O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 31 de março de 2017

A CANÇÃO DO FIM


Sim; tudo chega ao fim.

Assim acontece, na natureza e no mundo que conheceis. A semente germina, a planta nasce, cresce, desenvolve-se e um dia, simplesmente, fenece e morre. Como os homens.

Um dia, a infância termina; vai-se a inocência, e vêm os desejos ainda imprecisos da adolescência. Que findará, por sua vez, quando a maturidade vos trouxer novos anseios.

O deserto, que em sua aridez hoje vos assusta, talvez tenha sido um mar ou um lago, em cujas margens a vegetação florescia. O rio, cujas águas outrora corriam, é hoje a vala seca.

A flor, colhida pela mão enamorada, já foi o presente a adornar os cabelos da amada; hoje, murcha e descorada pelo passar dos anos, jaz morta entre as folhas do caderno esquecido.

Sonhos... quantos tivestes, ao longo das vossas vidas? E todos, um dia, chegaram ao fim. Tornaram-se desilusões sentidas; ou, realizados, não foram tão belos quanto sonhastes.

Aos poucos, a escuridão da noite se dissolve nos raios do sol que traz um novo dia; ao cair da tarde, é o sol que se retira, para que a lua e as estrelas voltem a enfeitar o céu.

(O alvorecer e o crepúsculo mexem com a vossa imaginação e despertam a vossa sensibilidade. Belos e limitados que são, precisam ser gozados em cada momento.).

E este é a ciência da Vida: aproveitar o que ela vos oferece. Porque um dia virá o fim; e não vos adiantará lastimar todo o tempo que perdestes, quando o poderíeis ter vivido.

Não vos deveis iludir. A nada imaginai eterno, porque tudo chega ao seu final. E, quando menos esperardes, a voz do Universo vos convocará à partida de tudo que conheceis.

Tende presente esta verdade e melhor vivereis cada um dos vossos instantes. Porque não deveis temer a vossa mortalidade, mas viver cada momento que o tempo vos conceder.

Tudo chega, inexoravelmente, ao fim. Assim são as vossas alegrias e as vossas tristezas, os vossos amores e as vossas ânsias, as vossas certezas e as vossas interrogações.

Não vos entristeçais, porém, com esta certeza; porque de nada vos adiantaria desprezar os encantos da viagem, preocupados com o momento em que chegareis ao seu final.

Não vos deveis iludir: tudo termina um dia. E de nada vos adianta querer conservar ao vosso lado tudo aquilo que julgais possuir. A vossa própria jornada chegará ao fim. 

Entretanto, folhas e flores que caem no outono renascem na primavera; sonhos mortos são substituídos, rios voltam a correr com as chuvas, amores e amizades vêm e vão. 

Bebês chegam a este mundo, idosos o deixam; o sorriso renasce e as lágrimas secam. A calmaria uma hora cessa; o vento volta a soprar e a Vida prossegue na Eternidade.   

Pois cada fim é um novo começo. 


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/adagio.mid

36 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Por certo tudo tem seu fim, mas enquanto pudermos ver o dia amanhecer e o sol se por, devemos agradecer a Deus, essa dádiva. O texto é lindo, mas muito triste. A música, eu não ouvi, acho triste demais.
Bom fim de semana! Beijos

31 de março de 2017 20:01  
Blogger Andre Mansim disse...

Olá Árabe! Tudo bem?
Sabe, a única certeza de todos os começos é mesmo o fim.
Tudo tem seu fim, e pra todo fim existe um recomeço.
Eu acredito em um recomeço após a morte, acredito na existência eterna do espírito, e que viveremos em um outro lugar. Não sei se lembraremos do que passamos por aqui, mas se esquecermos, (o que seria triste e ao mesmo tempo libertador), mesmo assim seria um recomeço pra todos.

Um grande abraço e um belo começo de final de semana pra você!

31 de março de 2017 20:51  
Blogger Marina Fligueira disse...

Es una gran verdad, todo en este mumdo lo que empieza, termina.
Mas hay quien piensa que unca va a morir.

Nos agarramos como clabos a material
de la vida.

Un tema este para reflexionar.

Buen fin de semana.

1 de abril de 2017 02:15  
Blogger ✿ chica disse...

Pensar assim, que pra cada fim há um recomeço, nos faz melhor aceita-lo ... Lindo ,como sempre, te ler! abração, ótima semana,chica

1 de abril de 2017 02:27  
Blogger São disse...

Sim, tudo chega ao fim, mas ninguém está verdadeiramente preparado para o aceitar...

Beijinhos e feliz fim de semana, amigo

1 de abril de 2017 07:20  
Blogger CÉU disse...

Olá, estimado amigo!

Tudo bem? Aqui, tudo satisfatório.

Ando pra lhe colocar essa questão há imenso tempo e k é a seguinte: por que deu a seu blog o nome de "O Árabe"? Evidente k só responderá, se pretender.

De facto, tudo tem um fim, mas se algo ou alguém morrer, outras coisas e pessoas irão nascer, mas não substituir as outras. Eu não acredito na reencarnação, mas sim na ressurreição e num novo sistema.

Então, a Lei de Lavoisier, aqui se aplica. Será?

Bom fim de semana.

Abraços.

1 de abril de 2017 09:31  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

É certo que tudo tem um fim... mas tao certo como o fim é a tristeza que esse fim causa...

Beijos, meu amigo...

1 de abril de 2017 11:27  
Anonymous Helena disse...

Tudo chega ao fim... E tudo recomeça! Mas existem dores que ficam, permanecem, como marcas indeléveis a mostrar um vazio que nunca se preenche... Até quando!
Uma semana de alegrias, sucesso, sorrisos e estrelas, meu querido amigo!
Leninha

2 de abril de 2017 13:15  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Assim mesmo Árabe, nada dura para sempre, tudo tem seu tempo, lei da natureza. Amei o texto, amei tudo, de verdade! Muito grata e ótima semana. Abração.

4 de abril de 2017 08:02  
Blogger NinTudo disse...

Ótima postagem gostei muito, ganhou um fã abraços.

Me segue, que eu sigo de volta!

http://nintudo.blogspot.com.br/

https://plus.google.com/+NinTudo/

4 de abril de 2017 11:01  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

É assim, nascer para morrer!!!
Não digo que ache bem, que o aceito
de bom grado.
Mas é a vida.
A partir do momento em que se nasce
está-se a caminhar para o fim, daí
ser lógico que se aproveite todos os
momentos.
Um abraço, querido amigo.
Irene Alves

4 de abril de 2017 12:05  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

O fim é das poucas certezas da vida!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

5 de abril de 2017 07:03  
Blogger Mariazita disse...

Não adianta sofrer por antecipação.
Porque tudo tem um fim e a cada fim corresponde um recomeço, nada se mantém igual eternamente.
A vida é uma constante mudança, e temos que aproveitar o melhor possível cada momento que passa.
Excelente reflexão.

Dias felizes te desejo, meu caro Árabe.

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

5 de abril de 2017 09:56  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Bem verdadeira esta sua sábia reflexão.
Na verdade tudo tem um fim assim como nós um dia também acabaremos.De nada vale temer esse dia, porque ele acontecerá.
Vamos antes celebrar a vida e viver cada momento como se não houvesse amanhã.
No entanto não posso deixar de referir que este assunto me causa alguma inquietação;))!
O Adágio é uma música triste, mas bela e em sintonia com o texto.
Beijinhos e continuação de boa semana.
Ailime

5 de abril de 2017 10:48  
Blogger Vera Lúcia disse...


A música é linda, Árabe!

O texto, como sempre, regado de beleza e sabedoria.
Nada é estático nem certo neste mundo. Tudo muda, se transforma e se renova. Viver a experiência do hoje é uma dádiva. Pensar na inexorável mortalidade somente nos trará angústia e inquietação. Melhor mesmo é viver com grandeza cada momento que a vida nos conceder neste mundo.

Abraço.


5 de abril de 2017 13:11  
Blogger C Valente disse...

bem verdade
saudações amigas

6 de abril de 2017 05:13  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Olhos de Mel: devemos agradecer sempre, a cada novo nascer do sol! Adágio é triste, sim, mas também é linda... como, às vezes, a própria Vida! Obrigado, bom fim de semana.

6 de abril de 2017 10:15  
Blogger O Árabe disse...

Eu também acredito nisso, amigo André. E concordo com você: o esquecimento, embora triste, é também a forma de nos libertarmos, para acumular novos conhecimentos. Meu abraço, obrigado; bom resto de semana!

6 de abril de 2017 10:17  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola, Árabe!!!

Nos dejas un precioso texto, una lección sabia de vida, como para quedarse con ella y reflexionar.
Es verdad que todo lo que comienza, un día termina, eso lo habemos de tener muy claro, mas no por eso hemos de estar tristes, dios no lo quiere, al contrario quiere que estemos felices, por eso hemos de aprovechar la vida que es bella a pesar de sus contrariedades.

Un placer leerte.
Te dejo mi gratitud y mi estima.
un abrazo y se muy -muy feliz.

6 de abril de 2017 10:17  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Marina: todos nós, às vezes, nos comportamos como se nunca fôssemos deixar este mundo. É mesmo um bom tema para reflexão, amiga. Obrigado, bom resto de semana; fique bem!

6 de abril de 2017 10:20  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Chica! Saber que o fim é, na verdade, um recomeço, nos ajuda a aceitar a ideia e seguir em frente! Grato, amiga, bom resto de semana!

6 de abril de 2017 10:42  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, São! Às vezes, penso que o que mais tememos não é a morte, em si, mas o desconhecido. Tema interessante, não é? Meu abraço, amiga; bom resto de semana.

6 de abril de 2017 10:47  
Blogger O Árabe disse...

Em verdade, Céu, a denominação foi encontrada em duas fontes: nas minhas origens libanesas (que me trazem o fascínio pelas coias do mundo árabe) e no personagem da maioria de meus livros, um filósofo árabe, nomeado Hassan. :) Quanto ao fim e recomeço, é um Lavoisier um pouco diferente, talvez, porque a transformação ocorre através do aprendizado. Obrigado, amiga; bom resto de semana.

6 de abril de 2017 10:59  
Blogger O Árabe disse...

Não há como negar, não é, Arco-Íris? O simples pensamentos nos entristece... :) Bom resto de semana, amiga; fique bem!

6 de abril de 2017 11:01  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Helena; o que nos conforta, amiga, são as boas lembranças e a certeza de que haverá um recomeço! Bom resto de semana, fique bem!

6 de abril de 2017 11:04  
Blogger O Árabe disse...

Grande verdade, Maria Luzia: tudo tem seu tempo; cabe-nos apenas, saber desfrutar cada coisa no tempo certo. :) Obrigado, minha amiga; bom resto de semana.

6 de abril de 2017 11:09  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Nin. Aguarde-me, que irei retribuir a visita. Meu abraço, bom resto de semana!

6 de abril de 2017 11:13  
Blogger O Árabe disse...

Isso mesmo, Irene! É lógico que aproveitemos todos os momentos, sempre! Meu abraço agradecido, bom resto de semana.

6 de abril de 2017 11:15  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Teresa Isabel; ainda bem que é sempre um recomeço! :) Bom resto de semana, obrigado.

6 de abril de 2017 11:18  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Mariazita, e concordo inteiramente: temos que aproveitar o melhor possível cada momento! Bom resto de semana, amiga.

6 de abril de 2017 11:20  
Blogger O Árabe disse...

Acho que inquieta a todos nós, Ailime. Mas destaco essa frase do seu comentário, que achei muito boa: "Vamos antes celebrar a vida e viver cada momento como se não houvesse amanhã.". Acredito que esse é o caminho! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

6 de abril de 2017 11:22  
Blogger O Árabe disse...

Você está inteiramente certa, Vera: "Melhor mesmo é viver com grandeza cada momento que a vida nos conceder neste mundo."; só assim, poderemos afirmar que a nossa vida não foi desperdiçada. Bom fim de semana, amiga; obrigado!

6 de abril de 2017 11:24  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Carlos Valente, grato pela presença. Bom resto de semana!

6 de abril de 2017 11:25  
Blogger O Árabe disse...

É, sim, Marina: a vida é bela, apesar das contrariedades. Aproveitemos a vida, pois! Bom fim de semana, amiga.

6 de abril de 2017 11:26  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
SE NOS PREOCUPARMOS COM O FIM, NÃO APROVEITAREMOS O MELHOR QUE É A CAMINHADA.
UMA GRANDE LIÇÃO AMIGO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

7 de abril de 2017 17:30  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Zilani! Quando se trata da Vida, o foco não deve ser o final... mas a caminhada, em si mesma! Bom fim de semana, amiga.

7 de abril de 2017 17:40  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky