O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

O AMOR E A RENÚNCIA


Julgais, acaso, que o amor seja o Paraíso?
Sabei, então, que o Amor não é mais do que um dos vossos sentimentos. E que ele não se constrói com grandes gestos, nem com belas palavras; ao contrário, é feito de pequenas renúncias.
Se alguma prova necessitardes, para crer nesta verdade, lembrai-vos apenas que não existe maior símbolo do Amor que a mãe; e ela é, também, o símbolo vivo da dedicação e da renúncia.  
Como as ondas que se sucedem formam a imensidão do mar, assim  as vossas atitudes de todos os dias solidificarão o Amor entre vós... ou o farão ruir, substituído pelo muro da indiferença.
Para aprender a amar, deveis aprender a renunciar. Todavia, o mais curioso do Amor é que cada renúncia não vos traz a sensação de sofrimento; mas uma felicidade inexplicável, ao ceder.
Porque aquele que ama encontra na alegria do ser amado a sua própria alegria; e nos seus sorrisos, os seus próprios sorrisos. E se entristece, quando vê triste a pessoa que o torna feliz.
Assim é o Amor. Que vem para ensinar-vos que dar é, sempre, a melhor forma de receber; e que o egoísmo não traz felicidade, enquanto o altruísmo pode ter em si mesmo a própria recompensa.
Assim é o Amor. E, por isto, eu vos tenho dito que não o deveis confundir com os vossos desejos e sonhos; nem esperar que nele esteja a cura para as vossas carências e a vossa solidão.  
Pois o amor tem as suas próprias carências. E o encontrareis em vossos caminhos, quando fordes capazes de reconhecer a sua face; e estiverdes prontos para recebê-lo em vossa alma.
Quando assim for, não necessitareis procurar o Amor; ele virá a vosso encontro. E caminhará a vosso lado; e vos apoiará com o seu abraço, quando fraquejarem as vossas pernas.
Não espereis, porém, que ele vos sirva. Pois o Amor não existe para fazer-vos felizes, mas para tornar-vos melhores; nem para fazer-vos voar, mas para que aprendais a caminhar juntos.  
Preparai-vos, antes, para servir ao Amor. Pois ele não é como o instante, que utilizais a vosso bel-prazer; mas como o tempo, no qual estais mergulhados e onde se passa a vossa vida.
O Amor não é uma ilha, onde podereis viver felizes para sempre e ver realizados todos os vossos sonhos; é como um arquipélago, onde viajais de ilha para ilha, ao sabor das vossas emoções.
O Amor não é uma conquista; é um caminho a ser percorrido de mãos dadas, todos os dias da vossa vida. Não é receber, é dar-se; não é uma resposta, é uma série de novas  perguntas.
O Amor é feito de renúncias. Mas torna melhor a vossa vida. 


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midi vocais/connie_francis_love_is_a_many_splendid_thing.mid
Vejam que lindo vídeo!

21 Comentários:

Blogger Lúcia Laborda disse...

Árabe, ler esse poema ao som dessa musica, me fez chorar de mais! Que coisa mais linda! Apaixonante ler seu post! Obrigada pela emoção, por me fazer acreditar que esse amor, apesar de todas as turbulências na vida, ainda é possível!
Bom fim de semana! Beijos

23 de agosto de 2019 22:30  
Blogger Lúcia Laborda disse...

Esse vídeo é a coisa mais doce, mais linda que já vi. Poxa! Só emoção aqui hoje! Beijos

23 de agosto de 2019 22:38  
Blogger chica disse...

Lindo e pequenas renúncias todos fazemos em prol do amor! abração,chica

24 de agosto de 2019 08:37  
Blogger Majo Dutra disse...

Magistral... Perfeito...
Gosto destes temas musicais românticos.
Dias maravilhosos.
~~~~~

24 de agosto de 2019 13:21  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
Um texto muito belo repleto de pérolas de sabecoria.
Concordo inteiramente. O caminho do amor é feito de pequenas renúncias, de pequenas cedências (mútuas) e só assim poderemos caminhar juntos com paz nos corações. Mas, estes ensinamentos, só o grande mestre chamado Tempo nos ajuda a entender que assim devemos agir.
As músicas são lindas e o vídeo um encanto.
Desejo-lhe um ótimo fim de semana e uma excelente semana.
Beijinhos,
Ailime

24 de agosto de 2019 14:39  
Blogger Fá menor disse...

Muito bonito e verdadeiro. Que bom poder ler-te nas palavras que nos são importantes à vida!
Quem pensa entrar no amor para satisfazer os seus egoísmos bem que está enganado, só sofrerá e fará o outro sofrer; o amor é dar-se, é, como bem dizes, renúncia; renúncia de si mesmo para elevar o outro e assim realizar o amor em si. Mas tem de haver reciprocidade, porque é muito complicado amar pelos dois, um só a dar e o outro só a receber. Aí não há amor que aguente.

Muito grata pelo belo texto.

Abraço!

24 de agosto de 2019 16:20  
Blogger Ateliê Tribo de Judá disse...

Quem muito idealiza e vive buscando o amor , acaba perdendo-o por não percebe-lo próximo.

beijos

Joelma

24 de agosto de 2019 16:34  
Blogger Olhos de Mel disse...

Lindo post, Árabe! Muitas vezes é preciso renunciar a muitas coisas, se realmente o amor for mais importante. Amei a musica, a imagem e o vídeo! Beijos

27 de agosto de 2019 09:48  
Blogger silvioafonso disse...

.


É muito gostoso ver a crítica se curvar
diante dos nossos textos e eu, mesmo nada
entendendo de crítica, faço meus os elogios
dos seus leitores. Parabéns, meu amigo.Ficou
lindo.
Ah, outra coisa. No blog da Catiaho eu, sem
a sua permissão, comentei sobre o que o amigo
disse, e gostaria muito de agradecer aqui,
como fiz lá, por sua generosidade.
Um abraço e obrigado.

27 de agosto de 2019 18:45  
Blogger O Árabe disse...

Bom saber que assim foi, Lúcia! Motivar aqueles que leem: esta é a maior motivação daqueles que escrevem! Obrigado, e concordamos: esse vídeo, realmente, é lindo! Meu abraço, bom resto de semana.

29 de agosto de 2019 14:36  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Chica; e as fazemos todos os dias. Mas vale a pena! Meu abraço, amiga; bom resto de semana!

29 de agosto de 2019 14:37  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Majo, pela gentileza e amizade. Realmente linda a música, não? Meu abraço, bom resto de semana.

29 de agosto de 2019 14:38  
Blogger O Árabe disse...

Bem como você disse, Ailime: só o Tempo nos pode ensinar que esta é a melhor forma de agir! Obrigado, amiga; meu abraço, bom resto de semana.

29 de agosto de 2019 14:40  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Fa: aí, não há amor que aguente! :) Engraçado, mas verdadeiro. Bom resto de semana, amiga; meu abraço agradecido.

29 de agosto de 2019 14:41  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Joelma: às vezes perdemos o que está ao nosso lado, porque o procuramos longe de nós. E aí, o arrependimento bate. :) Meu abraço, obrigado; bom resto de semana!

29 de agosto de 2019 14:44  
Blogger O Árabe disse...

É, Olhos de Mel. Mas, quando ele é realmente o mais importante, nada mais importa. Bom resto de semana, obrigado; meu abraço.

29 de agosto de 2019 14:46  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Sílvio. Mas não foi generosidade, amigo; o texto, realmente, merecia ser lido, tenha certeza disto! Meu abraço, bom resto de semana; volte sempre, o oásis é nosso!

29 de agosto de 2019 14:52  
Blogger saudade disse...

O amor..... Ai o amor.... Move montanhas e vira nos do avesso.
Beijo

30 de agosto de 2019 18:46  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Saudade. E, muitas vezes, faz brotar a saudade. ;) Meu abraço, amiga. Bom fim de semana.

30 de agosto de 2019 21:20  
Blogger Marina Filgueira disse...

Si, Árabe, el amor es el motor que mueve el mundo, sin amor nada somos.

Un abrazo y mi gratitud.

31 de agosto de 2019 14:50  
Blogger O Árabe disse...

Desculpa-me a demora na resposta, Marina; só hoje, vi este comentário. E concordo inteiramente: sem amor, nada somos! Meu abraço, amiga; bom fim de semana, obrigado.

6 de setembro de 2019 18:13  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky