O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

A PERFEIÇÃO


Buscais a perfeição.
 
E não o deveríeis fazer; assim como não buscais fadas ou bruxas, varinhas encantadas ou vassouras voadoras, dragões ou quimeras. Não é inteligente ou sensato buscar o que não existe.

É assim que fazeis, entretanto. Buscais o relacionamento perfeito, o emprego perfeito, o corpo perfeito e a vida perfeita. Desejais que vossos amores, filhos, parentes e amigos sejam perfeitos.

E a lugar algum vos pode levar essa busca, senão à decepção; porque a perfeição existe apenas em vossos sonhos. Como esperar que os outros sejam perfeitos, se vós mesmos não o sois?

Esta é a verdade, embora o orgulho vos impeça de aceitá-la. Relutais em reconhecer os vossos defeitos, por achardes que vos diminuiriam; imaginai-vos perfeitos, como se o pudésseis ser.

Abandonai essa insensata ideia! Todos nós, que caminhamos sobre a terra, somos como alunos, na escola da evolução; e ninguém haveria de seguir na escola, uma vez concluído o aprendizado.

Assim, a perfeição não é uma realidade, mas uma meta a ser atingida; e, longe de buscá-la obsessivamente, deveis, sim, concentrar-vos no aprendizado. É assim que ela virá ao vosso encontro.

Este é o objetivo das vossas jornadas. Como o fruto não amadurece antes de decorrido o tempo certo, apenas quando completo o vosso aprendizado estareis maduros na árvore da Vida.

Não sois como o fruto, todavia. Porque, enquanto aquele nada pode fazer para acelerar o amadurecimento, o livre arbítrio vos permite encurtar o tempo de que necessitais para o aprendizado.

Depende de vós e dos caminhos que tomareis, o quanto levareis para percorrê-los. O norte é imutável para todos, mas em vossas mãos está a bússola que vos permite traçar a melhor rota.

Renunciai ao desejo absurdo da perfeição. E não vos preocupeis em buscá-la; concentrai-vos no desejo de serdes melhores a cada dia. É passo a passo, que se chega ao topo da montanha.   

Aceitai as vossas imperfeições; sois como sois e, assim como diagnosticar a doença é o começo da cura, reconhecer os vossos defeitos é o primeiro passo para que os possais corrigir.

Ao vos reconhecerdes imperfeitos, melhor reagireis às imperfeições dos vossos irmãos. E mais fácil se tornará caminhardes juntos, de mãos dadas, rumo a um futuro de entendimento e paz.  

Onde, talvez, a perfeição vos aguarda.  

38 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Ah Árabe! Como esperar perfeição de alguém, se somos todos aprendizes dessa vida? É caminhando e errando que vamos aperfeiçoando os passos. Nunca teremos todo conhecimento, mas as lições vão ficando em nós, a cada vez que passarmos por uma experiência.
Ler esse lindo texto poético, ao som dessa musica, me fez chorar, viu?
Bom fim de semana! Beijos

2 de outubro de 2015 19:53  
Blogger ✿ chica disse...

A perfeição não pode ser nosso objetivo.Temos que saber que somos humanos ...Isso não nos impede de TENTAR fazer nosso melhor,isso sim. abração, linda semana! chica

3 de outubro de 2015 02:07  
Blogger A Casa Madeira disse...

Este é o grande problema do mundo...
Enxergar as imperfeições alheias e achar o que se impõe é o melhor.
E assim sucumbe nações inteiras...
Já tem post novo lá na casa
Abçs.

3 de outubro de 2015 16:52  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Verdade Árabe, perfeição não existe em nenhum ser humano, é focar no lado bom das pessoas. Todos nós temos o nosso lado imperfeito, mas também temos o lado bonito, digamos assim. Lindo o texto, amei tudo!!! Tenho um lindo domingo e desde já, uma semana com muita paz e saúde. Muito obrigada!

4 de outubro de 2015 06:43  
Anonymous Helena disse...

Ah, meu querido amigo, sou muito crítica com tudo que a mim se relaciona, e muitas vezes esse julgamento de depreciação me leva por caminhos difíceis de percorrer. Sei que isto também é um defeito, um grande mal, esta crítica severa que a mim dirijo, que procuro corrigir constantemente sendo um pouco mais generosa com minhas falhas. Não que eu busque a perfeição, pois como bem disseste:
"Aceitai as vossas imperfeições; sois como sois e, assim como diagnosticar a doença é o começo da cura, reconhecer os vossos defeitos é o primeiro passo para que os possais corrigir".
O interessante é que eu costumo "não ver defeitos" nas pessoas. Sou muito tolerante com as falhas alheias, muito compreensiva em relação aos pequenos deslizes de outras pessoas. Costumo ver sempre o lado bom, positivo, de qualquer situação, de qualquer semelhante. Na clínica, os colegas muitas vezes fazem gozação me chamando de Madre Tereza de Calcutá por alguma demonstração generosa a uma atitude negativa de algum colega.
Esta incoerência entre a crítica severa que a mim dirijo e a tolerância aos erros alheios, me parece ser meio que "anormal". A bem da verdade não sei como definir esta minha maneira de comportar, esta divergência no meu posicionamento.
Mas o que importa, meu amigo, é que focaste de maneira objetiva, profunda e até poética (como sempre fazes) esta tua maneira de discorrer sobre um tema. Como sempre, perfeita a tua colocação!
Que o restante do domingo te chegue em horas felizes e que a tua semana seja iluminada de bênçãos.
Um beijo da
Helena

4 de outubro de 2015 10:42  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
TER EM MENTE, QUE DEVEMOS DAR SEMPRE O NOSSO MELHOR E BUSCARMOS O EQUILÍBRIO EM TODAS AS NOSSAS ATITUDES PARA QUE,PELO MENOS, TENHAMOS A MENTE SERENA POR TERMOS TENTADO.
BELO TEXTO AMIGO.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

4 de outubro de 2015 11:58  
Blogger CÉU disse...

De facto, é difícil atingirmos a perfeição, pke perfeito só Deus. Eu creio, meu amigo, k a maior parte de nós, não dá pelas suas graves imperfeições e qdo apontadas ficam extremamente aborrecidas e irritadas. As pessoas são, em geral, complexas e não conseguem ver-se, sobretudo por dentro.

Boa semana!

Abraços.

5 de outubro de 2015 10:48  
Blogger Bea Simpson disse...

Aqui nos dixa unha boa refleizón sobre o peregrinaxe da vida e da aprendizaxe que conleva. Queremos chegar sempre a meta antes de ter feito o caminho. Somos impacientes e un tanto prepotentes. Nada é perfeito, nen sequera o universo.
Obrigada por deijar seu commentario. Unha aperta.

5 de outubro de 2015 23:27  
Blogger Rita Freitas disse...

Grande verdade, até porque se fossemos perfeitos não éramos humanos.

abraço

6 de outubro de 2015 06:49  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Buscar a perfeição é algo que se deve sempre tentar, mas difícil
de alcançar, não é amigo?
Mas aí podem votar nulo ou branco?
Abraço amigo
Irene Alves

6 de outubro de 2015 07:57  
Blogger Ailime disse...

Boa noite meu amigo e bom Árabe,
Outra reflexão de excelência!
A perfeição não existe, no entanto o coração do Universo nos convida a procurá-la!
Um aprendizado que vai durar todo o tempo que caminharmos sobre a Terra!
Por outro lado devemos tentar o aperfeiçoamento sem exigir dos outros o que em nós ainda não foi alcançado.
«Ao vos reconhecerdes imperfeitos, melhor reagireis às imperfeições dos vossos irmãos. E mais fácil se tornará caminhardes juntos, de mãos dadas, rumo a um futuro de entendimento e paz». Aqui reside a essência de como poderemos aproximar-nos da perfeição!
(A música é linda)!
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime

6 de outubro de 2015 13:48  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Belíssimas e acertadas recomendações...
Precisamos tanto desses puxões de orelha, não é Árabe?
Luz, Vida e Amor!

6 de outubro de 2015 15:51  
Blogger ONG ALERTA disse...

Somente a vida évoerfeita nascemos para um dia morrer abraço Lisette.

6 de outubro de 2015 18:34  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá Árabe,

A perfeição não é deste mundo. Uma vez conscientes disso será mais fácil não exigi-la de ninguém e nem de nós mesmos. Façamos sempre o melhor que pudermos e já estaremos no caminho certo para a sua busca.
Sábio texto.

Estamos num resot em Porto Seguro e a conexão não está me permitindo ouvir a música. Ontem choveu o dia todo, infelizmente. Hoje o tempo continua fechado, mas parece que vai abrir. Tomara!

Abraço.

7 de outubro de 2015 06:19  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Confesso que sou perfeccionista e que gosto de fazer ou pelo menos tentar fazer tudo perfeito, mas sei que não sou nem perfeita, nem faço tudo perfeito.
Esse dom da perfeição seria apenas de Deus e nem Ele foi perfeito.
O seu texto é muito reflexivo e muito verdadeiro.
uma boa semana.
beijo
:)

7 de outubro de 2015 08:41  
Blogger C Valente disse...

Há muito que ando arredado de navegar, por aqui passei, gostei, e aceno com as saudações amiga

7 de outubro de 2015 10:17  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Olhos de Mel: as lições vão ficando em nós, a cada experiência. Quem sabe, a perfeição não nos aguarda um dia? Obrigado, bom resto de semana!

8 de outubro de 2015 04:54  
Blogger O Árabe disse...

Tentar é o mapa da mina, Chica; e o que talvez nos possa levar à perfeição. :) Bom resto de semana, amiga.

8 de outubro de 2015 04:55  
Blogger O Árabe disse...

Isso mesmo, Maria Luzia; o bem e o mal convivem em nós; como poderíamos ser perfeitos? Amiga, não estou conseguindo comentar no seu espaço... e isto me deixa triste. :( Bom resto de semana, fique bem!

8 de outubro de 2015 04:58  
Blogger O Árabe disse...

É característica das grandes almas, Helena, o relevar nos outros e exigir muito de si mesmo. Mas precisamos ter presente que, por mais que nos esforcemos, não somos perfeitos; tudo que podemos é tentar fazer o nosso melhor... sempre! Obrigado, minha amiga; bom resto de semana!

8 de outubro de 2015 05:01  
Blogger O Árabe disse...

Dar o melhor de nós e buscar o equilíbrio em todas as atitudes... talvez esse seja o caminho para a perfeição, Zilani; quem sabe? Obrigado, bom resto de semana!

8 de outubro de 2015 05:04  
Blogger O Árabe disse...

Difícil, mesmo, Céu! E você tem razão, sim: temos grandes dificuldades para ver-nos como realmente somos. Já dizia o Pequeno Príncipe: o melhor juiz é aquele que consegue julgar a si mesmo! :) Obrigado, bom resto de semana.

8 de outubro de 2015 05:06  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Bea: queremos chegar à meta, antes de ter feito o caminho. Este é o grande erro! Obrigado, bom resto de semana.

8 de outubro de 2015 05:11  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Rita! Ser humano, na verdade, é buscar o conhecimento, para chegar à perfeição. Bom rever você, amiga; bom resto de semana.

8 de outubro de 2015 05:12  
Blogger O Árabe disse...

Podemos, Irene... mas temos que ir às urnas, como crianças que precisam responder à chamada, mesmo que depois fujam à aula. Ridículo, não é? :( Obrigado, amiga; bom resto de semana!

8 de outubro de 2015 05:13  
Blogger O Árabe disse...

Gostei, particularmente, de duas frases do seu comentário, Ailime: "A perfeição não existe, no entanto o coração do Universo nos convida a procurá-la!
Um aprendizado que vai durar todo o tempo que caminharmos sobre a Terra!". Acho que é bem por aí, amiga; o aprendizado é constante, o Conhecimento é a meta. Obrigado, bom fim de semana.

8 de outubro de 2015 05:15  
Blogger O Árabe disse...

E às vezes precisamos puxar as nossas próprias orelhas, Shirley; eu me policio muito, nesse sentido. :) Obrigado, amiga; bom resto de semana!

8 de outubro de 2015 05:17  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Lisette. E renascer de novo, sempre em busca da Vida! :) Bom resto de semana.

8 de outubro de 2015 05:18  
Blogger O Árabe disse...

Realmente, Vera; conheço bem Porto Seguro, e chuva aí ninguém merece! Mas, ao menos, você está num resort em um verdadeiro Paraíso. Aproveite agora e ouça a música na volta; felizes dias de sol, que vão fazer sua viagem perfeita! :) Obrigado, bom resto de semana.

8 de outubro de 2015 05:21  
Blogger O Árabe disse...

Confesso que também sou assim, Piedade: gostaria de fazer tudo perfeito. Mas aprendi a contentar-me com fazer sempre o melhor que posso. Quem sabe, um dia não chegamos lá? :) Obrigado, bom resto de semana.

8 de outubro de 2015 05:23  
Blogger O Árabe disse...

Grande alegria em rever-te, meu Valente amigo! Meu abraço, bom resto de semana.

8 de outubro de 2015 05:23  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Muito bonito... sendo que a imperfeição é naturalmente humana...

Grande abraço

8 de outubro de 2015 08:34  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Não fique triste, sua tristeza com certeza virá para mim também. Falo assim, porque acredito que amigos, amigos, sentem alegrias e tristezas uns dos outros, mesmo distantes. Falando sério, não sei o que acontece, mudei o modelo, por achar melhor lidar com as ferramentas e era só impressão, porque me parece ser tudo igual, muda só modelo, como não entendo muito de informática, o certo é que cai do cavalo! (risos). De qualquer forma, irei averiguar e entender melhor a parte de comentários tá bom??? Que você tenha muita paz, saúde e alegrias, muitas!!! Bom resto de semana e um Abração!

8 de outubro de 2015 12:55  
Blogger Magia da Inês disse...

❀ه° ·.
A única coisa que podemos fazer é aceitar, conhecer nossos limites e tentar nos superar na medida do possível!...

Bom fim de semana!
Beijinhos.
❀❀ه° ·.

9 de outubro de 2015 09:33  
Blogger O Árabe disse...

É, Daniel... e superá-la é o nosso maior desafio. Ainda bem que não temos prazo marcado, para vencê-lo; depende de cada um de nós. Meu abraço, amigo; bom fim de semana!

9 de outubro de 2015 17:21  
Blogger O Árabe disse...

Não se preocupe, Maria Luzia, isso acontece. Lembre-se: ninguém (nem nenhum blog) é perfeito. :) Falando sério, essas escorregadas fazem parte. Eu também não entendo muito de internet, e se não fossem os corações generosos que me ajudam, acho que nem acertaria postar. :) Fique tranquila: vou continuar tentando comentar, sempre; você e o seu cantinho merecem! Bom fim de semana.

9 de outubro de 2015 17:26  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Inês. É assim que - quem sabe? - talvez cheguemos à perfeição. Obrigado, bom fim de semana.

9 de outubro de 2015 17:27  
Blogger O Árabe disse...

Concordo inteiramente contigo, Janicce: tendemos a enxergar as imperfeições humanas, e sempre achar que as nossas opiniões são as mais acertadas. Lá estarei em breve, conhecendo o teu novo post. Bom fim de semana!

9 de outubro de 2015 17:31  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky