O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

OS VOSSOS FANTASMAS


 
Cada um tem os seus próprios fantasmas.
E precisa carregar os seus medos, junto às suas experiências do passado. Arrependimentos, traumas, frustrações e desenganos; prantos doloridos, por sonhos mortos e enterrados.

Estes são os fantasmas que enregelam as vossas noites e nublam os vossos horizontes, turvando o vosso futuro. E, como fazeis aos verdadeiros fantasmas, tentais fingir que não existem.
Até que saem dos cantos escuros da vossa mente, onde buscastes enterrá-los. Então, agitam as suas correntes e gemem as suas agonias, assombrando o castelo das vossas esperanças.

Acostumai-vos aos vossos fantasmas. Porque muito melhor é saberdes que existem e onde se escondem, do que permitirdes que vos surpreendam quando mais vulneráveis estiverdes.    
De nada adianta, acreditai-me, a vossa tentativa de ignorá-los. Melhor fareis em enfrenta-los à luz do dia, para que não vos apavorem durante a noite, quando mais assustadores se tornam.

Assim, eu vos tenho dito. Porque, como não é sensato varrer o lixo para ocultá-lo sob o tapete, tampouco vos valerá esconder algo que vos assusta ou magoa e continuará a existir em vós.
O avestruz da lenda, que escondesse a cabeça na areia quando ameaçado se sentisse, não lograria com esse gesto afastar-se do perigo; tornar-se-ia, sim, presa fácil para os predadores.

A nada deveis temer tanto, quanto ao próprio medo. Pois não atravessareis as pontes, enquanto vos assustarem os abismos; e não construireis um futuro feliz, enquanto temerdes o passado.
Encarai, portanto, os vossos fantasmas. Lembrai-vos de que, por mais assustadores que vos pareçam, como as brumas da noite se esvanecerão, à luz do Universo que brilha em vós.

E ao vencê-los, conquistareis a vossa liberdade. Porque ninguém pode ser verdadeiramente livre, enquanto permanece refém de suas angústias e dos temores que lhe acorrentam a alma.
Em verdade, nenhum homem existe que caminhe sobre a terra e não leve às costas os seus medos. E a coragem não é a ausência do medo, mas a força para vencê-lo e seguir em frente.

Pois, na maioria das coisas que encontrareis em vossos caminhos, a sabedoria está no meio, nunca nos extremos. E o medo que vos preserva é o mesmo que pode deter os vossos passos.
Do esforço do combate, nasce a alegria da vitória. Enfrentai os vossos fantasmas e vencereis o medo; superai as vossas culpas e os vossos traumas, e encontrareis a paz que tanto buscais.

E existe em vosso verdadeiro Eu. 

36 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Muito Obrigada.
https://www.youtube.com/watch?v=4Yd2PzoF1y8

9 de outubro de 2015 18:43  
Blogger ✿ chica disse...

Encarar os nossos medos, enfrentá-los para não paralisar a nossa vida! Lindo! abração, chica e tudo de bom!

10 de outubro de 2015 01:54  
Blogger São disse...

Assim é!

SE não enfrentarmos os nossos medos, os nossos traumas , tudo se avolumará e nos deixará à mercê de qualquer contratempo, e mais ainda de algo verdadeiramente trágico.


Querido Swami, abraço apertado e bom fim de semana

10 de outubro de 2015 02:13  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!!!

Nos dejas un precioso texto lleno de sabiduría y envuelto en verdades como castillos.
Todos el que más y el que menos, nos acompañan fantasmas del pasado que no deseamos y que ningún viento los limpia. Depende de uno mismo, el liberarnos de esa carga que impide ser feliz. Aunque difícil. No es imposible. Nada hay imposible en esta vida, excepto la muerte.
Ha sido un inmenso placer. Feliz fin de semana.
Un abrazo.

10 de outubro de 2015 02:50  
Blogger Olhos de mel disse...

O medo existe em cada um de nós e é o que nos impede de determinados arroubos, que fatalmente, nos atingiria. Algumas pessoas conseguem superar esse medo e seguir como se destemido fosse. Pra outros o medo é um desafio que os faz pulsar mais forte. Não podemos é permitir que os nossos medos nos paralisem. Nem tampouco escondê-los, mas vivenciá-los tentando superar.
Belo post Árabe!
Bom fim de semana! Beijos

10 de outubro de 2015 12:08  
Blogger Olhos de mel disse...

Ah, esqueci de falar; a musica é linda! E a imagem, não poderia ser diferente. Beijos

10 de outubro de 2015 12:09  
Anonymous Helena disse...

Fantasmas... Tenho-os tanto a rondar-me que muitas vezes me pego a esperá-los na solidão da noite. Às vezes "fazemos as pazes" e nos despedimos como "amigos", não os tendo mais a assombrar-me. Outras vezes, porém, digladiamos como eternos inimigos e como não há vencedores nos separamos de "cara amarrada" um ao outro, e eu fico um bom tempo a esconder-me deles. De repente, me encho de coragem e eu mesma vou atrás dos mais ferozes. Quando consigo sair vencedora e prêmio maior é a paz que fica a inundar meu coração.
“Acostumai-vos aos vossos fantasmas. Porque muito melhor é saberdes que existem e onde se escondem, do que permitirdes que vos surpreendam quando mais vulneráveis estiverdes”.
É assim, querido amigo, como nos orientastes, que enfrento meus medos, traumas e frustrações.
Mais uma bela postagem, de imagens poéticas e reflexões pertinentes.
Fica um terno beijo no teu coração e o desejo de lindas horas a enfeitar a alegria da tua semana,
Helena

11 de outubro de 2015 14:54  
Blogger GarçaReal disse...


Quem não acarreta os fantasmas do passado, por uma ou outra razão?

Mas para enfrentá-los é preciso coragem , pois por vezes eles foram atirados para o baú do esquecimento, embora estejam apenas meio adormecidos para não serem acordados.

Enfrentá-los é realmente o melhor, no entanto por vezes eles são destructivos.

Muito bom este texto

Bjgrande do Lago e boa semana

12 de outubro de 2015 08:42  
Blogger CÉU disse...

É necessário enfrentar todos os sentimentos, quer eles sejam positivos, quer sejam negativos. Os "fantasmas" são criados, muitas vezes, pela nossa própria mente, portanto há que travar "batalhas" com eles, para que possamos ir obtendo pequenas ou grandes vitórias.
Concordo. No meio está a virtude.
Boa semana. Abraço.

13 de outubro de 2015 10:56  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Ai os fantasmas que tanta vez nos atormentam...
É sempre muito bom ler os seus textos, mas
sobretudo reflectir nos mesmos.
É isso que eu sempre faço.
Desejo que o amigo se encontre bem.
Abraço, amigo.
Irene Alves

13 de outubro de 2015 13:11  
Blogger A Casa Madeira disse...

Não sei quem falou que fantasmas não existem...
A mente cria os piores e as vezes leva-se uma vida se atormentando...
Belo texto

13 de outubro de 2015 16:48  
Blogger Ailime disse...

Boa noite meu Amigo e bom Árabe,
Outro texto precioso que muito ajuda a que saibamos como enfrentar nossos medos e a libertar-nos deles!
Tomei consciência desse facto há já alguns anos atrás que era enfrentando os meus temores, as minhas angústias, os meus problemas que, com a ajuda do Coração do Universo, elas se iriam desvanecendo. Não quero com isto afirmar que fiquei “ilesa”, pois tenho as minhas "recaídas", mas tento enfrentar! A vida torna-se mais leve aprendendo a reconhecer os nossos fantasmas que tantas vezes são os nossos próprios defeitos, nossos erros, nossos preconceitos, mas não só!
Sobre o meu próximo texto vamos ver! A maioria das vezes sai quase de rompante!
Vou tentar amanhã,))!
Muito obrigada pela sua atenção.
Desejo-lhe continuação de boa semana.
Beijinhos,
Ailime

13 de outubro de 2015 16:56  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

"Do esforço do combate, nasce a alegria da vitória. Enfrentai os vossos fantasmas e vencereis o medo; superai as vossas culpas e os vossos traumas, e encontrareis a paz que tanto buscais."


Pois é Árabe, penso que sobrecarregar nossa mente, (acumular) tristezas, angústias e medos, muitas vezes nos leva a desistir dos nossos mais bonitos sonhos, como também de aproveitar melhor a vida. Confesso a você que sou de enfrentar os fantasmas chatos que invadem a minha vida sem pedir licença, kkkk não os alimento, não mesmo!!! Alimento apenas o que faz bem pra minha vida, saúde e espírito. Amei tudo, de verdade! Tenha ótima semana, com paz e saúde. Muito obrigada, obrigada mesmo!

13 de outubro de 2015 18:25  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
E, AO DEIXARMOS QUE ELES CRESÇAM SE TORNAM MAIS FORTES E DIFÍCEIS DE SEREM VENCIDOS, MAS, SE NOS MUNIRMOS DA CORAGEM QUE NOS É INERENTE TEREMOS FORÇAS E NA CERTA VENCEREMOS ESTES MEDOS QUE TANTO NOS ATRAPALHAM A VIDA.
ÓTIMO TEXTO AMIGO.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

14 de outubro de 2015 11:35  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá amigo Árabe,

Adoro esta música, que foi tema musical do inesquecível filme Ghost. Perfeita escolha para embalar a leitura da mensagem.
O exemplo do avestruz da lenda foi ótimo para ilustrar o tema focado. O medo é mesmo paralisante e estacionário. Enfrentá-lo e vencê-lo nos livrará, sem dúvida, da convivência sofrida com os fantasmas que nos atormentam a alma.

Belo e sábio texto, como lhe é peculiar.

Grande abraço.

14 de outubro de 2015 13:41  
Blogger Vera Lúcia disse...


Ah! Ouvi a música da postagem anterior. Maravilhosa. Amooo!

Abraço.

14 de outubro de 2015 13:46  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Ai, ai... Até podemos enfrentar os nossos fantasmas, mas, os débitos gerados por eles, deverão ser pagos, mais cedo ou mais tarde, não é O Árabe?...
Ninguém foge da Lei.
Muito bonita a mensagem, amigo!
Paz e Luz!

14 de outubro de 2015 15:32  
Blogger Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Bom dia, amigo , Árabe, quem não tem seus medos e fantasmas, não é mesmo?
O que importa é termos consciência de que eles existem e termos a coragem de lutarmos contra os mesmos, para que eles não destruam nossa alma e nosso coração, pois se não os destruirmos vamos minando a nossa vida na base do medo e do terror das noites escuras, de nossa consciência.Belo texto. Abraço!

15 de outubro de 2015 07:18  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Anônima; o vídeo é muito bom! Bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:39  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Chica! Ceder ao medo é paralisar os nossos passos na estrada da Vida! Pena que não estou conseguindo comentar no seu blog, amiga; espero que logo o problema seja resolvido. Bom resto de semana!

15 de outubro de 2015 12:41  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, São; permitir que os medos nos dominem, com certeza não levará ninguém a nada de bom! Obrigado, querida amiga; bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:42  
Blogger O Árabe disse...

Certo, Marina: nenhum vento pode varrer os fantasmas do passado; apenas nós mesmos o poderemos fazer! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:44  
Blogger O Árabe disse...

De pleno acordo, Olhos de Mel: precisamos vivenciar os nossos medos, para que possamos superá-los. E a música é verdadeiramente linda! Obrigado, bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:47  
Blogger O Árabe disse...

São, Garça amiga; mas a verdade é que precisaremos passar por eles, para que possamos atingir os nossos objetivos! Grato, bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:48  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Céu; nunca nos extremos! :) Obrigado, bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:51  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Irene, pela amizade e gentileza; bom resto de semana!

15 de outubro de 2015 12:51  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, realmente, Janicce: a nossa mente cria os fantasmas que mais nos atormentam. Obrigado, bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:56  
Blogger O Árabe disse...

Continuo aguardando, Ailime; e concordo inteiramente com você, amiga: enfrentar os nossos fantasmas é libertar-nos dos medos que nos prendem! Obrigado, bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 12:57  
Blogger O Árabe disse...

Eu também tento enfrenta-los, Maria Luzia. Assim como continuo a enfrentar as dificuldades, para comentar lá no cantinho. :) Obrigado, bom resto de semana!

15 de outubro de 2015 13:00  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Zilani! É em nós mesmos, que encontraremos a força para vencer estes incômodos fantasmas! Obrigado, amiga; bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 13:01  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vera; e parece que o nosso gosto musical é bem semelhante: também amo essas músicas! Bom resto de semana, fique bem.

15 de outubro de 2015 13:02  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Shirley: ninguém foge à lei do Universo! Grato, amiga; bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 13:04  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Marli: o importante é termos coragem de enfrentá-los, sim! Obrigado, bom resto de semana.

15 de outubro de 2015 13:06  
Blogger O Árabe disse...

Impossível discordar, Helena: a paz é o maior prêmio, quando conseguimos vencer os nossos fantasmas! Grato por tua gentileza e amizade, amiga; bom resto de semana!

15 de outubro de 2015 13:08  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

ai os nossos fantasmas, todos os temos e todos os tememos.
a sua mensagem é muito positiva e encorajadora, mas por vezes eles são tão fortes e malvados.
só que o nosso maior fantasma é termos medo do próprio medo.
obrigada pelos seus textos.
um bom fim de semana.
um beijo
:)

16 de outubro de 2015 10:54  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo, Piedade: a nada devemos temer tanto, como ao próprio medo! Obrigado, bom fim de semana.

16 de outubro de 2015 17:22  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky