O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

A LUZ E A SOMBRA

Em cada ser humano, a sombra e a luz se alternam.

Como, na natureza, a luz amiga do dia cede lugar à escuridão da noite. E a onda, que calmamente afaga a areia da praia, por vezes se transforma na vaga tempestuosa e à vida arrebata o navegante.

Cada um de vós é como um universo, em si mesmo, pois da mesma Força fostes gerados. E em vosso verdadeiro Eu existem os mais belos sítios, onde cantam os pássaros e as flores desabrocham.

Entretanto, existem também as vossas regiões sombrias. Onde se oculta o desespero e o som triste do pranto sufoca todos os sorrisos. Porque sem o escuro não existiria a luz e sem a dor não conheceríeis a felicidade.

É preciso que assim vos aceiteis. Pois cada um de vós é capaz dos gestos mais sublimes e das mais obscuras ações. E outra forma não existe, de percorrerdes a estrada que vos religará ao Coração do Universo.

Não vos deveis preocupar, entretanto. Porque se o bem e o mal convivem, em vossos pensamentos, são as vossas ações que constituem o fiel da balança; e sobre elas é vosso o controle.

Em verdade, não vos é dado impedir que a inveja ou o desejo de vingança encontrem, por vezes, o caminho para os vossos corações. Ou que o desencanto lance sobre os vossos olhos o manto cinzento da descrença.

Todavia, a inveja não é senão um dos disfarces do egoísmo; e o amor aos vossos irmãos a afastará de vós. Como o perdão vos roubará à vingança, e a fé vos devolverá as cores de que se veste a esperança.

Certo é que deveis vigiar os vossos pensamentos; pois são eles as razões dos vossos atos. E o sopro invisível do vento, que produz belas canções entre as folhas das palmeiras, pode também gerar o furacão que a tudo destrói.

Entretanto, ao vento não é dado controlar a sua intensidade; mas à vossa mente cabe o controle das vossas ações. E elas determinarão o vosso rumo; pelo qual chegareis à alegria do sucesso, ou à mágoa do arrependimento.

Pois ninguém existe, a quem jamais um pensamento ruim tenha ocorrido; mas é vossa a escolha dos atos que ireis praticar. Como vossa será a necessidade de reconhecer o erro cometido.

Aceitai, portanto, que a ambiguidade existe em vós. E aprendei a conviver com ela, para que se torne a ferramenta do vosso crescimento. Porque é preciso que a voz serena da razão tempere os arroubos da paixão.

Quanto maior o desânimo, mais necessária se torna a força da fé; e quanto mais vos atormentar a ira, mais a tolerância devereis praticar. Como a chuva redentora se faz mais urgente, quando a seca castiga a terra.

Ninguém caminha sobre este planeta, que livre de tentações esteja. Entretanto, o homem justo não é aquele que jamais conheceu as sombras.

Mas o que em si mesmo as consegue vencer.

56 Comentários:

Blogger Barbara disse...

"O que em si mesmo as consegue vencer"
FORTE ISSO HEIN?!

16 de outubro de 2009 19:16  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Somos a dualidade e com ela temos que aprender a conviver, aceitar e encarar nossas falhas, e assim vamos evoluindo. Tuas palavras acalentam o espírito. Obrigado amigo.
A foto está simplesmente espetacular, bela escolha!
Pérolas de luz aqui deixo.
Com carinho
Eärwen

16 de outubro de 2009 20:00  
Blogger Daniel disse...

A ambiguidade que você cita no texto é real. Talvez seja verdade que todos temos um demônio e um anjo com a gente. Cabe a cada um saber o que deve ser feito.

Bonito texto.
abs

17 de outubro de 2009 06:25  
Blogger Maria Valadas disse...

Aprender a conhecer os nosos erros , para partirmos à evolução do bem.

Sinto-me aliviada das tensdões da vida, sempre que te leio.

O meu muito obrigada por existires e parulhares a tua sabedoria.

Boa semana, Amigo.

Beijos.

17 de outubro de 2009 08:26  
Blogger Patrícia, a miúda do mau feitio disse...

sentir esses dois (ou mais) lados dentro de si, reconhecê-los e amá-los!
tudo faz parte!
não adianta fechar os olhos e fingir que não se vê ou sente!
existe!
:D
obrigado pelo despertar de Alma deste texto. (e dos outros todos!)
boa semana.

17 de outubro de 2009 14:43  
Anonymous  disse...

Acho que o pior sentimento da vida é o da vingança. Ninguém faz o mal, a não ser a si mesmo. Mas em todos nós existem esses dois lados. Em algum momemto deixamos aflorar mais um que outro, a depender do que nos acontece.
Creio que nem um ser existe que seja só bom, ou só mau. E seu belissimo poema traz essa luz à verdade.
Bom fim de semana! Beijos

17 de outubro de 2009 15:17  
Blogger Whispers disse...

Querido Arabe!
Hoje me fez tao bem ler teu post

Nunca senti a necessidade de me quer vingar de ninguém
Ate sou capaz de dizer que nao faco mal a uma mosca.
So que sou humana e por vezes sei ver as sombras da maldade.
sempre desde criaca que tenho esta oracao
''desejo em dobro o que me desejam a mim''
Desejo que tenhas uma semana de paz e luz
Mil beijos desta amiga
Rachel

18 de outubro de 2009 20:37  
Anonymous DO disse...

Verdade,Arabe. Alias,muitas verdades neste texto.
Quem não reconhecer ,e aceitar esta realidade,pouco se conhece.

Abraços e uma otima semana!

19 de outubro de 2009 06:16  
Blogger São disse...

Sim, há sombra e luz em nós.

Que longo caminho temos de percorrer até resplandecermos.

Um grande abraço, Swami!

19 de outubro de 2009 12:55  
Blogger Moonlight disse...

Tudo nesta vida e em nós tem o seu lado positivo e negativo.Mas claro que tudo tambem tem a sua beleza por assim o ser.
Um dia de chuva é tão bonito como um dia de sol.
Preciso é,saber tirar partido das coisas e saber ter a medida certa das mesmas.
Se tudo fosse igual que graça existiria na terra?E na nossa vida?

Bj com luar

20 de outubro de 2009 02:47  
Blogger Menina do Rio disse...

Temos que andar atentos...

Um beijo pra ti e obrigada pela companhia destes anos!

20 de outubro de 2009 10:25  
Blogger Chris disse...

Todas as dualidades se complementam, como a luz e a sombra. Uma não existe, sem a outro. Foi um prazer voltar aqui.
Bjs
Chris

20 de outubro de 2009 11:39  
Anonymous DO disse...

Obrigado pela presença hj num dia especial,Arabe.

Abração!!

20 de outubro de 2009 11:52  
Blogger .:Tati Sabino:. disse...

olá! Qunato tempo...mas a casa continua a mesma..rs, nunca seremos 100% bonzinhos, Deus nos deixou o livre arbitrio, basta cada um de nós saber o que fazer com ele!

20 de outubro de 2009 12:26  
Blogger VANUZA PANTALEÃO disse...

Meu Sábio Amigo!
Com certeza, foste agraciado pelo Criador com esse Dom da Sabedoria.
É verdade, só vencemos o nosso lado obscuro, dentro de nós mesmos, se estivermos atentos.
Como venho aprendendo contigo, Árabe!
Beijos no seu belo coração!!!

20 de outubro de 2009 13:23  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Bela e profunda meditação, meu querido amigo. Hoje, mais madura, percebo que quem é luz já foi sombra; quem é luz já se identificou com a treva algum dia. A sombra há de ser um caminho para crescer e saber equilibrar sorriso e pranto. Isso é crescer.

BeijUivooooooooosssssssss da Loba

20 de outubro de 2009 17:16  
Blogger Eu sei que vou te amar disse...

So vencemos os nossos pensamentos, com a luz que Deus ilumina em nos, para isso é necessario cortar com o mal atraves da bondade que acaricia a nossa aura!
Um beijo doce

21 de outubro de 2009 02:48  
Blogger Perla disse...

"é preciso que a voz serena da razão tempere os arroubos da paixão."

Sim, e a escolha será sempre nossa!

Muito bom te ler, sempre!

Bjos

21 de outubro de 2009 04:57  
Anonymous De... disse...

Somos simplesmente humanos. E em nós vive essa dualidade...não podemos ignorá-la.
Temos que jogar Luz sobre o nosso lado Sombra. Isso significa admiti-lo.
Somente quando nos conscientizamos de algo, podemos transformá-lo dentro de nós.

Levo dentro de mim uma frase-guia que me acompanha desde alguns anos:
"Prefiro sentir-me inteiro do que ser bom", dita por Carl Jung, um dos homens que mais admiro.

Como sempre, Árabe, você transformou em palavras tudo isso...de uma forma sempre forte, sempre sábia, sempre bela.

Bênçãos o envolvam...

21 de outubro de 2009 10:00  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Sempre que venho aqui, sei que me repito uma vez mais, mas, os seus postes são sempre sábios, são como orações, e saio daqui serena.

Obrigada por os partilhar com todos nós.

Bem haja!

Deixo um beij

21 de outubro de 2009 12:14  
Blogger ♥MáH♥ disse...

Me fez lembrar uma exposição em SP..Luzes e sombra... do quanto estas estão sempre juntas...

21 de outubro de 2009 17:00  
Blogger ♥ ♥ Eu disse...

Temos q ter a atenção redobrada.

mil beijos!

21 de outubro de 2009 17:50  
Blogger Luma Rosa disse...

Os opostos nos dão a noção do equilíbrio e da escolha. A necessidade de conhecer os dois lados, passa pelo autoconhecimento e opção do caminho à seguir. Beijus,

22 de outubro de 2009 03:19  
Blogger Carla disse...

somos feitos de dualidades é verdade em certas alturas umas prevalecem mais do que as outras. mas sem sombra a luz não tinha razão de ser
beijos

22 de outubro de 2009 13:17  
Blogger O Árabe disse...

Mas é preciso, Bárbara... é preciso! :) Bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 05:46  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Eärwen. E essa foto, realmente, é linda, não? Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 05:46  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Daniel. Somos o fiel da balança do Universo... e da nossa própria balança. :) Abraço, bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 05:47  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, a ti, Maria, pelos belos versos que partilhas. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 05:48  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Patrícia: aceitar-nos como somos é o primeiro passo para as mudanças. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 05:49  
Blogger O Árabe disse...

Bela colocação, Lu: não somos verdadeiramente maus... nem bons. O Oceano da Vida define, muitas vezes, o nosso rumo. Mas o livre arbítrio pode mudá-lo. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 05:50  
Blogger O Árabe disse...

Bom saber, Rachel, que a leitura te fez bem; esta é a nossa intenção, bem o sabes. :) Bom fim de semana, fica bem!

23 de outubro de 2009 05:52  
Blogger O Árabe disse...

Abração, DO, e parabéns pelo aniversário do Ramsés! :) Bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 05:53  
Blogger O Árabe disse...

Longo, sim, São... mas com certeza o percorremos! :) Bom fim de semana, amiga.

23 de outubro de 2009 05:53  
Blogger O Árabe disse...

Bela pergunta, Moonlight; as diferenças fazem a vida como a conhecemos.:) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 05:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Menina, por estes anos de belas poesias! :) Bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 05:55  
Blogger O Árabe disse...

E é sempre um prazer, Chris, contar com a sua presença. O oásis é nosso; volte sempre! :) Bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 05:56  
Blogger O Árabe disse...

Um dia especial para todos nós, DO! A amizade é especial, sempre. :)

23 de outubro de 2009 05:57  
Blogger O Árabe disse...

Muito tempo, sim, Tati... alegria em rever você! E a casa continua nossa, sim; disponha! :) Bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 05:58  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo, Vanuza: precisamos estar atentos, para vencer a escuridão em nós. Bom fim de semana, amiga, obrigado pelas gentis palavras!

23 de outubro de 2009 05:59  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Keila: isto é crescer! :) Bom fim de semana, amiga.

23 de outubro de 2009 05:59  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, minha romântica amiga: a bondade está em nós. Sempre. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 06:00  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Perla: podemos fazer a diferença! :) Bom fim de semana, bom ver-te de volta.

23 de outubro de 2009 06:01  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, De... e gentil avaliação! :) Bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 06:02  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Piedade, pela atenção e gentileza. Bom fim de semana, amiga!

23 de outubro de 2009 06:03  
Blogger O Árabe disse...

Estão, MáH... inclusive na arte de viver! :) Bom fim de semana.

23 de outubro de 2009 06:03  
Blogger O Árabe disse...

Sempre, Eu... ela é essencial ao crescimento. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 06:04  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Luma: o conhecimento nos dá a melhor opção. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 06:05  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Carla: temos necessidade dos opostos. Sempre. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 06:05  
Blogger Lídia Borges disse...

"Entretanto, o homem justo não é aquele que jamais conheceu as sombras.

Mas o que em si mesmo as consegue vencer."

Neste final, toda a essência deste texto.

Obrigada!

23 de outubro de 2009 13:23  
Blogger O Árabe disse...

Realmente, Lídia, esta é a essência. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 15:22  
Blogger a ALMA das IMAGENS disse...

Excelente texto.
Amei.
Obrigado.
Abraço de alma.
Assina:
Sissi

23 de outubro de 2009 16:11  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Sissi; sempre uma alegria a tua presença. :) Bom fim de semana!

23 de outubro de 2009 16:32  
Blogger Spiritual disse...

As acções que por vezes parecem obscuras podem ter utilidade interessante... e certamente têm boa justificação... mas os nossos olhos não vêm mais que segmentos de recta, porções, quando a vida é um círculo... parece-nos linear, finito, e afinal não tem princípio nem fim... faz falta descobrir o que está para lá das aparências, para lá do superficial, do imediato...

25 de outubro de 2009 09:05  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Spiritual: atrás das aparências, está a nossa verdadeira essência. :) Bom fim de semana!

25 de outubro de 2009 15:52  
Blogger Demóstenes disse...

Dualidade platónica...

29 de outubro de 2009 10:46  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Demóstenes. Ela realmente o é. :) Bom fim de semana!

30 de outubro de 2009 14:02  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky