O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

DO JEITO QUE SOIS


Aceitai-vos como sois.
Pois não podeis mudar a vossa natureza. Podeis, sim, evoluir e buscar o Conhecimento, percorrendo os caminhos do aprendizado, que não serão isentos de dificuldades.
Aceitai as vossas limitações. E sede tolerantes para com as alheias; porque necessitareis que as vossas sejam toleradas, e quem não sabe perdoar não é capaz de pedir perdão.
Ninguém existe que seja perfeito, sob o sol. Como cada rosa tem a sua beleza, o seu perfume e os seus espinhos, cada um de vós tem as suas qualidades e os seus defeitos.
É assim que é. E, se aquele que ama a rosa precisa aceitar os espinhos, também necessitais aceitar os defeitos de outrem, para que possais desfrutar das suas qualidades.
Como a rosa não seria a mesma sem os seus espinhos, o homem que deixa de ser o que é renuncia a si mesmo. E ninguém pode viver em conflito com o seu verdadeiro Eu.
Isto eu vos tenho dito, ao longo dos anos. Mas aceitar as próprias limitações não é desistir de buscar o aprimoramento; porque este é exatamente o objetivo de vossas jornadas.
Em verdade, reconhecer o desconhecimento é o início de todo aprendizado. Porque, para que alguém se disponha a aprender algo, é necessário admitir que não sabe.
E, talvez, o maior erro que alguém possa cometer seja cultivar a presunção de haver atingido a sabedoria, quando nada somos senão alunos imperfeitos na escola da Vida.
Afastai de vós a presunção. Porque ela, como o orgulho, vos cega e vos impede de perceber que a Sabedoria é vasta como o cosmos e sois pequeninos, diante do Universo.
Entretanto, infinita é a centelha divina que existe em vós. E, se a souberdes encontrar, sereis capazes de operar maravilhas e os portões da Eternidade se abrirão diante de vós.
Buscai, portanto, explorar o vosso próprio universo. Pois este é o primeiro passo; e, como sempre acontece, uma vez que o tenhais dado, mais fácil será prosseguir na caminhada.
Aceitai-vos como sois. Reconhecer as próprias limitações não é desistir de aprimorar-se, mas aprender a lidar com os pontos fracos, para desenvolver as melhores defesas.
Feliz é o homem que aceita a si mesmo; porque lhe será dado percorrer sem medo os seus caminhos, amparado pela melhor das companhias que poderá encontrar em sua jornada.
O seu verdadeiro Eu.  

Música: 

Este é um dos meus vídeos favoritos: 
http://youtu.be/IYCTjB6OYrE

44 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Nossa, Árabe! Que coisa mais linda! Fiquei emocionada. Creio que a inspiração tomou conta de você. Perfeito em tudo! Na prosa poética, na imagem e na musica!
Bom fim de semana! Beijos

5 de setembro de 2014 18:12  
Blogger ✿ chica disse...

Essa aceitação é boa e necessária. Temos que nos gostar...Isso não implica em que paremos numa única análise de nós.Estamos sempre mudando e modificando, esperamos, pra melhor! abração,chica

6 de setembro de 2014 01:54  
Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; acabei de ver o vídeo sugerido, a musica é muito linda, com uma interpretação maravilhosa! A letra mostra que cada passo dado, foi conforme nossa própria escolha e nada mais recebemos do que o retorno delas. A pura verdade.
Bom fim de semana! Beijos

6 de setembro de 2014 06:20  
Blogger GarçaReal disse...


A busca deste "nosso" Universo que é o nosso ser , não é fácil, pois para caminharmos no sentido da evolução, temos obrigatoriamente que nos aceitar com nossas qualidade ( sem ficarmos com vaidade) e também os nossos defeitos que são sempre mais difíceis de aceitar, tendo no entanto que o ser feito ou não haverá evolução..

Muito e muito mais haveria para explanar. Teus textos têm o condão de nos pôr a pensar.

Bom fim de semana

Bjgrande do Lago

6 de setembro de 2014 08:38  
Blogger Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Tão antiga, tão sábia e sempre tão hoderna a frase inscrita no Templo e Delfos sobre o "Conhece-te a ti mesmo"...

Um abraço sempre grande

6 de setembro de 2014 09:54  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

Somos ao mesmo tempo nosso proprio carrasco e nosso libertador...so quem conhece a si mesmo e se aceita tal qual é... consegue ser verdadeiramente livre para trilhar o seu caminho...

Beijos, Arabe...

6 de setembro de 2014 11:48  
Blogger Fá menor disse...

Sempre uma lufada de ar fresco e puro os seus textos. Obrigada.

Bom domingo e boa semana!

6 de setembro de 2014 13:50  
Anonymous Anônimo disse...

Lindo, lindo, lindo!!!!!! Sem palavras... só pensando, como preciso melhorar, como sou imperfeita!!! ótimo domingo para você! Muito obrigada!


Maria Luzia

6 de setembro de 2014 16:58  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola,Árabe!!!

Nos dejas un exquisito texto que debemos reflexionar con su contenido.
La vida es un viaje de aprendizaje; uno aprende a ser uno mismo y a tolerar al que tenemos en frente. No hay jamas dos iguales en su forma de pensar, todos somos diferentes.

Tienes razón cuando dices que la rosa más hermosa, también tiene espinos... Y no por eso vamos a romper sus pétalos.
Me ha encantado como siempre, esta entrada.

Te dejo mi gratitud y mi estima.
Un besito y se muy muy feliz.

De vuelta de mis vacaciones... nos veremos con más frecuencia. Si lo deseas, Claro.

7 de setembro de 2014 04:19  
Blogger Cidinha disse...

Olá, Querido amigo. Boa tarde!! Uma belíssima mensagem e reflexção. Vc sempre nos ensinando! Obrigada Àrabe. Aceitação é um grande passo para si viver e aprender sempre! Meu carinho e desejo de uma bela tarde de domingo. Bjos no seu coração!!

7 de setembro de 2014 08:18  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe!
É importante aceitarmo nos como somos. Aceitar as limitações alheias também. Mas muitas vezes, senão sempre, julgamos que o outro está errado. Temos nossas convicções e nos esquecemos que os outros têm as suas. Seu texto faz refletir bastante.
Agradeço sua atenção no blog. Passei por momentos difíceis nestes dias. (Duas mortes na família). Obrigada!

7 de setembro de 2014 17:20  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

O caminho do aprimoramento é cheio de pedras, mas, textos como esse, nos ajudam a removê-las.
O Árabe, Paz profunda!

8 de setembro de 2014 02:31  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Vamos tentando, amigo. Apesar das muitas dificuldades, sempre vou me lapidando um pouco. Nem sempre consigo, mas o importante é trilhar o caminho do bem.
Belíssimos ensinamentos, Árabe!
Deus te abençoe!
Abraço carinhoso!

8 de setembro de 2014 11:18  
Blogger Ailime disse...

Meu amigo e bom Árabe, como costumo dizer cá está mais um conjunto de pérolas de conhecimento que precisava ler neste momento!
Acredito que nada é por acaso e aqui está a prova!
No meio das minhas muitas imperfeições tento prosseguir a jornada do jeito que eu sou tentando aprender sempre, tendo no entanto alguma dificuldade em entender quem não tenta aprimorar-se!
Aqui detenho-me e leio de novo " também necessitais aceitar os defeitos de outrem, para que possais desfrutar das suas qualidades"!
O nosso jeito e o dos outros na tolerância que nos ajudará a caminhar sempre na busca do nosso verdadeiro "eu"!
Muito obrigada por este momento tão elevado.
Beijinhos e continuação de boa semana!
Ailime
(Adorei ouvir o Elvis em My Way - uma canção para eu ouvir muitas vezes;))!

8 de setembro de 2014 13:21  
Blogger Vera Lúcia disse...



Olá Árabe,

Aceitar as próprias limitações e as do próximo é um grande passo para o entendimento, a fraternidade e a paz, além de valioso instrumento de evolução. A sabedoria conquista-se com o conhecimento e sempre haverá algo a se aprender em nossa jornada evolutiva. Portanto, dizer-se ou considerar-se sábio seria mesmo uma presunção.

Um belo texto, coroado de grandes verdades.

As músicas são ótimas. Adoro ouvir Richard Clayderman e Elvis é perfeito em My Way.

Grande abraço.

8 de setembro de 2014 21:29  
Blogger Isy disse...

Sabes que mais, tens toda a razão, temos que nos aceitar como somos, senão não somos nós próprios. Mais uma vez as tuas palavras deixaram-me a pensar e tens toda a razão no que transmites...

Bjxxx

9 de setembro de 2014 00:43  
Blogger São disse...

Temos que saber as nossas limitações e imperfeições e não ficarmos sob toneladas de angústia por as termos, concordo.

Porém, temos que as trabalhar todos os dias a fim de avançarmos.

Grato abraço por mais uma lição maravilhosa. amigo :)

9 de setembro de 2014 11:40  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
NOS ACEITARMOS COMO SOMOS NÃO É TAREFA FÁCIL, MAS É O MELHOR CAMINHO.
UM TEXTO SOBERBO E REFLEXIVO, COMO SEMPRE ENCONTRAMOS AQUI.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

9 de setembro de 2014 16:20  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um texto cheio de sabedoria e ensinamentos.

esses conflitos que existem em nós e que temos por vezes ser enérgicas para sabermos gerir os antagonismos.

um beijo

:)

10 de setembro de 2014 02:04  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. Essa música talvez seja hoje a que mais gosto... principalmente nessa interpretação fantástica do Elvis! Bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:40  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Chica: mudar para melhor... sempre! Bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:41  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua presença, Garça amiga. E você tem razão: ou aceitamos que temos defeitos... ou não teremos evolução. Bom resto de semana!

10 de setembro de 2014 06:42  
Blogger O Árabe disse...

Talvez, amigo Daniel, porque continuemos os mesmos, através dos tempos. Meu abraço, bom resto de semana!

10 de setembro de 2014 06:43  
Blogger O Árabe disse...

Esse é o segredo, Arco-Íris: aceitar a si mesmo. Por vezes, é tão difícil!...
Bom resto de semana, amiga. Como estás?

10 de setembro de 2014 06:44  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Fa, por essa amizade e gentileza! Bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:45  
Blogger O Árabe disse...

Somos imperfeitos, sim, Maria Luzia. Mas termos consciência disto é o primeiro passo para nos melhorarmos sempre! Obrigado, bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:46  
Blogger O Árabe disse...

Uma grande alegria o teu retorno, Marina. E, acredita, muito me agrada o rever-te com grande frequência! Bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:48  
Blogger O Árabe disse...

Eu sempre aprendendo, Cidinha, graças à atenção e ao interesse de vocês. Obrigado, amiga; bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:49  
Blogger O Árabe disse...

Bem sei, Claudinha, quanto são difíceis esses momentos, e lamento que você tenha passado por eles. Mas conte sempre com a nossa amizade; que esta certeza possa reconfortá-la, é o que desejo. Bom resto de semana, fique bem!

10 de setembro de 2014 06:53  
Blogger O Árabe disse...

E precisamos removê-las, Shirley. Ou, ao menos, aprender a contorná-las. :) Bom resto de semana!

10 de setembro de 2014 06:54  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Vanuza: isso é o mais importante! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Ailime; é importante saber que somos capazes de aprender juntos, neste difícil caminho da Vida. E confesso: eu realmente adoro esse vídeo! :) Bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:56  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, Vera: aqui, ninguém pode julgar-se sábio; somos todos estudantes. :) E acho que você definiu muito bem a interpretação do Elvis, nessa música: perfeita! Talvez, por sua história de vida, ele soubesse muito bem o que dizia! Bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 06:59  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Isy e é bem como você disse: temos que aceitar o que somos, para sermos nós mesmos. Bom resto de semana!

10 de setembro de 2014 07:00  
Blogger O Árabe disse...

ato, São, e acredita: é muito bom aprendermos juntos! meu abraço, amiga; bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 07:03  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo, Zilani: é o melhor caminho. Obrigado, amiga; bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 07:04  
Blogger O Árabe disse...

Temos, Piedade! Parte importante da aprendizagem é justamente gerir os nossos conflitos. Obrigado, bom resto de semana.

10 de setembro de 2014 07:05  
Blogger MARILENE disse...

Um ponto importantíssimo de suas colocações é a busca de aperfeiçoamento. Há limitações que existem para impulsionar, para que novos caminhos sejam descobertos. São sábios os que não as utilizam para se acomodar... e lamentar. Abraço.

10 de setembro de 2014 11:40  
Blogger Luma Rosa disse...

Oi, Àrabe!
Vale citar Sócrates: "Sei que nada sei". Por natureza somos incompletos e por mais que saibamos, sempre faltará algo. Estamos constantemente aprendendo coisas novas, pois a cada dia novas experiências surgem. Temos que ter curiosidade perante a vida. O saber é infinito!!
Beijus,

10 de setembro de 2014 17:29  
Blogger Vieira Calado disse...

A sua escrita continua igual a si mesma: esbelta, consistente e humana.
Um forte abraço!

11 de setembro de 2014 17:10  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Marilene: o aperfeiçoamento é a razão de todas as nossas jornadas. Obrigado, bom fim de semana.

13 de setembro de 2014 18:14  
Blogger O Árabe disse...

Infinito, sim, Luma... como a nossa evolução. Bom fim de semana, amiga!

13 de setembro de 2014 18:15  
Blogger O Árabe disse...

Grato, mestre e amigo Vieira Calado; mas quem me dera continuar esbelto! :) Meu abraço, bom fim de semana.

13 de setembro de 2014 18:16  
Blogger Moonlight Song disse...

Olá caro amigo Árabe :)
lembras-te de mim?
Pois é, continuo por aí :).

Gostei tanto de te reler.

Boa semana!

16 de setembro de 2014 08:16  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky