O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

AMORES EXISTEM




Amores existem que se perdem no tempo.
Que sepultamos sob as dunas da vida. Que se perdem entre as nossas lembranças, porque nada nos acrescentam. Como aves passageiras, não deixam rastros em nossa alma.
São amores de uma noite, de alguns dias ou até de muito anos. Mas que se perderam em sua própria inconsistência; como a espuma que mansamente se vai, enquanto a onda prossegue.
São amores que talvez não tenham sido amores; mas a voz da nossa própria carência, a voz das nossas próprias esperanças. Amores nus, vestidos apenas com as nossas ilusões.
Que nos fizeram delirar, em horas de paixão, e atravessar noites insones, entre a saudade e o desejo. Que coloriram as nossas vidas, que ocuparam os nossos sonhos.
Amores que preencheram o nosso mundo; que nos fizeram descobrir novos horizontes de alegria e sofrimento. Chamas que se transformaram em brasas, hoje cobertas pelas próprias cinzas.
Amores que se tornaram desamores; carinhos que se tornaram agressões, paixão que se tornou indiferença, compreensão que se tornou impaciência, saudade que se tornou alívio.
E, entretanto, amores existem que não nos abandonam. Que permanecem impressos em nossa alma, que rolam em nossas lágrimas e brilham em nossos sorrisos.
Amores que iluminam a nossa solidão, que nos fazem felizes em meio à saudade; amores que o tempo não leva, porque guardados para sempre estão em nossos corações.
Estes são os verdadeiros amores. E felizes daqueles que os tenham encontrado, ainda que por apenas um dia e uma noite; porque a sua lembrança preencherá todos os dias e todas as noites.
Estes são os verdadeiros amores. E, como o vento do deserto modifica as dunas, haverão de modificar as nossas ideias sobre a vida; porque nos mostrarão o sentido da Vida.
Estes são os verdadeiros amores. E haveremos de recordá-los em cada estação, em cada perfume, em cada música, em cada palavra, em cada lugar onde os tivermos vivido.
Porque estarão em nós. E farão brilhar os nossos olhos, e aquecerão o nosso coração, e nos farão sorrir por entre as lágrimas, de cada vez que os revivermos em nossas lembranças.
Amores existem que se perdem no tempo.
E outros existem que nos fazem perder a noção do tempo.  

64 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Poxa Árabe! Me fez chorar... que coisa mais linda!... Isso é a pura verdade. Amores que guardamos no fundo das nossas almas e vivem adormecidos em nossa esperança, em nosso coração. E nos fazem tão realizados...
Amei o poema, a imagem e a musica! Mas essas lágrimas são de ver que ainda existe esse sentimento vivo, no coração das pessoas.
Bom fim de semana! Beijos

28 de setembro de 2012 18:13  
Blogger Paula Barros disse...

Mais um belíssimo texto. Que nos faz durante a leitura lembrar de alguns desses amores citados.
Tem textos seus que me lembra a escrita de outra pessoa, e me da saudade de uma outra época.

28 de setembro de 2012 19:23  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Bom dia, amigo!
Amores...
São amores...
Um amor de postagem!
Bom fim de semana pra você!Bjssss

29 de setembro de 2012 04:22  
Blogger ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

O amor
que nos faz perder
a noção do tempo,
é o amor
que nos alimenta
a alma além do corpo.
Que nos despertas
sentimentos adormecidos.
Que encontra para nós
o destino e o sentido.

Que haja sempre um sonho
a te habitar o entardecer do dia.

Aluísio Cavalcante Jr.

29 de setembro de 2012 06:25  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Assalamaleikum irmão.
Amores... que não se esquece.
Amores verdadeiros ficarão in memoriam,
Amores passageiros que ficarão no coração...
Amigo, você foi genial.
Um abraço.

29 de setembro de 2012 07:03  
Blogger Magia da Inês disse...

.•°♫♪♪

Amor... se dói... é impossível viver sem ele.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
彡♪♫°¸.•♫°`

29 de setembro de 2012 07:58  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo Árabe,
Sempre, sempre lindíssimas mensagens!
E esta sobre o sentimento maior, belíssima!
"E, entretanto, amores existem que não nos abandonam. Que permanecem impressos em nossa alma, que rolam em nossas lágrimas e brilham em nossos sorrisos."
Assim entendo o Amor.
Desejo-lhe continuação de um bom domingo e uma semana luminosa.
Beijinhos.

30 de setembro de 2012 10:28  
Blogger GarçaReal disse...


É verdade...A maioria dos amores ficam pedidos na poeira do caminho.
Os verdadeiros são indeléveis,pois marcam forte suas letras no coração e mesmo que queiramos apagá-los ...tal é impossível.

Ler-te é sempre aprender.

Boa semana

Bjgrande do Lago

30 de setembro de 2012 14:40  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Que lindo Árabe! Parabéns!

30 de setembro de 2012 16:20  
Blogger LUZ disse...

O amor é dos sentimentos mais simples e complexos.
Somos imperfeitos, porque perfeito só mesmo Deus, e por isso, nem sempre sabemos agir.

Boa semana.
Saudações (não sei falar árabe, lamento).

30 de setembro de 2012 17:22  
Blogger Moça disse...

NOssa! que lindo texto! que bom ter encontrado seu blog! me emocionei! voltarei mais vezes! bjo
opinandoemtudo.blogspot.com

30 de setembro de 2012 18:03  
Blogger MINHA VIDA DE CAMPO disse...

Que texto lindo, feito para refletir.
Acho que se confunde flerte com um amor duradouro. Sempre falo pra minha irmã, que diz que teve uma grande paixão e até hoje não esqueceu, mas o que ela não esqueceu foi não ser amada como ela queria. Se se perdeu não foi amor, foi uma sentimento de uma só parte.
Tenha um ótimo início de semana e vamos continuar amando.

30 de setembro de 2012 18:08  
Blogger ✿ chica disse...

Lindo!!E, pra mim, amor bom é o que existe APESAR do tanto tempo juntos...abração,chica

1 de outubro de 2012 07:01  
Blogger Fa menor disse...

De sabedoria tamanha!

Bjo

1 de outubro de 2012 07:08  
Blogger Luna disse...

sao tudo pedacos de nos que o tempo firmou
bjs

1 de outubro de 2012 09:54  
Blogger O Árabe disse...

Existe, Olhos de Mel... e existirá sempre, eu creio! Boa semana.

1 de outubro de 2012 09:56  
Blogger O Árabe disse...

Bom saber que você gostou, Paula; e que lhe trouxe boas lembranças! Boa semana.

1 de outubro de 2012 09:57  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vanuza! Boa semana, amiga.

1 de outubro de 2012 09:58  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amigo Aluisio, pelo poético comentário e pelos votos, que retribuo. Meu abraço, boa semana!

1 de outubro de 2012 09:59  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, irmão Antonio Lidio. É o essencial, não? Que existam amores! Meu abraço, boa semana. Aleikum Essalam!

1 de outubro de 2012 10:00  
Blogger O Árabe disse...

Impossível mesmo, Inês! Tira toda a graça da vida! Boa semana.

1 de outubro de 2012 10:01  
Blogger O Árabe disse...

Origado, Ailime, pela gentileza e pelo belo comentário. Boa semana!

1 de outubro de 2012 10:07  
Blogger O Árabe disse...

Aprendemos juntos, Garça amiga. Sempre uma alegria a sua presença. Boa semana!

1 de outubro de 2012 10:07  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Claudinha, pela gentileza e amizade. Boa semana!

1 de outubro de 2012 10:08  
Blogger O Árabe disse...

Nem eu, Luz, apesar de ser neto de libaneses. :) Volte sempre, o oásis é nosso. Boa semana!

1 de outubro de 2012 10:09  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Moça. Volte sempre, sim; o oásis é nosso! Boa semana.

1 de outubro de 2012 10:10  
Blogger O Árabe disse...

Vamos, sim, Anajá... nada existe que seja melhor! :) Boa semana.

1 de outubro de 2012 10:10  
Blogger O Árabe disse...

Entendo o que você quer dizer, Chica... entendo, sim! :) Boa semana, amiga.

1 de outubro de 2012 10:11  
Blogger O Árabe disse...

... e de tamanha gentileza, Fa menor. Obrigado, amiga; boa semana!

1 de outubro de 2012 10:12  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Luna: pedaços de nós, sim; sempre fica um pouco em cada amor. Boa semana!

1 de outubro de 2012 10:13  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

"Amores que o tempo não leva..."
Você tem frases raras, amigo. Sou uma mulher feliz, amigo, encontrei um amor assim.
Uma semana abençoada, Árabe!Bjsss

1 de outubro de 2012 13:14  
Blogger Cidinha disse...

Olá, amigo. Belissimo seu texto! Tantas verdades e sentimentos. Obrigada pela partilha! Desculpe a falta. Más fico feliz por estar aqui. Desejo uma boa semana! Beijos.

1 de outubro de 2012 19:10  
Blogger BlueShell disse...

Meu querido...é isso mesmo...Amores esistem...
E a gente chora junto, a gente ri junto, a gente sente com o outro, amores que estão connosco, dentro de nós...

Mais um texto lindo como é já costume. Comovente, sentido...riquíssimo.

Obrigada pelo privilégio que é poder ler-te. BShell

1 de outubro de 2012 22:16  
Blogger São disse...

Meu querido amigo, de amor não posso falar: só o tive em forma de amizade.

Um abraço grande

2 de outubro de 2012 03:10  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

e todos já confundimos um dia,
um amor com uma carência...
mas ainda acredito no amor verdadeiro...

beijinhos

2 de outubro de 2012 03:19  
Blogger O Árabe disse...

Feliz, mesmo, Vanuza; poucas são as pessoas que têm essa sorte! :) Bom resto de semana.

2 de outubro de 2012 11:13  
Blogger O Árabe disse...

E é sempre uma grande alegria a sua presença, Cidinha. Grato pela gentileza, boa semana!

2 de outubro de 2012 11:14  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado pela presença, Blue Shell; pela gentileza e pelo belo comentário. Boa semana!

2 de outubro de 2012 11:15  
Blogger O Árabe disse...

E esta, São - quem sabe ? - talvez seja a sua melhor forma! Boa semana, amiga.

2 de outubro de 2012 11:16  
Blogger O Árabe disse...

Preciso é que acreditemos, Rô; só assim temos a chance de encontrá-lo. Boa semana, amiga; é uma alegria a sua presença.

2 de outubro de 2012 11:17  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Amigo desejo que se encontre bem.
Isso é o principal.
Como sempre um excelente texto.
Beijinho
Irene Alves

2 de outubro de 2012 12:29  
Blogger Mada disse...

Meu amigo lágrimas de emoção escorrem em minha alma pela verdade que senti... bem haja Árabe pela beleza e autenticidade de seu escrito, abraço de gratidão e amizade,
Mada

2 de outubro de 2012 13:44  
Blogger TITA disse...

Belíssima dualidade,amigo.Um abraço.

2 de outubro de 2012 16:19  
Blogger CamilaSB disse...

«Amores existem que se perdem no tempo. E outros existem que nos fazem perder a noção do tempo»
Bonitas e muito certas palavras amigo Árabe... há ainda amores que florescem com o tempo e se prolongam pela vida fora...
Bem-haja pelo carinho! Um beijinho carinhoso e tenha uma BS

2 de outubro de 2012 16:48  
Blogger LUZ disse...

Olá Árabe,

Neto de Libaneses, que curioso!
Voltarei ao oásis, o seu blogue, mas não esqueça de me visitar, também. E ainda por cima, tenho logo dois. Espero as suas palavras. Ainda não consigo dar, sem receber. Estou longe de ser santa.
Eu, também, agradeço nos meus blogs, mas depois vou aos blogs, que me comentaram. Acho justo.

Abraços da Luz.

2 de outubro de 2012 17:01  
Blogger ONG ALERTA disse...

Amores verdadeiros são eternos, abraço Lisette.

2 de outubro de 2012 17:54  
Blogger Luma Rosa disse...

Amor que traz infelicidade, não é amor!!
Devemos criar uma corrente de amor. Falar de amor, fazem as pessoas pensarem no amor e consequentemente, querer amar.
Engraçado que no meu texto anterior ao atual no luz, escrevi: São muitas as pessoas que morrem por amor e que multidões inteiras pereceram e estão perecendo a toda hora e nos lugares mais estranhos, por falta dele.
Está fora do contexto, mas ainda compreensível :)
Adorei o modo com colocou as questões sobre o amor - como uma prevenção!
Boa semana!! Beijus,

2 de outubro de 2012 22:08  
Blogger Vampira Dea disse...

Amores são sempre importantes.Lindo texto, lindas imagens.
Abraços

3 de outubro de 2012 04:32  
Blogger Observando e Absorvendo disse...

Bom dia!
Belo post e adorei que conheça meu canto onde não meço as palavras.
Bjs

5 de outubro de 2012 04:51  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Irene, pela gentileza e pelos votos. Bom fim de semana!

5 de outubro de 2012 07:06  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Mada, pela gentileza e amizade. Sempre uma alegria a sua presença. Bom fim de semana.

5 de outubro de 2012 07:07  
Blogger O Árabe disse...

Dualidade que existe em nossas almas, não, Tita? Obrigado, bom fim de semana!

5 de outubro de 2012 07:07  
Blogger O Árabe disse...

Há, sim, Camila... graças ao Universo! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

5 de outubro de 2012 07:08  
Blogger O Árabe disse...

Este é, também, o meu pensamento, Luz; além do que é um prazer ler os belos textos dos amigos! Foi muito bom conhecer o seu blog, decerto visitarei ambos. Bom fim de semana!

5 de outubro de 2012 07:10  
Blogger O Árabe disse...

São, Lisette... e nos sustentam pela vida! Bom fim de semana.

5 de outubro de 2012 07:11  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Luma! Gostei, particularmente, da frase inicial: 'Amor que traz infelicidade, não é amor!"; eis algo que aprendemos com o tempo. Bom fim de semana!

5 de outubro de 2012 07:13  
Blogger O Árabe disse...

São, Déa: fazem a vida valer a pena. Obrigado, bom fim de semana!

5 de outubro de 2012 07:14  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amiga; decerto voltarei para observar mais vezes! Bom fim de semana.

5 de outubro de 2012 07:15  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

profundo e que encerra mensagens muito belas.

um beij

6 de outubro de 2012 10:57  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Outros que nos fazem perder tempo...

6 de outubro de 2012 11:45  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela amizade e gentileza. Boa semana!

7 de outubro de 2012 19:02  
Blogger O Árabe disse...

Talvez, Doce Amor. Ou talvez, em matéria de amores,sempre ganhemos tempo. :) Boa semana!

7 de outubro de 2012 19:04  
Anonymous De... disse...

Amores existem que marcam nosso corpo, e existem outros que ficam impressos em nossa alma. Esses últimos são eternos.

Beijosss...

15 de outubro de 2012 20:37  
Blogger O Árabe disse...

São, De... como a própria alma. Boa semana!

16 de outubro de 2012 06:00  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky