O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

domingo, 1 de julho de 2007

A CANÇÃO DO ARTISTA

Talvez que eu tenha abandonado a vida, para buscar os meus sonhos.

Entretanto, será mais venturoso o agricultor que semeia e cultiva o seu pomar, em busca de lucros, do que a criança que apenas sonha com os frutos dourados?

Sou feliz assim, como o cego que apenas imagina o encanto das cores, enquanto os que enxergam assistem ao seu desbotar.

Onde vedes a lama, vejo o sol refletido na poça.

Quando vos amedrontam as trevas, aguardo o retorno da luz.

Fitais o desespero, e vejo a esperança.

Sois, entretanto, melhores que eu; pois me deixais entrever a vossa grandeza e, nas desilusões, me mostrais a realidade da vida. Enquanto eu apenas vos dou os meus sonhos, para que neles, possais encontrar um rápido repouso, antes que as vozes do mundo vos façam despertar.

Que são as vossas carícias, senão a preliminar das vossas rusgas?

Que é o vosso amor, senão a véspera do vosso cansaço?

Que é a vossa entrega, senão o nascimento da vossa revolta?

Que é o tempo, senão algo que modifica os vossos sentimentos?

Sois escravos dos vossos conceitos, como o sou dos meus. E viveis em vosso mundo, enquanto o meu mundo existe apenas nos meus sonhos. Entretanto, nos completamos.

Pois não sei o que seria de mim, sem a vossa âncora a prender-me à realidade. Ou de vós, sem a minha loucura a reconduzir-vos aos vossos sonhos.
Necessitais de mim, como necessito de vós. Pois não pode a abelha voar, sem o alimento das flores; como não se podem estas reproduzir, sem o transporte do pólen.

É na renúncia da troca, que está a plenitude da vida. No dar-se, a esperança de receber. Assim, a noite se entrega ao dia; e o sol se rende ao brilho das estrelas. Da atração dos extremos, brota a serenidade do meio.

Eu vos admiro, por serdes capazes de cultivar a terra.

E, em troca, busco trazer-vos ao céu.

33 Comentários:

Blogger Tina disse...

Oi querido!

A última frase disse tudo no meu entender:tudo!

Texto soberbo, lindas palavras, sentimento sem fim. Obrigada.

beijos e mais uma vez, obrigada pelo carinho constante.
Linda semana.

2 de julho de 2007 19:04  
Blogger Josse disse...

"Eu vos admiro..."
Obrigada pela visita em algo que está apenas começando. Seus textos são maravilhosos e fico horas a me perder (ou a me encontrar) em suas palavras.
Beijos e com sua licença, vou te linkar no meu pra não te perder mais.

3 de julho de 2007 04:10  
Anonymous Suka disse...

Que sensível que você é, viu? Bem que o Mario poderia ter um pouquinho dessa sensibilidade, acho que isso falta nele. Que alma bonita! Isso deve refletir bem em você como um todo. Ai, ai...
Beijinhos

3 de julho de 2007 06:42  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

Eu admiro os sensíveis de alma poética, como você que em palavras passa tanto sentimento de bem querer.
Feliz dia,
beijos

3 de julho de 2007 07:51  
Anonymous tati sabino disse...

Sensível, doce...belas palavras querido!!
tenha um ótimo dia!
bjão!

3 de julho de 2007 07:55  
Anonymous DO disse...

Acho lindo qdo as pesoas conseguem expressar tantas emoções e sensibilidades nas palavras

Abração!!

3 de julho de 2007 10:56  
Blogger Mônica Montone disse...

Amém!!!!!!!!!!!!!!!!!!

beijos, querido, muito bonito

MM

3 de julho de 2007 11:28  
Blogger Mago disse...

Muito bom, mas não digo que "é da renuncia da troca que surge a plenitude da vida" Na verdade é nessa troca que está a plenitude, uma não pode viver ser o outro e trocam por algum momentoa através do que chamamos de doação, cada um a sua realidade, seus princípios, para depois retornarem aos seu meio e viver a plenitude da impressão causada, a recusa dessa troca leva ao isolamento e o islamento leva à não vida. Um grande abraço e digo, perfeito, simples e perfeito!

3 de julho de 2007 12:41  
Blogger Lulu on the sky disse...

Arábe,
Busque seus sonhos, mas não fuja da realidade.

Big Beijos

3 de julho de 2007 14:19  
Blogger O Árabe disse...

É a alternância das nossas vidas, não, Tina? Entre o céu dos sonhos e a realidade do dia-a-dia. Obrigado digo eu, pela sua gentileza. Linda semana!

3 de julho de 2007 19:18  
Blogger O Árabe disse...

Josse, começando sim... mas começando bem. Com certeza, terá um belo caminho! Grato pelo link, pena que não posso retribuir aqui...

3 de julho de 2007 19:20  
Blogger O Árabe disse...

Suka, acredite: só depende de você. E, claro, de um pouco de tempo... essas coisas aumentam, com o passar dos anos. Acredite! :)

3 de julho de 2007 19:23  
Blogger O Árabe disse...

Só eu, Clarinha? E o que dizer de quem brinca tão bem com as palavras? ;) Lindo dia, Dona Moça!

3 de julho de 2007 19:26  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Tati! Permita-me retribuir os seus votos... e esteja sempre conosco. Tenha um lindo dia...

3 de julho de 2007 19:29  
Blogger O Árabe disse...

DO, obrigado. Mas saiba que também admiro muito o Ramsés, viu? Apenas os estilos variam. :) Grande abraço!

3 de julho de 2007 19:31  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Mônica. E sei que da beleza das palavras você entende!... ;)

3 de julho de 2007 19:33  
Blogger O Árabe disse...

Este é o mecanismo, Mago: na doação mútua, está a sabedoria da verdadeira permuta. :) Grato e volte sempre ao oásis; ele é nosso!

3 de julho de 2007 19:37  
Blogger O Árabe disse...

Sábio conselho, Lulu; mas confesso que, às vezes, para mim é difícil seguí-lo... ;)

3 de julho de 2007 19:38  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Muito lindo! E que troca perfeita! A admiração por quem luta pela elevação espiritual.
Bjs

3 de julho de 2007 20:14  
Blogger O Árabe disse...

Creio que todos nós chegaremos a ela, Olhos de Mel... e talvez nem precisemos lutar, apenas ouvir o nosso verdadeiro Eu. Obrigado, pela sua presença e pelas suas palavras...

3 de julho de 2007 21:08  
Blogger Yvonne disse...

Árabe, lindo texto, lindas palavras. Beijocas

4 de julho de 2007 06:36  
Blogger Dani Araújo disse...

Ei, kd post novo???
Atualizaaaaaa...

Bjão

4 de julho de 2007 12:06  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Yvonne. Bom saber que vc gostou! :)

4 de julho de 2007 20:04  
Blogger O Árabe disse...

Espera só um pouquinho, Dani; já estou trazendo! :)

4 de julho de 2007 20:05  
Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe, o artísta compõe sua obra e a perpetua através da admiração que causa nas pessoas.
Bjs

4 de julho de 2007 21:21  
Blogger O Árabe disse...

... ou através dos sentimentos que as suas palavras despertam, Olhos de Mel? Eis uma boa pergunta... :)

5 de julho de 2007 05:57  
Anonymous Suka disse...

Palavras que massageiam o ego. Fico sempre inebriada com o que aqui leio. Isso é mais que encantador!
Beijinhos

5 de julho de 2007 12:14  
Blogger luma disse...

Da vida temos que apenas agradecer! Ela nos oferta aquilo que ajudamos a semear. Sua alma poética só colherá frutos suculentos. Bom fim de semana! Beijus, Luma

6 de julho de 2007 05:02  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Suka. Opiniões assim tornam maior a minha responsabilidade, na escolha das palavras... ;)

6 de julho de 2007 11:40  
Blogger O Árabe disse...

Espero que você esteja certa quanto aos frutos, Luma. :) E concordo: da vida, só temos a agradecer. É importante aprendermos isto...

6 de julho de 2007 11:42  
Blogger Saramar disse...

Que maravilha!
Belíssimo texto de um anjo!
Encantou-me.

beijos

7 de julho de 2007 08:00  
Blogger O Árabe disse...

Saramar, obrigado pela gentileza... e volte sempre. O oásis é nosso!

11 de julho de 2007 07:19  
Blogger Peregrinus disse...

Por onde Eu passo, todos os Meus filhos me reconhecem...
Gratidão

2 de julho de 2012 04:39  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky