O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

DA IMORTALIDADE

Temeis a morte.

E não percebeis que a imortalidade já existe em vós. Porque a canção da Vida, que ressoa em vosso coração a cada minuto, se fará ouvir por toda a eternidade e estará presente em cada um de vossos dias.

Tranquilizai-vos quanto ao tempo, portanto. Pois, embora ele não vos pertença, cada um de vós dele poderá desfrutar; e o seu quinhão, em cada jornada, não será maior nem menor do que o necessário.

E que tampouco vos preocupe a riqueza; ou o poder, ou mesmo a beleza aparente. Porque estas são ilusões do corpo e a ele não sobrevivem; assim como a espuma se desfaz, tão logo a onda se quebra na praia.

Entretanto, eis que o mar continua a existir. E a formar incessantemente outras ondas, que da mesma forma farão correr a espuma, até que cada uma na praia a seu turno se desfaça.

É assim que é. E eu vos faço notar que, embora cada onda vos pareça diferente, da mesma água são todas formadas; é a mesma a sua essência, que apenas se renova quando assim determina o tempo.

Eis que o viajante não deixa de ser o mesmo, ao trocar as suas vestes; como a lua de hoje é a mesma de ontem, embora durante o dia oculta estivesse aos vossos olhos.

E, se não percebeis esta verdade, é porque alem das aparências não alcança a vossa visão. Pois os sentidos do corpo são limitados às dimensões da matéria, enquanto a Vida reside no Coração do Universo.

Afastando de vós o temor à morte, é que ireis perceber o sentido da Vida. E apenas ao descobri-la como verdadeiramente é, sereis capazes de desfrutar da sua plenitude.

Porque, em verdade, o segredo da imortalidade não está em viver para sempre; mas em aproveitar cada minuto de cada dia, com a gratidão pela existência e a esperança de um futuro melhor.

Como a felicidade não está em possuir tudo que se queira, mas em apreciar tudo aquilo que se tem; e o amor não está nas carícias, nem nos beijos, mas na emoção que nos invade ao contemplar o ser amado.

Deixai-me lembrar-vos que a força não está nas pás do moinho, mas no sopro invisível do vento; nem no fragoroso rugido da cascata, mas nas águas que a formam.

Esquecei os vossos medos, varrei as vossas angústias; abandonai as ilusões do corpo, para que ao vosso verdadeiro Eu possa chegar a canção do Infinito. É assim que encontrareis a imortalidade.


Em cada minuto de vossas vidas.

57 Comentários:

Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

Belas palavras apontando sempre para a transcendência. Mas me pergunto, enquanto sínolo, de que adianta a força do vento sem as pás do moinho se precisamos do pão? E as águas, tanto podem ser fortemente rumorosas no leito da cascata, como pácidas e silentes num lago, não basta a essencia, é necessário a diferenciação.

23 de janeiro de 2010 03:15  
Blogger Fa menor disse...

Mais um texto que nos invade a alma de vida. De imortalidade.

"o amor não está nas carícias, nem nos beijos, mas na emoção que nos invade ao contemplar o ser amado.": profundo!

"a força não está nas pás do moinho, mas no sopro invisível do vento; nem no fragoroso rugido da cascata, mas nas águas que a formam."

Só consigo dizer: Obrigada!

Abraço

23 de janeiro de 2010 07:05  
Blogger Luma Rosa disse...

Nossa alma é fluído que retornará ao cosmos, quando da nossa carne se libertar. E esta servirá de alimento para mãe Gaia. Pertencemos ao infinito, por isso somos imortais! Beijus,

23 de janeiro de 2010 12:48  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe; Belo e profundo poema! Por mais que tenhamos medo, a morte virá a seu tempo, em seu momento. E apesar de ser a única coisa certa que temos na vida, não nos acostumamos com ela. Não estamos preparados para a passagem, para uma nova vida, nova morada.
Gostei muito desse parágrafo: "e o amor não está nas carícias, nem nos beijos, mas na emoção que nos invade ao contemplar o ser amado". Mas eu acho que essa compreensão está ainda muito distante da humanidade. Quando as pessoas entenderem isso, teremos um mundo melhor.
Bom fim de semana! Beijos

23 de janeiro de 2010 13:48  
Blogger Nova Civilização disse...

Caro amigo,

que bom ler esse texto que nos enche de vida. Nos tranquiliza e mais uma vez nos ensina que a importância da vida está em sermos mansos. Viajarmos em água tranquilas e não nos afundarmos com os sentimentos que nos avassalam e nos roubam verdadeiramente o sentido da vida. A vida está além da morte seria ela (morte) apenas um marco. Um marco que nos implica em tempo. Tempo de acordamos e despertarmos para tudo que realmente nos é vital. Vital para nos colocarmos mais vivos em todos os sentidos que nos levam a conhecer a beleza da nossa alma!

obrigada,

abraços fraternos,

Gisele

23 de janeiro de 2010 14:31  
Blogger Benó disse...

Mais uma vez sentimos paz ao ler todas as verdades que nos transmites.
Gostei muito deste momento de reflexão.
Uma boa semana, amigo.

23 de janeiro de 2010 14:46  
Blogger Multiolhares disse...

A vida é mesmo uma ilusão incompreensível, penso que deveríamos aceitar a morte como uma consequência da vida, pois se nascemos teremos de morrer é algo tão normal como a caminhada que devemos fazer em aprendizado constante.
beijinhos

23 de janeiro de 2010 16:46  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

mais uma vez um texto que nos traz paz e nos deixa a reflectir.

muito obrigada!

um bom domingo!

beij

24 de janeiro de 2010 03:41  
Blogger tulipa disse...

Partilho do mesmo sentir...
Sou apaixonada por fotografia:
FOTOGRAFAR É PARA MIM, TAL COMO A COMIDA, UMA NECESSIDADE.POR ISSO, VOU CAPTANDO IMAGENS DOS LOCAIS POR ONDE PASSO.UNS MAIS BELOS QUE OUTROS, MAS TODOS DIGNOS DE UM REGISTO.

Neste momento está patente ao público uma exposição minha, com fotografias de uma viagem à Índia.
Boa semana.

24 de janeiro de 2010 11:05  
Blogger O Árabe disse...

É uma bela colocação, ermitã amiga! Realmente, o corpo é como as pás do moinho, e as águas podem ter a placidez do lago, ou a força da cascata. Precisamos aprender a direcionar a força invisível que existe em nós. Esta é a idéia, sempre: o aperfeiçoamento da essência. :) Bom fim de semana!

24 de janeiro de 2010 17:46  
Blogger O Árabe disse...

Grato a vocês, Fá Menor: juntos, aprendemos. Sempre! :) Bom fim de semana.

24 de janeiro de 2010 17:47  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Luma: a imortalidade existe em nós. :) Boa semana!

24 de janeiro de 2010 17:48  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Olhos de Mel. Decerto, o aprendizado nos fará capazes de construir um mundo melhor! :) Boa semana.

24 de janeiro de 2010 17:49  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Gisele: realmente, é tempo de acordarmos. :) Boa semana!

24 de janeiro de 2010 17:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Benó; a tua presença é sempre uma alegria! :) Boa semana, amiga.

24 de janeiro de 2010 17:51  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Multiolhares: o aprendizado prossegue, em todos os dias de cada caminhada. :) Boa semana!

24 de janeiro de 2010 17:51  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela amizade e gentileza. Boa semana!

24 de janeiro de 2010 17:52  
Blogger O Árabe disse...

Desejo um grande sucesso, Tulipa; tenho certeza de que o seu trabalho bem o merece! :) Boa semana.

24 de janeiro de 2010 17:53  
Blogger Henrique Abrantes disse...

Olá tudo bem? Eu sou do Grupo HAS e tenho interesse em colocar um banner no seu blog.
Na verdade seria uma troca, você colocaria um banner no meu blog e vice versa entre em contato comigo:
E-mail: has.25@hotmail.com
Blog: http://has02.blogspot.com

Conheça também meu novo blog sobre notícias, esse é para adicionar aos favoritos pois tem notícias a todo momento.
Blog: http://hastv.wordpress.com/

25 de janeiro de 2010 02:01  
Blogger Sol e Mar disse...

cada momento mesmo!
:D
cada um deles!
Obrigado por tão preciosa partilha!
Boa semana!

25 de janeiro de 2010 03:51  
Blogger Triste Flor disse...

Eu já te disse que esse cantinho acalma meu coração, me traz paz, sempre as palavras certas, no momento exato, parabéns lindo demais o q escreveste, sempre toca na minha alma.vou postá-la no recanto das letras com o endereço do seu blog, pode?

25 de janeiro de 2010 16:49  
Blogger Rosa disse...

Eu penso que a morte é apenas uma passagem, por isso aproveitemos todos os momentos com sabedoria. E quando a morte chegar ao menos poderemos dizer:Vivemos intensamente!
bela postagem Árabe!
bjs!!

26 de janeiro de 2010 09:33  
Blogger VANUZA PANTALEÃO disse...

A intensidade de um minuto pode valer por uma vida inteira sem um propósito...

Imortalidade é tudo isso, meu amigo Árabe! Bem o disseste!!!Bjsss

26 de janeiro de 2010 10:10  
Blogger Chica disse...

Maravilhosa e de uma profundidade incrivel tua mensagem! Um beijo,tudo de bom,chica

26 de janeiro de 2010 10:43  
Blogger São disse...

Quando tivermos uma Identidade, as divindades nos olharão nos olhos.

Um grande abraço.

26 de janeiro de 2010 10:58  
Blogger ♥MáH♥ disse...

[...] assim como a espuma se desfaz, tão logo a onda se quebra na praia.
Entretanto, eis que o mar continua a existir. [...]

Simplesmente perfeito. Encoraja-nos em tantas coisas...
Até pq a morte nada mais é do que um imenso mistério, além do que podemos imaginar.
Bjo0 =*

26 de janeiro de 2010 13:15  
Blogger Teresa Cristina flordecaju disse...

Um mar de sabedoria nos vem com tuas palavras... Cheiro.

26 de janeiro de 2010 15:19  
Blogger Marlene Maravilha disse...

Eu gostei tanto que nao quero comentar. Nao é necessário, porque nao acrescentaria nada além do que foi dito pelo amigo. para mim, perfeito.
beijo e muitos momentos felizes!

26 de janeiro de 2010 15:28  
Blogger augusto, um entre mil disse...

Insofismáveis verdades nos dão as tuas palavras.

26 de janeiro de 2010 17:12  
Blogger Moonlight disse...

Querido Árabe,

Como sempre a sua escrita,os seus ensinamentos,as palavras com verdades que nos preenchem o coração e nos tranquilizam.
Engraçado....nunca temi a morte e nunca aprofundei o porque de nunca temer a morte.
Sinto que cada dia é um dia que temos de usufruir em pleno e aproveitar as mais belas coisas que nele existem,a nossa hora...essa virá quando chegar a sua hora, que importa isso?
Belissimo!

Bj com luar

27 de janeiro de 2010 08:43  
Blogger Silvana Nunes .'. disse...

Olá, prezado amigo.
Passei para agradecer a visita e apreciar esse pelo texto.
beijo grande.

27 de janeiro de 2010 11:07  
Blogger "Luartt " Artesanato disse...

Adorei o seu Blog!Esta mensagem sobre a imortalidade é realmente de uma sutileza ,que nos faz lembrar que estamos aqui de passagem para aprendermos e evoluirmos, e que possamos desfruta-lo da melhor maneira possível.

27 de janeiro de 2010 11:25  
Blogger Conspiração Ideológica disse...

Nossa, texto fantástico...

Acho que tememos o desconhecido.. Nosso ego acha que a matéria é o real e não o espírito... Seu texto é um bálsamo de esperança...

27 de janeiro de 2010 18:05  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Belo como sempre Árabe e cmo sempre sábio. O medo é uma trava no progresso de qualquer ser vivo. Mas às vezes é necessário.Beijos!

28 de janeiro de 2010 10:14  
Blogger O Árabe disse...

Henrique, amigo, agradeço e sinto-me honrado, até porque gostei do seu blog. Só peço que você me desculpe, porque desde o início adotei como linha de ação não colocar links nem banners aqui no oásis. Não se aborreça comigo, e receba o meu abraço. Bom resto de semana!

28 de janeiro de 2010 11:17  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Sol e Mar, pela amizade e gentileza. :) Bom resto de semana!

28 de janeiro de 2010 11:18  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Flor, pela gentileza das suas palavras. Quando à autorização, você já sabe que conta com ela; em caráter pleno e irrestrito. Obrigado pela divulgação da mensagem, bom resto de semana!

28 de janeiro de 2010 11:22  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Rosa; e grato pela gentileza. :) Bom resto de semana!

28 de janeiro de 2010 11:23  
Blogger O Árabe disse...

Bem o disseste, Vanuza! :) Bom resto de semana, amiga.

28 de janeiro de 2010 11:24  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Chica. Bom resto de semana! :)

28 de janeiro de 2010 11:25  
Blogger O Árabe disse...

Conciso, claro e verdadeiro, São. Bom resto de semana, amiga! :)

28 de janeiro de 2010 11:26  
Blogger O Árabe disse...

E que um dia desvendaremos, MáH... com certeza! :) Bom resto de semana.

28 de janeiro de 2010 11:26  
Blogger O Árabe disse...

É um mar de bondade que me envolve, Teresa... vindo de vocês. :) Bom resto de semana, amiga!

28 de janeiro de 2010 11:29  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Marlene. Bom resto de semana, com a paz do Universo!

28 de janeiro de 2010 11:30  
Blogger O Árabe disse...

É em nós que as encontramos, Augusto... e mais não faço do que dar voz ao que sentimos. :) Boa semana, meu abraço.

28 de janeiro de 2010 11:31  
Blogger O Árabe disse...

Bela colocação, Moonlight... e grato pela gentileza, amiga. Bom resto de semana!

28 de janeiro de 2010 11:32  
Blogger O Árabe disse...

Apareça sempre, Silvana... o oásis é nosso. :) Bom resto de semana!

28 de janeiro de 2010 11:32  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lúcia. Volte sempre... o oásis é nosso! :) Bom resto de semana.

28 de janeiro de 2010 11:33  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Conspirador. ;) E saiba que concordo com o seu raciocínio, sobre o nosso ego. :) Meu abraço, bom fim de semana!

28 de janeiro de 2010 11:34  
Blogger O Árabe disse...

É, Claudinha. O perigo só está no excesso. :) Bom resto de semana!

28 de janeiro de 2010 11:35  
Anonymous De... disse...

É assim que é: nós somos, e seremos, e iremos, e voltaremos...sempre vivendo.

Você e suas comparações, sempre perfeitas, compuseram um sutil Tratado da Imortalidade.

Parabéns, Árabe...sempre didático...sempre acendendo luzes dentro dos corações.

28 de janeiro de 2010 17:36  
Blogger Barbara disse...

Peregrinos somos.
Que tentemos ao menos, a humildade dos que são peregrinos na prática, no cotidiano - pois que sabem da realidade das coisas antes mesmos que se avizinhem.
1 abraço, Árabe.

29 de janeiro de 2010 09:56  
Anonymous Luisa Paula disse...

Na maioria das vezes, acredito que assim seja e quem dera assim fôsse realmente!
Mas a falta de certeza incomoda-me...
Beijinho e bom fim semana.

29 de janeiro de 2010 11:37  
Blogger O Árabe disse...

É assim que somos, sim, De... o aprendizado continua. Sempre. :) Boa semana!

1 de fevereiro de 2010 06:16  
Blogger O Árabe disse...

É isso, Bárbara: quanto necessitamos dessa humildade! :) Boa semana.

1 de fevereiro de 2010 06:17  
Blogger O Árabe disse...

Essa certeza, Luísa Paula, só dentro de nós pode existir. :) Boa semana!

1 de fevereiro de 2010 06:18  
Blogger Bernardete disse...

Fazendo uso de suas sábias palavras lhe digo que essa é a VERDADE: "...em verdade, o segredo da imortalidade não está em viver para sempre; mas em aproveitar cada minuto de cada dia, com a gratidão pela existência e a esperança de um futuro melhor.

Como a felicidade não está em possuir tudo que se queira, mas em apreciar tudo aquilo que se tem; e o amor não está nas carícias, nem nos beijos, mas na emoção que nos invade ao contemplar o ser amado"

13 de fevereiro de 2010 16:26  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky