O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 5 de junho de 2015

A CORAGEM E OS MEDOS

 

Corajoso não é o homem que não conhece o medo.

E sim o que supera os seus medos. Não há mérito algum naquele que já nasce perfeito, mas merece todos os elogios quem se aperfeiçoa até conseguir vencer os seus defeitos.
A evolução é a essência da Vida, e por isto vos pertence a Eternidade: para evoluirdes sempre, enquanto percorreis os caminhos do aprendizado, em busca do Conhecimento.

Encarai os vossos medos. Se pretendeis vencê-los, antes devereis admitir a sua existência; porque é necessário reconhecer que o abismo existe, para construir a ponte e atravessá-lo.

Não é sensato o homem que ignora os perigos, mas o que busca conhecê-los melhor, para que os possa evitar. De que vos serve ignorar o trovão, se é o raio que vos ameaça? 
   

Cuidai-vos de esconder os vossos medos. Admitir a doença é o primeiro passo para atingir a cura; e é preciso que o viajante abra os olhos, para que possa escolher o caminho. 
E cuidai-vos de temer os vossos medos. Para a criança que se encolhe, assustada, a escuridão da noite não traz o sono reparador; mas a angustia sem fim dos pesadelos.

O medo é o maior de todos os grilhões aos quais podeis acorrentar-vos; porque vos leva a duvidar de vós, e ninguém consegue fazer algo de que não se acredite capaz.

Verdade é que não podeis abandonar os vossos medos. Eles fazem parte de vós e suas origens muitas vezes se encontram em outras jornadas, que já nem mais recordais.

Entretanto, é também verdade que os podeis suplantar. O homem não é escravo do passado; antes necessita superar os seus limites, para construir um futuro melhor.

Aceitai os vossos medos. Não é sábio negar aquilo que sabeis verdadeiro, porque a razão não vos permitiria acreditar. Negareis acaso o calor, se por vosso rosto escorre o suor?

Aceitai, sim, os vossos medos. Tende presente, todavia, que aceitar não é submeter-se; como amar não é depender de alguém, e ter saudade não é sentir-se solitário ou infeliz.

Recordai-vos: quanto mais alta a montanha que escalais, mais longe alcança a vossa vista; e a ave se eleva tão mais alto, quanto mais fortemente consegue bater as suas asas.
 

Dos vossos medos, podeis fazer surgir a vossa força. É em meio ao esterco, que mais viçosa brota a semente; e do trabalho mais duro nascem as obras mais belas e douradoras.

Acreditai, simplesmente. Acreditai  na vossa capacidade de transpor os obstáculos do caminho; acreditai na centelha do Universo que reside em vosso verdadeiro Eu.
 
Nada mais necessitais, para superar os vossos medos.

Música:

http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/jaimevillalba-la_casa_del_sol_naciente.mid

38 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Grande verdade Ãrabe! O medo nos amarra. Mas não temer nada, nos coloca diante de situações perigosas. Nem bem ao mar, nem bem a terra. Tudo na vida tem o meio termo.
Bela postagem! Bela música!
Bom fim de semana! Beijos

5 de junho de 2015 21:15  
Blogger ✿ chica disse...

Nossos medos não nos podem paralisar. Acreditar que os vamos vencer é o caminho! Lindo fds! abraços, chica

6 de junho de 2015 03:16  
Blogger maria luzia Araujo disse...

Lindíssimo o seu texto e não tenho como não concordar. Só acho o seguinte: com o passar dos tempos, melhor, com a chegada dos anos, passamos a carregar uma bagagem muito grande de responsabilidades sobre tudo e de forma natural, sentir o chamado medo em determinados momentos de nossas vidas. O medo atrapalha com certeza, mas ao mesmo tempo, nos livra também de decisões erradas e em tempo reconhecer não ser TÃO bom para nossa vida como pensávamos. Sou corajosa para umas coisas, para outras não. Árabe, amei tudo, de verdade! Boa noite e desde já, uma semana tranquila pra você! Obrigada!

7 de junho de 2015 15:24  
Anonymous blueshell disse...

O medo pode impedir tanta coisa, tanto sonho.
O medo pode impedir-nos de viver...apenas sobrevivemos.

Muito bom, seu texto. Obrigada.
BShell
blueshell.azurara.net

8 de junho de 2015 01:23  
Blogger CÉU disse...

Há medos e medos. Os saibamos distinguir e utilizar. Abraço.

8 de junho de 2015 11:08  
Blogger MARILENE disse...

O medo tem dois lados. No primeiro, serve para que avaliemos bem os caminhos e façamos a melhor escolha. No outro, aprisiona, sem permitir o crescimento. Todos passamos por ele, mas só o vencem os que escolhem a primeira alternativa. Abraço.

8 de junho de 2015 12:42  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Vencedor é aquele que vence a si mesmo.
Lindo, como todos os outros temas.
O Árabe, Paz e Luz!

8 de junho de 2015 15:55  
Blogger maria luzia Araujo disse...

Passando mais uma vez em seu cantinho, pra dizer que admiro você demais como ser humano, admiro a pessoa maravilhosa que você é, e dizer que estou bem, se depender de mim melhor ainda ficarei. Agradeço demais sua amizade e sou feliz por ter você como amigo, de verdade!!! Fique com Deus, fique bem! Um abraço de paz! Obrigada!

8 de junho de 2015 23:56  
Blogger luna luna disse...

O medo pode condicionar a nossa vida em tanta coisa, é preciso ultrapassar os medos para vivermos serenamente acreditando que a vida ´vale a pena e o aprendizado interior é a nossa meta na Terra, Namasté

9 de junho de 2015 05:21  
Blogger São disse...

Coragem , por vezes, é ter que enfrentar mesmo sem hipótese de fuga...

Beijinhos, querido amigo

9 de junho de 2015 10:46  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!!!

Creo que el miedo es libre, cada cual tiene el suyo; todos hemos tenido miedo alguna vez. Nos dejas un texto muy instructivo y muy digno de una reflexión exhaustiva.
Superarlo es básico en cualquier circunstancia.
El miedo es el peor enemigo del hombre, no nos deja avanzar hacia la meta que deseamos, nos paraliza totalmente. ¡Mas pienso que para superarlo, es necesario pensar siempre en positivo!!! Esto lastima mucho al miedo y, de esa forma el se extingue; y ya no será un obstáculo en nuestro caminar. Gracias.

Un abrazo y toda mi estimas.
Un beso y se muy muy feliz.



9 de junho de 2015 12:18  
Blogger Ailime disse...

Meu Amigo e bom Árabe, mais um maravilhoso texto repleto de pérolas de conhecimento como gosto de chamar aos seus belos escritos!
Todos passamos por períodos mais ou menos longos em que o medo parece dominar-nos! (Estou a falar por mim).
Penso quê será benéfico tentar compreender a sua origem e enfrentar! Quando conseguirmos debelá-los estaremos mais fortalecidos para prosseguir a viagem. Acreditar é fundamental a esse processo de aprendizado.
Um beijinho e obrigada!
Desejo-lhe continuação de boa semana,
Ailime

9 de junho de 2015 13:04  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá amigo Árabe,

Concordo plenamente.
Coragem não é ausência do medo, mas a capacidade de dominá-lo. Sentir medo é indispensável para a nossa auto-preservação. O medo indesejável é aquele que nos paralisa, impedindo-nos de ultrapassar as barreiras que nos levarão a novas vivências, experiências e aprendizados. Coragem, portanto, é avançar, apesar do medo.

Ouvi a música através do youtube. Não consegui cheguar até ela através do seu link. Gosto muito desta música.

Feliz semana.

Abraço.

9 de junho de 2015 13:19  
Blogger helia disse...

Um excelente texto! Penso que não há ninguém que nunca tenha sentido medo . Mas há que o ultrapassar e seguir em frente !

10 de junho de 2015 01:23  
Blogger Luma Rosa disse...

Oi, Árabe!
Saber usar o medo em benefício próprio não é para todos. Quem é conformado, acha no medo uma boa desculpa e até o confunde com "intuição". Se você tem medo de ir, vai com medo! Mas vai... rs.
Beijus,

10 de junho de 2015 20:33  
Blogger ONG ALERTA disse...

Corajoso é aquele que acredita que pode fazer diferente....
Abraço Lisette.

10 de junho de 2015 23:44  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Árabe

eu já escrevi várias coisas sobre o medo e até a cor que ele pode ter, mas, eu acho que todos nós temos medo e eu costumo dizer que do que tenho medo é do próprio medo, e eu acho que isso é terrível.

o seu texto como sempre está sublime.

muito obrigada!

beijo

:)

11 de junho de 2015 10:30  
Blogger Vieira Calado disse...

E assim é. O acreditar em nós mesmos, revolve montanhas!

Forte abraço!

11 de junho de 2015 11:18  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel! O essencial não é não ter medo, mas vencê-lo quando necessário! Ah, e você tem razão: a música é linda. Bom fim de semana!

11 de junho de 2015 11:39  
Blogger O Árabe disse...

É por aí, sim, Chica! E vencê-los sempre, para seguir em frente! Bom fim de semana, amiga.

11 de junho de 2015 11:40  
Blogger O Árabe disse...

Mas é isso mesmo, Maria Luzia: medos, todos temos... o importante é não permitir que impeçam os nossos passos. Obrigado a você, amiga, pela gentileza e amizade. Bom fim de semana!

11 de junho de 2015 11:45  
Blogger O Árabe disse...

Alegria com a sua visita, Blue Shell! Espero que tudo esteja bem com você, amiga, e concordo: excesso de medo pode, sim, impedir-nos de viver! Obrigado, bom fim de semana.

11 de junho de 2015 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Belo conselho, Céu! Saibamos, sim, utilizar os nossos medos! Bom fim de semana.

11 de junho de 2015 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Marilene! É preciso saber escolher, para que possamos usar bem os nossos medos. Bom fim de semana!

11 de junho de 2015 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Shirley. E concordamos: a maior vitória é vencer a si mesmo. Bom fim de semana!

11 de junho de 2015 11:52  
Blogger O Árabe disse...

Bom saber que você está bem, Maria Luzia. E pode acreditar, sim: aqui, você tem um amigo de verdade! Fique bem, amiga, e obrigado.

11 de junho de 2015 11:53  
Blogger O Árabe disse...

Alegria com a sua presença, Luna, e estamos de inteiro acordo: o aprendizado é o objetivo da nossa caminhada. Namasté, bom fim de semana.

11 de junho de 2015 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, São. Coragem... e aprendizado! Bom fim de semana, minha querida amiga.

11 de junho de 2015 11:57  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Marina, esse é o melhor caminho: pensar positivo, sempre. Obrigado, amiga; bom fim de semana!

11 de junho de 2015 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Concordamos em toda a linha, Ailime: passamos, sim, por períodos em que o medo parece maior do que a nossa capacidade de vencê-lo; mas é preciso fazer isto, para prosseguir a caminhada. Obrigado, amiga; bom fim de semana!

11 de junho de 2015 12:00  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Vera: coragem é avançar, apesar do medo. E é isto que somos capazes de fazer, sempre. Linda mesmo a música, não? Espero que na semana vindoura o link funcione. Bom fim de semana, amiga; obrigado!

11 de junho de 2015 12:07  
Blogger O Árabe disse...

Acho que você disse tudo, Hélia: há que ultrapassar o medo e seguir em frente! Obrigado, bom fim de semana.

11 de junho de 2015 12:08  
Blogger O Árabe disse...

Muito bom, Luma! Vai com medo... mas vai! :) Obrigado, bom fim de semana.

11 de junho de 2015 12:17  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Lisette! E a verdade é que sempre podemos! Bom fim de semana.

11 de junho de 2015 12:18  
Blogger O Árabe disse...

Você está certíssima, Piedade! Acho que foi Roosevelt quem disse: "A única coisa que devemos temer é o próprio medo". Obrigado, bom fim de semana.

11 de junho de 2015 12:22  
Blogger O Árabe disse...

Alegre e honrado com a sua presença, mestre e amigo Vieira Calado! Meu abraço, bom fim de semana.

11 de junho de 2015 12:23  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
SE A ORIGEM DE NOSSOS MEDOS PODE ESTAR EM VIDAS PASSADAS, DEVEMOS ENFRENTÁ-LOS, COMO BEM O DIZES, PARA QUE AO SUPLANTA-LOS, ESTEJAMOS ESCREVENDO UMA NOVA HISTÓRIA PARA NOSSOS CAMINHOS TERRENOS.
LINDO COMO SEMPRE.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

11 de junho de 2015 19:17  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Zilani! A ideia é suplantar os erros do passado, para construir um futuro melhor. Obrigado, amiga; bom fim de semana.

12 de junho de 2015 07:27  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky