O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 26 de junho de 2015

A ESSÊNCIA DO AMOR



Por vezes, julguei haver encontrado o Amor.

E passei a ver o mundo pela sua luz.

E tentei guardá-lo em minhas mãos, escondê-lo entre as dobras das minhas roupas.

E silenciei a minha voz, para ouvir as suas palavras. E isolei-me de tudo, para gozar da sua companhia.

Mas eis que o Amor me abandonou; escapou-me por entre os dedos, como o vento que percorre os campos sem fim, e aos meus ouvidos atentos negou a sua voz.

Ao afastar-se de mim, legou-me a solidão.

E não poderia ter sido mais generoso comigo; pois, assim fazendo, ensinou-me a sua essência.

Porque o Amor não é algo que se possa reter; e as suas palavras não necessitam do silêncio, para se fazerem ouvir.

Pois não somos nós que existimos no Amor, mas o Amor que existe em nós.

As suas palavras não existem senão em nossas bocas, e não brotam senão de nossas almas. E a sua luz se reflete apenas em nossos olhos.

Assim como não somos, sem o Amor, também ele necessita de nós para chegar a ser.

Pois, se o Amor é o viajante, nós somos a estrada.

Se ele é a canção, nós somos as notas musicais.

E, se o encontramos no encanto das estrelas, é porque existe em nós o insondável do céu.

Por tudo isso, não podemos reter o Amor.

Apenas conservá-lo vivo, em nossos corações.
Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/
emiliepandolfi_speaksoftlylove.mid


Texto do livro "A Sabedoria de Hassan", já publicado aqui em setembro/2007.   

42 Comentários:

Blogger ✿ chica disse...

Grande sabedoria essa...Vivê-lo, conservá-lo... Adorei! abração, tudo de bom,chica

27 de junho de 2015 02:30  
Anonymous Helena disse...

Árabe, meu querido, como sempre as tuas mensagens transmitindo sabedoria que vem despertar nos nossos corações as verdades que muitas vezes só são despertadas quando as palavras nos tocam a alma... assim como as tuas que sempre chegam nos momentos em que mais precisamos.
As tuas mensagens são verdadeiros poemas! Sabes poetizar como ninguém os sentimentos e as emoções que acometem o ser humano. Dizes verdades como se as colhesse na árvore onde a poesia faz morada, e assim as reflexões se processam como pérolas a nos enfeitar os olhos.
Prendi-me na delicadeza (e verdade!) destes teus versos:
"Pois, se o Amor é o viajante, nós somos a estrada.
Se ele é a canção, nós somos as notas musicais."
Que belo expressar!
Meu amigo, que te cheguem sorrisos a brincar entre as estrelas que estão sempre a abrilhantar o teu céu interior.
Com carinho,
Helena

27 de junho de 2015 06:47  
Blogger Luma Rosa disse...

Oi, Árabe!
O amor que temos em nós é a soma de todos os amores que tivemos. Bom amar! Feliz quem teve muitos amores! :)
Bom fim de semana!
Beijus,

27 de junho de 2015 18:38  
Blogger luna luna disse...

O amor vive nas estrelas é o que tudo dá sem nada pedir,bjs

28 de junho de 2015 08:22  
Blogger Olhos de mel disse...

A questão Árabe, não é segurar o amor; é alimentá-lo, ou pelo menos retribuir a atenção, o carinho, a necessidade de ver, de estar. Nenhum amor sobrevive, quando é unilateral. Porque tudo nessa vida precisa de reciprocidade. Segurar ninguém segura, até porque só na liberdade o amor é capaz de se solidificar, quando os interesses, as atenções e desejos caminham juntos, tanto pra um, quanto pra o outro.
Adoro esse texto poético! Lindo!
Bom domingo, boa semana! Beijos

28 de junho de 2015 09:12  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

estou voltando depois de um mês
aos pouquinhos,
e me deparei com essa lindeza de texto,
tem razão o amor tem que ser conservado...

beijinhos

28 de junho de 2015 15:35  
Blogger maria luzia Araujo disse...

O amor é lindo, é maravilhoso!!! E tem seus belos encantos. Belezura de texto, amei! Uma semana linda pra você e muito obrigada!

28 de junho de 2015 17:51  
Blogger saudade disse...

O amor merece ser vivido intensamente.... Pois a nós não pertence de um momento para o outro olhamos e simplesmente se escapou por entre os dedos....
Saudade

29 de junho de 2015 06:58  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Que texto poético sábio e muito reflexivo!
O amor, o sentimento maior, é a essência da vida!
Como tal não podemos retê-lo, mas simplesmente vivê-lo!
Vivendo-o estamos a colaborar com "o insondável do céu. "!
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime

30 de junho de 2015 09:38  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Assim é! O Amor urge viver...

Forte abraço

1 de julho de 2015 03:33  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá Árabe.

Você não apareceu por lá e fiquei preocupada. Está tudo bem com você?

O texto é lindo.
Realmente, o amor não é passível de ser retido ou aprisionado. É para ser sentido, vivido e preservado em nossos corações, pois é lá o seu habitat natural.

A música é belíssima. Adoro.

Grande abraço.

1 de julho de 2015 19:32  
Blogger helia disse...

Que lindo Texto ! O Amor é para existir em nossos corações ! Amar e ser Amado é um dos maiores bens que a Vida nos oferece !

2 de julho de 2015 00:42  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá amigo, Árabe, fiquei um pouco fora, mas já o encontrei, e
nos falando sobre o Amor.
Só o Amor é real em nossa vida. O mais importante é que devemos nos amar para podermos amar
o outro. É um sentimento tão sublime que necessita se perpetuar em todos os lugares onde lhe é permitido florescer e viver. Jesus veio nos ensinar a amar, Ele nos mostrou o que é o Amor verdadeiro. Meu amigo, lindíssimo o seu poema repleto de amor. Grande abraço!

2 de julho de 2015 07:27  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

E conservar o amor no coração não é retê-lo?O amor faz cantar.Eu viajo na estrada do amor.O meu coração é o céu salpicado de estrelas...por isso retenho o Amor docemente.

Beijinho doce:)

Novo post

2 de julho de 2015 07:46  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Com certeza, amigo Árabe! As coisas essenciais da vida nunca podem ser retidas, todas têm que fluir como um rio que corre para o mar. E no oceano do amor não é diferente, tudo muda e a tudo temos que nos adaptar. Creio que isso é que é o bom da vida.
Lindo, lindo seu post! (como sempre)
Beijos e um bom restinho de semana!!!

2 de julho de 2015 09:12  
Blogger MARILENE disse...

O amor pode encontrar morada em nossos corações, quando o alimentamos com sabedoria. O mais belo sentimento, capaz de alegrar quem o tem e quem o recebe. É inesgotável e pode ser doado de montão (rss). Abraço.

2 de julho de 2015 13:37  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

...o amor é o viajante, nós somos a estrada...
Lindo demais!
Beijo, O Árabe!

2 de julho de 2015 17:10  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

O amor é "fogo que arde sem se ver"... completamente impossivel decifra-lo... so nos resta sentir...

Arabe, desejo que estejas bem...

Beijos...

2 de julho de 2015 17:16  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

Se não tiver amor nada serei. Meu mote desde sempre.

beijo querido amigo e bom fim de semana!

2 de julho de 2015 18:56  
Blogger O Árabe disse...

Conservá-lo, sim, Chica; afinal é ele que dá sentido à vida! Obrigado, bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:22  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Helena, pela amizade e gentileza que sempre nos encantam. Sinto-me feliz em saber que a Princesinha se desenvolve bem, em um ambiente de amor, desde antes de alegrar o mundo com a sua presença; compartilho a tua felicidade, amiga; bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:24  
Blogger O Árabe disse...

É uma bela definição, Luma! Não tenho como não concordar. :) Obrigado, bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:25  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Luna: vive nas estrelas... e a elas nos transporta! Bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:26  
Blogger O Árabe disse...

Poético o seu comentário, que enriquece o nosso texto, Olhos de Mel! Obrigado, bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:28  
Blogger O Árabe disse...

Muito bom ver você de volta, Rô! E acredito que a melhor (e única, talvez) maneira de conservar o amor é sentí-lo todos os dias! Obrigado, bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:29  
Blogger O Árabe disse...

Para você também, Maria Luzia. Espero que já esteja de volta ao seu paraíso em Ubajara e com a saúde em perfeito estado, minha amiga! Obrigado, bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:31  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Saudade: ele não nos pertence; nós, sim, pertencemos a ele. E, quando se vai, nos deixa a saudade. Bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:33  
Blogger O Árabe disse...

Creio que você disse tudo, Ailime: o amor é a essência da vida. E esta é uma verdade que emana dos seus versos, amiga. Obrigado, bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:35  
Blogger O Árabe disse...

Urge, Daniel... e nos faz viver! Meu abraço, amigo; bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:37  
Blogger O Árabe disse...

Tudo bem, sim, Vera, obrigado; apenas o acúmulo de trabalho, que só ontem me permitiu apreciar o seu (excelente) post. E concordo inteiramente com as suas palavras, inclusive no que se refere à música. :) Bom fim de semana, amiga!

3 de julho de 2015 05:39  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Hélia! E, talvez, a estrada que nos pode levar à felicidade. Obrigado, bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:40  
Blogger O Árabe disse...

Alegria com a sua volta, Marli. E concordamos, sim, sobre a importância do amor e a necessidade que dele sentimos. Obrigado, amiga; bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:42  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Doce Amor: o amor nos faz cantar... e a sua melodia ressoa em nossos corações. Nada nos faz tão plenos, quanto vivê-lo docemente. Obrigado, bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:44  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vanuza. E você me fez atentar para algo importante: talvez esse seja um dos maiores objetivos da vida, amiga: o aprendizado da adaptação. Bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:47  
Blogger O Árabe disse...

Essa é uma das grandes vantagens do amor, Marilene: quanto mais o oferecemos, mais ele se multiplica! :) Obrigado, bom fim de semana.

3 de julho de 2015 05:49  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Shirley, pela gentileza e amizade. Bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:50  
Blogger O Árabe disse...

Disse bem, Arco-Íris: não nos cabe decifrar o amor, apenas sentir! Estou bem, amiga, graças a Deus; e você? Bom fim semana, fique bem!

3 de julho de 2015 05:53  
Blogger O Árabe disse...

Belo mote, Tina... belo mote! Muito bom "ver" você, minha amiga; obrigado por esta alegria. Bom fim de semana!

3 de julho de 2015 05:54  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
EIS O AMOR EM TODO O SEU PODER, SE ESTÁ EM NÓS, SOMOS, SE VAI EMBORA, É.
VIVENCIÁ-LO E SENTI-LO É A RAZÃO MAIOR PARA UMA VIDA PLENA E SAUDÁVEL.
QUE O AMOR SEJA A MOLA MESTRA DE NOSSAS VIDAS É O QUE PROCURAMOS PARA NÓS E PARA OS QUE NOS CERCAM POIS, A MEDIDA QUE O DOAMOS, O RECEBEMOS.
LINDO POST.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

3 de julho de 2015 16:22  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, Zilani; que o amor possa ser a mola mestra de nossas vidas! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

3 de julho de 2015 18:30  
Blogger CÉU disse...

O amor é uma entidade muito livre.
Espero seu problema de saúde esteja já ultrapassado.
Aquele abraço. BFDS.

16 de julho de 2015 14:41  
Blogger O Árabe disse...

Está, Céu; graças a Deus, tudo bem comigo. Obrigado, boa semana!

21 de julho de 2015 19:54  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky