O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

ASAS PARTIDAS

Partidas as asas.

Entretanto, é necessário prosseguir a jornada. Porque o tempo não se detém em respeito à dor, uma ferramenta da realidade, que nos ajuda a entender a Vida.

Descalços os pés.

É preciso que se firam nas pedras do caminho. O rastro sangrento, que hoje deixamos no deserto, poderá amanhã indicar-nos a rota que ao oásis nos conduza. Assim será, em todas as nossas jornadas.

Despidas as roupas.

Nus estamos, diante do Universo. As roupas são, talvez, a primeira hipocrisia; uma forma que encontramos, para esconder o corpo aos olhos de nossos irmãos. Como escondemos os nossos sentimentos.

Cruzados os braços.

Porque muitas vezes encontramos o vazio, quando pensamos abraçar um sonho. E, entretanto, sempre seremos capazes de erguê-los, para construir novos castelos com a areia instável das esperanças.

Dobradas as pernas.

Pois nem sempre conseguem suportar o peso que o destino nos lança aos ombros. Mas precisam ter a força que nos leve em frente, para que possamos abandonar a senda da tristeza e encontrar novos caminhos.

Inclinado o rosto.

Ninguém existe, que encare sempre de frente os imprevistos que lhe traz o tempo. É preciso, às vezes, desviar os olhos, para que a lágrima possa rolar oculta pela face e sobrevenha um novo sorriso.

Soltos os cabelos.

Que entregamos ao vento, como se nele viajasse a liberdade. Como se a caricia da brisa pudesse carregar as nossas dores, em suas asas invisíveis. Como se o carinho pudesse evitar o sofrimento.

Escuridão, ao nosso redor.

E, todavia, sempre buscaremos a luz. Que poderá chegar no próximo instante, a bordo de uma nova esperança. Porque, enquanto formos capazes de acreditar, seremos capazes de voar.

Ainda que com as asas partidas.

Texto inspirado na magnífica foto, do site 1.000 Imagens.

50 Comentários:

Anonymous  disse...

Muito lindo, Árabe! Sonhar e acreditar. Talvez esse seja o caminho. Ter a esperança de que o amanhã virá cheio de luz.
Bom fim de semana! Beijos

30 de outubro de 2009 18:41  
Blogger Patrícia, a miúda do mau feitio disse...

Belíssima foto, sim!
Excelente texto!
Viva a inspiração!
grata pela partilha e pela beleza de Ser.
Bom fim de semana.

31 de outubro de 2009 03:30  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

amigo árabe, a foto fonte de inspiraçao para o texto é realmente muito bela.

mas, o seu texto é de uma sabedoria invulgar.

gostei tanto!

um bom fim de semana e obrigada pela partilha.

um beij

31 de outubro de 2009 11:12  
Blogger Perla disse...

Gostei muito!
Muitas vezes sinto as asas partidas, sem força para voar...
mas é preciso ir sempre em frente, sem desanimar.

Bjos

31 de outubro de 2009 14:32  
Blogger GarçaReal disse...

O voar mesmo com asas partidas é o caminho , pois as asas só terão sua saúde perfeita, quando as pedras forem removidas e a escuridão começar a desvanecer-se.

Então quando os rais de luz começarem a brilhar o voo ganha forma e abarca a liberdade.

Belo texto

Bom domingo

Bjgrande do Lago

31 de outubro de 2009 18:50  
Blogger Barbara disse...

Assim estou.

1 de novembro de 2009 10:44  
Blogger Multiolhares disse...

Quantos de nós já sentimos as asas partidas, e são os sonhos, a força o acreditar que.. nos fazem caminhar, aprender e continuar de queda em queda.
beijos

1 de novembro de 2009 11:10  
Blogger Whispers disse...

Querido Árabe!
mesmo de asa partida e coração ferido.devemos seguir sempre pelo caminho da vida.porque a vida é muito curta .
desejo que tenhas uma semana de luz
mil beijos
Rachel

1 de novembro de 2009 16:58  
Blogger Pensador disse...

Dizem que uma foto vale mais que mil palavras. Mas um Grande Escritor, como você, sabe fazer uma palavra valer por mil fotos. Parabéns!

2 de novembro de 2009 06:18  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Sempre seremos nós, aves aladas, cheias do esplendor de Deus capazes de voar se acreditarmos que assim será. Belo meu amigo, tua inspiração ganhou asas felizes neste texto magnífico.
Que os Anjos da Inspiração estejam sempre contigo,
Pérolas de paz entrego em tuas mãos, agradecendo sempre o carinho para com meu mundo.
Eärwen

2 de novembro de 2009 14:27  
Blogger Eu sei que vou te amar disse...

Simplesmente lindo!
Neste corpo onde desenhamos a vida e as emocoes, mesmo nus de nos, seguimos caminho na direccao da Luz!
Um beijo doce

3 de novembro de 2009 01:10  
Anonymous DO disse...

Lindo,Arabe!! Muito lindo!!

Como só vc consegue passar.

Abração!!

3 de novembro de 2009 11:50  
Blogger VANUZA PANTALEÃO disse...

Voa-se por muitos horizontes quando a mente está livre dos grilhões da hipocrisia e até com as asas partidas, voa-se.
Voei aqui!
Carinhos e abraços, amigo!!!

4 de novembro de 2009 11:12  
Blogger Daniel disse...

Indiquei seu blog no meu. Não sei ao certo como funcionam os selos, mas o que tem lá pra você representa um.

abs

4 de novembro de 2009 11:30  
Blogger Chica disse...

Maravilhoso! Seguir sempre, acreditando chegar lá., de qualquer jeito. abraços.,chica

4 de novembro de 2009 14:07  
Blogger ♥ ♥ Eu disse...

Qdo se consegue crer, um novo amanhecer vai estar sempre brilhando a receber o dom da existência.

mil beijos!

4 de novembro de 2009 14:44  
Anonymous De... disse...

Foto fantástica...análise poética, sob o prisma de sua imensa sensibilidade.

E asas, Árabe...asas sempre se refazem..."enquanto formos capazes de acreditar, seremos capazes de voar."

4 de novembro de 2009 17:43  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

O tempo não se detém e nem nos deixa perceber as pedras no caminho:o tempo simpelsmente se esvai. Vai. Não tem volta. Vida.

Lindo texto em perfeita analogia com a foto. Perfeição tua, meu amigo.

beijo grande, lindo dia.

4 de novembro de 2009 18:07  
Blogger Teresa Cristina flordecaju disse...

Belas palavras a nosso coração.... Um bom dia!

5 de novembro de 2009 01:44  
Blogger São disse...

Um texto belíssimo que não desmerece em nada a foto, que é estupenda.

Bem hajas, Swami!

5 de novembro de 2009 07:04  
Blogger Moonlight disse...

Àrabe,

Acreditar é vencer,ter esperança é esperar que o caminho de Luz seja encontrado por nós.
E sempre ouvi dizer que enquanto existe vida existe esperança e com a propia podemos vencer batalhas e derrubar muros,para seguirmos o nosso caminho.
As suas palavras são agua no meio de um deserto que nos mata a sede!

Bjinho cheio de luar

5 de novembro de 2009 07:23  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Lu. Precisamos, sim, ter sempre esta esperança! :) Bom fim de semana.

5 de novembro de 2009 15:43  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Patrícia, pela gentileza das palavras. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:44  
Blogger O Árabe disse...

Adorei a foto, sim, Piedade. E talvez a do próximo post seja ainda mais bela! :) Obrigado, bom fim de semana.

5 de novembro de 2009 15:45  
Blogger O Árabe disse...

É preciso, sim, Perla... ou de nada terá valido a jornada. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:45  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Garça: é preciso é que o voo seja de inteira liberdade. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:46  
Blogger O Árabe disse...

Mas acredita, Bárbara: em ti, existe a força para novos voos. Tenho certeza disto! Bom fim de semana,amiga; fica bem.

5 de novembro de 2009 15:47  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Luna... e de queda em queda, aprendemos a caminhar. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:48  
Blogger O Árabe disse...

Vivê-la, Rachel... eis o segredo. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:49  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Pensador. Mas... viu quantos pensamentos me trouxe essa imagem? :) Meu abraço, bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Eärwen. E você está certa, sim: sempre seremos capazes de voar. E seguir para o Coração do Universo. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:51  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, minha romântica amiga. Este, sim, é o nosso caminho! :) Bom fim de semana.

5 de novembro de 2009 15:52  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, DO. E meusparabéns, pelo aniversário. :) Meu abraço, bom fim de semana.

5 de novembro de 2009 15:53  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Vanuza. Que possamos voar sempre, nas asas do nosso verdadeiro Eu! :) Bom fim de semana.

5 de novembro de 2009 15:54  
Blogger O Árabe disse...

Daniel, amigo, obrigado pela distinção e pela amizade. Meu abraço, bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:54  
Blogger O Árabe disse...

Se assim fizermos, Chica, decerto chegaremos! :) Bom fim de semana.

5 de novembro de 2009 15:55  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Eu: sempre existirá um novo amanhecer. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:56  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, De. As coisas em que acreditamos formam as nossas asas e direcionam os nossos voos. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 15:58  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Tina. E você está certa, sim: o tempo vai e de não volta. Independente dos nossso desejos. :) Bom fim de semana, amiga!

5 de novembro de 2009 15:59  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Teresa Cristina, pelas gentis palavras. Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 16:00  
Blogger O Árabe disse...

Fantástica foto, não é, São? Encontro muitas, no 1000 imagens. :) Bom fim de semana, amiga; fica bem!

5 de novembro de 2009 16:01  
Blogger O Árabe disse...

Belas colocações, Moonlight: enquanto houver esperança. seremos capazes de seguir o nosso caminho. :) Bom fim de semana!

5 de novembro de 2009 16:02  
Blogger Luma Rosa disse...

O tempo prossegue independente se há dor ou não. A aceitação de que a vida passará e temos tempo limitado para usufruir de tudo que ela proporciona, ajuda a darmos valor e apreciar os pequenos instantes. Saber voar não é para qualquer um!! A foto é mesmo inspiradora! Bom fim de semana! Beijus,

6 de novembro de 2009 01:35  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Luma. E a foto é realmente fantástica! :) Bom fim de semana, amiga.

6 de novembro de 2009 15:38  
Blogger Maria Valadas disse...

Vivemos sempre na esperança de um dia melhor e replecto de luz.

Bebo das tuas palavras.

Bom final de semana.

Beijos.

6 de novembro de 2009 17:32  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Maria. E saibas que bebo a poesia nos teus versos. Bom fim de semana!

6 de novembro de 2009 20:54  
Blogger Spiritual disse...

"Ninguém existe, que encare sempre de frente os imprevistos que lhe traz o tempo"

Era tempo de começar a existir... ;) Em parte por os imprevistos do tempo começarem a ser de outra ordem...

8 de novembro de 2009 11:53  
Blogger O Árabe disse...

O tempo os traz, Spiritual... e, felizmente, os leva! :) Boa semana, amiga.

9 de novembro de 2009 06:36  
Blogger Fatima disse...

Sim, nossas asas se partem, se ferem, fazendo com que os voos se tornem rasantes!
Galgados na esperança de buscar raios iluminados, de se restabelecer o eu craquelado, continuamos, mesmo que caminhando.
Até que elas se renovem, e aí sim, alçamos novos voos!
Texto fantástico. Foto linda.

Obrigada pelo seu voo até nosso blog .
Um lindo fim de semana!

10 de dezembro de 2009 03:54  
Anonymous Anônimo disse...

Nossa, ler isso me fez um bem inimaginável... Obrigada por isso e, parabéns.

"E mesmo com asas partidas, encontramos formas de voar."

17 de outubro de 2011 22:19  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky