O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 19 de abril de 2013

A VOLTA À MANSÃO DO AMANHÃ


Decerto, chegará o dia do voo.

E não vos pertence saber quando vos chamará o Universo; quando devereis despir as vossas roupas e descalçar as vossas sandálias, para alijar de vós a poeira do caminho.

Porque não é no verdadeiro Eu que se acumula o pó, mas nos trajes que envergais em cada jornada. E nada vos restará, ao fim do percurso, senão o que houverdes aprendido.

É assim que é. E por mais importante que possa o homem parecer, nada dele ficará na Terra, senão os frutos do seu ser e as lembranças naqueles que o tenham conhecido.

Recordai que, embora não vos assista o direito de escrever a palavra “FIM” no livro de vossas vidas, é vossa a escolha sobre o que escrevereis em cada uma de suas páginas.

Deveis, portanto, escolher bem as palavras que nelas registrareis. Porque não é o epílogo que faz valer o livro, mas as aventuras e os ensinamentos que traz àquele que o lê. 
  
Abandonai o temor à hora final. Porque o navio não se recolhe ao porto antes de terminada a viagem, nem a flor tomba sobre o solo antes de abrir-se em botão.

Não nascestes para fugir à morte, mas para desfrutar da vida. E este deve ser o vosso cuidado, ou de nada vos valerá cada experiência que tiverdes sobre a Terra. 
 
Cada um tem o tempo de que precisa; que não vos preocupe a hora da viagem, nem as suas circunstâncias. Longe de escravizar-vos ao temor da morte, buscai viver a vida.

Pois, se não vos pertencerá a árvore que hoje plantais, ninguém vos pode roubar a alegria de saber que os vossos filhos desfrutarão da sua sombra e dos seus frutos.

E, ainda que não chegueis a realizar os vossos sonhos, as suas cores alegrarão o vosso coração; e o seu calor aquecerá as vossas noites, enquanto os sonhardes.

Não sois apenas os vossos corpos, mas também as vossas almas. E por isto não estais contidos no tempo, nem no espaço; pertenceis à Eternidade e ao Infinito.

E, como o rio não se preocupa com as suas águas, apenas as deixa correr, não vos deveis preocupar com o vosso tempo, mas com a maneira como utilizais cada momento.

Vivei, com todas as vossas forças. Vivei sem medo; porque não é o terdes morrido que vos poderá fazer chorar, quando estiverdes de volta à mansão do amanhã.

Mas o arrependimento por não ter vivido.   

48 Comentários:

Blogger Marlene Maravilha disse...

Como estás??
Eu estou bem!
Concordo com tudo o que escreveste.
Realmente nascemos para desfrutar da vida da maneira como ela se apresenta. Mas entender isso é uma dificuldade para o ser humano. É necessário quase perde-la para ganha-la em definitivo.
Abracos e um fds abencoado!

19 de abril de 2013 19:09  
Blogger Olhos de mel disse...

As vezes Árabe a gente vive o que consegue, caminha por estradas que não escolhemos, porque nem tudo depende de nós.
Bela mensagem! A musica é triste, mas muto bonita!
Bom fim de semana! Beijos

19 de abril de 2013 19:42  
Blogger ✿ chica disse...

Intenso, lindo, fala verdades da vida... Muito bom!!!Sempre emocionas! abraços,chica e lindo fim de semana!

20 de abril de 2013 03:02  
Blogger Fazendo um novo fim disse...

Como sempre um texto que nos leva à grandes reflexões!
abços.

20 de abril de 2013 04:30  
Blogger Sherazade disse...

Árabe; a mensagem é linda, mas triste.
Infelizmente perdi o blog e tive que refazer.
Bom fim de semana! Beijos

20 de abril de 2013 08:27  
Blogger Rita disse...

Boa tarde de sábado de Sol!!
♫♫♫ (¸.•❋

Vim deixar um abraço ,desejar um belo
final de semana, ver e gostar do seu
post.
Termino com uma frase que adoro.

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

(Vinicius de Moraes)

Abraços com carinho
Rita!!!!
♫♫♫ (¸.•❋

20 de abril de 2013 09:17  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

Nada melhor do que viver a magia de cada momento, seja ele triste ou alegre, fazem parte de nossa história e com certeza nossas atitudes nesses momentos ficarão na memória dos que estão próximos.

Beijos
Joelma

20 de abril de 2013 17:04  
Blogger Estrela vespertina... disse...

oh não! então eu viverei de amor, sonho, ilusão, eoncontro e desecontros, de tesão, paixão, de alegrias e sofrimentos, que antes de tudo eu seja!
"Vivei, com todas as vossas forças. Vivei sem medo; porque não é o terdes morrido que vos poderá fazer chorar, quando estiverdes de volta à mansão do amanhã."
Beijos vespertinos com carinho, parabéns, belo texto!

beijos

21 de abril de 2013 11:09  
Blogger Magia da Inês disse...

Estar respirando sem viver é que é o problema!...
♪♫ Boa semana!
ღ° Beijinhos do Brasil ღ
¸.•°♡♡⊱彡

21 de abril de 2013 11:25  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Um dia, nossas asas não nos servirão mais neste plano e o que diz sobre viver é verdade, a meu ver também.
Belo texto, boa semana!

21 de abril de 2013 14:53  
Blogger TITA disse...

Há quanto tempo desejava poder aqui respirar outro ar,mas só agora consigo.Problemas de saúde com a minha mãe me levaram a ausentar.Mas voltei em boa altura para me deixar enebriar nesta belíssima página.Um abraço

22 de abril de 2013 15:02  
Anonymous sergio disse...

Irmão,
Sempre aprendendo com suas palavras.
Gratidào.

22 de abril de 2013 18:04  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Bonito o modo como vc escreveu a verdade maior... mas... me entristeci ao ler...

23 de abril de 2013 05:05  
Anonymous gal disse...

Amei,suas mensagens revigoram a alma.
Mas a vida é assim, as vezes até ingrata,pois força a gente a viver sonhos até então desconhecidos e os tão desejados se perdem pelo caminho.
Só nos resta viver.............

23 de abril de 2013 05:51  
Blogger São disse...

Meu querido Mestre, te agradeço meis uma lição de sabedoria.

bem hajas, meu Amigo!

23 de abril de 2013 06:54  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Resumindo, Árabe, devemos preocupar-nos com a brancura de nossa "veste nupcial"(alma)...Um beijo e paz profunda!

23 de abril de 2013 19:11  
Anonymous irene alves disse...

O dia do voo?
Pois é amigo.
Haverá sempre um dia em que voaremos.
Como sempre excelentemente escrito.
Desejo que esteja o melhor
possível.
Um beijinho
Irene Alves

24 de abril de 2013 10:38  
Blogger Ailime disse...

Olá amigo e bom Árabe, em primeiro lugar agradeço-lhe o seu cuidado. Estou bem. Tenho andado um pouco mais ocupada.
Sobre a sua sublime mensagem, magnífica lição sobre a Vida. Devo confessar que em alguns momentos já me aconteceu pensar um pouco no "Fim" e por vezes ficar assustada! Mas a vida é mesmo para ser desfrutada da melhor forma que pudermos e deixarmo-nos absorver por tudo o que de relevante nos envolve. Seja bom ou menos bom! Tudo faz parte do nosso trajeto. Tentar levar a vida com a intensidade que nos for possível. Grata por mais este momento de elevado conhecimento que me transmitiu. Um beijinho e continuação de uma boa semana. Ailime

24 de abril de 2013 11:06  
Blogger GarçaReal disse...

Cada dia é uma nova jornada. Não sabemos se amanhã ainda aqui voaremos,daí a necessidade de ver o rumo diário e o caminho que devemos trilhar...

Uma lição de vida o teu texto. Uma preparação para aquilo que não podemos adivinhar.

Adorei

Um dia bom para ti

Bjgrande do lago

25 de abril de 2013 04:24  
Blogger DO disse...

Sempre um belo texto com uma otima mensagem por aqui.
Abração!!

26 de abril de 2013 09:47  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria receber a sua visita, Marlene; e ler os seus comentários! Obrigado, bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:39  
Blogger O Árabe disse...

Linda, não, Olhos de Mel? Adoro essa música! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:40  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Chica! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:41  
Blogger O Árabe disse...

E refletir é preciso, Wania, para que possamos fazer um novo fim! :) Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:43  
Blogger O Árabe disse...

Lamento, Sherazade! Mas, acredite, o novo ficou muito bonito. Bom fim de semana!

26 de abril de 2013 13:44  
Blogger O Árabe disse...

obrigado, Rita, pela gentileza e amizade! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:45  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Joelma! É por nossas atitudes que seremos lembrados. Bom fim de semana!

26 de abril de 2013 13:47  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Estrela, e você tem razão: o importante é Ser! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:49  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Inês! Viver é sempre a solução. Bom fim de semana!

26 de abril de 2013 13:50  
Blogger O Árabe disse...

Não é, Claudinha? Viver... outro não é o sentido da vida! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:52  
Blogger O Árabe disse...

Alegria com a tua volta, Tita... e desejo que a mamãe já esteja bem! Grato pela gentileza e amizade, bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:53  
Blogger O Árabe disse...

Aprendemos juntos, irmão... mas sei que vc sabe disto! :) Meu abraço, bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:54  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Gal: resta-nos viver... da melhor forma que nos for possível! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 13:56  
Blogger O Árabe disse...

Talvez nos entristeça menos, Arco-ìris, se pensarmos na Vida como um ciclo contínuo... como ela realmente é. Bom fim de semana, fica bem!

26 de abril de 2013 13:59  
Blogger O Árabe disse...

Sou eu que te agradeço, São, as constantes lições de gentileza e amizade! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 14:00  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem resumido, Shirley... muito bem resumido! Bom fim de semana,amiga.

26 de abril de 2013 14:01  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Irene, pela gentileza e amizade! Bom fim de semana.

26 de abril de 2013 14:02  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, Ailime: tudo faz parte do nosso trajeto! Grato pela gentileza, amiga; boa semana.

26 de abril de 2013 14:04  
Blogger O Árabe disse...

Adorei, Garça amiga, ver-te de volta ao nosso oásis. Belo comentário, bom fim de semana!

26 de abril de 2013 14:06  
Blogger O Árabe disse...

E sempre uma alegria revê-lo, DO! Abração, bom fim de semana.

26 de abril de 2013 14:07  
Blogger Fa menor disse...

Retenho: "Cada um tem o tempo de que precisa"
e que esse tempo seja vivido com todo o amor.

Grata pelas suas sempre maravilhosas palavras.

Bj

27 de abril de 2013 08:43  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Fa menor, essa é a melhor forma de viver! Obrigado, amiga; boa semana.

29 de abril de 2013 05:57  
Anonymous De... disse...

A certeza da morte é o que dá sentido à Vida!

Que a sua semana seja iluminada. Árabe...

Beijos...

29 de abril de 2013 14:20  
Blogger O Árabe disse...

Ou nos ajuda a entender que ela jamais termina, De! :) Boa semana.

29 de abril de 2013 14:26  
Blogger **Viver a Alma** disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

29 de abril de 2013 21:07  
Blogger **Viver a Alma** disse...

Querido amigo
O sentido do voo é que nos faz levantar quando já nem pernas sentimos para levantar uma asa sequer..
Há tempos mornos porque os dias nem sempre são de festa, de coragem, e ventura.
E aí a gente adormece na esperana que o amanhã nos suporte de outra forma.
Talvez seja do cansaço, talvez seja do tempo ou da espera doutros dias com mais vida...
Enfim...sem nada me ter acontecido, sinto-me assim...
E isto vai ao encontro do que nos escreves aqui.

Também hoje te faço um convite porque sempre fizeste parte do blog que iniciei em Abril de 2008 - embora com outro nome na altura.
Obrigada a ti.

Abraço-te com carinho
M.

29 de abril de 2013 21:16  
Blogger O Árabe disse...

Bem o disseste, Mariz... muitas vezes, esse cansaço vem da própria vida. Mas é preciso sacudí-lo, amiga, e reiniciar o nosso voo! Sempre uma alegria rever-te, boa semana.

30 de abril de 2013 07:41  
Blogger Smareis disse...

Olá Caro amigo Árabe,

Depois de um tempinho ausente cá estou de volta.
Um texto cheio de sabedoria e ensinamento. Precisamos esta preparado sempre pra esse voo. Entender e aceitar por vezes é difícil.
Abraços amigo!



3 de junho de 2013 16:56  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky