O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A MUDANÇA E A JORNADA




Sim; eu mudei.
Já não me vejo como era, no espelho da parede nem no reflexo da minha própria alma. Já não vejo o mundo e as pessoas como dantes via, nem reajo como antes.
Já não creio em coisas nas quais acreditei; já não choro por coisas que antes me faziam sofrer, nem me deixo levar pelos sonhos que outrora acalentavam minha alma.  
E é normal que assim seja; porque tudo muda na natureza. A gota d’água hoje sobre a flor, amanhã fará parte da nuvem; e depois de amanhã voltará a ser gota e de novo ornará a flor.
E embora o mar acaricie a praia todos os dias, não são as mesmas as suas carícias; porque não se repetem as suas ondas e a mansidão de hoje pode ser a fúria de amanhã.
A mudança faz parte da nossa essência; o aprendizado é a causa de cada jornada sobre a terra, e a mudança é apenas a sua consequência natural. Aprender é mudar.
Decerto, muitas outras vezes hei de mudar. E não perceberei as minhas próprias mudanças, senão quando o destino me trouxer de volta situações que no passado vivi.
São as situações que se repetem, não as ocasiões. E nem sempre se repetem as nossas decisões, porque não são as mesmas as nossas convicções e emoções.
Tende em mente esta verdade, e não vos decepcionareis tantas vezes com as pessoas que vos cercam. Pois às pessoas não é dado serem as mesmas em todos os momentos.
Deveis aceitar as suas mudanças; porque necessitais que as vossas sejam igualmente aceitas. E quanto mais exigirdes dos vossos irmãos, mais vos será também exigido.
Eu vos tenho dito que somos como espelhos, a refletir sobre os outros aquilo que deles recebemos. Pois este não é o mundo da doação generosa, mas o da troca egoísta.  
Por isto, não pode esperar compreensão aquele que ao seu redor distribui a intolerância. E não receberá amor aquele que não abrigar o amor em seu próprio coração.
Buscai compreender, portanto, as vossas mudanças; e tende presente que para crescer é preciso mudar. Não existiria a árvore, se a semente não houvesse germinado. 
Aceitai as vossas mudanças. É assim que assim vos tornareis capazes de entender as mudanças alheias, para que possais prosseguir de mãos dadas a vossa jornada. 
Rumo ao Conhecimento.       

58 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Sim, Árabe! Aceitar as mudanças já é uma demonstração de crescimento. Mas em nenhuma mudança deveria constar a perda dos sonhos, porque eles nos sinalizam que precisamos correr atrás e estamos vivos.
E apesar de saber que estamos vivendo um mundo de intolerâncias, egoísmos e ambições, me recuso a aceitar como sendo isso normal. Ainda quero crer que estamos vivendo um pesadelo terrível e a qualquer momento vamos acordar.
Entender as mudanças alheias, e aceitar as pessoas como são, são coisas que estão ficando fora de moda, porém prefiro andar na contra mão de tudo, do que ir de encontro a mim mesma.
Lindo post, adorei! E gostei demais da musica!
Bom fim de semana! Beijos

18 de janeiro de 2013 17:19  
Blogger Paula Barros disse...

Sim, nós mudamos. Às vezes para melhor, às vezes para pior, e são muitos fatores que nos levam a mudar. Gostei quando no texto diz que muitas vezes nem percebemos.
abraço

18 de janeiro de 2013 18:46  
Blogger ✿ chica disse...

Fatalmente as mudanças ocorrem e saber tirar delas um aprendizado é preciso...Estou no mar e as ondas se mostram diversas a toda hora...LINDO te ler! abração praiano,cheio de energia,chica

19 de janeiro de 2013 02:38  
Blogger Sherazade disse...

Oie Árabe; Lindo demais o post!
As mudanças são importantes, desde que tenhamos extraído as lições que todos os caminhos nos deixam.
Nenhuma intolerância, ambição, ou egoísmo, vou aceitar como normal. E tento passar sem que venham a me atingir, nem me contagiar.
Bela mensagem! Bom domingo! Beijos

19 de janeiro de 2013 22:25  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo e bom Árabe, uma reflexão com muito para entender, para aprender! Por vezes dizem-nos que somos resistentes às mudanças. Penso que à medida que o tempo avança tudo é diferente e também é diferente o modo como olhamos, como vivemos tudo o que nos rodeia. E saber aceitar as mudanças que vão ocorrendo faz parte da própria vida, da essência que nos deu o ser. E aceitando-nos aceitamos os outros. Muito obrigada por esta belíssima reflexão que encontrou eco no meu coração. Beijinhos e excelente semana. Ailime

20 de janeiro de 2013 07:59  
Anonymous Anônimo disse...

Very gгeat post. I ѕimply stumbleԁ upоn your blog
anԁ wantеd to mentіοn that I've really loved browsing your weblog posts. In any case I'll be
subѕcribіng for youг rss feеԁ and І аm hopіng yоu
ωritе again vегy soon!
Here is my homepage ... V2 Cigs Reviews

20 de janeiro de 2013 08:12  
Anonymous pequena elegia maritima disse...

Olá árabe!

Impressionou-me a forma simples e eficaz da sua escrita.
Clareza na exposição, a atenção flutua, as palavras tocam.

Durante a jornada as mudanças são imprescindíveis.
O tempo, as circunstancias, as tempestades, a calmaria, muito contribuem para a renovação e a realização que julgamos essencial.
Os anos idos, as vivencias, acarretam mudanças que permeiam a vida.
O florescer é um processo inconfundível, impera quando chamado para crescimento.
Só depende de nós.
Beijo

20 de janeiro de 2013 09:06  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Esse "desreconhecimento" é essencial para o crescimento e aprendizado, e significa que reconhecemos que estamos em eterna mudança. Se nosso organismo muda e se refaz a todo instante, interiormente deveria acontcer o mesmo.

BeijUivooooooooossssssssss da Loba

20 de janeiro de 2013 16:42  
Blogger LUZ disse...

"Todo o mundo é composto de mudança", assim diz o poeta.

Boa semana.
Abraço.

21 de janeiro de 2013 11:15  
Blogger C Valente disse...

Mudar ou não mudar, muitas das vezes não depende infelizmente só de nós
Saudações amigas

21 de janeiro de 2013 11:24  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Um abraço a ti irmão!
Assalamaleikum!

21 de janeiro de 2013 12:29  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Todos mudamos, não é Árabe? O problema é que com isso mudam também os caminhos, as estradas e as direções, bem como quem acompanha nossos passos... Isso nem sempre é fácil. Como diz meu amigo e poeta Edson Marques: Mude, mas comece devagar...
Belíssimo texto!

21 de janeiro de 2013 13:48  
Blogger Moça disse...

Acho q a cada instante somos novos.
Nada em nos é igual!
linda reflexao!
opinandoemtudo.blogspot.com

21 de janeiro de 2013 20:04  
Blogger São disse...

Pobre de quem não tenta, pelo menos tenta, avançar rumo a um ponto mais alto e mais claro...

Bem hajas, Amigo.

22 de janeiro de 2013 07:03  
Anonymous Bel disse...

A mudança muitas vezes faz-nos crescer e ser pessoas melhores, ajuda-nos a não voltarmos a cometer os mesmos erros. No fundo as mudanças fazem parte de nós, texto maravilhoso amigo.
Tem uma excelente semana.

22 de janeiro de 2013 07:42  
Blogger MINHA VIDA DE CAMPO disse...

OI Árabe tudo bem ? Outro dia me olhei no espelho me assustei, perguntei? Quem é essa negrinha? hahahha
Nem me fala em mudanças, o que mais me irrita e essa gordura que tenta se apossar de mim sem minha permissão. O resto está muito bom. Mas falando serio, antes tinhas coisas que eram importantíssimas para mim e hoje vejo que perda de tempo.
Mas vivendo e aprendendo.
Tenha um ótimo dia.

22 de janeiro de 2013 11:32  
Blogger C Valente disse...

saudações amigas e como sempre gosto da prosa que aqui encontro
Saudações amigas

22 de janeiro de 2013 11:52  
Blogger Tamires disse...

Uaau, simplesmente lindo! Amei!

22 de janeiro de 2013 12:23  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

todos nós, todos os dias mudamos alguma coisa.
mais um belo texto.
um beijo

23 de janeiro de 2013 05:57  
Blogger LUCONI disse...

Meu amigo precisava ler isto, mudanças que tenho percebido em mim e algumas não sei se são boas, outras eu já acho que são, como por exemplo já não sou tão radical, aprendi a ser pacienciosa,mas por outro lado parece que não ser tão radical, ouvir e entender a forma de certas pessoas agirem, as quais agem de forma totalmente inversa que a minha, parece-me que me torno meio falsa, de outro lado sei que bater de frente não adianta e acabo me sentindo entre a cruz e a calderinha, como se estivesse andando para trás aceitando o que não deveria. Desculpe mas é que hoje aconteceu isto e depois me sinto meio falsa, beijos Luconi

23 de janeiro de 2013 18:14  
Blogger O Árabe disse...

Mudamos, sim, Olhos de Mel. E, hoje, acredito que não perdemos os sonhos; eles apenas se transformam, para adaptar-se às realidades que a vida nos apresenta. Belo comentário, bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:01  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Paula: para melhor ou para pior, apenas descobrimos essas mudanças quando elas nos fazem agir diferente do que antes fazíamos. Bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:03  
Blogger O Árabe disse...

Aproveite bem o mar, Chica... você merece! :) Bom resto de semana, obrigado.

24 de janeiro de 2013 08:03  
Blogger O Árabe disse...

Precisamos tentar fazer isso, sim, Sherazade; embora nem sempre seja possível. Bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:04  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Ailime: é preciso saber aceitar as mudanças; as nossas... e as dos outros. Grato pela gentileza, bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:05  
Blogger O Árabe disse...

Thank you, anônimo. Have a nice weekend!

24 de janeiro de 2013 08:07  
Blogger O Árabe disse...

Elegia, obrigado pelo belo comentário! Tentei retribuir a gentileza da visita, mas não encontrei o seu blog. Volte sempre que quiser; o oásis é nosso! Bom resto de semana.

24 de janeiro de 2013 08:09  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Keila! E acaba acontecendo... mesmo que não o desejemos. :) Bom resto de semana, amiga; sempre bom te ver.

24 de janeiro de 2013 08:10  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Luz! São as mudanças que nos tornam o que somos. Bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:11  
Blogger O Árabe disse...

Você está certo, Carlos Valente: muitas vezes, somos forçados a mudar; até para sobreviver. Meu abraço, amigo.

24 de janeiro de 2013 08:12  
Blogger O Árabe disse...

Minha saudade e meu abraço, irmão Antonio Lidio; bom resto de semana. Aleikum Essalam!

24 de janeiro de 2013 08:13  
Blogger O Árabe disse...

Sábio conselho, Claudinha, esse do Edson... embora nem sempre o consigamos! :) Bom resto de semana, amiga.

24 de janeiro de 2013 08:14  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Moça! A cada instante, algo se modifica em nós. Obrigado, bom resto de semana.

24 de janeiro de 2013 08:14  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, São: infeliz daquele que se deixar ficar à margem do caminho, enquanto a caravana avança. Bom resto de semana, amiga; fica bem.

24 de janeiro de 2013 08:16  
Blogger O Árabe disse...

Fazem, Bel. No fundo, mudar é o objetivo de cada uma de nossas jornadas. Obrigado, bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:17  
Blogger O Árabe disse...

Está bom o sol por aí, não é, Anajá? Aproveite! Ah... e quanto às gordurinhas indesejadas, essa é uma das mudanças contra as quais mais luto! :) Bom resto de semana e continue assim: vivendo e aprendendo.

24 de janeiro de 2013 08:19  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Carlos Valente. Bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:19  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Tamires, e volte sempre. O oásis é nosso! Bom resto de semana.

24 de janeiro de 2013 08:20  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Piedade, e você tem razão: todos mudamos. Todos os dias. Bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:21  
Blogger O Árabe disse...

Às vezes acontece, Luconi; a verdade é que tudo faz parte do nosso aprendizado; não se sinta mal por isto, amiga. Bom resto de semana!

24 de janeiro de 2013 08:22  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Crescer é dolorido, mudanças são difíceis de se concretizarem. Quisera falar mais, amigo, mas meu teclado está um terror (estou usando o virtual).
Tem postzinho novo por lá, rsrs.
Abração!!!!

24 de janeiro de 2013 09:38  
Blogger ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

Mudei.
Mudamos.
E penso
que assim será,
enquanto vivermos...

Que todos os dias
os sonhos nasçam em ti,
como nasce o sol pela manhã...

24 de janeiro de 2013 10:40  
Blogger Elizabeth F. de Oliveira disse...

Árabe, quanta sabedoria!
No final eu diria: Rumo ao Autoconhecimento.

Certa vez um poeta disse que nos porta-retratos havia pessoas que já morreram um dia. Algo assim. E é a pura verdade, porque o que fomos ontem, já não seremos mais capazes de ser hoje.
Abçs, meu caro!

25 de janeiro de 2013 12:32  
Blogger bel e tania disse...

Isabel Medina agradece o texto lindo que escreveste.Todos os dias procuro pensar positivamente, ver o melhor das pessoas, desculpar , esquecer...enfim, eu me esforço porque não é simples mudar, mas o hábito, o querer irá fazer as mudanças acontecer mas um ponto importante eu tenho que aprender a me perdoar também porque não são só os outros que precisam mudar.
Um abraço, espero estar bem melhor no próximo dia.

27 de janeiro de 2013 11:21  
Blogger O Árabe disse...

Vou conferir o post, Vanuza! Ah, e cá pra nós, também não sou adepto do teclado virtual, não. :) Boa semana, amiga!

28 de janeiro de 2013 06:19  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Aluisio: assim será, enquanto vivermos. Meu abraço, amigo; boa semana.

28 de janeiro de 2013 06:20  
Blogger O Árabe disse...

Pura verdade, Elizabeth: o que fomos ontem, já não somos hoje. Boa semana, amiga!

28 de janeiro de 2013 06:21  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Isabel! Você está certíssima: é em nós que as mudanças começam; precisamos entender a nós mesmos, antes de buscarmos entender os outros. E tenho certeza de que você estará melhor, sim, em cada novo dia. Boa semana!

28 de janeiro de 2013 06:24  
Anonymous Sergio disse...

Irmão,

eternamente grato.

Sérgio

29 de janeiro de 2013 15:04  
Blogger O Árabe disse...

É meu o agradecimento, irmão. Estás entre as pessoas que tornam este mundo melhor! Meu abraço, bom fim de semana.

1 de fevereiro de 2013 09:00  
Blogger Fa menor disse...

"somos como espelhos, a refletir sobre os outros aquilo que deles recebemos"...
sim, e "para crescer é preciso mudar".

E como somos tão resistentes à mudança!

2 de fevereiro de 2013 02:50  
Blogger O Árabe disse...

Somos, Fa menor... mas ela acabará acontecendo, com certeza! Boa semana.

4 de fevereiro de 2013 08:39  
Anonymous De... disse...

E existe algo no Universo (e em nós mesmos) que não mude constantemente?
Em cada único dia temos células que se renovam... portanto, a cada dia somos outros.

Mudança é Evolução!

Texto magnífico... assino embaixo, Árabe.

5 de fevereiro de 2013 08:19  
Blogger O Árabe disse...

Boa pergunta, De: existe algo que não mude constantemente? Bom resto de semana!

6 de fevereiro de 2013 05:21  
Blogger O Árabe disse...

Boa pergunta, De: existe algo que não mude constantemente? Bom resto de semana!

6 de fevereiro de 2013 05:21  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Isso já não tenho tanta certeza.Há gente casmurra.

22 de fevereiro de 2013 13:22  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Aceitamos as nossas mudanças e depois ouvimos:"Olha tem a mania que é esperta e sabe tudo" O que fazer?

Beijinho doce:)

22 de fevereiro de 2013 13:27  
Blogger O Árabe disse...

Você já disse, Doce Amor: aceitar as nossas mudanças; isto é ser esperto. E ainda que não saibamos tudo, aos poucos vamos aprendendo. :) Bom fim de semana!

8 de março de 2013 06:54  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky