O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

AS VOSSAS CONTRADIÇÕES

Por que, simplesmente, não viveis?
Por que necessitais da ideia de recompensas e castigos, de medos e incertezas, de inseguranças e frustrações? Por que vos escravizais ao futuro, e não viveis o presente?
Eu me tenho dedicado a escutar as vossas vozes; e nas vossas perguntas, busco as minhas próprias respostas. Porque ninguém conhecerá a si mesmo, sem conhecer os seus irmãos. 
Vezes existem, entretanto, em que não vos entendo. Pois vejo que vos perdeis nas vossas contradições; que girais em círculos ao vosso redor e assim vos afastais de vós mesmos.
Tanto vos fazeis perguntas, que não vos sobra tempo para perceber que no vosso verdadeiro Eu estão as respostas; tanto quereis desfrutar da vida, que deixais de viver.
Desejais a água límpida e poluis a nascente; cantais o amor e temeis a entrega; proclamais a vossa fé e não sois capazes de confiar ao Universo os vossos destinos.
Elogiais a caridade e praticais o egoísmo; clamais pela paz e cantai hinos de guerra; pregais a tolerância e aferrai-vos aos preconceitos; plantai lágrimas e desejais colher sorrisos.
Enalteceis o perdão e deleitai-vos com a vingança; exibis as vossas posses e escondeis os vossos sentimentos; a solidão vos apavora, mas a companhia vos inibe e entedia.
Glorificais as doçuras do amor e entregai-vos ao sexo pelo sexo; cultuais os vossos corpos e esqueceis as vossas almas; apavorai-vos à ideia da morte, mas não cuidais de viver a vida.
Ide a vossos templos e repetis orações decoradas, quando é em vossos corações que podeis encontrar o Coração do Universo; e com as vossas palavras, que Lhe deveis falar.
Cuidais, acaso, que o Pai não esteja em seus filhos, senão quando estes o glorificam? Que não conheça as suas necessidades, não escute e não atenda os seus pedidos?
Sim; por vezes, não entendo as vossas contradições. E, todavia, eis que as percebo também em mim; porque a dúvida faz parte do aprendizado e é a sua verdadeira razão de ser.
O caminho, que tantos imprevistos oferece ao viajante, já não guarda segredos para o homem que concluiu a jornada; nem o frio da noite assusta a quem conhece o calor do sol.
Caminhemos, portanto. E que as contradições nos tragam novas perguntas, para que delas possam surgir novas respostas. É assim que um dia encontraremos o sentido da Vida.
E aprenderemos a viver.       

51 Comentários:

Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Essa é a essencia do homem... o contradizer a si mesmo... por isso estamos aqui, para evoluirmos... é nessas contradiçoes que aprendemos e a alma se expande...

Um final de semana de paz Arabe...

24 de janeiro de 2014 18:02  
Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; frustrada com os piripaques da GVT. Mas faz parte.
Seu post está lindo demais! O homem por essência, é contraditório. Até porque são muitos caminhos, muitas chegadas e desconhecemos tudo sobre eles.
Mas são as dúvidas que nos abem novos horizontes.
Linda imagem e linda musica!
Bom fim de semana! Beijos

24 de janeiro de 2014 18:36  
Blogger ✿ chica disse...

As contradições podem ser vistas sempre, basta que fixemos nosso olhar e atenção.Estamos em rota de aprendizado..Um dia elas não mais acontecerão! Lindo te ler!!! abração praiano,chica

25 de janeiro de 2014 01:10  
Anonymous Anônimo disse...

Nossa vida é uma verdadeira contradição, ora nos sentimos bem, outra nos falta tudo, o bom é que sejamos sinceros com a vida, com os nossos irmãos, a vida é muito curta. Maravilhoso lei mais um textos seu!!! Ótimo final de semana e fique com Deus!!!

25 de janeiro de 2014 04:08  
Anonymous Anônimo disse...

Maravilhoso ler mais um texto seu, corrigindo.

25 de janeiro de 2014 04:11  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Dentro de nós, o Eu interior grita o que é certo e o que é errado. Porém, vivemos em meio ao barulho, com toda sorte de problemas e só damos ouvidos à Razão, ao Ego, ou seja, ao Eu exterior. Jamais paramos, meditamos, para ouvir a voz da intuição. Por isso erramos tanto e somos infelizes.
O Árabe, espero que você esteja bem, beijos!

26 de janeiro de 2014 10:00  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

passar por aqui e ler seus escritos,
é aprender muito,
sempre...
o homem é pura contradição,
até chegar ao seu aprendizado total...
aí a aceitação ganha espaço...

beijinhos

27 de janeiro de 2014 02:21  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Bela reflexão Árabe!
Contradições são sempre difíceis de lidar.

27 de janeiro de 2014 05:05  
Anonymous Anônimo disse...

A vida é cheia de contradições!
Como numa balança, um dia pesa mais para o bem, no outro dia pesa mais para o mal.
A contradição surge quando se observa para que lado a balança se inclina.
Se todos os homens tivessem uma postura digna e de bondade diariamente, acabavam-se as contradições.
Tudo seria perfeito e linear, mas isso é uma utopia.

27 de janeiro de 2014 08:05  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querido amigo Árabe, quantas contradições fazem parte do nosso dia a dia.Nem sabemos o quanto nos contradizemos e com isso o mal está proclamado. Belo o seu texto e muito reflexivo.
Tenha uma linda semana! Abraço!

27 de janeiro de 2014 10:34  
Anonymous Bel disse...

A contradição acaba sempre por fazer da nossa vida.
É sempre maravilhoso passar por cá e ler a tua escrita.
Beijinhos e uma excelente semana.
Bel

28 de janeiro de 2014 02:29  
Anonymous Anônimo disse...

Obrigada por deixar seu comentario no meu post. Eu, do seu, fico con isto:
"Tanto quereis disfroitar da vida que deixais de viver."

Todos moi sabios consellos.
Agradecimentos.

www.leriasdebea.blogspot.com

28 de janeiro de 2014 06:36  
Blogger São disse...

Sim, é por serem tantas e tantas as nossas contradições, hesitações e quedas , que o Caminho é longo.

Beijinhps, meu bem, e que estejas recuperando rapidamente

28 de janeiro de 2014 08:07  
Blogger Sissym Mascarenhas disse...

Arabe,

Apesar de haver incompatibilidade entre palavras e ações, as contradições servem para por em pratica a ação ou capacidade de discernir.

Bjs

28 de janeiro de 2014 11:08  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo e bom Árabe, sublime esta sua reflexão recheada de verdadeiras pérolas do conhecimento.
Eu própria me contradigo tantas vezes. Tanto que gostaria de ir por um caminho e depois sigo outro!
Já tenho debatido este tema com pessoas minhas amigas e chegamos a uma conclusão. O que importa mesmo é querer mudar, é querer ser coerente connosco e com os outros. Ser leal, ser verdadeiro. Não é fácil o nosso trajecto pela vida. Vamos sempre tentando que no nosso coração permaneça e perdure o Amor do Pai e que Ele nos vá ajudando nesta nossa caminhada a discernir no que é melhor para encontrarmos o verdadeiro sentido da nossa existência. Muito obrigada por este momento de elevado aprendizado. Beijinhos e continuação de boa semana. Ailime

28 de janeiro de 2014 12:54  
Blogger LUZ disse...

Diz o poema de um fado, lógico, português, "que estranha contradição, o bater de um coração, por quem nos é indiferente".

Há contradições inexplicáveis. Fazem parte de nos, talvez, geneticamente.

Aprendamos a sabe-las gerir e as ultrapassar.

Penso voltar a publicar, no próximo fim de semana, amigo. Vamos ver!

Boa semana, e tudo do bem.

28 de janeiro de 2014 16:06  
Blogger Vera Lúcia disse...


Grande mensagem, prezado Árabe.
Somos mesmos visivelmente contraditórios.E se assim somos é porque ainda temos muito que aprender.
Nossas dúvidas nos levarão a descobertas importantes para o nosso aprendizado, mas é preciso que procuremos as respostas onde elas verdadeiramente se encontram, ou seja, dentro da divindade que existe em cada um de nós. O processo do auto conhecimento é lento, mas abre horizontes para o crescimento e evolução.

Pensamento importante que registro:" Porque ninguém conhecerá a si mesmo, sem conhecer os seus irmãos".

Excelente reflexão.

Abraço e continue bem.

28 de janeiro de 2014 18:55  
Blogger MARILENE disse...

São elas que nos permitem refletir, quando percebemos resultados negativos. E as possibilidades de mudança se abrem. Gosto muito de ler suas postagens. Abraço.

28 de janeiro de 2014 19:52  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

O ser humano é assim mesmo.
A contradição faz parte da sua
essência. Mas como sempre o amigo
escreveu um texto a pedir reflexão
sofre o mesmo. Desejo que a nível
de saúde esteja bem.(preocupo-me
muito com essa parte).Um beijinho
Irene Alves

29 de janeiro de 2014 06:14  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

São imensos os paradoxos e as contradições na vida dos homens... Que pelo menos exista um denominador comum de inetnção do bem nas parcelas do mal...

Um abraço forte

29 de janeiro de 2014 09:04  
Blogger Mariazita disse...

Bom dia!
A minha modesta incursão no campo da poesia deu origem a um post que publiquei hoje, dia 30.
Devo continuar? É melhor desistir? Qual é a tua opinião?
Aguardo-te na minha «CASA», para te pronunciares…
Obrigada.
Beijinhos

30 de janeiro de 2014 01:40  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

texto que nos obriga a uma reflexão...

gostei como sempre!

:)

30 de janeiro de 2014 05:47  
Blogger O Árabe disse...

Bem-dito, Arco Íris: esta é a nossa essência, durante o aprendizado! Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 03:52  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Olhos de Mel: as contradições ampliam os nossos horizontes! Obrigado, bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 03:52  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Chica: findo o aprendizado, não mais necessitaremos das contradições. Grato, amiga; bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 03:53  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Anônimo, pela gentileza das suas palavras! Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 03:54  
Blogger O Árabe disse...

Estou bem, sim, Shirley, e concordo com você: se ouvíssemos mais o nosso verdadeiro Eu, erraríamos bem menos! :) Obrigado, bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 03:56  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Rô: só o aprendizado nos traz a aceitação! Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 03:59  
Blogger O Árabe disse...

São, Claudinha... mas necessárias! :) Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 03:59  
Blogger O Árabe disse...

É, sim, Anônimo... por enquanto. Um dia, quem sabe, será talvez a nossa realidade. Bom fim de semana!

31 de janeiro de 2014 04:01  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Marli, e você tem razão: nem sabemos o quanto nos contradizemos! Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 04:02  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Bel. Continue voltando; é uma alegria a sua presença. Bom fim de semana!

31 de janeiro de 2014 04:03  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bea. E é sempre um prazer poder comentar os seus post, amiga. Bom fim de semana!

31 de janeiro de 2014 04:04  
Blogger O Árabe disse...

E como é longo, São... e como é longo! Estou melhorando, sim, amiga; obrigado. Bom fim de semana!

31 de janeiro de 2014 04:05  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Sissym! E precisamos aprender a discernir! Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 04:05  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Ailime, e concordamos: o que importa mesmo é querer mudar. É através desta vontade firme, que um dia o conseguiremos! Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 04:07  
Blogger O Árabe disse...

Acho realmente lindas, Luz, as letras da maioria dos fados; são uma das paixões que herdei do meu pai. Bom fim de semana, amiga; continuamos aguardando.

31 de janeiro de 2014 04:09  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vera. E estou de acordo: as dúvidas nos levam a descobertas importantes, em cada novo dia. Bom fim de semana!

31 de janeiro de 2014 04:10  
Blogger O Árabe disse...

E muito nos agrada a sua presença, Marilene. Obrigado, bom fim de semana!

31 de janeiro de 2014 04:11  
Blogger O Árabe disse...

Estou bem, sim, Irene; e agradeço o teu cuidado, amiga. Bom fim de semana, fica bem!

31 de janeiro de 2014 04:12  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Daniel: que pelo exista uma intenção do bem, em cada uma das nossas ações e contradições. Meu abraço, amigo; bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 04:14  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Mariazita, pela presença. E gostei do post, sim; bom fim de semana!

31 de janeiro de 2014 04:15  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade. E, como já sabes, é sempre uma alegria a tua presença! Bom fim de semana.

31 de janeiro de 2014 04:16  
Blogger Mariazita disse...

Obrigada pela presença e palavras gentis.

O ser humano é cheio de contradições, por isso comete tantas injustiças e actos irreflectidos. É urgente uma mudança nas mentalidades.

Bom fim de semana.
Beijinhos

31 de janeiro de 2014 06:50  
Blogger Fa menor disse...

Sábias palavras. Somos seres imperfeitos, sempre em busca.
Quando nos encontraremos verdadeiramente?

Obrigada.

31 de janeiro de 2014 12:58  
Blogger Magia da Inês disse...

°♪♬♫º°

O homem sempre complica até o que é mais simples e essencial na vida.
°º✿♫ Bom fim de semana!
°º✿ Beijinhos.
º° ✿✿ ♫° ·.

31 de janeiro de 2014 14:38  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Mariazita! Das contradições, surgem os nossos atos irreftletidos! Boa semana.

3 de fevereiro de 2014 04:21  
Blogger O Árabe disse...

Boa pergunta, Fa! Este é o objetivo da eterna busca. Boa semana, amiga.

3 de fevereiro de 2014 04:22  
Blogger O Árabe disse...

Sempre, Inês? Esperemos que não; que, um dia, a coisa mude. :) Boa semana!

3 de fevereiro de 2014 04:23  
Anonymous Anônimo disse...

E a vida é repleta de contradições!
Não as sente também no seu peito?

4 de fevereiro de 2014 15:42  
Blogger O Árabe disse...

Todos as sentimos, Anônimo; as dúvidassão essenciais ao nosso aprendizado.

5 de fevereiro de 2014 08:40  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky