O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 19 de junho de 2009

DA INSEGURANÇA

A insegurança não é apenas o medo.

É a desconfiança de si mesmo; e com ela a pior das solidões. Pois a companhia pressupõe a confiança; e aquele que em si próprio não confia, como em outro poderia confiar?

Evitai a insegurança: a lugar algum, ela vos pode levar. Antes queimará os vossos navios, destruirá as vossas pontes e tornará vacilantes os vossos passos, pelo temor do fracasso.

Olhai à vossa volta. E vereis que os bem-sucedidos não são necessariamente os mais fortes, nem os mais competentes, nem sequer os mais belos. São aqueles que confiam em si mesmos.

Pois o êxito, na maioria das vezes, é uma escada que dia a dia se constrói. E o vencedor não é o homem que se atira à competição desenfreada, mas aquele que persiste em amontoar os seus tijolos.

E isto só podereis fazer, se em vós mesmos confiardes. Porque ninguém insistirá em edificar uma escada, na qual não se acredite capaz de subir. A ave não faria o seu ninho na montanha, se asas não possuísse para a ele chegar.

É nas árvores que vivem os pássaros; e em buracos se ocultam as toupeiras. Porque uns e outros conhecem as suas capacidades e as suas deficiências, e escolhem o melhor para si mesmos.

Buscai, portanto, conhecer-vos. É assim que sereis capazes de acreditar em vossas qualidades e combater os vossos defeitos. E nisto consiste a arte de tornar-se melhor.

Pois esta é a diferença entre vós, os pássaros e as toupeiras: da vossa escolha depende se buscareis o céu, ou na terra vos conformareis em existir. Qualquer que seja, entretanto, devereis ser capazes de dela extrair o melhor.

É pelas posses, que costumais medir o sucesso; quando pela felicidade o deveríeis fazer. Pois, em verdade, melhor está o aldeão que da sua horta se alimenta, do que o rei que nas mais finas iguarias teme a sombra do veneno.

E mais feliz é o operário, a dividir as suas moedas, do que o avarento a empilhar tesouros que não se dispõe a gastar. Porque um é livre para a vida, enquanto o outro à ganância se escraviza.

Afastai de vós a insegurança. O medo da incapacidade é a única barreira que não conseguireis superar; como o temor da fome é a fome que não podereis saciar.

Em verdade, jamais conhecerá a plenitude da Vida aquele que demasiado teme a morte. Como não conhecerá a plenitude do amor aquele que com a sua duração se preocupa.

Pois o Amor e a Vida são infinitos, como a Eternidade que os abriga. E como o verdadeiro Eu, aquele que em vós escapa à dimensão dos corpos e vos conduz pelos caminhos do Conhecimento.

Afastai a insegurança. Tudo podereis fazer, se acreditardes na centelha do Universo que existe em vós.

O vosso verdadeiro Eu.

53 Comentários:

Blogger Mau Feitio disse...

sempre a coincidir... sempre a partilhar as palavras que são necessárias.

obrigado. do fundo do coração.

20 de junho de 2009 04:04  
Anonymous De... disse...

Belíssimas e verdadeiras palavras, da primeira à última.

Não podemos nos esquecer de duas coisas:
1. Somos sim uma centelha do Universo, e portanto, ele se move dentro de nós.
2. O essencial é simples, nada precisamos de sofisticado para ser feliz.

Portanto, se buscamos esse essencial, de maneira digna, sem lesar a ninguém, podemos ser confiantes de que o Universo nos levará até ele.

Há a hora de se esperar em terra...porém, olhando para o cèu...e preparando-se para o vôo. E assim, haverá a hora de voar...e alcançar o ápice.

Árabe...Que imagem! E que música!
Perfeitas!

20 de junho de 2009 07:00  
Blogger ♥MáH♥ disse...

Texto perfeito... " A insegurança não é apenas o medo. É a desconfiança de si mesmo"
Frase perfeita, que resume muito bem esse sentimento.
Perfeito... e perfeito!
rs

bjinhus
=*

20 de junho de 2009 09:25  
Blogger Vieira Calado disse...

O estilo próprio, esbelto,

a que já nos habituou

e a mensagem

que sempre nos traz o alento

no que de positivo podemos fazer.

Um abraço daqui.

20 de junho de 2009 13:44  
Blogger Porcelain Doll disse...

Acreditar em nós permite-nos tirar o máximo proveito das nossas próprias capacidades... mas não se acredita do nada; ou quando se acredita sem se acreditar verdadeiramente, é sol de pouca dura; é necessário uma consciência de si próprio a servir de base a essa mesma auto-confiança... é necessária uma grande auto-aceitação, o que implica amor... amor por nós mesmos, pelo Universo que nos criou... e isso por sua vez implica sabedoria...

:) Felicidades!

20 de junho de 2009 15:30  
Anonymous  disse...

Árabe, muitas vezes a insegurança se instala, quando os repetidos insucessos acontecem. Aos poucos a força e coragem vão se perdendo. Nem sempre fácil controlar. E difícil modificar, quando ao longo do caminho, as dificuldades se proliferam.
Bela mensagem! Mas a vida é complicada mesmo.
Bom fim de semana!
Beijos

20 de junho de 2009 17:18  
Blogger Whispers disse...

Ola Querido Arabe!

Faz bem te ler...
Outro maravilhoso post,para pensar.
A insegurança faz perder o melhor da vida.
Tantas vezes por se ser tanto inseguro, se passa so pela vida e nao se vive ate a ultima

Um feliz Domingo
Mil beijos
Rachel

20 de junho de 2009 21:45  
Blogger Phaty disse...

A Auto-estima é o que há de mais divino no ser humano. Pois, quando nada lhe resta, resta-lhe a si mesmo.
Se somos feitos da poeira das estrelas, devemos então brilhar como elas.
Como sempre vc nos mostra o que as vezes deixamos esquecido na lembrança.

beijos

21 de junho de 2009 18:32  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Ao amigo venho ver neste meu “ensaio”, e digo que profundas são tuas palavras, sábios são os teus ensinamentos. Que possamos sempre estar abertos para as lições aqui ministradas.
Minha alma ensaia os passos para o retorno.
O tempo foi meu aliado neste refazer tão necessário.
Agradeço teu carinho e amizade para com o meu mundo..
Entrego-te pérolas incandescentes de paz.
Eärwen

21 de junho de 2009 19:05  
Blogger Benó disse...

O tempo passa rápido e resta pouco para estar aqui.
É sempre bom ler-te e sentir-te.
Creio que, realmente, todos nós continuamos na busca da perfeição (impossível de alcançar)mas, seria bom que todo o ser humano alcançasse a felicidade dentro de si, o caminho da vida seria mais fácil.
Um abraço deste lado de cá.

22 de junho de 2009 00:20  
Blogger O Árabe disse...

Sou eu a agradecer, amiga. Vocês constroem o nosso oásis. :) Boa semana!

22 de junho de 2009 05:51  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, De! E a música... é linda, não? :) Boa semana!

22 de junho de 2009 05:51  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua presença, MáH. :) Boa semana!

22 de junho de 2009 05:52  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Vieira. Meu abraço, boa semana!

22 de junho de 2009 05:53  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Porcelain Doll. Bem colocado! :) Boa semana.

22 de junho de 2009 05:55  
Blogger O Árabe disse...

Dificuldades existem, sim, Lu... mas podemos vencê-las. Muitas vezes, a diferença entre o fracasso e o sucesso é uma tentativa a mais. Acredite! Boa semana, fica bem.

22 de junho de 2009 05:59  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Rachel. O pensamento é uma das maiores forças do Universo. :) Boa semana!

22 de junho de 2009 06:00  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Phaty: muitas vezes, esquecemos as mais simples verdades. :) Boa semana!

22 de junho de 2009 06:01  
Blogger O Árabe disse...

Alegria em ver-te de volta, Eärwen! :) Boa semana, amiga, seja bem-vinda.

22 de junho de 2009 06:02  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Benó: de nós depende tornar mais fácil o caminho. :) Alegria em rever-te, amiga. Boa semana!

22 de junho de 2009 06:03  
Blogger Carmem disse...

Insegurança é medo de amar...intranquilidade, medo de arriscar...
Mesmo que a insegurança exista, caminhe sem rumo...insista!

Beijo e doce semana pra ti...

22 de junho de 2009 11:48  
Blogger Philip Rangel disse...

com certeza a insegurança é sim o medo de um medo que pode chegar...se irmoas em frente e nao termos medo de errar ela nao nos acha e nao cometemos os mesmos....

gostei....como sempre ne..
abraçao

22 de junho de 2009 12:00  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO ÁRABE, MARAVILHOSO TEXTO, COM O QUAL ESTOU TOTALMENTE DE ACORDO!
UMA BOA SEMANA AMIGO... ABRAÇO-TE COM CARINHO,
FERNANDINHA

22 de junho de 2009 12:05  
Blogger Eugênio C. Brito disse...

A paciencia é uma arma poderosissima para quem quer vencer,se fazendo com cada tijolo.Pensamentos que premeiem a paciencia e a visão para dentro de si devem ser muito explorados nos dias que vivemos.

22 de junho de 2009 12:12  
Blogger Barbara disse...

Preciso ler isto 1000 vezes.
Vivo sim na simplicidade e com ela criei filhos e continuo na lida com netos mas tenho medo - de algo que não sei o que é.
Caminho sim e sou tão abençoada que nos momentos mais críticos, estive sob uma paz - que não é minha.
Obrigada.
Por tudo isso.

22 de junho de 2009 14:37  
Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Suas palavras são sábias...mas tenho a sindrome do pânico.
Uma feliz semana para você.
Apareça.
beijossssssssssssss

22 de junho de 2009 14:58  
Blogger lua prateada disse...

É bem verdade amigo se não confiarmos em nós próprios quem irá confiar???
Belo como sempre ...
Beijinho prateado

SOL

23 de junho de 2009 08:31  
Anonymous DO disse...

Putz,Arabe,se eu te contasse todas as vezes em que fui,e demonstrei , inseguro nesta minha vida,rsss. daria um livro.

Abração!!

23 de junho de 2009 09:35  
Blogger O Árabe disse...

Bom conselho, Carmem... é preciso insistir! :)Boa semana.

23 de junho de 2009 13:30  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Philip: sempre em frente. Só assim traçaremos o nosso caminho.:) Um abraço, boa semana!

23 de junho de 2009 13:31  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fernanda. Boa semana, amiga!

23 de junho de 2009 13:32  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Eugenio: a paciência é uma das nossas armas mais eficazes. :) Boa semana!

23 de junho de 2009 13:33  
Blogger O Árabe disse...

Todos temos, Bárbara.. vencê-lo é o principal desafio. Boa semana!

23 de junho de 2009 13:33  
Blogger O Árabe disse...

É difícil, Martha... mas tenho a certeza de que você pode superá-la. :) Boa semana!

23 de junho de 2009 13:34  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Sol. Boa semana, amiga!

23 de junho de 2009 13:34  
Blogger O Árabe disse...

... e quem não, DO? E quem não? :) Boa semana, meu abraço!

23 de junho de 2009 13:35  
Blogger Menina do Rio disse...

Um texto maravilhoso e profundamente reflectivo, Profeta!

Um beijo pra ti

23 de junho de 2009 13:58  
Blogger Arabica disse...

Árabe,


grande esta viagem para que desafias nossas mentes e corações.
Somos tão humanos e tão pequeninos na nossa matéria e carne, para podermos por vezes Aceitar e Acreditar nessa grandeza cósmica de em nós residir uma centelha do Universo!


Um abraço de água. Limpida e pura.

24 de junho de 2009 02:12  
Blogger São disse...

Sim, a insegurança pode ser um dos piores males da Humanidade.

Mas , acho, que toda a gente se sente um pouco insegura...

Um grande abraço, Swami.

24 de junho de 2009 03:07  
Blogger mundo azul disse...

_______________________________

Esmerilhar essa pedra bruta que somos... Difícil missão! Mas, não impossível...


Que maravilhosa mensagem, meu doce e querido amigo!

Beijos de luz!


_________________________________

24 de junho de 2009 13:50  
Blogger Marlene Maravilha disse...

Querido amigo,
Concordo perfeitamente que a insegurança não é apenas medo, e sigo em conivencia contigo em todo o texto, que achei excelente.
Como sempre muito bem colocado por ti.
Deus te abençoe!
beijo grande!

24 de junho de 2009 20:36  
Blogger Maria Clarinda disse...

(...)Olhai à vossa volta. E vereis que os bem-sucedidos não são necessariamente os mais fortes, nem os mais competentes, nem sequer os mais belos. São aqueles que confiam em si mesmos.

Pois o êxito, na maioria das vezes, é uma escada que dia a dia se constrói. E o vencedor não é o homem que se atira à competição desenfreada, mas aquele que persiste em amontoar os seus tijolos.
....

belo o teu post, como é bom amanhecer lendo-te e levando comigo estas tuas palavras...
Obrigada.
Jinhos mil

25 de junho de 2009 00:53  
Blogger Claudinha ੴ disse...

A insegurança é um mal difícil de ser curado... Mas sua sebedoria nos mostra o caminho...
Um beijo!

25 de junho de 2009 10:49  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Menina. Mas só a tua gentileza me imaginaria um profeta. :) Bom fim de semana.

26 de junho de 2009 08:42  
Blogger O Árabe disse...

Mas precisamos acreditar, Arábica; porque ela existe. :) Bom fim de semana.

26 de junho de 2009 08:43  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, São... reagir é o desafio. Alegria em rever-te; bom fim de semana!

26 de junho de 2009 08:44  
Blogger O Árabe disse...

Não impossível, Zélia... apenas de nós depende. :) Bom fim de semana!

26 de junho de 2009 08:44  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Marlene. Bom fim de semana,muita paz!

26 de junho de 2009 08:45  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Clarinda, pela gentileza de tuas palavras. Bom fim de semana!

26 de junho de 2009 08:45  
Blogger O Árabe disse...

A verdade é que o descobrimos, Claudinha... dia após dia. :) Bom fim de semana!

26 de junho de 2009 08:46  
Blogger Perla disse...

Confiança: palavra-chave!

A cada leitura fico perplexa com tamanhos ensinamentos e sabedoria!

Bem-hajas!

Bjs

30 de junho de 2009 02:03  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Perla. Mas tenho certeza que a amizade influencia o teu julgamento. :) Boa semana!

30 de junho de 2009 06:02  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Árabe

Quem é que alguma vez não se sentiu inseguro? Quem cavalga através das chuva e do vento sem recear a tempestade?
Vencer o medo, sim. Talvez a grande oportunidade da nossa realização seja mesmo essa.
Por vezes é necessário sairmos das nossas cadeias para experimentar a sensação de voar sentindo um perigo tão denso que nos torna fortes.

Obrigada pelas palavras e pelas visitas na minha ausência. A tua presença amiga ajuda a vencer muitas inseguranças ainda que escondidas.


Abraço

30 de junho de 2009 13:59  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky