O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 1 de março de 2013

OS VOSSOS AMORES




O que fazeis dos vossos amores?
Vós os imolais, no altar das vossas vaidades e inseguranças; sufocai-os com os vossos desejos, turvais as suas cores com o cinza da vossa insatisfação.

E, depois, venerais os seus cadáveres empalhados. Pranteais a vossa saudade, recordais os bons momentos e lamentais não os terdes mantido junto a vós.

Ou culpais a uma terceira pessoa, pelo seu término. Como se o amor não fosse algo muito íntimo, que apenas em vosso coração pudesse brotar e nele mesmo pudesse fenecer.

Afastai esta ilusão, que vos alivia o sentimento de culpa mas vos deprecia a autoestima. E vereis que o amor não morre de repente, mas vai sendo envenenado dia a dia.

Permitis que o amor se perca na rotina. E sobre as chamas incandescentes de outrora, que em brasas tímidas se tornaram, espalhais as cinzas do costume e do conformismo.

E este é o princípio do fim. Porque o amor não é a amizade, mas a ânsia; não é o lago profundo e calmo, mas o oceano misterioso e agitado, onde as ondas não cessam jamais.

O amor é como uma planta delicada, que necessita ser cuidada todos os dias. E aquele que não zela por seu amor, decerto dele não desfrutará por muito tempo.

Cuidai, portanto, dos vossos amores. Ainda que muitas vezes necessiteis contrariar as vossas vontades, dominar o vosso orgulho ou esquecer as vossas rusgas. 

Nada disto devereis fazer, entretanto, se assim não vos pedir o coração. Porque de bom grado o homem cede por amor; mas aquele que o faz por conveniência abriga a revolta.

E a revolta é, para o coração que a oculta, como a água represada, que um dia findará por destruir o dique e tudo arrastará na enxurrada da vingança.

Guardai-vos da revolta, que vos empurra na direção do ressentimento. E da sensação de posse, que vos leva a menosprezar o ser amado por julgardes que vos pertença.

Porque, em verdade, cada um de vós pertence apenas a si mesmo. E não obedece senão às suas vontades, não acredita senão nas suas crenças e não vive senão a sua vida.

Uma pessoa não pode possuir outra, nem ditar o seu comportamento, nem arrastá-lo pelos caminhos por onde anda. A cada um cabe escolher o seu próprio caminho.  

Podeis, apenas, dar-vos as mãos.

Para que juntos chegueis ao fim da jornada.      


A bela foto é do site 1000 Imagens. 

36 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Creio Árabe, que difícil julgar, porque precisaria estar na situação alheia para entender. Cada coração sabe o que sente e a sua real necessidade...
Mas o poema está muito lindo! A musica maravilhosa!
Bom fim de semana! Beijos

1 de março de 2013 17:12  
Blogger ✿ chica disse...

Muito lindo,Árabe! Todos temos responsabilidades por nossa felicidade e por fazer dar certo nossos amores...


Te ler é sempre lindo! abraços,chica e tudo de bom!

2 de março de 2013 01:11  
Blogger Fa menor disse...

"Porque o amor não é a amizade, mas a ânsia; não é o lago profundo e calmo, mas o oceano misterioso e agitado, onde as ondas não cessam jamais."

Muito bom, como sempre!

Boa semana, amigo!

3 de março de 2013 13:43  
Blogger Claudinha ੴ disse...

É preciso cuidar, regar e sentir na alma, mas cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é...
Belo texto!Como sempre!

3 de março de 2013 15:09  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

te ler é sempre uma delícia,
e quando se fala de amor,gosto ainda mais...
os corações são órgãos independentes,
e fazem o que querem,
depende de nós dar uma espiada e manter as coisas sob controle...

beijinhos

4 de março de 2013 03:10  
Blogger São disse...

Como sempre , essa tua sabedoria vem ao de cima neste estupendo texto.

Eu , traída pelo marido, nunca culpei a senhora...mas sim a ele.
E nem foi tanto por ter deixado de gostar de mim, pois o que não esqueço(embora não lhe deseje mal algum) foi a falta de respeito que demonstrou para comigo. Porque isso é exclusivamente da responsabilidade da pessoa.

Bem hajas!

4 de março de 2013 10:58  
Blogger C Valente disse...

Saudações amigas com tudo de bom

5 de março de 2013 06:58  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

"Uma pessoa não pode possuir outra..."
Para que possa florescer o amor necessita de uma liberdade franca, amiga e responsável.
Aí, sim, pode-se dar as mãos rumo ao infinito...
Poético e verdadeiro, adorei!Bjssss

5 de março de 2013 08:25  
Blogger LUZ disse...

Amor não é posse, é antes, dádiva e entrega consciente.

Boa semana.

5 de março de 2013 10:24  
Blogger luna luna disse...

sem duvida que no verdadeiro amor não há posse, e é essa possessividade que matas as relações
beijos

5 de março de 2013 12:59  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo e bom Árabe, depois de ler toda esta sua excelente dissertação sobre o amor nas relações, que poderei expressar? Que tudo está dito, mas compete a cada um de nós escolher o melhor que nos ajudará a chegar "juntos até ao fim"! Não é fácil, mas vamos sempre tentando, respeitando a individualidade do outro. Bem-haja pela sua sapiência e clareza que coloca na abordagem dos mais variados temas e deste em particular. Sempre aprendendo com o amigo. Continuação de uma boa semana. Beijinhos Ailime

5 de março de 2013 13:51  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Como sempre tudo o que escreves é belissimo...

Agradeço o recado carinhoso que deixou em meu blog, mas tudo tem seu tempo...
Obrigada...
Beijos...

5 de março de 2013 16:11  
Anonymous Regi disse...

Olá amigo,adoro ler suas cronicas,só não sei porque vc não me responde,qdo lhe pergunto se vc é Flávio Cruz,irmão de Àlvaro,custa tanto matar essa curiosidade minha?Por favor,masta dizer sim ou não.Estou no aguardo.
um abraço.
Regi

6 de março de 2013 05:56  
Blogger Jorge P.G disse...

Um bom texto sobre os amores, que os há revestidos de diversas formas e intensidades.

Saudações amistosas.

6 de março de 2013 06:02  
Blogger ONG ALERTA disse...

Somos responsáveis por nossas atitudes, abraço Lisette.

6 de março de 2013 15:49  
Blogger Luma Rosa disse...

O amor tem vida própria e não depende de nós para mantê-lo cativo. Ele tem que servir-se de encanto para encantado ficar! Por isso cuidar do amor!!
Tem que beijar muito, não é Árabe? (rs*)
Bom restinho de semana!! Beijus,

6 de março de 2013 18:24  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um texto que me deixa muitas questões.

li e reli e tem partes que concordo plenamente e outras que me deixou a reflectir.

mas ainda bem, não podemos estar de acordo com tudo, e isso é positivo.

um beijo

;)

7 de março de 2013 00:32  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Olhos de Mel! É exatamente essa a causa de tantos rompimentos. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:07  
Blogger O Árabe disse...

Temos, Chica. Pena que muitas vezes nos esquecemos disto! Bom resto de semana.

7 de março de 2013 11:08  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fa menor, pela gentileza e amizade. Bom resto de semana.

7 de março de 2013 11:08  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Claudinha: A dor e a a delícia de ser o que é. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:11  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua presença, Rô... e gostei do comentário. :) Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:13  
Blogger O Árabe disse...

Entendo, São. O desrespeito é o pior, sim; quanto nos magoa! Bom resto de semana, amiga.

7 de março de 2013 11:14  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Carlos Valente; bom resto de semana.

7 de março de 2013 11:14  
Blogger O Árabe disse...

Poético e verdadeiro comentário também, Vanuza. Obrigado, bom resto de semana.

7 de março de 2013 11:15  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Luz! Eis algo que nunca devemos esquecer. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:16  
Blogger O Árabe disse...

É, sim, Luna; na maioria das vezes. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:16  
Blogger O Árabe disse...

O aprendizado é mútuo, Ailime, acredita. Grato pela amizade e gentileza, bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:17  
Blogger O Árabe disse...

Tem, Arco-Íris. E a gente respeita, mesmo sentindo falta dos amigos. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:19  
Blogger O Árabe disse...

Regi, se você é Regina, eu respondi naquele mesmo comentário... não viu? Mas obrigado por frequentar o nosso oásis. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:20  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Jorge, pela presença e comentário. Volte sempre; o oásis é nosso. Bom resto de semana, meu abraço.

7 de março de 2013 11:23  
Blogger O Árabe disse...

Somos, Lisette... e não há como fugir às suas consequências. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:24  
Blogger O Árabe disse...

cada vez mais, Luma... cada vez mais! :) Essa é uma das melhores partes! :) Bom resto de semana.

7 de março de 2013 11:25  
Blogger O Árabe disse...

Positivo, sim, Piedade... são as dúvidas que nos fazem buscar as descobertas. Bom resto de semana!

7 de março de 2013 11:26  
Anonymous De... disse...

Quando dois corações se tocam, mesmo com todas as diferenças que existem entre dois mundos, somente a Luz deveria prevalecer.

Beijos...

21 de março de 2013 19:37  
Blogger O Árabe disse...

Deveria, De... e um dia assim será. Bom fim de semana.

22 de março de 2013 05:14  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky