O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

SAUDADE


Luto, mãezinha.

A sua partida deixa em nós um vazio que nenhuma presença poderá preencher. Porque a verdade é que amamos cada pessoa de um jeito e esta saudade enorme de você jamais terá fim.

Consolação, entretanto. Na gratidão que fica em nosso peito, por termos conhecido você. Por termos podido estar a seu lado por tanto tempo, vivendo o amor que sempre emanou de você.

A mesma saudade que nos machuca, é a que nos consola. São as lembranças dos nossos anos juntos; dos pequenos e dos grandes momentos que vivemos; de nossas alegrias e nossas tristezas.

O coração que chora a sua partida é o mesmo que sorri de felicidade, por havê-la conhecido. Nossos lábios que a beijaram e nossas mãos que a acariciaram, guardarão o seu gosto para sempre.

O mesmo carinho ainda está em nós, mãe. E peço ao Coração do Universo que brilhe forte à sua frente, iluminando os novos caminhos que você precisa trilhar; forrando de pétalas a sua estrada.

Porque é isso que você merece, mãezinha. E o Deus de justiça e amor que você nos ensinou a conhecer haverá de ser justo com você, reconhecendo todo o amor que você espalhou na Terra.

Sabe, mãezinha? Não fique triste; a preocupação e o cuidado que você sempre teve conosco, não devem impedir a sua nova caminhada. Você merece estar livre, voando entre as estrelas.

Quero crer que tudo aquilo que você me ensinou seja verdade. E que, neste dia em que começamos a amargar a saudade de você, os seus entes queridos do outro lado festejem o seu retorno.

Quero, com todas forças de minh'alma, acreditar que assim seja; porque saber você feliz é o maior lenitivo para esta sensação de dor e solidão, que agora me faz chorar como uma criança perdida.

Desejo que assim seja, mãezinha; quero acreditar que assim seja. E que, na Mansão do Amanhã, você ensaie os seus novos primeiros passos em jardins floridos, entre braços amorosos e saudosos.

Peço ao Coração do Universo por isto. E quase tenho certeza de que assim será; porque não posso acreditar que você mereça outro destino, que não seja o de colher tudo de bom que plantou.

Minha alma se reconforta com esta esperança. E, se eu pudesse ter certeza de que assim é, chegaria a me alegrar, por você; bem o sei o quanto lhe custava o peso do corpo, ao final do caminho.

É, mamãe: vou procurar acreditar que você retornou à Casa e está feliz, embora lhe doa a saudade daqueles que deixou aqui. E, se você puder me ver daí, não se preocupe; eu vou melhorar.

Mas, hoje, quero chorar. Estou com muita saudade de você.


Música:
http://ohassan.dominiotemporario.com/midis/roger_willians_em_algum_lugar_do_passado.mid

Ontem, 13 de janeiro, aos 98 anos, nossa mãezinha nos deixou. Infelizmente o Álvaro, nosso irmão mais velho, partiu muito cedo e não está na foto maior; o Regi, que aí está lavando o copo, também já se foi. Esta era uma das fotos que ela mais gostava, e por isto a escolhi para o post. Saudade enorme de vocês, em nossos corações!  

Link para vídeo.

Link para música.      

44 Comentários:

Blogger Unknown disse...

Doi muito em mim também pai. Minha vozinha,minha Dona Benta,mas me conforta o cheiro dela, o sorriso, o abraço e todos os mimos que me fez. Um ser iluminado com um coração grandioso e que me ensinou muito. Fica bem vó. Amo muito a senhora.

17 de janeiro de 2020 22:18  
Blogger chica disse...

Emocionada com tudo que li, admirando a foto onde ela alegre com os filhos... Triste perda, mas acredito que cumpriu amissão dela aqui! Fiquem bem e recebam meus abraços sentidos! chica

17 de janeiro de 2020 22:23  
Blogger O Árabe disse...

Vida que segue, Biquinha. E ela vai estar bem, sim; se alguém merece isso, com certeza é ela. Beijão, fia; vida que segue, e precisamos seguir. Foi assim que ela nos ensinou! Boa semana, fioca! A gente se ama, e vamos continuar em frente!

17 de janeiro de 2020 22:25  
Blogger O Árabe disse...

Cumpriu, Chica! E nos deixou um legado enorme, de amor e exemplos! Obrigado, amiga; boa semana, fiquem com Deus!

17 de janeiro de 2020 22:27  
Blogger Lúcia Laborda disse...

Árabe; esse espaço no coração de vocês jamais será preenchido. O tempo passa, as pessoas se acostumam, mas a saudade aumenta. Por enquanto fica uma mistura de vazio, amor e dor. Mas o tempo é companheiro e trará conformidade. Infelizmente, esse é o caminho de todos. Só não consigo entender, por que não trazemos conosco a capacidade de entendimento e aceitação?
Linda homenagem! Durante a emocionada leitura, lembrei da minha, que se foi tão nova!...
Sei quanto dói esse momento e peço a Deus que dê conformidade aos familiares e amigos e que ela siga um caminho de luz, paz e amor!
Bom fim de semana! Beijos

17 de janeiro de 2020 22:33  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado,Lúcia! E você levantou uma pergunta interessante: "Só não consigo entender, por que não trazemos conosco a capacidade de entendimento e aceitação?". Talvez eu até tenha; só que, por enquanto, a saudade é muito viva e doída! Tenho certeza de que ela seguirá esse caminho, sim; por tudo que foi aqui, a nova jornada lhe será leve, eu acredito! Só sinto saudade. Meu abraço, bom fim de semana.

17 de janeiro de 2020 22:41  
Blogger Jairo Ferreira disse...

É verdade mano, nossa mãezinha se foi. E foi como ela sempre quis! Como uma vela que se apaga lentamente! E escolheu um momento em que eu não estava por perto. Talvez por saber que, por mais que eu dissesse pra mim mesmo que estava preparado, no fundo ela sabia que eu não estava!
Na hora em que você me contou, até fiquei revoltado! Por quê naquele momento? Eu estava longe! Por quê?
Custei a entender e, graças à Deus, consegui voltar pra dizer até logo! Mas doeu muito! Eu tenho certeza que para ela, foi uma libertação! Ela já não podia mais fazer as coisas que gostava! Eu assistia seu sofrimento por depender de todos e achar que já não podia ajudar a ninguém, o que fez a vida toda, e só dava trabalho! Ledo engano! Nós é que éramos dependentes de seu amor, de seu carinho, de suas preces! Como era bom ver seu sorriso quando nos via! Quanta falta eu sinto disso!
É mãezinha, eu sei que você está bem agora! Livre para voar! Ao lado de tantos entes queridos dos quais você sentia saudades! A saudade agora é nossa! E temos que aprender a lhe ver com os olhos do coração e da alma! Peço a Deus que me permita, em meus sonhos, revê-la sempre! Poder lhe abraçar e cobrir de beijos! E lhe ouvir dizer "como é bom esse carinho" e o "eu amo vocês" mais lindo e sincero do mundo!
Vá em paz mãezinha! Tenho certeza que Nosso Pai lhe reservou um lindo lugar e que nossos familiares estarão esperando por você em festa! Você agora pode VOAR! Te amo eternamente!

18 de janeiro de 2020 00:17  
Blogger O Árabe disse...

Assino cada uma das suas palavras, maninho; inclusive quando você diz que a gente pensa que está preparado, mas nunca está... eu também embarquei nesse engano. Nunca podemos estar preparados para perder a pessoa que, para nós, representa o amor total e incondicional. Mas é como você disse: pensemos que ela, agora, está livre para voar; e continuará a nos oferecer o mesmo sorriso, quando estiver junto a nós. Nossos olhos não a verão mais, mas nosso coração sentirá sempre a sua presença! Beijão, mano; agora, somos nós dois. Fique com Deus!

18 de janeiro de 2020 09:37  
Blogger CÉU disse...

Olá, amigo Árabe e família!

É sempre difícil ter palavras à altura, nesses momentos, pois quem fica, se sente um pouco "perdido" e até "abandonado", mas é precisar continuar caminho, pke a vida segue. Jamais a voltarão a ver, em minha opinião, mas ficam as boas lembranças dos 98 anos, que passaram juntos.

A foto está mto expressiva e feliz. Então sua mãe teve 4 filhos, rapazes, se bem entendi. Onde está você na foto? É o da dta. ou da esquerda?

Sentidos pêsames a você e a toda a família.

Um grande abraço.

18 de janeiro de 2020 15:48  
Blogger CÉU disse...

Música e vídeo a condizer. O vídeo é bem conhecido, e, suponho que dedicado à mãe de Roberto Carlos.

Que o Coração do Universo vos ajude!

18 de janeiro de 2020 15:53  
Blogger maria luzia disse...

Árabe, lamento muito. Ela cumpriu sua missão na terra. Com certeza deixou muitas lembranças maravilhosas. Que ela esteja em paz e em ótimo lugar, um lugar lindo como ela. Meu amiguinho, um abraço caloroso pra você, fica bem, fica em paz. A fotinha é linda!

18 de janeiro de 2020 16:29  
Blogger Ailime disse...

Boa tarde meu Amigo e bom Árabe,
O quanto lamento o falecimento da senhora sua Mãe.
Os meus sentidos pêsames para você e sua Família.
Como me emocionei ao ler seu sublime testemunho de amor para com sua mãe que
até as lágrimas afloraram aos meus olhos.
Como não teria palavras para este momento de tão grande dor deixo-lhe este poema de Santo Agostinho:
"Se conhecesses o mistério imenso do Céu onde agora vivo, este horizonte sem fim, esta luz que tudo reveste e penetra, não chorarias, se me amas!
Estou já absorvido no encanto de Deus, na sua infindável beleza.
Permanece em mim o teu amor, uma enorme ternura que nem tu consegues imaginar.
Vivo numa alegria puríssima.
Nas angústias do tempo, pensa nesta Casa onde um dia estaremos reunidos para além da morte, matando a sede na fonte inesgotável da alegria e do amor infinito.
Não chores, se verdadeiramente me amas!"
Que sua mãezinha descanse em paz!
Grande abraço de muita estima.
Ailime
(A musica e o vídeo lindos para esta ocasião).
Ailime

19 de janeiro de 2020 13:49  
Blogger saudade disse...

Tudo o que eu te diga, não vai tirar a tua dor., mas como dizes, espero que nas recordações que ficam dela encontres força e alegria para continuar. Os que amamos não morrem, apenas partem antes de nós. Abraço apertado.

19 de janeiro de 2020 17:41  
Blogger Majo Dutra disse...

Estimado Amigo.
Lindíssima e sentida homenagem a sua muito amada mãe, a que me alio...

Solidária com a vossa dor, fiquei emocionada, o depoimento de Jairo...
comoveu-me...
As suas palavras de amor, carinho e saudade são sentidamente expressivas e eloquentes de amor e saudade.
Nesta hora de profunda dor, pouco há a dizer que possa vos confortar... a minha partiu com menos trinta anos... Conheço bem esse padecimento...

Desejo que a vosso trauma deixe de sangrar e que o Coração do Universo, com o tempo, vos abençoe em consolação e preservação de uma memória amorosa e serena.

Abraços sentidos e comovidos aos três.
~~~~


19 de janeiro de 2020 20:03  
Blogger Majo Dutra disse...

Dois temas musicais muito belos...

Consegui encontrar uma interpretação orquestral do 'Somewhere
in Time' muito parecida, com a Orquestra Filarmónica Charlotte.

Afinal, um tema musical de Paganini... Gostei muito.
Tudo pelo melhor, Amigo.
~~~~~~

19 de janeiro de 2020 20:59  
Blogger Majo Dutra disse...

Peço desculpa pelos pleonasmos do meu primeiro comentário.
Partidas da emoção...
Beijos, Amigos.
~~~

19 de janeiro de 2020 21:16  
Blogger Mariazita disse...

Que bem compreendo a sua dor, amigo Árabe!
Já passei pelo mesmo. Meu Pai faleceu após um grande sofrimento, e, apesar de ver como as dores o atormentavam... eu não estava preparada para a partida dele. A minha Mãe deixou-me sem um ai, apagou-se com a minha mão segurando a mão dela. Senti-a dar o último suspiro e... mesmo assim custou-me a aceitar (nem vale a pena falar na minha última perda, você sabe...)
A dor é demasiado forte para que possamos aceitar logo de início. Só o tempo nos traz a serenidade para aceitar o inevitável, e a aceitação surge, por fim.
Associo-me à vossa dor, enviando um abraço solidário.

Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

20 de janeiro de 2020 18:29  
Blogger Roselia Bezerra disse...

Boa noite de paz, amigo Árabe!
É muito dolorida a partida de quem amamos.
Quamdo meu pai amado se foi, há 10 anos, fiquei sem referência paterna até que meu padrinho, sempre amigo que foi, tomou as redeas do meu lado de afilhada/filha...
Não toma o lugar no ♥️ , mas ameniza aquela dor saudosa que até hoje não se transformou em 'gostosa' como me havia dito minha tia amada.
Uma coisa eu sei, ele interceder por mim do céu que foi o lugar que mereceu ir...
O mesmo, pelo que relata aqui emocionadamente, acontecerá com você.
Sem palavras para ofertar que não seja: segura na mão de Deus e persevere no caminhar. Ele consigo é.
Tenha dias abençoados!
Meu sentimento de pesar.
Abraços fraternos de paz e bem

20 de janeiro de 2020 18:36  
Blogger Amélia disse...

Os meus pêsames pela perda de sua querida mãe. É uma grande dor que custa a passar meu amigo, já passei pelo mesmo e sei o quanto custa.
Um afetuoso abraço.

20 de janeiro de 2020 18:55  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

Deve ser horrível e nunca se esquece, muitas força!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

21 de janeiro de 2020 11:25  
Blogger Marina Filgueira disse...

¡Vaya! Siento vuestro dolor puesto que una madre, aunque sea muy mayor, se siente mucho, pero no lloréis puesto que vivió una vida completa, seguramente ella hubiera querido irse delante de sus hijos, que es muy muy doloroso que los hijos se vayan primero que una madre.

Bueno pues a tirar para adelante pues es ley de vida. D-C-S EN-PAZ.

UN ABRAZO Y MI GRATITUD.

22 de janeiro de 2020 08:05  
Blogger Roselia Bezerra disse...

*quando

22 de janeiro de 2020 08:11  
Blogger Fá menor disse...

Os meus sentidos pêsames, meu bom amigo!
Lindo e sentido texto!
É essa Esperança que deve nos confortar, de que nos braços de Deus, nosso Pai, os nossos Entes queridos encontrarão a sua Casa. A saudade dói sempre a cada dia que passa, embora ela possa se atenuar com o tempo que passa, nunca deixa de doer.
Fez no passado domingo, dia 20 de Janeiro, 5 anos que a minha também partiu para Casa do Pai, também com 98 anos.
Que as boas recordações não nos deixem soçobrar à dor!

Afectuoso abraço!

22 de janeiro de 2020 13:47  
Blogger Às margens de mim. disse...

A saudade será eterna.

22 de janeiro de 2020 14:09  
Blogger Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Árabe,
Essa é uma perda irreparável e sem consolo.
Vou escrever aqui o que meu amigo
me disse sobre a perda de seu pai:
'Eu chorei, chorei até que
um dia ainda doía muito, mas as lágrimas
já haviam secado.'sa
Então se puder reúna todas
as lembranças e faça como esse
seu belo texto: declare seu amorem todas
as oportunidades.
Abraço de solidariedade
Bjins de 5a feira,
CatiahoAlc./Reflexod'Alma

23 de janeiro de 2020 08:55  
Blogger silvioafonso disse...

Eu gostaria de te dizer qualquer coisa,
meu amigo, mas nessas horas só o silêncio
e as preces confortam.
Um abraço e meus sentimentos.

23 de janeiro de 2020 10:12  
Blogger O Árabe disse...

À direita da mãezinha, Céu; fomos 4, sim; todos homens. E você tem razão: é preciso continuar, sim; a vida segue, mesmo com saudade. Tem razão, também, quanto ao vídeo: foi feito para a mamãe do Roberto Carlos. Obrigado, amiga; bom resto de semana.

23 de janeiro de 2020 15:33  
Blogger O Árabe disse...

Cumpriu, sim, Maria Luzia; e deixou em nós e em muita gente as melhores lembranças possíveis. Sei que todo filho fala isso da mãe; mas ela foi, com certeza, a melhor pessoa que já conheci! Obrigado, amiga; meu abraço, bom resto de semana.

23 de janeiro de 2020 15:37  
Blogger O Árabe disse...

Muito lindo o poema, Ailime! E reconfortante, sim, amiga; agradeço de coração. Obrigado, minha amiga! Bom resto de semana, meu abraço.

23 de janeiro de 2020 15:39  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Saudade: os que amamos, não morrem; apenas partem antes de nós. Ela continua viva, em nossos corações! Obrigado, amiga; meu abraço, bom resto de semana.

23 de janeiro de 2020 15:41  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Majo! Ainda hoje, Almocei com o Jairo; a saudade continua imensa, mas, aos poucos e nos apoiando, vamos superando esses primeiros (e mais difíceis) tempos! Acho que a saudade traz, nas lembranças, um pouco de consolação para si mesma! Meu abraço, amiga; bom resto de semana.

23 de janeiro de 2020 15:44  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Mariazita; lembro-me, ainda, da tua perda mais recente. :( Mas acredito que é bem como eu disse acima, amiga: a própria saudade, paradoxalmente, nos reconforta e ajuda a seguir em frente. Meu abraço agradecido, bom resto de semana.

23 de janeiro de 2020 15:47  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Rosélia: são lugares especiais, que ninguém poderá ocupar. Mas o carinho é sempre bem vindo e nos dá o amparo de que precisamos, para continuar a vida. Obrigado, amiga; meu abraço, bom resto de semana!

23 de janeiro de 2020 15:50  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Amélia! Claro que, na minha idade, já tive algumas perdas muito sentidas... mas esta é especialmente dolorosa. Contudo, sei que ela mesma me ajudará a continuar a caminhada! Meu abraço, amiga; bom resto de semana.

23 de janeiro de 2020 15:52  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Isy! Também acredito que nunca se esquece, amiga; mas a verdade é que precisamos encontrar as forças, sim! Meu abraço, bom resto de semana.

23 de janeiro de 2020 15:53  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Marina! Minha mãe precisou superar a perda de dois filhos e muitas vezes nos disse que o que a sustentou aqui foi o amor pelos dois que ficaram; ela era assim! Obrigado, minha amiga; bom resto de semana, meu abraço.

23 de janeiro de 2020 15:56  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fa! Agradeçamos a Deus, amiga, tê-las deixado conosco por tanto tempo; foram anjos que nos ensinaram os melhores caminhos. Mas como dói a saudade! Meu abraço, bom resto de semana!

23 de janeiro de 2020 15:58  
Blogger O Árabe disse...

Verdade; já está sendo. Mas precisamos seguir, ainda que às vezes nos sintamos às margens de nós mesmos! Obrigado, amiga; boa semana, meu abraço.

23 de janeiro de 2020 16:01  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Cátia: perdas assim não podem ser reparadas. Acredito que o único consolo que podemos encontrar, amiga, seja reviver as boas lembranças que nos deixam os entes queridos! Meu abraço agradecido, bom resto de semana!

23 de janeiro de 2020 16:04  
Blogger O Árabe disse...

Você está certo, Sílvio; mas também nos reconforta a solidariedade dos amigos. E, acredite, a força de vocês tem-me amparado muito, nesta hora! Obrigado, amigo, meu abraço; bom resto de semana!

23 de janeiro de 2020 16:07  
Blogger Roselia Bezerra disse...

🌼🌼🌼

23 de janeiro de 2020 16:33  
Blogger Majo Dutra disse...

Passei para ver como está...
Pela imagem do seu logo, identifiquei-o na foto.
É tempo de recordar, chorar e fazer um luto bem feito para que tudo fique arrumado como deve ser...
Não convém apressar esta fase, são processos naturais.
Desejo-vos bençãos de paz e serenidade.
Abraço, querido Amigo.
~~~~

24 de janeiro de 2020 20:32  
Blogger O Árabe disse...

Desculpe-me pela demora na resposta, Rosélia; só hoje, vi este novo comentário. Grato, amiga, pela solidariedade e pela presença! Meu abraço, boa semana.

28 de janeiro de 2020 11:15  
Blogger O Árabe disse...

Estou bem, Majo, obrigado; só hoje, vi o seu comentário, desculpe-me o atraso. É bem como como você disse: superar o começo de um luto, que vai durar o resto da vida. É preciso! Meu abraço, boa semana.

28 de janeiro de 2020 11:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky