O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

AS VOSSAS MELHORES LEMBRANÇAS


Guardai as vossas melhores lembranças.
Porque dia virá em que elas serão o vosso maior patrimônio. E então descobrireis, admirados, quantos momentos, que tão comuns vos pareceram, foram em verdade muito especiais.
Pois a felicidade não veste uma roupa de guizos, nem faz parar o tempo ao vosso redor, nem transforma em ouro os raios de sol. Ela apenas existe e vos preenche, tornando o mundo melhor.
Se a neve cai sobre as vossas casas, da lenha que ajuntastes vem o calor que vos aquece. Quando a neve dos anos cobrir os vossos corpos, as vossas lembranças aquecerão as vossas vidas.
Não desperdiceis, portanto, a chance de guardar um sorriso, um olhar, uma carícia ou um aceno de amor. Não abandoneis os vossos sonhos, sem que dele vos reste ao menos uma doce lembrança.
Aprendei a perdoar, para que não transformeis uma amizade ou um amor em uma lembrança amarga, sepultando, na frustração e no rancor, os momentos felizes que vos tenham feito desfrutar.
Recordai os momentos de paixão e esquecei os de indiferença; guardai o carinho e a ternura e deixai para trás as brigas e acusações; lembrai a cumplicidade e olvidai as mentiras e os enganos.
Trazei convosco a imagem das mãos entrelaçadas e  dos lábios unidos; das almas e dos corpos repartindo a sensação maravilhosa do orgasmo e a plenitude da saciedade que o segue.
Guardai, em vossas memórias, as músicas que embalam os vossos sonhos; as palavras de amor que acariciam os vossos ouvidos e os vossos corações; os aromas que inebriam os vossos sentidos.
Porque descobrireis que os fantasmas vos seguem, através do tempo; e sempre vos encontrarão, onde quer que estejais. Podeis abandonar os lugares e os momentos, mas os levareis em vós.  
Não vos deveis iludir: chegará o tempo em que necessitareis encarar as vossas lembranças. Pois a verdade é que, enquanto o jovem espera ansioso pelo amanhã, o idoso se refugia no ontem.
Cuidai para que apenas as recordações aprazíveis estejam convosco. Pois mais vale sentir a brisa que vos acaricie, que enfrentar as borrascas que vos possam perseguir, vindas do passado.  
Certo é que em vossos caminhos encontrareis pedras e flores. E, se vos cabe levar ao ombro a mochila das lembranças, igualmente vos pertence o direito de escolher o que nela guardareis.
Assim eu vos tenho dito. E lembro-me de também haver dito que o homem sensato não escolhe carregar o peso e a aspereza das pedras; prefere levar o perfume e a leveza das flores. 

Virá um tempo em que revisitareis, muitas vezes, as páginas do livro onde escrevestes a história dos vossos verões e das vossas primaveras. Cuidai para que delas escapem lembranças felizes.
Capazes de alegrar o vosso outono e o vosso inverno.

Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/emiliepandolfi_memory.mid

Para minha mãezinha, do alto dos seus 95 anos bem vividos.

36 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Lindo e me emocionou muito! Nada mais a acrescentar, a não ser que a trajetória dela é linda!
Bom fim de semana! Beijos

4 de novembro de 2016 22:02  
Blogger ✿ chica disse...

São mesmo muitas as boas lembranças que temos e precisamos regá-las sempre...Realmente nos alegram e nos fazem sorrir só de lembrar... Lindo te ler sempre! abração, tudo de bom, óptima semana! chica

5 de novembro de 2016 00:52  
Blogger Arco-Íris de Frida disse...

As lembranças quando se chega a velhice, é o porto seguro para o bem estar emocional, por isso precisamos construir coisas boas que serao as lembranças que nos farao sorrir...

Arabe, que vc tenha um otimo final de semana, com muita paz...

Beijos...

5 de novembro de 2016 06:40  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

que bela homenagem você escreveu dedicada à sua mãe.
e que belas lembranças nesse seu texto encantador.
beijinho para ela
bom fim de semana.

beijinho

:)

5 de novembro de 2016 11:28  
Blogger Brisa Petala disse...

BOA NOITE
Que linda homengaem vc fez para sua mãezinha.Muito bom ter boas lembraças. Adorei o seu texto lindo lindo lindo.

5 de novembro de 2016 15:56  
Anonymous Helena disse...

Árabe, meu querido amigo, já estou vivendo este tempo em que necessito encarar as minhas lembranças e revisitando “as páginas do livro” onde escrevemos a história dos nossos verões e das nossas primaveras, e também cuidando “para que delas escapem lembranças felizes.”
Necessito disto, deste cuidado em extrair da memória apenas aqueles momentos em que fomos preenchidos de tanta felicidade que nos tornou ”o mundo melhor.”
Tenho comigo belas imagens e estou aprendendo a retê-las e torná-las tão intensas que terão o poder de expulsar aquelas que me causaram tanta dor...
Bem sei que não é uma tarefa fácil, pois muitas vezes não comandamos da forma como gostaríamos aquelas ações que nos sugam muitas energias. Mas enfim, meu amigo, eu vou tentando.
Bem podes imaginar como o texto de agora foi acolhido no meu coração.
A imagem escolhida é belíssima, bem de acordo com a riqueza do teu tão precioso texto.
Abençoadas sejam as pessoas que chegam numa idade que muitos de nós nem ousamos sonhar... Abençoadas sejam as mãos que colocaram no mundo os homens generosos, de grandeza de coração e alma, que estão sempre a partilhar conhecimentos e a entregá-los de mãos bondosas e amorosas a quem deles se acercar... Abençoada seja a tua mãezinha que soubeste como extrair do seu coração, das suas ações, da sua vivência, estas lições de vida que muitas vezes vem povoar os teus escritos... Abençoado sejas tu, meu amigo, que ilumina esta blogosfera com a beleza do teu coração fraterno e solidário. Para a tua mãezinha, que Deus continue a espalhar Suas preciosas bênçãos nos seus caminhos.
Que a tua semana chegue inundada de alegrias e realizações.
Um beijo carinhoso com minha amizade e admiração,
Leninha

6 de novembro de 2016 12:20  
Blogger Vera Lúcia disse...


Olá Árabe,

Que lindeza de homenagem à mãezinha! Que Deus a abençoe com saúde para que vocês possam desfrutar de sua presença por muito tempo.
Um texto lindíssimo e sábio, que nem comporta eventual acréscimo.
Vou ressaltar uma frase que achei perfeita e oportuna: "...se vos cabe levar ao ombro a mochila das lembranças, igualmente vos pertence o direito de escolher o que nela guardareis."

Grata pelas visitas por lá.

Feliz semana!

Grande abraço.

6 de novembro de 2016 19:16  
Blogger Smareis disse...

Um texto bem tecido e construído com brilhantismo.
Bonita homenagem.
A música deu um toque especial ainda mais.
Ótima semana!
Abraço grande!
Blog da Smareis

7 de novembro de 2016 15:14  
Anonymous Anônimo disse...

Existem memórias que nunca se apagam...
Corpos enterrados numa montanha.
Como se faz?
Se são uma visita dia a dia?

7 de novembro de 2016 18:30  
Blogger mixtu disse...

recordo sempre os momentos de paixão... e não só...
abrazo

8 de novembro de 2016 07:35  
Blogger Fá menor disse...

E... guardar só o que é bom de guardar.

Muitos parabéns para sua mãe.

Abraços!

8 de novembro de 2016 08:39  
Blogger Maria Luzia Araujo disse...

Boa tarde Árabe!!!

Maravilhoso texto! Recordo de forma muito profunda o nascimento dos meus filhotes, porque foi uma emoção muito especial.Existem outras lembranças, para ser verdadeira, são tantas!!! Grande abraço, ótima semana e muito Grata!

8 de novembro de 2016 10:52  
Blogger Marina Fligueira disse...

¡Hola Árabe!!!

Caramba, nos dejas un precioso texto, una lección con maestría, ojalá al llegar a mayores, todos podamos recordar los felices momentos que hemos pasado a lo largo de la vida, que no todo es precisamente de color de rosa; hay etapas también dolorosas que nunca se olvidan están en nuestro corazón. Pero mientras vivamos es saludable quedarnos con lo bueno y lo bello.

Como siempre es un placer pasar a leerte.
Te dejo mi gratitud y mi estima.
Un abrazo y se feliz.

9 de novembro de 2016 04:16  
Blogger CÉU disse...

Olá, meu estimado amigo!

Há tanta coisa k temos ainda k aprender e praticar, mas guardar o k é ou foi bom, faz-nos crescer e gostar de viver mais ainda.

Qto à sua questão, talvez no próximo fim de semana. Tenho de poupar minhas mãos para poder escrever durante mais uns anos.

Um carinhoso abraço e boa semana.

9 de novembro de 2016 05:47  
Blogger Zilani Célia disse...

OI ÁRABE!
É TÃO MELHOR APRENDERMOS A VALORIZAR O QUE TIVERMOS DE BOM, POIS AS RECORDAÇÕES FELIZES SÃO AS QUE NOS FARÃO CRESCER E CAMINHAR PARA O FUTURO QUE NOS ESTEJA RESERVADO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

9 de novembro de 2016 16:01  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

Sem dúvida que uma boa lembrança aquece o coração!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

10 de novembro de 2016 01:51  
Blogger Mariazita disse...

Ai meu querido amigo, se não fossem as boas recordações... a minha vida já teria soçobrado.
São elas que me alimentam e ajudam a enfrentar os momentos de desânimo que muitas vezes me assaltam.
Muito bem e encorajador o teu texto.

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

10 de novembro de 2016 02:05  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Uma homenagem linda para sua querida Mãezinha!
O texto é maravilhoso e tem muito para reflectir.
Haverá coisa melhor que recordar as coisas boas que nos foram (vão) acontecendo ao longo da vida?
«Cuidai para que apenas as recordações aprazíveis estejam convosco».
Vou tentar fazer este exercício, meu bom amigo, e decerto muitos sorrisos brotarão dos meus lábios.
Memory é uma melodia que sabe sempre muito bem ouvir. É linda! Obrigada.
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime

10 de novembro de 2016 13:09  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. Acho que, à medida que vamos colecionando lembranças importantes, visitá-las dá um novo sentido à nossa vida. E concordo com você, sim; tem sido uma linda trajetória. Bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:24  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Chica: nos fazem sorrir, só de lembrar! :) Obrigado, amiga; bom fim de semana.

10 de novembro de 2016 13:24  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Arco-Íris: é mais um excelente motivo para construirmos sempre coisas boas, cujas lembranças nos tragam alegria! Bom fim de semana, minha amiga; fique em paz.

10 de novembro de 2016 13:26  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Piedade; já o transmiti, e ela também agradece. :) Bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:28  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Brisa Pétala; grande alegria, vê-la novamente! Bom fim de semana.

10 de novembro de 2016 13:29  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Helena, pela amizade e pelo carinho. Verdade, amiga: não é uma tarefa fácil; mas a saudade, pelas lembranças que nos traz, é ao mesmo tempo a dor mais sentida e o seu próprio remédio. Fica bem, minha amiga; bom fim de semana, obrigado!

10 de novembro de 2016 13:33  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vera, e você não tem de que agradecer, amiga; é sempre um prazer visitar o seu espaço, onde a cada vez aprendo mais um pouco! Bom fim de semana.

10 de novembro de 2016 13:35  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Smareis, pela gentileza e amizade. Bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:36  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Anônimo. Mas acredito que embora não possamos varrer da memória as lembranças menos agradáveis, cabe-nos escolher os sítios da montanha que preferimos visitar. Este, também, é um aprendizado de cada dia. Grato pela visita, volte sempre; bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:38  
Blogger O Árabe disse...

Muito disseste, com tão pouco, mixtu: "...e não só...". meu abraço, amigo; bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:40  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fa. Mas é bem melhor, não? Guardar só o que for bom de guardar. :) Bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:41  
Blogger O Árabe disse...

Acho que é uma constante, não, Maria Luzia? Embora tantos momentos existam a serem recordados, a chegada de cada filho é sempre uma ocasião muito especial, que nos completa recordar! Obrigado, minha amiga; bom fim de semana.

10 de novembro de 2016 13:42  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Marina: enquanto vivemos, é saudável recordar sempre o bom e o belo. Vamos recordar esses momentos, então! Obrigado, amiga; bom fim de semana.

10 de novembro de 2016 13:44  
Blogger O Árabe disse...

Tenho certeza, Céu, que a sua mão vai ficar perfeitamente curada, e muito você haverá ainda de escrever; mas entendo a cautela, sim! :) E concordo : guardar o que foi bom nos faz a vida cada vez mais! Bom fim de semana, amiga; obrigado.

10 de novembro de 2016 13:46  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Zilani! É através das recordações e crescemos, e caminhamos rumo ao Coração do Universo. Obrigado, bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:47  
Blogger O Árabe disse...

Aquece, Teresa Isabel; principalmente quando a neve do tempo já branqueia os nossos cabelos, acredite! :) Obrigado, bom fim de semana.

10 de novembro de 2016 13:48  
Blogger O Árabe disse...

Você disse muito bem, Mariazita: "São elas que me alimentam e ajudam a enfrentar os momentos de desânimo que muitas vezes me assaltam"; assim realmente é, amiga! Obrigado, bom fim de semana.

10 de novembro de 2016 13:50  
Blogger O Árabe disse...

Creio que todos devemos praticar este exercício, Ailime; é a melhor forma de mantermos sempre um sorriso nos lábios. Grato pela amizade e gentileza, amiga; bom fim de semana!

10 de novembro de 2016 13:52  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky