O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 19 de maio de 2017

OS VOSSOS AMORES


Cuidai dos vossos amores.
Assim eu vos tenho dito. Porque um amor não é um presente que a vida vos traga, nem uma posse da qual podeis dispor. É uma conquista de todos os dias e de vós depende mantê-lo vivo.
Entretanto, não atentais para este cuidado. E vos perdeis nos labirintos da vida, ocupados com os problemas do dia-a-dia; esquecidos de que o amor tornaria mais suave a vossa jornada.
Por isto, o amor se afasta de vós. E não se vai de repente, ao som de trombetas e fanfarras; retira-se pouco a pouco, cabisbaixo e entristecido, pé ante pé, na esperança de que o chameis a voltar.
Porque não são as grandes brigas, que provocam a morte do amor; estas indicam o interesse que tendes um pelo outro, a preocupação de manter vivo e forte o relacionamento entre vós.

Temeis que a chuva forte faça correr a terra e ruir a vossa casa; ou que o rio caudaloso derrube a represa. Eu, porém, vos digo que mais perigosos são a garoa fina e constante e o furo pequenino.     
Não é o ciúme que deveis temer, nem as diferenças de opinião, nem o aborrecimento passageiro; nada disto traz o fim de um amor. A mágoa das brigas de amor acaba na alegria do reencontro.
Precavei-vos, sim, contra a falsa segurança da rotina; não alimenteis a vã ilusão de que o outro vos pertença. Pois o homem tende a descuidar do que julga possuir; e o descuido é fatal ao amor.
É assim que morre a maioria dos amores: afogada no oceano da rotina. E a ironia é que, uma vez ocorrida a separação, a monotonia se transforma em saudade; a indiferença torna-se arrependimento.
Guardai-vos do descaso; não menosprezeis o ser amado, nem vos deixeis menosprezar. É a admiração que abre passagem para o amor; enquanto ela existir, o amor caminhará convosco.
Não idolatreis, porém, aquele a quem amais; não o vejais como um deus ou um sonho, porque ele é apenas uma pessoa. E julgar alguém melhor do que é, é o caminho mais curto para a decepção.
Preservai o carinho entre vós. Porque assim, ainda que o fogo não possa estar aceso todo o tempo, sempre vos será agradável ver o ser amado; sentir o seu toque e o seu cheiro, ouvir a sua voz.

Exercitai, mutuamente, a compreensão. Porque aquele que se mantém preso ao seu ponto de vista não é capaz de andar de mãos dadas; e outra forma não existe de caminhar com o amor.

Lembrai-vos que cada um de vós deve resolver os seus próprios problemas e sonhar os seus próprios sonhos. Resolvei juntos, entretanto, os vossos problemas; e sonhai juntos o vosso sonho.  

Respeitai os vossos espaços particulares; porque sois como as estrelas e cada pessoa necessita ter o seu brilho próprio. Mas não vos distancieis, ou a solidão acompanhada se instalará entre vós.  
Cuidai de valorizar o que tendes; e não deixeis que se perca o sentimento profundo que um dia vos uniu. Porque o amor não se nutre apenas de esperanças, mas também se alimenta de si mesmo.
E mantém vivos os vossos sonhos.


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/marco/1_roger_willians_all_i_ask_of_you.mid

36 Comentários:

Anonymous lucia argolo disse...

Boa Noite Árabe!
A música é lindíssima,inclusive gosto também de ouvi-la em português com Emilio Santiago, Olha nos meus olhos, esquece o que passou...linda!!
Amei o texto!Falar de amor é sempre muito bom!Ouvir músicas de amor nos transporta,nos acarinha a alma. É admirável o poder do amor,como ele transcende a tudo. Mas como bem dissestes, não atentamos em cuidá-lo e na maioria das vezes nos perdemos nos labirintos da vida. Sim, nos perdemos, pois chega um momento em que não mais nos damos conta de quem somos e de como agimos. Interessante é esta sensibilidade,e a forma como você consegue descrever o que muitas vezes sabemos mas que só nos damos conta quando é dito por alguém ou quando perdemos. Por outro lado,como manter acesa a chama do amor, como exercitar mutuamente a compreensão,andar de mãos dadas,sonhar os mesmos sonhos se o vento insiste em soprar contrário?
Parabéns pelos belos textos!!!

19 de maio de 2017 21:38  
Blogger ✿ chica disse...

Árabe, nada a falar além de que sempre dizes com perfeição tudo em tuas mensagens lindas! O amor deve ser sempre regado e bem regado!!! abração, linda nova semana! chica

20 de maio de 2017 02:56  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Árabe.
Perfeito texto,concordo plenamente e incorremos nos erros que não deveríamos.
A falta de atenção, um olhar diferente, mata,aos poucos, o amor.
Nada a acrescentar, apenas aprender e aplaudir.
Muitos precisam ler isto.
Tenha um excelente domingo.
Beijos na alma.

20 de maio de 2017 22:50  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Gostei das palavras mas...
"Quanto mais profundamente ama, tanto mais dolorosamente sente os golpes sofridos pela mão amada."
Schopenhauer

Beijinho doce

21 de maio de 2017 07:03  
Blogger CÉU disse...

Que imagem, querido amigo!

Não sei se a maioria dos "amores" não são já acomodação, afeto, amizade!? Há k manter a chama, eu sei, mas, como em tudo na vida, há o desgaste natural, excetuando o amor k os pais sentem por seus filhos.

Qto à minha mão direita, enfim, a pobrezinha lá vai andando, mas a esquerda está ficando farta de tanto apoiar a "irmã". No próximo mês, estou pensando parar com o blog, por uns tempos, até pke vou fazer, mandar fazer, melhor dizendo, umas reformas aqui em casa. Mto agradeço sua atenção.

Abraços e beijos para todos vocês.

21 de maio de 2017 14:23  
Blogger Paula Barros disse...

Belíssima reflexão.
abraço

22 de maio de 2017 06:33  
Blogger Olhos de mel disse...

Lindo post Árabe! Creio também que o amor precisa ser regado e cuidado. As vezes descuidamos, porque acontecem problemas graves. As vezes por descuido mesmo. A vida nos impõe muitas provações e acabamos por confundir nossa cabeça.
Gostei da musica e da imagem.
Beijos

22 de maio de 2017 18:54  
Blogger Mariazita disse...

Mais um excelente texto, querido amigo Árabe!
O amor é como uma planta que muito estimamos, precisa ser cuidado com carinho e toda a atenção.
Rega atempada, vitaminas q.b., e cima de tudo, muita atenção! Nada de descuidos... :)

Votos de uma semana muito feliz.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

23 de maio de 2017 03:43  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

O amor é algo que deve ser cultivado sem duvida alguma!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

23 de maio de 2017 07:21  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá amigo Árabe,

Perfeitas observações sobre o que é realmente importante para a preservação do amor.
Os pequenos descuidos são os que parecem ter maior relevância para que se apague a chama do amor. Mágoas e ressentimentos, então, vão envenenando o amor pouco a pouco e, quando se percebe, já não há como salvá-lo. Conquistar é mais fácil que reconquistar.
Tudo aquilo que não é cuidado tende a fenecer.
Você disse tudo através do seu belo texto.
A música escolhida é linda.

Abraço.

23 de maio de 2017 15:57  
Blogger Marina Fligueira disse...

Así es amigo, Árabe, el amor es tan delicado como una flor que hay que regar con frecuencia para que no se marchite; pero de parte a parte, puesto que el amor es cosa de dos. Me ha encantado.
Es esta una lección de vida, magistral, como siempre, fenómeno de la buena pluma.
Gracias por darnos tanto y tan bello.

Te dejo un abrazo, mi gratitud y estima.
Se muy -muy feliz.

24 de maio de 2017 03:00  
Blogger GarçaReal disse...

Olá Amigo Árabe

Li atentamente o teu texto e agradou-me imenso.
Concordo plenamente com a rotina a que te referes , pois acho que ela pode fazer grandes estragos no amor.
Há que inovar, procurar caminhos novos mas estáveis e repletos de aliciantes, sem no entanto perder o rumo lindo que a passagem neste planeta nos oferece.

Obrigada pela visita. Tenho andado pouco pela blogosfera, pois tenho imenso trabalho e o tempo tem sido escasso, mas não esqueço os amigos.

Bjgrande do Lago

24 de maio de 2017 04:00  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

"Respeitai os vossos espaços particulares; porque sois como as estrelas e cada pessoa necessita ter o seu brilho próprio. Mas não vos distancieis, ou a solidão acompanhada se instalará entre vós."

Bom dia Árabe!

Eis a questão, sou muito independente e amo a liberdade, é aí que vem o estrago, porque aceitar que cada um, ande com seus próprios pés, é difícil para muitos.Amei tudo,um texto com grandes ensinamentos como sempre! Maravilhoso resto de semana e um abração. Muito obrigada!

24 de maio de 2017 06:43  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Um excelente artigo repleto de aprendizado sobre o tema.
Não posso deixar de estar mais de acordo, uma vez que são verdades incontornáveis.
“O amor é uma conquista de todos os dias”. Assim também penso, querido amigo.
A rotina pode ameaçar o amor e há que saber reinventá-lo em cada dia. A lealdade, o respeito e a empatia são fatores que considero também importantes para que o amor não se perca.
A música (não conhecia) é lindíssima!
Desejo-lhe continuação de boa semana.
Um beijinho,
Ailime

24 de maio de 2017 07:07  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Amigo Árabe
mais um belo texto que se deve ler com muita atenção, pois traz ensinamentos e precauções que todos devemos ter para não perdermos os que amamos.
e se uma planta tem que ser regada e acarinhada, assim devemos tratar os nossos amores.
uma boa semana.
beijinhos
:)

24 de maio de 2017 08:54  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Assim é todo afeto,o amor é o que mantem a sanidade humana, sem amor o homem é apenas um robô, e todo amor deve ser cuidado... o amor filial, amor paixao, amor amigo... e principalmente o amor proprio, pq quando nos amamos é que estamos prontos para amar ao nosso proximo...

Arabe, meu amigo... espero que se encontre bem e em paz...

Beijos...

25 de maio de 2017 08:40  
Blogger Fá menor disse...

Que post lindo, verdadeiro e gratificante!

Quantas vezes descuramos isso!

Beijos.

26 de maio de 2017 03:21  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado pelo belo comentário, Lucia! Concordo com você inteiramente, e agradeço a gentileza de suas palavras. Acho que, em verdade, os ventos sopram metade do tempo a favor e a outra metade ao contrário; no amor, como na vida, acredito que a ciência do navegar está na arte de ajustar as velas. :) Bom fim de semana!

26 de maio de 2017 07:35  
Blogger O Árabe disse...

Deve, sim, Chica! Precisamos regá-lo sempre; a secura é fatal ao amor! Obrigado, minha amiga; bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:37  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Patrícia! O amor deve ser um cuidado constante: em todos os dias, em todos os momentos, precisamos sentí-lo vivo em nós! Obrigado, volte sempre; bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:42  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Doce Amor. É um paradoxo: as coisas que nos trazem mais sofrimento são, em contrapartida, as mesmas que nos fazem mais felizes! :) Obrigado, bom fim de semana!

26 de maio de 2017 07:45  
Blogger O Árabe disse...

Gosto de pensar, Céu, que o amor é semelhante a uma fogueira: mesmo depois que o tempo passa e as cinzas parecem recobrir tudo, sempre é possível reavivar as brasas. :) Torço por tua recuperação integral e pela realização da reforma, mas espero que não te ausentes muito; fazes falta! Obrigado, bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:48  
Blogger O Árabe disse...

Alegria em rever-te, Paula, e em saber que estás bem! Obrigado, bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:50  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Olhos de Mel. Porém acredito que, mesmo entre os problemas graves, podemos encontrar forças no amor; sempre! Obrigado, bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:52  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Mariazita: muita atenção, nada de descuidos! :) Obrigado, amiga; bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:53  
Blogger O Árabe disse...

Até porque ao cultivá-lo, Teresa Isabel, tornamos mais leve e agradável a caminhada! Obrigado, bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:55  
Blogger O Árabe disse...

Acho que você disse tudo, Vera! Conquistar é mais fácil que reconquistar; e, para manter o amor, precisamos conquistar a pessoa amada todos os dias. Mais uma vez, concordamos; a música é linda! Obrigado, bom fim de semana.

26 de maio de 2017 07:58  
Blogger O Árabe disse...

Inteiramente de acordo, Marina! A ambos cabe regar o amor, mesmo porque ambos encontram guarida em sua sombra. Obrigado, amiga, bom fim de semana!

26 de maio de 2017 08:00  
Blogger O Árabe disse...

Grande alegria em rever-te, Graça amiga! Volta sempre, com teus sensatos comentários e teus belos posts; a tua ausência é sentida! Bom fim de semana.

26 de maio de 2017 08:09  
Blogger O Árabe disse...

Você tem razão, Maria Luzia. O amor precisa transcender o sentimento de posse, e aceitar que podemos caminhar juntos, mas cada um precisa ter o seu próprio caminho; até porque nascemos para o aprendizado, e nada aprenderemos se nos anularmos em alguém. Obrigado, minha amiga; bom fim de semana.

26 de maio de 2017 08:13  
Blogger O Árabe disse...

Sempre um sensato comentário, Ailime; sempre uma bela mostra da mesma sensibilidade que se derrama de teus belos versos. E concordamos também quanto à música: bela, não é? Obrigado, amiga; bom fim de semana!

26 de maio de 2017 08:15  
Blogger O Árabe disse...

Assim, Piedade: é a única forma de mantê-los vivo, pelo tempo que nos for possível. Obrigado, bom fim de semana!

26 de maio de 2017 08:17  
Blogger O Árabe disse...

Grande verdade você disse, Arco-Íris: é preciso que nos amemos, para que possamos amar realmente outra pessoa! Estou bem, querida amiga; e você? Bom fim de semana!

26 de maio de 2017 08:18  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fa, pela gentileza e amizade. E você tem razão: quase todos os dias, descuramos isso; infelizmente! Bom fim de semana, amiga.

26 de maio de 2017 08:20  
Anonymous Lúcia Argolo disse...

"... está na arte de ajustar as vela". Muito bom!!!

26 de maio de 2017 14:39  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Lúcia; não é? Isso é algo que só o tempo nos ensina. :) Bom fim de semana!

26 de maio de 2017 18:11  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky