O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 5 de julho de 2013

O AMOR, A TRISTEZA E A FELICIDADE



Vivei intensamente os vossos amores.

Só assim voareis nas suas asas e conhecereis o mais doce do seu mel. Embora seja igualmente certo que descereis aos abismos mais fundos e provareis o mais amargo fel.

Outra forma não existe de experimentar o Amor em toda a sua plenitude, ouvir a canção do Universo e entender o sentido da Vida. Porque o Amor é a razão do Universo e da Vida.

Podeis, decerto, renunciar ao amor; e se assim fizerdes, mais tranquilos serão os vossos dias. Para aquele que depende apenas de si mesmo, mais fácil se torna traçar o próprio caminho.

Amar é caminhar juntos, pelo caminho do aprendizado, para que juntos possais atingir o Conhecimento. E às vezes necessitareis atrasar a vossa marcha, para ajudar a quem amais.

Entretanto, muitas vezes também a sua mão carinhosa sustentará os vossos passos; e vos guiará pelas sombras da dúvida e pelos caminhos tortuosos do desânimo e das dificuldades.   

O homem que renuncia às suas emoções é como o cego; se os seus olhos não são incomodados pela luz intensa do Amor, tampouco conhece as belezas que a Vida oferece.

Deixai-me dizer-vos que a porta por onde pode a tristeza penetrar em vosso coração é a mesma que a felicidade utiliza. E quem a uma renega, a outra não chegará a conhecer.

Porque são irmãs a tristeza e a felicidade e apenas as separa o tempo; eu vos tenho dito que, quando uma se assenta à vossa mesa, a outra aguarda em vossa cama.

Não vos deveis iludir, acreditando que apenas uma vos visitará; o Amor conduz a ambas pelas mãos e a ninguém é dado abrigá-lo, sem desfrutar do riso e amargar o pranto.

Pois, assim como a ave não ganharia o céu sem as suas asas, também ao vosso verdadeiro Eu não seriam dados os mais elevados voos, se não o sustivessem as asas do Amor.

Vivei intensamente, portanto, os vossos amores.

Quando vos magoar o Amor, recordai-vos dos risos e das alegrias que antes vos trouxe. Porque ninguém chora de saudade, senão ao recordar a felicidade que viveu.

E quando o Amor vos fizer sorrir, desfrutai plenamente da vossa felicidade. Porque, ainda que dure apenas um momento, é ela que vos faz entender o sentido da Vida.

E vos reconduz ao Coração do Universo.  

34 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; acho que hoje estou mais sentimental que sempre. Ler esse poema hoje, ao som dessa musica, me emocionou de mais!
Gostei muito também da imagem!
Amei cada palavra! Lindo!
Bom fim de semana! Beijos

5 de julho de 2013 18:08  
Blogger ✿ chica disse...

O amor deve ser experimentados sempre. Nunca deixar de vivâ-lo por medo. Não se pode fechar a porta à felicidade. Lindo aqui! Ótimo fds! abraços,chica

6 de julho de 2013 03:08  
Anonymous gal disse...

Neste exato momento estou hiper feliz!!!Consegui ouvir "a música"e ler um poema maravilhoso como esse,acompanhado dessa música,tem outro sabor, é uma avalanche de emoções,não sei o que dizer,me reservo o direito de sentir....só sentir.
beijos

6 de julho de 2013 19:35  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

posso viver qualquer coisa em temperatura morna e temperada,
mas o amor decidi viver intensamente e com vigor...

lindo poema,
me deliciei em ler...

beijinhos

7 de julho de 2013 05:45  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Assalam Aleikum caro e abençoado irmão!
Mais um texto elevado e inspirado pela divina arte de transmitir o que de mais nobre a alma tem.
Um abraço fraterno, até a próxima.

7 de julho de 2013 13:06  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo e bom Árabe, ao ler este seu tão excelso e inspirado texto sobre o Amor, senti-me muito pequenina para o comentar, porque muito ainda tenho a aprender, a descobrir, a dar, para um dia poder merecer o Coração do Universo. Grata por tão preciosos ensinamentos. Beijinhos e boa semana. Ailime

8 de julho de 2013 11:57  
Blogger ONG ALERTA disse...

Um texto perfeito não importa o tempo pois cada segundo vivido com amor será eterno...
Abraço Lisette.

8 de julho de 2013 16:36  
Blogger Elizabeth F. de Oliveira disse...

Antes amar e sofrer a ter o coração vazio, a não experimentar esse sentimento tão sublime.
Tu, como sempre, Árabe, transbordando sabedoria.
Abçs,

9 de julho de 2013 11:55  
Blogger Rita disse...

cada palavras
cada gesto de escrever mostra como
é bonito deixar um texto maravilhoso
E sabedoria vc tem de sobra, falar de amor é sublime
Abraços com carinho
Bjuss
Rita!!!

9 de julho de 2013 12:25  
Blogger Smareis disse...

Oi Árabe!

O amor necessita de viver intensamente, cada minuto e cada segundo.
Texto cheio de reflexão e ensinamento.
Parabéns!
A música e a imagem é perfeita.
Ótima semana!
Abraço!

9 de julho de 2013 15:25  
Blogger Moça disse...

Viver intensamente? tenho medo disso.
Juro! Belo texto! Motivador!

9 de julho de 2013 19:19  
Blogger São disse...

Intensidade é algo que me assusta. gosto de coisas mais suaves...

Amigo querido, grande abraço

10 de julho de 2013 10:01  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

Viver o amor intensamente é algo que desarma, deixa sem reservas até mesmo o mais duro guerreiro, e o põe de joelhos quando já não tem forças para lutar, mas como não conhecer as dores se não desfrutar do amor, é o risco que se corre e apenas amar.

Um trio que parece inseparável: O amor , a tristeza e a felicidade.

Beijos
Joelma

10 de julho de 2013 14:08  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
VIVER O AMOR EM SUA PLENITUDE NOS FAZ CRESCER, APRENDER A NOS DOARMOS INCONDICIONALMENTE E SABERMOS QUE ISTO NÃO NOS VAI IMPEDIR DE SOFRER.
LINDO E PROFUNDO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

10 de julho de 2013 18:18  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. E pode crer: ser sentimental é ótimo! :) Bom resto de semana.

11 de julho de 2013 05:52  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Chica: não se pode fechar a porta à felicidade. Bom resto de semana, amiga!

11 de julho de 2013 05:52  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Gal, e reserve-se, sim, esse direito; é muito bom sentir... só sentir! Bom resto de semana.

11 de julho de 2013 05:57  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Rô, esse é o melhor jeito de vivê-lo! Bom resto de semana.

11 de julho de 2013 05:58  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, irmão Antonio Lídio! É sempre uma alegria contar com a sua presença! Meu abraço, bom resto de semana. Salam Aleikum!

11 de julho de 2013 05:59  
Blogger O Árabe disse...

Todos temos ainda muito a aprender, Ailime... mas o Coração do Universo nos ensina o caminho, em cada dia. Bom resto de semana!

11 de julho de 2013 06:01  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Lisette!"Que não seja imortal, posto que é chama; mas que seja infinito enquanto dure". Bom resto de semana!

11 de julho de 2013 06:02  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Elizabeth: sem amor, nos tornamos vazios... e arrastamos uma vida vazia. Bom resto de semana!

11 de julho de 2013 06:04  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Rita, pela amizade e gentileza constantes. Bom resto de semana!

11 de julho de 2013 06:04  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Smareis, e você tem razão: é preciso viver intensamente cada minuto! Bom resto de semana.

11 de julho de 2013 06:06  
Blogger O Árabe disse...

Todos temos medo do desconhecido, moça... e é exatamente esse o encanto que ele tem! :) Bom resto de semana.

11 de julho de 2013 06:06  
Blogger O Árabe disse...

Entendo, São... mas o amor também tem os seus momentos suaves. :) Bom resto de semana, amiga!

11 de julho de 2013 06:08  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Joelma; são inseparáveis, em nosso coração. Bom resto de semana!

11 de julho de 2013 06:09  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Zilani: viver o Amor nos faz crescer! Bom resto de semana, amiga.

11 de julho de 2013 06:09  
Blogger GarçaReal disse...


Não é possível separar o amor da vida.
Amor no sentido mais amplo...Amor pela vida, pela natureza pela amizade,pelo trabalho, por qualquer ser humano.

O amor é pois a chama da vida.

Devemos sempre trazê-lo em nós.

Muito bom teu post

Bom final de semana

Bjgrande do Lago

11 de julho de 2013 13:15  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua visita, Garça amiga. E você tem razão: devemos sempre trazer o Amor em nós. Bom fim de semana!

12 de julho de 2013 12:59  
Blogger LUZ disse...

Graças a Deus, que existe esse binómio.

Abraço com luz.

21 de julho de 2013 08:18  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Luz: graças a Deus! :) Bom resto de semana.

25 de julho de 2013 10:50  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Luz: graças a Deus! :) Bom resto de semana.

25 de julho de 2013 10:50  
Blogger Vanessa ੴ disse...

Me lembrei de uma frase de Joaquim Manuel de Macedo em, O Moço Loiro: "O homem que nasce cego é menos infeliz do que aquele que cega depois de ter visto, o primeiro não usufrui de nada, mas também não conhece o valor daquilo que não vê."
Que belo post, você fala sobre o amor de um modo único.
Abraço

8 de agosto de 2013 09:29  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky