos de retorno ao Cosmo.

Bom fim de semana, incluindo o São João. Beijosss...

22 de junho de 2012 14:21  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, amigo Carlos Valente: cada vez mais! Meu abraço, bom fim de semana.

22 de junho de 2012 14:56  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Lidi. Bom fim de semana!

22 de junho de 2012 14:57  
Blogger O Árabe disse...

Assim é De; e obrigado pelos votos. Bom fim de semana!

22 de junho de 2012 14:57  
Blogger Peregrinus disse...

É a experiência que nos revela o Amor, que nos espelha em espelhos desvelados.
Permanecerei e partilharei a rota aos cansados peregrinos até a este oásis de água viva. Gratidão

1 de julho de 2012 11:10  
Blogger O Árabe disse...

Bem vindo seja, Peregrinus; é um grande prazer a sua companhia. Boa semana!

1 de julho de 2012 16:34  
Blogger Mirra disse...

Então... por assim dizer e pelas histórias aqui contadas da humanidade...
Chego a seguinte conclusão:
- O amor foi dado ao homem como uma dádiva...
Um presente de Deus aos mortais.
O homem não sabendo o que fazer com tanto "amor",
Pois não aprendeu a entendê-lo.
O amor não se entende...
Ele apenas se sente em sua total simplicidade.
O amor é da alma...
Que insistimos em calar.
O amor cega o homem...
Tanta grandeza é muito para um simples mortal...
E não sabendo amar simplesmente...
Ele tenta enganar.
Pobre homem...
Ainda não entendeu que "amar" não se acorrenta...
Não se domina...
E não há como controlar.
Homem...
Aprenda!...
O amor não volúvel,
E nem moeda de troca.


Árabe, é um prazer ler as palavras contidas em seu blog.

Grande beijo,

Mirra

4 de agosto de 2012 09:04  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky