O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 16 de abril de 2010

O DIREITO E A FORÇA

Buscais o direito da força.

E, entretanto, melhor vos seria procurar a força do direito. Porque a tempestade que ruge é de pronto esquecida, tão logo as nuvens brancas voltam a correr tranquilas no céu.

Se é verdade que o bramir insano dos canhões se faz ouvir enquanto dura a batalha, é também verdade que as canções de amor ocupam os vossos corações, desde que o homem caminha sobre a terra.

Inúmeras fortalezas erigiram os tiranos, para apoiar os seus sonhos de poder. E todas elas foram derrubadas pelos próprios homens, assim que a liberdade voltou a reinar.

Por terra, ruíram todos os monumentos que um homem ergueu a si mesmo. E o Taj Mahal ainda hoje perpetua, na beleza das suas linhas, uma história de amor.

Da paz, fazei o vosso caminho. Pois aquele que não a busca em si mesmo, jamais a encontrará em qualquer filosofia ou credo.

Aprendei a ceder, quando necessário. Pois o homem que vai mais longe não é o que segue sempre em frente, mas o que aprende a contornar os obstáculos do caminho.

Aprendei a conter os vossos ímpetos e a usar as vossas palavras. Pois, embora criadas para que os homens se pudessem entender, são as palavras muitas vezes a causa dos mais sérios desentendimentos.

Aprendei a desculpar-vos. E sabei que só o devereis fazer, quando em vosso coração existir a certeza do erro cometido. Aquele que falsamente se desculpa, abrigará em seu coração a vergonha de se haver humilhado.

Aprendei a perdoar. E buscai fazê-lo com toda a vossa alma, onde nenhum resto de amargura deverá subsistir. Porque o perdão, quando insincero, é apenas o disfarce sob o qual se oculta a ânsia de vingança.

Aprendei a usar o vosso tempo. E não o desperdiceis em projetos mirabolantes, ou lembranças de passadas frustrações. Empregai-o, antes, em descobrir como evitar a repetição de vossos erros.

Deixai, entretanto, que eu vos diga que tudo isto de nada adiantará, se não fordes capazes de abrigar em vós o amor pelo vossos irmãos e o respeito aos seus princípios e às suas idéias.

Porque o amor e o respeito são as bases da convivência. E não pode exigir respeito aquele que não respeita os outros; como não pode aspirar a ser amado aquele que em si não abriga o amor.

Buscai a força do direito. Pois é nela que está a essência do Universo.

A bela foto do Taj Mahal é do site 1000 Imagens.

64 Comentários:

Blogger Bernardete disse...

Sábias palavras, caro amigo Árabe,

"teardrops rolling down on my face,
trying to forget my feelings of love"

"Os brutus também amam", não é mesmo?

Quase que ia me esquecendo... da FORÇA DO AMOR para contornar os caminhos dolorosos da vida, onde a Justiça não tem DIREITO!

Cumpre a nós resistir-lhes com a mais letal das armas: a PALAVRA.

Grata pelos ensinamentos.

Saudações.

16 de abril de 2010 18:37  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe; imensamente belo! Só através do amor conseguiremos; compreender, perdoar, tolerar, esperar e agradecer. Ele é quem nos dá força para superar os percalços e alcançar a paz.
Bom fim de semana! Beijos

16 de abril de 2010 19:12  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Querido Amigo

És tão preciso em tuas palavras... tão edificantes e sábias.
É muito gratificante sempre vir beber dessa fonte de sabedoria inesgotável. Palavras de luz que nos mostram o quão maravilhoso é teu coração.
Que os Anjos da inspiração sejam contigo.
Pérolas incandescentes de luz, força e amizade aqui deixo.
Com carinho
Eärwen

16 de abril de 2010 19:24  
Blogger mariavento disse...

A força da sabedoria. A arma da verdade( relembrando Gandhi).

17 de abril de 2010 01:49  
Blogger São disse...

A força não tem direitos. Só o direito tem força.

Um bom fim de semana, Swami.

17 de abril de 2010 10:04  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

como sempre um texto escrito com muita sabedoria.

todas as frases merecem refelxão.

eu cito esta que gostei particularmente:

Empregai-o, antes, em descobrir como evitar a repetição de vossos erros.

muito certo!

um bom fim de semana!

17 de abril de 2010 11:11  
Blogger Barbara disse...

Cada um dá o que tem, não é assim?
Também não exijamos tanto...

17 de abril de 2010 14:00  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Eu já passei por algumas coisas na vida que me mostraram algumas facetas que antes acreditava impossíveis de exisir, amigo Árabe. Força e Amor supostamente são forças opostas - porque o amor deve acontecer naturalmente, sem pressões -, mas às vezes a vida e seus misteriosos caminhos usam a força do amor para aproximar as pessoas e para fazer com que algumas coisas aconteçam. E é nesse momento que elas se tornam forças unas, e não opositoras.

18 de abril de 2010 11:39  
Blogger Whispers disse...

Querido Arabe,
Venho te desejar uma semana de paz e muito amor.
Mil beijos
Rachel

18 de abril de 2010 21:06  
Blogger . fina flor . disse...

usar o tempo para evitar repetir os erros! ótima idéia.

um dos melhores textos que li, aqui, adorei.

'Inúmeras fortalezas erigiram os tiranos, para apoiar os seus sonhos de poder. E todas elas foram derrubadas pelos próprios homens, assim que a liberdade voltou a reinar'.


beijos, querido e boa semana

MM.

18 de abril de 2010 21:16  
Blogger arabica disse...

Árabe, em tempo de escolhas e decisões, muito tenho eu pensado nos direitos e nas forças, na força que precisamos ter, muitas e muitas vezes, para nos submeter-mos à vontade -com ou sem direito- dos outros. Ganha quase sempre o amor ao direito, e é o amor a dar a força, para dia a dia continuarmos...equilibrando direitos, forças e amores.

Vamos-nos construindo e desconstruindo, devagar, à medida dos dias e das noites...vamos-nos medindo...auscultando e gerindo.
Que seja sempre o Amor a vencer para que não haja grandes erros, derradeiros erros, sem hipótese de perdão, na finitude da vida que nos coube.

Um grande abraço, saudoso, também.

19 de abril de 2010 02:57  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bernardete, pela gentileza e amizade. E pelo acertado comentário. :) Boa semana!

19 de abril de 2010 14:36  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Olhos de Mel: é o Amor que nos dá forças. Sempre. :) Boa semana!

19 de abril de 2010 14:37  
Blogger O Árabe disse...

Maravilhoso, Eärwen, é contar com a gentileza e amizade de vocês.:) Boa semana, amiga!

19 de abril de 2010 14:37  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Mariavento. A mais forte das armas! :) Boa semana, volta sempre; o oásis é nosso.

19 de abril de 2010 14:39  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, São: conciso e verdadeiro. Boa semana, amiga!

19 de abril de 2010 14:39  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade. Oxalá um dia o aprendamos. :) Boa semana!

19 de abril de 2010 14:40  
Blogger O Árabe disse...

Não mesmo, Bárbara. Até porque exigir, na maioria das vezes, significa não conseguir... ;) Boa semana!

19 de abril de 2010 14:41  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Keila. E, na verdade, o Amor é a nossa maior fonte de forças. :) Boa semana, amiga!

19 de abril de 2010 14:41  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Rachel, pela gentileza e amizade. Boa semana, amiga; fica bem!

19 de abril de 2010 14:43  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Mônica. Boa semana, sucesso e felicidade! :)

19 de abril de 2010 14:44  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Árabica. Na finitude do que chamamos vida... e na eternidade da Vida. :) Boa semana, é sempre uma alegria a tua presença.

19 de abril de 2010 14:45  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe, obrigada por mais sabedoria!
Beijo!

19 de abril de 2010 16:01  
Blogger Nova Civilização disse...

Caro Amigo,

quanta riqueza de ensinamentos... como é importante sabermos respeitar o nosso semelhante.Escreveste tudo! Somente a partir do respeito somos capazes de compreender e sermos comprendidos. Enquanto usarmos a força do grito e da nossa vontade em mudar a quem convivemos jamais chegaremos próximo do equilíbrio... da verdadeira Paz.

"...Aprendei a conter os vossos ímpetos e a usar as vossas palavras. Pois, embora criadas para que os homens se pudessem entender, são as palavras muitas vezes a causa dos mais sérios desentendimentos..."

obrigada pela patilha,

abraços fraternos

Gisele

20 de abril de 2010 04:19  
Blogger Sol e Mar disse...

sempre atento!
sempre!
Boa semana

20 de abril de 2010 07:15  
Blogger Chica disse...

Sempre nos fazes refletir bem com tuas lindas mensagens! abração,linda semana,chica

20 de abril de 2010 08:18  
Blogger Rosa disse...

Buscamos a força naquilo em que acreditamos ela será a chave para às nossas conquistas.
Parabéns por mais um artigo muito bem escrito.
bjs!!

20 de abril de 2010 09:20  
Blogger VANUZA PANTALEÃO disse...

O Taj Mahal, uma obra física e espiritualmente dedicada ao amor. Dizem que ao ser deposto pelo próprio filho, o imperador Shah Jahan foi viver numa casa onde poderia avistar aquele suntuoso mausoléu todos os dias, e assim faleceu, sempre em direção ao túmulo de sua amada, Muntaz Mahal.
Dizer-se que só o amor constrói é mais que uma figura de retórica, é uma verdade absoluta.
Amor, respeito e perdão erigem os palácios do coração.
Magnífica lição, Árabe!!!Bjsss

20 de abril de 2010 09:20  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Maravilhosas reflexões amigo Árabe.
Estou a ler e apreciando com afinco.
Abraços fraternos.

20 de abril de 2010 10:54  
Blogger Fa menor disse...

Retenho:
"as canções de amor ocupam os vossos corações, desde que o homem caminha sobre a terra"
e
é sim necessário aprender a bem usar as palavras, pois:
"são as palavras muitas vezes a causa dos mais sérios desentendimentos"
e, também, quiçá, a ausência delas...

Obrigada!

Boa semana.

Bjins

20 de abril de 2010 11:28  
Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

palavras mágicas querido amigo: AMOR E RESPEITO.
sabe que gosto muito de viver aqui "beber" suas palavras?
Bom feriado querido amigo e obrigada pela visita.

20 de abril de 2010 14:25  
Blogger Daniel disse...

Como vai Arabe?
Obrigado pela visita em meu blog e pelo comentário.

Gosto muito das suas postagens, realmente sempre caem muito bem, mas gostei particularmente desses dois parágrafos.

Muito bons, mas tb são os mais difíceis de se aprender a controlar.

"Aprendei a desculpar-vos. E sabei que só o devereis fazer, quando em vosso coração existir a certeza do erro cometido. Aquele que falsamente se desculpa, abrigará em seu coração a vergonha de se haver humilhado.

Aprendei a perdoar. E buscai fazê-lo com toda a vossa alma, onde nenhum resto de amargura deverá subsistir. Porque o perdão, quando insincero, é apenas o disfarce sob o qual se oculta a ânsia de vingança."

Daniel

20 de abril de 2010 16:07  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Esse caminho...todos trilhamos um único percurso no sentido de um destino final que todos partilhamos?O "Herói Solar"?

Beijinho doce

21 de abril de 2010 14:18  
Blogger @philipsouza disse...

Como nossas vivencias né... evitar os erros e tentar um pouco viver com certeza do que fazemos ou das consequencias que o ato pode tomar...

gostei da foto do taj mahal..ainda vou la...

abraços

21 de abril de 2010 21:06  
Blogger Moonlight disse...

Querido Árabe,

Por vezes até queremos dár o nosso melhor e tentar perdoar mas existem coisas que magoam demias que feriram que abriram fendas enormes em nosso coração e aí ainda não tenho a sabedoria sufeciente para tal.
Perdão é coisa que tem que sair do coração em pleno e assim será uma verdade.
Se chegarei a tal...quem sabe um dia...
Gosto de suas palavras sempre tão sábias e reconfortantes.
Mas o actos por vezes são mais dificeis que as palavras.
vamos aprender e tentar evoluir,nesta vida.

Bjinho cheio de luar

22 de abril de 2010 03:33  
Blogger GarçaReal disse...

Só com base no amor ao próximo há hipótese de se conseguir pedir perdão com base na sinceridade, pois não é fácil ao ser humano fazêlo com verdade e sem qualquer interesse.
Só assim há hipótese de tentar não repetir erros...

Bom resto de semana meu amigo

Bjgrande do Lago

22 de abril de 2010 04:10  
Blogger Eu sei que vou te amar disse...

Palavras de uma sabedoria extrema!
Buscar a força interior leva-nos a percorrer o caminho do Universo calmamente!
Beijo carinhoso

22 de abril de 2010 07:48  
Blogger Mariz disse...

AMIGO MUI QUERIDO


Vim ver-te - ando arredada da net co sabes..mas só porque uma mão cheia de pessoas me pediu para nao fechar mais os comentários....por isso os vou mantendo.- Embora tivesse avisado que não iria logo a correr visitar as pessoas.
Mas o "sou pó e luz" comemora o 2º aniversário este mês - dia 20 - até ao fim do corrente, aquele post ficará por lá, porque o trabalhão foi tão grande que o meu coração se ressentiu do esforço...noites mal dormidas, mas aqui a net é lenta e dia 20 eu tinha de ter os 22 posts prontos! Idealizei uma festa paara as nossas crianças interiores e por isso a coisa foi mais delicada ainda.

Não peço que comentes, mas que vejas o álbum de fotos de meninos e meninas que escolhi para vestirem a pele de meros personagens vossos, que vão passando por lá - meu blog - e por isso pretendi homenagar - e tu estás lá, claro.
Espero que gostes.

Quanto a este post - mais um e sabedoria infinita com que nos presenteias - ficou-me o seguinte:

...."o homem que vai mais longe não é o que segue sempre em frente, mas o que aprende a contornar os obstáculos do caminho."
Uma máxima verdade!

Deixo-te o meu carinho de sempre num abraço o qual tinha já saudades.

Sempre..
Mariz

22 de abril de 2010 12:55  
Blogger ♥MáH♥ disse...

"[...] o perdão, quando insincero, é apenas o disfarce sob o qual se oculta a ânsia de vingança" mas quando o contrário, é libertador, não é mesmo?
Grande beijo!

22 de abril de 2010 17:32  
Anonymous De... disse...

Árabe...

Você está certíssimo: tudo, realmente, se resume em onde colocamos a nossa Força.

Deveríamos sempre escolher nossas batalhas, e não lutar a esmo contra quem pensa ou pareça diferente de nós, deixando que os instintos mais primitivos ou os condicionamentos cegos nos façam agir.

As batalhas sagradas são sempre aquelas que deflagramos dentro de nós mesmos, tentando vencer o que ainda É sombra, para que luz Seja.

Seu maravilhoso texto disse tudo...mais uma vez.

Grata!

22 de abril de 2010 19:31  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

vim deixar votos de bom fim de semana!

23 de abril de 2010 00:12  
Blogger O Árabe disse...

Sabedoria, Claudinha? Neste contato com vocês, busco adquirir um pouco dela. :) Obrigado, bom fim de semana!

23 de abril de 2010 10:59  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Gisele. Grato, bom fim de semana! :)

23 de abril de 2010 11:00  
Blogger O Árabe disse...

Sempre em companhia de vocês, Sol e Mar... eu espero! :) Bom fim de semana.

23 de abril de 2010 11:01  
Blogger O Árabe disse...

Refletimos juntos, Chica... acredite! :) Bom fim de semana.

23 de abril de 2010 11:02  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Rosa, pela gentileza. Sempre uma alegria a sua presença. :) Bom fim de semana!

23 de abril de 2010 11:03  
Blogger O Árabe disse...

... e belo comentário, Vanuza! :) Bom fim de semana, amiga.

23 de abril de 2010 11:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato pela gentileza, Antonio Lídio. Meu abraço, bom fim de semana!

23 de abril de 2010 11:06  
Blogger O Árabe disse...

Estás certa, Fá Menor. Muitas vezes, falta o simples diálogo.:) Bom fim de semana!

23 de abril de 2010 11:07  
Blogger O Árabe disse...

E acredita, Martha: muito nos agrada a tua presença. :) Bom fim de semana!

23 de abril de 2010 11:08  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Daniel. E você tem razão: são os mais difíceis, sim... e também os mais gratificantes. ;) Abraço, bom fim de semana.

23 de abril de 2010 11:09  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo Philip. E, pelo jeito, temos ao menos um sonho em comum: conhecer o Taj Mahal. :) Abraço, bom fim de semana.

23 de abril de 2010 11:11  
Blogger O Árabe disse...

Creio que sim, Meu Doce Amor. E a caminhada prosseguirá, enquanto alguém ainda estiver no caminho. :) Bom fim de semana!

23 de abril de 2010 11:13  
Blogger O Árabe disse...

Bela reflexão, Moonlight! E eu creio que sim: em cada dia, aprendemos mais um pouco. :) Bom fim de semana!

23 de abril de 2010 11:14  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Garça! Difícil de pedir... e de conceder. Mas extremamente benéfico para ambos! :) Bom fim de semana.

23 de abril de 2010 11:15  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, minha romântica amiga! Este é o caminho que nos leva ao coração do Universo. Bom fim de semana! :)

23 de abril de 2010 11:17  
Blogger O Árabe disse...

Decerto lá irei, Mariz. E deixa-me dizer que é grande a alegria com a tua presença, amiga! :) Bom fim de semana, fica bem!

23 de abril de 2010 11:18  
Blogger O Árabe disse...

Extremamente libertador, MáH ! Liberta do ódio, do medo e do desejo de vingança. :) Bom fim de semana!

23 de abril de 2010 11:19  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, De... e grato pela gentileza! :) Bom fim de semana.

23 de abril de 2010 11:20  
Blogger O Árabe disse...

Votos que retribuo, Piedade. :) Grato, amiga!

23 de abril de 2010 11:21  
Blogger Mariz disse...

Amigo querido

Agradecida pela tua resposta aqui.
Vi que já "postaste" novamente e
fiquei pensando se não terias achado graça alguma á personagem que escolhi para ti lá na festa para as nossas crianças...ou á legenda que a acompanha. Mas crê que foi com todo o carinho e respeito que tenho e não enfatizada por uma qualquer outra intenção.
É óbvio que estou a divagar...mas nem sempre os silêncios sei traduzir.
Espero continuar a merecer a tua amizade "extra", porque do sentir á sabedoria, poucos sabem fazer passar...

festa durará até ao fim do mês.

Deixo o meu abraço fechado

Sempre
Eternamente

Mariz

26 de abril de 2010 16:55  
Blogger O Árabe disse...

Mariz, amiga querida, na realidade ainda não consegui ir ao blog, por conta de alguns problemas particulares. Desculpa-me... e acredita que ainda hoje preencherei esta lacuna. :) Boa semana!

27 de abril de 2010 05:07  
Blogger Pensador disse...

Este seu post me lembrou a máxima de Lao-Tsé, que diz que "As mais belas armas são instrumentos de infelicidade". Não devemos buscar o direito da força. Talvez, tampouco, buscarmos o direito. Devemos buscar a sábia justiça, tão superior a estes seus irmãos.

3 de maio de 2010 15:29  
Blogger O Árabe disse...

Dizer o que, Pensador? Que você está certo, sem dúvida! Busquemos a Justiça... ela trará o que precisamos! :) Bom fim de semana!

7 de maio de 2010 20:54  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky