O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 22 de julho de 2011

DA INSATISFAÇÃO


A insatisfação é natural em vós.


É ela que vos conduz ao aperfeiçoamento. Porque aquele que satisfeito está com o local onde se encontra, não pensa em prosseguir a viagem; nem em afastar-se do que o cerca.


E ninguém existe, sob o sol, a quem bastem as coisas que possui. Sempre vos parecerão mais belas as vestes alheias e mais pujantes as flores no jardim ao lado do vosso.


Sempre, mais feliz vos parecerá o vizinho; mais divertidas as férias que vos narra o amigo e mais confortável a sua casa. Mais verdadeiros vos parecerão os seus amores.


É assim que é. E a insatisfação não é um mal, em si mesma; antes, a ferramenta do vosso desenvolvimento. Como a minhoca que, ao cavoucar o solo, fertiliza e faz crescer a planta.


Aceitai, portanto, esta realidade. E aprendei a conviver com ela, e a utilizá-la em vosso próprio benefício. Porque a insatisfação não é a inveja, mas o desejo de novas conquistas.


Nada existe, que seja bom ou ruim em si mesmo. A sabedoria e a ignorância, a beleza e a feiúra, a malícia e a inocência. Tudo depende do uso que de cada uma delas fizermos.


Cuidai, para que não vos domine a insatisfação; antes, a coloqueis a vosso serviço. Como fazeis à água que vos dessedenta, mas sob a qual se extinguiria a vossa vida.


Ou ao fogo que, embora prepare o terreno para o plantio que vos traz o alimento e a beleza das flores, ao sair de controle devasta a natureza ao seu redor.


No equilíbrio, estão a paz e a harmonia. Não seria prudente o homem que distribuísse todos os seus haveres; nem aquele que ao desesperado recusasse a esmola, em nome da avareza.


Como não é sábio recusar-se ao amor, para evitar o sofrimento; pois, ao fechardes a porta do vosso coração, impedireis também nele possa abrigar-se a felicidade.


E nem é sensato perder-se no amor, a ponto de esquecer a si mesmo. Quem abandona o próprio caminho, um dia a ele retornará; e chorará sobre o túmulo das suas esperanças.


Acolhei, pois, a vossa insatisfação. Mas não lhe franqueeis a vossa alma. Tratai-a, antes, como hóspede que vos é necessária, mas à qual não podeis confiar a vossa vida.


Para que não se aposse de vós.


Texto sugerido pela foto do site 1000 Imagens.

50 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe a insatisfação é algo que sentimos quando contrariados em nossos propósitos. Mas ela vem e passa.
Amei o texto!Linda musica e imagem!
Bom fim de semana! Beijos

22 de julho de 2011 18:50  
Blogger Olhos de mel disse...

Foi com emoção que terminei de ler a bela prosa poética! Linda, mas tenho que confessar; meio tristinha...
Beijos

22 de julho de 2011 18:58  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Irmão Árabe, é com satisfação que novamente aqui venho e saio fortalecido com tuas sábias palavras.
Vem de encontro à minh'alma.
É desse equilíbrio de que muitas vezes preciso no meu caminhar, neste aprendizado...
Por ora nos perdemos em nossas próprias exigências.
Um fraternoa abraço.
Meu apreço e minha estima.

22 de julho de 2011 20:56  
Blogger ISA disse...

Bom Dia Ilustre Árabe

Um texto lindo de se ler, mas que nem sempre corresponde ao real, pois até podemos sentir satisfeitos e bem fortes com o N/ "EU", mas basta vir algo ou alguém com certa inveja de nós e aí quem fica na insatisfação!!!

23 de julho de 2011 03:37  
Blogger Fa menor disse...

Que assim seja!
Estava mesmo a precisar de ler isto...

Bjos

23 de julho de 2011 04:04  
Blogger 。♥ Smareis ♥。 disse...

Oi Amigo, suas palavras tem muita sabedoria, e nós ensina muito. A insatisfação se torna até deprimente as vezes , mas quase sempre passa bem rapido. Um abraço e ótimo fim de semana.

23 de julho de 2011 13:33  
Blogger TITA disse...

Que jamais nos dêmos por satisfeitos...Somos seres sempre em busca de mais além.Sinto-o.Belíssimo desafio...Um abraço.

24 de julho de 2011 00:46  
Anonymous Lua Nova disse...

Equilíbrio... uma busca eterna, mas um objetivo difícil de ser alcançado.
"Vigiai e orai!", dia a dia, momento a momento esse é o preço do equilíbrio. Todo sentimento, toda emoção em excesso é desastrosa e pode levar à depressão, ou ao desespero.
Seu texto é brilhante como sempre e muito bem escrito.
É bom vir aqui. Suas palavras sempre me ajudam nessa luta diária em busca do equilíbrio.
Beijokas.

24 de julho de 2011 07:26  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

palavras certas...mais um belissimo texto.

uma boa semana!

beij

25 de julho de 2011 05:56  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Amigo Árabe,
Olha, eu não sou perfeita, claro. Mas sou daquelas pessoas que me satisfaço com pouco, quero dizer, prefiro qualidade e não quantidade. Uma rosa dada pela pessoa amada vale mais que um carro do ano. Assim vivo, assim sou feliz...
Uma semana bela e tranquila...
Beijos

25 de julho de 2011 07:11  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe, eu penso que a insatisfação é uma faca de dois gumes. É mola propulsora para realizações e para caminharmos adiante, mas se não for bem administrada, pode nos levar à ruína! Belo texto como sempre!
Um beijo!

25 de julho de 2011 07:58  
Blogger Parole disse...

Penso que a vida seria um tédio se estivéssemos satisfeitos com tudo.

Como sempre um texto sábio e otimista que nos leva à refletir sobre nós e a vida.Gostei muito, Árabe.Beijos.

25 de julho de 2011 11:44  
Blogger São disse...

Sábio, sábio conselho, aquele que nos dás quanto à insatisfação.

Que saudades já tinha de vir até aqui matar a sede da tua sabedoria, Swami!

Meu querio amigo, te desejo e aos teus uma excelente semana.

25 de julho de 2011 13:02  
Blogger Khalit Sabanur disse...

Al salam aleykum

Feliz daquele que vive, de forma que dele não se apossem...

Emocionada pela forma que captou minhas palavras, poucos o fazem.

Feliz semana, habib.

25 de julho de 2011 14:22  
Blogger ✿ chica disse...

Não deixar que ela faça morada em nós...ABRAÇOA,LINDA SEMANA,CHICA

25 de julho de 2011 15:57  
Blogger ONG ALERTA disse...

Nada existe, que seja bom ou ruim em si mesmo. A sabedoria e a ignorância, a beleza e a feiúra, a malícia e a inocência. Tudo depende do uso que de cada uma delas fizermos.
Este parágrafo define bem, estamos buscando algo talvez infinito, beijo Lisette.

25 de julho de 2011 16:09  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Eu por vezes sinto-me bastante
insatisfeita, mas sabendo que as
saídas não são muitas,lá me
mentalizo e volto a pensar que
estou bem.
Beijinho amigo

26 de julho de 2011 01:24  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. Triste? Talvez... mas a saudade pode trazer também a felicidade das lembranças. :) Bom resto de semana!

27 de julho de 2011 06:08  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, meu irmão: nos perdemos em nossas próprias exigências... e em nossos próprios desejos. Meu abraço, boa semana!

27 de julho de 2011 06:09  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Isa: a insatisfação é natural em nós. :) Bom resto de semana!

27 de julho de 2011 06:09  
Blogger O Árabe disse...

Fico feliz, então, Fa menor, se preenchemos essa necvessidade. :) Boa semana!

27 de julho de 2011 06:10  
Blogger O Árabe disse...

E ainda bem que passa, não, Smareis? :) Bom resto de semana!

27 de julho de 2011 06:11  
Blogger O Árabe disse...

Belo desafio, sim, Tita... e que somos capazes de vencer! :) Bom resto de semana.

27 de julho de 2011 06:11  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lua Nova, pelas gentis palavras. E acredita: a lua é diária, sim... mas vale a pena! :) Bom resto de semana.

27 de julho de 2011 06:12  
Blogger O Árabe disse...

E mais uma gentil avaliação, Piedade. :) Grato, bom resto de semana!

27 de julho de 2011 06:13  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Vanuza: quem assim vive, é feliz. :) Bom resto de semana!

27 de julho de 2011 06:13  
Blogger O Árabe disse...

É isso, sim, Claudinha; bela síntese! :) Bom resto de semana.

27 de julho de 2011 06:14  
Blogger O Árabe disse...

Seria, sim, Parole... e precisamos seguir em frente. Sempre. :) Obrigado, bom resto de semana!

27 de julho de 2011 06:15  
Blogger O Árabe disse...

Alegria em rever-te, São... e saber que estás bem! Grato, amiga, bom resto de semana!

27 de julho de 2011 06:16  
Blogger O Árabe disse...

Bem o disseste, Khalit... feliz daquele que assim vive! :) Bom resto de semana.

27 de julho de 2011 06:17  
Blogger O Árabe disse...

Essa é a receita, Chica... mas nem sempre é fácil seguí-la! :) Bom resto de semana.

27 de julho de 2011 06:17  
Blogger O Árabe disse...

Estamos, Lisette... infinito como o nosso verdadeiro Eu. :) BOm resto de semana!

27 de julho de 2011 06:18  
Blogger O Árabe disse...

... e esta é, sem dúvida, a melhor forma de prosseguir, Irene! :) Bom resto de semana, amiga.

27 de julho de 2011 06:19  
Blogger Evanir disse...

Muitas vezes não temos muito a oferecer,
ou repartir,mas enquanto existir palavras
que tragam de volta a esperança perdida nas longas
dificuldades da vida,
elas valerão mais do que do qualquer dinheiro ou bem material,
porque renovam a vontade de lutar
até encontrar soluções para nossos problemas.
Algumas palavras, nos momentos certos trazem de volta,
a vontade de viver e tem o poder de transformar
quem está quase desistindo.
Um beijo no coração para sempre sua amiga,Evanir.
Você é muito especial para mim..

27 de julho de 2011 12:54  
Anonymous De disse...

Árabe...

Que a insatisfação nunca seja aquela que se apóia em desejos supérfluos.

Que a insatisfação maior sempre seja dirigida a nós mesmos... às nossas próprias limitações que nos impedem o caminhar mais célere rumo à evolução.

Que essa insatisfação se transmute em inquietação... em busca do Maior que nos habita.

Beijos e Luz em seu fim de semana...

28 de julho de 2011 21:08  
Blogger Bela disse...

"Quem abandona o próprio caminho, a ele retornará" - É essa a verdade mais certeira e também a que mais nos deve fazer refletir.

Devemos direcionar sempre nossa constante insatisfação ao caminho correto, caso contrário ela de nada nos há de servir.

Como sempre, belo e sábio texto, meu caro Árabe!
Abraços,
Bela.

29 de julho de 2011 06:25  
Anonymous Alala disse...

Ótimo texto, gostei. Parabéns!

29 de julho de 2011 08:10  
Blogger Renato Ziggy disse...

Isso é tão lindo, árabe. O teu jeito de falar, a sabedoria nas palavras... deixou-me deveras satisfeito! Hehehe!

29 de julho de 2011 14:21  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Evanir. E vc está certa: não podemos desistir, nunca; é preciso seguir emn frente! Bom fim de semana.

30 de julho de 2011 07:32  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, De, para que possamos continuar em nossos caminhos! Bom fim de semana.

30 de julho de 2011 07:32  
Blogger O Árabe disse...

E como sempre, Bela, uma correta reflexão sobre o texto. :) Grato, bom fim de semana!

30 de julho de 2011 07:33  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Alala; volte sempre, o oásis é noosso! :) Bom fim de semana.

30 de julho de 2011 07:34  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Renato; o oásis é nosso, volte sempre!:) Bom fim de semana.

30 de julho de 2011 07:35  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Renato; o oásis é nosso, volte sempre!:) Bom fim de semana.

30 de julho de 2011 07:35  
Blogger Evanir disse...

Querida amiga um feliz final de Domingo .
Uma abençoada semana beijos no coração,Evanir.

31 de julho de 2011 11:12  
Blogger Pensador disse...

Um conselho sábio, como sempre. Dominar e usar a insatisfação para o nosso crescimento, e não deixar que ela nos domine...

31 de julho de 2011 18:06  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Evanir. De coração, o mesmo lhe desejo. :)

3 de agosto de 2011 08:03  
Blogger O Árabe disse...

É a idéia, não, Pensador? Embora às vezes se torne difícil. :) Meu abraço, amigo; bom resto de semana!

3 de agosto de 2011 08:05  
Blogger Vanessa ੴ disse...

Querido amigo, o quanto somos insatisfeitos!
Sempre desejamos mais, às vezes desejamos o que é do outro, e em outras vezes desejamos o que sequer necessitamos.
Nos resta crescer, evoluir; deixar de quem ser quem éramos para nos tornar quem somos...

Grande abraço :)

P.S.
Perdoe minha ausência? Problemas que roubam-me o tempo; mas estou de volta!
beeijo

8 de agosto de 2011 16:05  
Blogger O Árabe disse...

Só hoje, Vanessa, vi o seu (ótimo) comentário. :) Desculpe-me, portanto, pela demora da resposta. Obrigado, bom fim de semana!

26 de agosto de 2011 14:35  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky