O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 18 de julho de 2014

NOSSO MUNDO



Gosto, às vezes, de pensar que temos um mundo só nosso. 

Um mundo sem doenças e sem dores; sem frustrações nem sofrimentos. Um mundo colorido e belo, onde cada paisagem nos fala ao coração. 
  
Onde nada existe lá fora e o tempo parece não passar, entre os nossos carinhos e o sonho de que nos bastamos. Onde me refugio em ti e entre teus braços abandono as minhas angústias.

Onde passeio em teu corpo e desfruto de cada centímetro desse altar dos meus desejos. Onde a tua carne se junta à minha, as nossas peles se completam e o mesmo sangue corre por nossas veias.
 
Onde as nossas almas se encontram, para dividir sonhos e esperanças. Onde emoções e sensações unem almas e corpos, e entre ondas de prazer transcorre a nossa viagem encantada ao porto da plenitude.

Onde a beleza é o teu corpo nu, diante do espelho; onde brilham os teus olhos nos meus, e a paixão torna rouco o som do teu sorriso. Ninguém mais o perceberia, talvez, mas por ele sei o quanto me desejas.

Em nosso mundo, percorro lentamente os montes dos teus seios e os meus lábios colhem sem pressa as delicadas cerejas que os encimam e ornamentam.

Em nosso mundo, a minha pele se arrepia ao toque suave dos teus dedos e o meu corpo se contorce, ansioso, enquanto o percorrem os teus lábios macios.

Em nosso mundo, os meus dedos deslizam sobre a tua pele sedosa; como gotas de orvalho que acariciam, em delicioso vagar, a delicada flor do prazer.

Em nosso mundo, os sons da entrega compõem a sinfonia que flutua no ar; e, em incontrolável crescendo, explode no orgasmo que nos preenche e liberta.

Perco-me, sim, nos gemidos de ânsia que saem de teus lábios e aos meus próprios gemidos se misturam, enquanto os nossos corpos famintos se encaixam no bailado profano do sagrado amor.

Perco-me, sim, nas vagas cálidas que me invadem, enquanto juntos mergulhamos no oceano da Eternidade, até o infinito segundo que resume todo o tempo do universo.

Perco-me, sim; e, entretanto, é quando me encontro. 

É quando me sinto corpo e alma; quando percebo que cada pequena parte de mim te reclama, para que a vida seja completa. Quando o frio da solidão se esvai de mim, ao calor da tua presença.

Em ti, descubro o encanto do luar o e o calor do sol. No teu corpo, o meu corpo revive; excitam-me os teus sabores e cheiros, cativa-me a ânsia apaixonada que existe em ti.

Na tua alma, a minha alma repousa. Bebo da fonte inesgotável do teu carinho, sorrio do teu jeito infantil, maravilho-me com a doçura do silêncio que desce às vezes sobre nós.

E sou feliz neste mundo, que é só de nós dois.

55 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Blogger Olhos de mel disse...
Querido Árabe; como terminar de ler se as lágrimas não me deixam? Intenso, profundo...
Eu queria dizer tanta coisa sobre esse poético texto, mas nenhuma palavra me ocorre, para que possa transformar expressar o penso. Mas vou apenas dizer que é intensamente lindo!
Musica e imagem, que me fizeram viajar na leitura e transportar a um mundo distante, que apenas habita dentro de mim.
Bom fim de semana! Beijos

18 de julho de 2014 18:15  
Blogger ✿ chica disse...

MARAVILHA! Aplausos novamente!! abraços praianos,chica

19 de julho de 2014 02:45  
Blogger Graça Pereira disse...

Eu também tive um mundo assim mas...um dia, um vento gélido veio não sei de onde e arrebatou o meu amor do meus braços...
Desde aí, fiquei sempre na dúvida: se é melhor nunca ter experimentado a felicidade ou se a ter gozado e perdido para sempre...
Um texto maravilhoso.
Beijo
Graça

19 de julho de 2014 03:58  
Blogger Mariazita disse...

Esse mundo, utópico, existe na Galáxia da Fantasia.
Podemos, e DEVEMOS, sonhar com ele.
Há os afortunados, entre os quais me incluo, que puderam, um dia, desfrutar de todos esses prazeres, esquecendo, por vezes, a realidade do mundo exterior.
E no nosso mundo nos perdíamos, para nos reencontramos.
Foi um tempo dentro do tempo que nos estava destinado – com princípio, meio e fim.
Restam as recordações.
Gostei demais deste teu texto, que me trouxe à memória momentos muito felizes.
Obrigada por isso, meu querido Árabe.

Bom Domingo
Beijinhos

19 de julho de 2014 09:53  
Blogger Rita Sperchi disse...

Meu doce amigo meu mundo foi bom um dia, mas depois acabou, hj tenho um outro mundo com outras coisas e outras pessoas...mas um bom mundo!!!

Bom final de semana
Bjusss
Rita!!!!

19 de julho de 2014 11:05  
Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

Dizendo "Olá". O quanto aprecio o que voce escreve, isso é desnecessario dizer, voce sabe.

19 de julho de 2014 11:43  
Blogger Bea Simpson disse...

Fermosísimo e longo poema de amor en comunión! Parabéms!!!

20 de julho de 2014 01:01  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde tarde meu amigo e bom Árabe!
Pois que dizer perante tamanha beleza de poema numa declaração de amor recíproco?
Fiquei surpreendida? De todo!
Pois só quem já nos habitou a escrever com o coração pode amar desta forma divina!
O meu forte aplauso!
Um beijinho continuação de bom domingo e semana!
Ailime

20 de julho de 2014 08:35  
Blogger Cidinha disse...

Amigo àrabe, é de tirar o fôlego. Belissimo!!! Atráz da sensualidade a entrega doce, suave, amorosa, plena. Perfeito!!! Obrigada querido amigo. Um grande abraço para vc nesse dia do amigo..... que possamos estar sempre juntos nessa caminhada virtual. Aplausos!! bjos.

20 de julho de 2014 14:27  
Anonymous Helena disse...

Árabe, meu querido amigo, fiquei agradavelmente surpresa com esta postagem "diferente" de todas aquelas que até então tenho lido aqui no teu cantinho. Trazes neste tema a mesma doçura no se expressar, a mesma ternura e suavidade aliadas a uma sensualidade que nos faz entrever um mundo tão bonito e cheio de significados! Tu mereces um mundo assim, meu amigo, e tomara que ele te seja sempre gratificante, pois pessoas como tu, com essa delicadeza de alma, com essa generosidade no coração, devem possuir um farto quinhão de felicidade neste mundo.
Ficam sorrisos, ficam estrelas, fica meu carinho,
Helena

20 de julho de 2014 17:38  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

a verdadeira entrega se faz com o coração transbordando de amor,
e você descreveu isso com uma beleza de encantar os olhos e arrancar suspiros...

beijinhos

21 de julho de 2014 04:16  
Blogger Ilca disse...

Que beleza teu texto, amigo, uma bonita forma poética de extravasar um sentimento de amor intenso, ardente, delicado, terno. Lindamente escrito, como só você, com tua alma sensível, sabe fazer. Parabéns! Felicidades sempre!
Beijo

21 de julho de 2014 10:13  
Blogger Sissym Mascarenhas disse...



Seria tão perfeito um mundo sem odio, mas desde que me entendo por gente vejo pessoas se matando por razoes idiotas, roubando para não se ter nada de verdade, mentindo para livrar e muitas vezes dá certo.

O mundo é tão belo, Deus o fez tão perfeito, porem o ser humano consegue estragar o que tem de melhor para si.

Bjs

21 de julho de 2014 10:43  
Blogger Claudinha ੴ disse...

É bom ter um mundo assim, Árabe! É maravilhoso amar e sentir-se amado.
Que bela inspiração do texto de hoje!Aliás, lindo texto!

21 de julho de 2014 11:06  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Ah! Se pudéssemos ser uma ilha de amor, sem medos e sem perdas...
Que beleza de texto,O Árabe.
Beijo, saúde e paz!

21 de julho de 2014 17:24  
Blogger Marina Fligueira disse...

Hala, Aarabe:

Me quedo admirada de esta Prosa poética, amorosa, que va discurriendo fenomenal-mente tañendo con jubiloso un canto al amor.
Fantástico pasearme por tus letras, amigo.
Ha sido un inmenso placer.
te dejo mi gratitud y mi estima siempre.
Un beso y se muy muy feliz.

Hasta septiembre. chauuuuu.

22 de julho de 2014 02:30  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Como gostei deste texto... além de fugir ao registo habitual, traz um marulhar leve e íntimo como círculos num lago...

Um forte abraço

22 de julho de 2014 05:09  
Blogger Isy disse...

Se o mundo fosse apenas de de duas pessoas amadas talvez tudo fosso mais fácil...

Bjxxx

22 de julho de 2014 07:17  
Anonymous Anônimo disse...

Aproveite esses momentos antes que acabem.
O Árabe tem vivido muitas dessas emoções e o seu blog são a "prova escrita" dessas sensações.
Deixo um sorriso a esta sua poesia.
E aproveite bem essa ilha de AMOR MAIOR!
O Árabe merece esse Amor, porque é um ser sensível, honesto, verdadeiro, sem mentiras, transparente nas relações, puro nos sentimentos, muito digno e um verdadeiro Amigo, que seguramente cumpre todas as promessas e juras de Amor.
Diria mais: Um Bom Homem!
Um Homem em que todos podem e devem confiar, com características morais sublimes e grandiosas.
Bem haja Árabe por ser quem é!

22 de julho de 2014 12:44  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
UM MUNDO ESPECIAL, ONDE SÓ CABEM DUAS ALMAS QUE SE COMPLETAM.
LINDO DEMAIS .
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

22 de julho de 2014 15:22  
Blogger Vera Lúcia disse...


UAU!!
Não conhecia essa sua veia poética intensa, sensual e apaixonada.
Lindo, meu amigo! E a escolha da música foi perfeita.

Obrigada pelo apoio e carinho.

Grande abraço.

22 de julho de 2014 18:59  
Anonymous Anônimo disse...

Amar é um sentimento muito prazeroso, gostoso! O bom da vida é amar, principalmente quando temos um amor que escolhe seguir o mesmo percurso que o nosso, pelo simples prazer de está em nossa companhia, do nosso lado, partilhando momentos bons e momentos difíceis. Não existe coisa melhor, não mesmo!!! Amei como sempre o seu texto e desejo de coração, que você seja feliz, sei ser você um ser merecedor. Maravilhoso resto de semana e Obrigada, por tudo de lindo que nos transmite em cada texto, em cada palavra. De verdade obrigada!!!


22 de julho de 2014 19:46  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...


este texto foge um pouco ao registo que nos tem habituado.

gostei muito é intenso cheio de cor e além disso tem um toque de sensualidade que ficou muito bem.

parabéns!

:)

23 de julho de 2014 02:11  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel, mas o amor não deveria nos fazer chorar... apenas sorrir! :) Bom resto de semana.

23 de julho de 2014 06:58  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Chica! E curta a sua praia, viu? :) Bom resto de semana.

23 de julho de 2014 06:59  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Graça. E, pessoalmente, eu acredito que um único sorriso compensa incontáveis lágrimas. Bom resto de semana!

23 de julho de 2014 07:01  
Blogger O Árabe disse...

Fico feliz, Mariazita, por te poder devolver esses momentos inesquecíveis! Obrigado,amiga; bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:02  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Rita; abençoado seja o dom de refazermos os nossos mundos! Bom resto de semana, amiga.

23 de julho de 2014 07:03  
Blogger O Árabe disse...

Grande alegria em rever você, ermitã amiga; mas é desnecessário dizer isto, não? Tenho certeza de que você sabe! :) Bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bea, e um bom resto de semana!

23 de julho de 2014 07:05  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Ailime: acreditamos que escrever deve ser feito como amar: com todo o coração! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:06  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Cidinha! De coração retribuo o teu abraço, amiga! Bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:07  
Blogger O Árabe disse...

Acredita, Helena: eu já possuo o meu quinhão de felicidade, em ter amigos tão gentis e sinceros! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:08  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Rô. E é bem como você disse: sem amor, não há entrega. Bom resto de semana!

23 de julho de 2014 07:23  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Ilca, pela amizade e gentileza constantes! Bom resto de semana, amiga.

23 de julho de 2014 07:24  
Blogger O Árabe disse...

Muitas vezes, Sissym. Felizmente, o amor que existe em nossas almas, proporciona momentos de paz e plenitude! Bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:26  
Blogger O Árabe disse...

Você disse bem, Claudinha: é maravilhoso! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:27  
Blogger O Árabe disse...

Se pudéssemos, Shirley... se pudéssemos! Ainda bem que por vezes o conseguimos. Obrigado, bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:28  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Marina! Boas férias...e volte logo. Você faz falta. Bom resto de semana!

23 de julho de 2014 07:29  
Blogger O Árabe disse...

Bela e poética descrição, Daniel... bem ao feitio do teu grande talento! Meu abraço, amigo; obrigado e bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:30  
Blogger O Árabe disse...

Seria, Isy... bem mais fácil! Mas, às vezes, duas pessoas apaixonadas conseguem construir o seu próprio mundo. :) Bom resto de semana!

23 de julho de 2014 07:31  
Blogger O Árabe disse...

Bem haja, Anônimo! Grato por essa gentileza e amizade, que o levam a acreditar-me bem melhor do que realmente sou! Mas a verdade é que tentamos melhorar, a cada dia. Bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:34  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Zilani. E concordamos: é o mundo de duas almas que se completam. Bom resto de semana, amiga.

23 de julho de 2014 07:35  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vera! E essa música é realmente linda, não? Bom resto de semana, amiga; fica bem.

23 de julho de 2014 07:36  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado Anônima, pelos votos que retribuo de coração e por suas generosas palavras. E você está certa: o bom da vida é Amar! Bom resto de semana.

23 de julho de 2014 07:38  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade. Quando existe amor, creio que a sensualidade faz parte de nós; brota do carinho e descansa na ternura. Bom resto de semana!

23 de julho de 2014 07:40  
Blogger São disse...

Esse delicioso mundo, Swami, desconheço...

Que tu vivas sempre nele!

Grande abraço, meu amigo :)

23 de julho de 2014 13:56  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Bom dia, Árabe
quanta sensualidade e sensibilidade há em seu poema. Ah! este mundo existe, já morei nele e o amor e a paixão também lá fazem morada.Seu texto mexeu com minha alma e me levou um pouquinho ao passado e pude me ver muito feliz por lá, pena que tive que voltar.Tenha um lindo dia. Beijos!

24 de julho de 2014 07:49  
Blogger O Árabe disse...

Eu gostaria, São... mas a desanimadora verdade é que algo sempre acontece, para nos trazer à realidade! :) Bom resto de semana, querida amiga!

24 de julho de 2014 09:33  
Blogger O Árabe disse...

O bom, Marli, é que sempre nos é possível voltar um pouco a ele... ainda que apenas nas lembranças. Bom resto de semana!

24 de julho de 2014 09:34  
Blogger ᄊム尺goん disse...

[instantes possíveis e eternos]

beijo

25 de julho de 2014 07:01  
Blogger Luma Rosa disse...

Oi, Árabe!
Quem não sonha com um mundo perfeito?
Os dias se tornam mais suaves se temos um mundo paralelo, mesmo que apenas em imagens. Dizem que desejar é poder! Quem sabe?
:)
Bom fim de semana!!
Beijus,

25 de julho de 2014 09:58  
Blogger O Árabe disse...

Sempre são, Margot; nós mesmos construímos os nossos instantes possíveis e eternos. Obrigado, bom fim de semana.

25 de julho de 2014 18:12  
Blogger O Árabe disse...

Talvez até seja, Luma... mas precisamos aprender a desejar. :) Bom fim de semana!

25 de julho de 2014 18:14  
Blogger Fá menor disse...

O amor é divino. Vivê-lo é uma dádiva que não deve ser desperdiçada. Feliz de quem o tem no seu mundo.

6 de agosto de 2014 04:50  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky