O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

quarta-feira, 30 de abril de 2008

AOS MEUS FILHOS

Coube-me trazer-vos a este mundo.

Nos primeiros passos pela vida, remover as pedras do vosso caminho; e buscar ensinar-vos como remover as pedras que no futuro vos couberem.

Outra não é a função dos pais, pois cada pessoa tem o seu próprio caminho e as suas próprias pedras.

Assim, eis que não posso caminhar por vós. Porque necessitais tropeçar, para que possais aprender a erguer-vos; e sofrer, para que possais conhecer a felicidade.

Pois assim aconteceu e ainda acontece a vosso pai; e antes dele, a todos os pais deste mundo, que um dia foram também filhos.

E esta é a essência da vida, que se renova a cada momento.

É necessário que eu me conforme com a idéia de que não vos posso ter sempre entre os meus braços; de que não vos posso proteger, senão através do que vos possa ensinar.

É necessário que eu não vos veja apenas como partes do meu ser, mas como seres humanos; e, assim, merecedores do riso e do pranto. Que possais ter as vossas próprias alegrias e as vossas próprias tristezas.

Pois não está em meu poder promovê-las ou evitá-las, mas apenas compartilhar de ambas; festejar as vossas vitórias e reconfortar-vos nos fracassos, embora neles chore também o meu coração.

Não sei se vos faço entender o quanto vos amo.

Pode o vento explicar a um botão como é a rosa, quando desabrocha? Ou a borboleta transmitir à crisálida a sensação de voar?

Assim, como poderiam as minhas palavras fazer-vos sentir algo que apenas experimentei ao vos ver nascer?

Sabei, entretanto, que sois parte de mim.

E os vossos risos, como as vossas lágrimas, ecoam em meu coração; e são, muitas vezes, a causa dos meus próprios risos ou das minhas próprias lágrimas.

Acreditai que o meu maior sonho é ver realizados os vossos sonhos; e, assim como tendes as vossas esperanças, sois as minhas esperanças.

Um dia partireis, pois a vida vos reclama; e não é a mim que pertenceis, mas ao mundo e a vós mesmos. Pois ninguém pertence senão a seus próprios pensamentos e anseios.

Todavia, deveis saber que sempre podereis retornar aos meus braços, como jamais vos afastareis do meu coração. Porque não foi unicamente o ser que eu vos dei, mas também o meu amor.

E, assim, não sois apenas os filhos do meu corpo.

Mas do meu verdadeiro Eu.
Trecho do livro "A Sabedoria de Hassan",
cuja terceira edição deverá ser em breve publicada.

63 Comentários:

Anonymous Olhos de Mel disse...

Pois é, Árabe! Ainda que os problemas aconteçam e que cada um tenha sua particularidade em ser e agir, filhos são sempre dádivas do céu. E esse seu texto... é de um carinho enorme, de uma sublime beleza! Uma verdadeira declaração de amor.
Bom fim de semana!
Beijos

3 de maio de 2008 10:15  
Anonymous Katia disse...

Anda-se lado a lado, frente a frente.
Sempre em frente.

3 de maio de 2008 12:12  
Blogger Claudinha disse...

Muito sábio mesmo! Sempre soube que meus filhos não são meus e sim eu deles. Você soube transformar esta sabedoria como ninguém,alías como sempre faz!
Beijo.

4 de maio de 2008 06:41  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Um paz muito grande sinto, sempre, quando aqui venho e bebo as palavras sábias com que nos brinda. Meu desejo é que possamos reter em nossos corações essa sabedoria aqui deixada e com isso possamos ser melhores um pouco.
Agradeço tua estada em meu mundo sempre carinhosa.

Pérolas incandescentes de inspiração, banhadas no rio de lava do meu mundo.

Eärwen

4 de maio de 2008 08:31  
Blogger Carol disse...

Que bonita declaração de amor... Boa semana!

4 de maio de 2008 13:44  
Blogger Vieira Calado disse...

Obrigado pela visita.
Irei passando para ler Hassan.
Um abraço

4 de maio de 2008 16:28  
Blogger C Valente disse...

Saudações amigas e boa semana que agora se inicia

4 de maio de 2008 16:28  
Blogger Menina do Rio disse...

Aos nossos filhos, tudo! E são nossos? Trazemos eles à luz do mundo, ou a luz do mundo à eles e ensinamos a caminhar até que andem por si. E então voarão como as aves em busca se construir seus ninhos...

Um beijo

4 de maio de 2008 17:39  
Blogger FINA FLOR disse...

um beijo de brisa para ti, querido.

MM.

5 de maio de 2008 00:11  
Blogger sp disse...

"não sois apenas os filhos do meu corpo"

assim pensa um pai que é (já foi)um bom filho!

um abraço... peludo!

5 de maio de 2008 09:12  
Blogger su disse...

É algo cíclico que se vai herdando...personalidade, educação, cedências, amor e o próprio EU...viajando nos genes da alma e do sangue.

Bonita reflexão! :)))
Olha, tens um prémio especial lá na Teia. No penúltimo post.

5 de maio de 2008 11:26  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Amigo, lindíssimo o teu texto...
Com sabedoria, tratas os teus filhos como dádivas dos Céus e muito bem!
Que mais eu posso dizer que não tenhas dito no que escreveste... Nada!
Está tudo dito... Parabéns Amigo,
Boa semana... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

5 de maio de 2008 13:09  
Blogger musqueteira disse...

viva arabe... tudo faz parte dum todo. na realidade como poderemos saber qual a cor da felicidade se não se conhecer todos os outros tons do universo?!... as pedras fazem parte de todo e qualquer caminho. eis-nos perante a sabedoria do que nos leva à plenitude;) boa semana.

5 de maio de 2008 14:13  
Blogger literatura disse...

Amigo!
Obrigado pelos comentários que me tem enviado.
Aqui lhe mando a minha opinião: confesso-lhe, gostei muito do poema dedicado aos filhos. E os meus parabéns para os outros que tem publicado.

Felicidades grandes!

5 de maio de 2008 14:22  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

Eu amo esses escritos, sério mesmo.

E sempre disse (e fiz): criei meus filhos para o mundo. Não dá para fazer diferente (embora a gente tenha uma vontade enorme...)

beijos querido, obrigada por dividir. Tenha uma linda semana.

5 de maio de 2008 17:20  
Blogger zm disse...

Como sempre digo:

Os meus filhos são a coisa que fiz mais bem feita.

Todos os dias me surpreendo na magia de os ver crescer sabendo há muito e que desde cedo já são seres independentes e que só o Amor nos aproxima.

Privilégio meu tê-los na minha vida.

Comoi sempre saio daqui de Alma cheia...

Obrigado amigo Árabe

Grande abraço

5 de maio de 2008 19:49  
Blogger O Árabe disse...

São, Olhos de Mel. e, embora não nos pertençam, são também o que existe de mais nosso neste mundo. Boa semana!

6 de maio de 2008 05:11  
Blogger O Árabe disse...

É essencial que se entenda isto, Kátia. Mas, acredite, a nossa vontade é andar sempre à frente dos filhos, abrindo caminhos... ;)

6 de maio de 2008 05:12  
Blogger O Árabe disse...

Claudinha, eu acho que a gente só entende mesmo o que são mãe e pai, depois que temos nossos próprios filhos... :)

6 de maio de 2008 05:13  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Eärwen. É muito bom poder retribuir o carinho que recebo de vocês. :) Boa semana.

6 de maio de 2008 05:14  
Blogger O Árabe disse...

A declaração, Carol, não sei... mas o amor pelos filhos, com certeza é lindo! :) Boa semana.

6 de maio de 2008 05:15  
Blogger O Árabe disse...

É sempr eum prazer, amigo Vieira, visitar o seu templo de belos poemas! Um abraço, boa semana.

6 de maio de 2008 05:16  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Valente, e os votos de uma bela semana!

6 de maio de 2008 05:17  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Verônica! E, entretanto, são o que teremos de mais nosso, durante toda a vida... :) Boa semana.

6 de maio de 2008 05:19  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Mônica! E te desejo uma boa semana.

6 de maio de 2008 05:19  
Blogger O Árabe disse...

SP, amigo, não sei se fui um bom filho, mas ainda hoje agradeço a Deus por meus pais! :) Abraço, boa semana.

6 de maio de 2008 05:22  
Blogger O Árabe disse...

Agradeço de coração, Su, o prêmio e a tua gentileza. Em breve o estarei colocando aqui, e a gratidão já está gravada em mim. :) Boa semana.

6 de maio de 2008 05:25  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fernanda. É um prazer poder trocar idéias e aprender com vocês, que adornam o nosso oásis. Boa semana!

6 de maio de 2008 05:26  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Musqueteira, tudo faz parte de um plano maior. E, ainda que não o entendamos, nele nos encaixamos... sempre! :)Boa semana.

6 de maio de 2008 05:31  
Blogger O Árabe disse...

Noribal, não agradeça: você merece; os seus textos são, realmente, muito bons. Grato pela sua opinião, e uma excelente semana!

6 de maio de 2008 05:33  
Blogger O Árabe disse...

Como sempre você tem toda razão, Tina: dá uma vontade enorme!... :) Boa semana, amiga.

6 de maio de 2008 05:34  
Blogger O Árabe disse...

Belos sentimentos, amigo Zé Manel; eu que te agradeço, por dividi-los. Meu abraço, tenha uma boa semana.

6 de maio de 2008 05:35  
Blogger Whispers in night disse...

Ola querido Árabe!

Acho que os filhos são a metade que nos completa
A luz dos nossos olhos, o motivo para a gente quer fazer sempre o mundo um melhor lugar

Deves ser um pai maravilhoso, parabéns para teus filhos

Desejo que tenhas uma semana completa
Mil beijos
Rachel

6 de maio de 2008 05:53  
Blogger Gerlane disse...

Bela e altruísta forma de perceber a paternidade.

Beijos pra ti!

6 de maio de 2008 11:05  
Blogger Auréola Branca disse...

Em lágrimas.
Desculpe-me...

6 de maio de 2008 16:00  
Blogger osátiro disse...

Texto cheio de Humanismo.
Parabéns.

6 de maio de 2008 16:15  
Blogger margarida já muito desfolhada disse...

o amor em cada palavra, em cada pensamento.

6 de maio de 2008 16:19  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Em meu vôo vim deixar uma pérola de carinho amigo.

Eärwen

7 de maio de 2008 07:10  
Blogger São disse...

A tua sabedoria é enorme!
A minha gratidão por a partilhares connosco, Amigo!
Bem hajas!

7 de maio de 2008 22:45  
Anonymous DO disse...

Parabens,Arabe.Sempre nos fazendo pensar. Muito sabio mesmo este texto. Grande abraço!!

8 de maio de 2008 05:48  
Blogger lua prateada disse...

Pois é Árabe e assim é a vida, tudo de nós lhes damos para que seus sonhos sejam realizados e, um dia partirão tal como nós já fizemos.É o ciclo da vida...
Saboreando com meu olhar
Este imenso rio
Sinto seu cheiro,
Sua grandeza, imensidão
Sua pureza...quando enche ...desvastidão
Mas como é bom saborear com o olhar
Toda esta imensa natureza e
Sua grande beleza.
Vamos todos este fim de semana saboreá-lo e que seja óptimo...
Beijinho prateado
SOL

8 de maio de 2008 14:12  
Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe! Passei pra lhe ver e desejar um bom fim de semana!
Beijos

8 de maio de 2008 20:39  
Blogger Loba, a Keila disse...

A minha mudez reflete a energia que as suas palavras incitam, Árabe.

Belo e profundo texto..

BeijUivooooooooooooossssss da Loba

9 de maio de 2008 05:02  
Anonymous tibeu disse...

╔╔╔─═══─ﻼჱﻼ ¸ .*՞ჱﻍ՞ﻺ՞ﻍჱ՞*.¸ﻼჱﻼ─═══─╗╗╗

Há duas formas para viver a vida:)
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas
as coisas são um milagre.
Beijinhos
TiBéu
Bom fim de semana

╚╚╚─═══─ﻼჱﻼ ¸ .*՞ჱﻍ՞ﻺ՞ﻍჱ՞*.¸ﻼჱﻼ─═══─╝╝╝

9 de maio de 2008 07:22  
Blogger Margarida disse...

passo para desejar um optimo fim de semana...
beijinho

9 de maio de 2008 08:12  
Blogger O Árabe disse...

Maravilhoso, Rachel? Não sei se algum de nós poderia sê-lo. Entretanto, é certo que os amo muito! :) Boa semana, amiga.

12 de maio de 2008 05:13  
Blogger O Árabe disse...

Gerlane, é difícil sermos altruístas com relação aos filhos... exatamente por querermos sempre o melhor para eles! :) Boa semana.

12 de maio de 2008 05:14  
Blogger O Árabe disse...

Nada a desculpar, Auréola... apenas, esperar que logo sequem! :) Boa semana.

12 de maio de 2008 05:16  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Sátiro. E o ue pode haver de mais humano que o amor aos filhos, não? :) Boa semana.

12 de maio de 2008 05:17  
Blogger O Árabe disse...

Não poderia ser diferente, Margarida... em se tratando dos filhos. :)

12 de maio de 2008 08:07  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Eärwen. Feliz retorno ao teu belo mundo! :)

12 de maio de 2008 08:08  
Blogger O Árabe disse...

Eu agraço, São, A sabedoria não está em quem fala, mas naqueles que sabem ouvir. :) Boa semana.

12 de maio de 2008 08:09  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Do. Também sinto isto, ao ver os textos do Ramsés. Abração, amigo.

12 de maio de 2008 08:10  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amiga Sol. Desejo-te uma semana cheia de alegrias!

12 de maio de 2008 08:10  
Blogger O Árabe disse...

Grato Olhos de Mel. Que Deus te conceda uma ótima semana, junto aos teus!

12 de maio de 2008 08:11  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Keila. E que a tua energia se torne cada vez mais forte!

12 de maio de 2008 08:12  
Blogger O Árabe disse...

Bela reflexão, Tibeu! E que bela seja a tua semana.

12 de maio de 2008 08:14  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Margarida. Desejo-te uma semana plena de alegrias.

12 de maio de 2008 08:14  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Árabe
Um texto filosófico que diz tudo quando diz: cada pessoa tem o seu próprio caminho e as suas próprias pedras.
O importante para aqueles que amamos é sentirem a certeza do nosso amor.
É saberem que nas angústias dos passos incertos há alguém que os aceita incondicionalmente tal como são.
Abraço

13 de maio de 2008 11:25  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Lídia: a sensação de ser amado traz novas forças ao coração humano. Sempre!

13 de maio de 2008 13:26  
Blogger Benó disse...

Amor e compreensão é o que nunca deverá faltar aos nossos filhos. Com estas armas estarão escudados para todas as conquistas.
Parabéns aos seus rebentos.
Um bom fim de semana!

16 de maio de 2008 14:47  
Blogger O Árabe disse...

Certíssima estás, amiga Benó! Estas são as melhores armas que lhes podemos legar, para as batalhas da vida. :)

16 de maio de 2008 20:23  
Blogger batista disse...

Peço tua permissão para, eventualmente, divulgar, no todo ou em parte, textos do teu blog, na Rádio Comunitária Utopia, Distrito Federal, Brasil (www.utopia.dissonante.org). - Sem jamais esquecer de citar a fonte, é claro!!!

Um abraço fraterno.

26 de julho de 2008 13:32  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky