O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

domingo, 23 de março de 2008

A CANÇÃO DA HUMILDADE

Milhões de seres humanos existem sobre a Terra.


E por que haveria eu de julgar-me melhor que qualquer um deles?

Acaso não temos a mesma essência, não somos filhos do mesmo Pai? E não possui cada um de nós um verdadeiro Eu?

Que eu seja como o junco, que não afronta o vento, mas antes lhe cede a passagem; pois o carvalho, que julga poder detê-lo, muitas vezes tomba durante a desnecessária luta.

Que a humildade não se afaste de meu coração, pois a presunção leva à prepotência e na sua origem está a dúvida do próprio valor; o que menospreza os outros é aquele que não tem certeza da própria serventia.

Que os meus lábios se calem, antes de proferir palavras que humilhem os meus irmãos. Pois aquele que ao seu redor semeia ofensas, acabará por colher a solidão.

Que jamais venha eu a fazer mau juízo de alguém, porque cada homem projeta nos outros o que julga de si mesmo. E que os meus pés não pisem sobre os meus irmãos, mas apenas sobre os seus sofrimentos.

Eis que não desejo a pompa e a glória terrenas, pois as suas fanfarras ensurdecem os ouvidos humanos para as verdades da vida. Mas, se ao topo me conduzir o destino, que possa eu continuar amigo dos meus amigos e coerente com as minhas verdades.

Que jamais se turve a minha alma, na mentirosa embriaguez do poder. Pois somos o que somos, não o que julgamos possuir.

Será maior, perante o Pai, o filho que de mais posses desfruta? E o que fará de suas terras, do seu dinheiro e de todos os seus bens, durante a Grande Viagem?

E será, acaso, mais feliz aquele que se acostuma a mandar? O que fará, quando ninguém mais houver para obedecer às suas ordens?

Infeliz daquele que dedica as suas forças a semear aparências de poder, que se desfarão nas águas do tempo.

Pois as verdadeiras sementes são eternas, desde o início do homem sobre o mundo. E, na sua aparente simplicidade, sobrevivem a todos os tiranos que um dia se julgaram deuses.

Por isto, que eu possa eu plantar sempre ao meu redor:
- o amor
- a amizade
- a tolerância
- a compreensão.

Que sejam as minhas palavras como a brisa que retempera, não como o furacão que destrói.

Que persista em mim o respeito aos meus irmãos, para que deles eu obtenha o respeito. E não o temor, que é apenas o ódio sob a máscara do medo.

E que em mim sempre exista a humildade.

Pois é ela o caminho para a verdadeira grandeza.


Trecho do livro "A Sabedoria de Hasssan".
Imagem de Pedro Gomes, no site 1000 imagens.

58 Comentários:

Blogger zé manel disse...

Afinal tão simples!

E o mundo seria então paraíso.
E nós saberiamos a felicidade e não efémeros momentos que afinal ilusão.

24 de março de 2008 03:14  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

Realmente é o caminho, pena que tantas pessoas passem direto por ele.

Lindo texto, como sempre.

beijos e boa semana,

24 de março de 2008 13:49  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido amigo, fiquei extremamente sensibilizada com o lindo texto que acabei de ler... Belísimo;
Simplesmente adorei... Se a maioria das pessoas fossem assim, que mundo melhor!
Amigo muitos beijinhos de carinho,
Fernandinha

24 de março de 2008 15:02  
Blogger zé manel disse...

Obrigado pela visita.
Volte.
As suas palavras ali têm efeito garantido.
Obrigado.

volto, claro!

24 de março de 2008 15:38  
Blogger ♥M@cellY♥ disse...

Olá querido...
Adorei seu post... acho que ele traz a frase que pode mudar o mundo: "Que persista em mim o respeito aos meus irmãos". Acho que o respeito é a chave de tudo... do sucesso que um dia, crio eu, chegará a existir.

Beijo grande.

24 de março de 2008 18:33  
Blogger Incongruente disse...

"What a wonderful world...."

Maravilhoso texto e aprazível momento de aqui pousar.Sempre.

24 de março de 2008 21:16  
Blogger FINA FLOR disse...

bela escolha =]

Que eu seja como o junco, que não afronta o vento, mas antes lhe cede a passagem; pois o carvalho, que julga poder detê-lo, muitas vezes tomba durante a desnecessária luta.

[que assim seja]

beijos e boa semana, querido

MM.

24 de março de 2008 22:56  
Anonymous DO disse...

Nada mais oportuno pra hj ,sabia??

obrigado pelo ,post.

Abracao e otima semana

25 de março de 2008 06:01  
Blogger Perla disse...

Belíssimo texto!
Voltarei para ler mais.

Bj

25 de março de 2008 14:14  
Blogger burro disse...

não há dúvida de que aqui transcreves pensamentos maravilhosos. quando irás oferecer-nos palavras tuas? se te apetecer, claro.
um abraço.

25 de março de 2008 14:49  
Blogger Menina do Rio disse...

"Que jamais se turve a minha alma, na mentirosa embriaguez do poder. Pois somos o que somos, não o que julgamos possuir".

E o que somos é essência do amor divino!

Belissimo texto!

Um beijo

25 de março de 2008 15:56  
Blogger musqueteira disse...

hulmidade...a grande virtude do Ser! é um exercício nobre da nossa existência.

26 de março de 2008 02:04  
Blogger São disse...

Que possa ser ouvida em coro, entoada por todos os seres humanos, esta Canção da Humildade a transbordar de sabedoria!!
Bem hajas, Mestre...

26 de março de 2008 02:54  
Blogger Vieira Calado disse...

A vida é assim.
Poderia ser muito melhor se não fossem umas ovelhas ranhosas que por aí andam.

E pior: que por vezes mandam nisto tudo.
Um abraço.

26 de março de 2008 06:09  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, amigo Zé Manel... afinal, de nós a felicidade depende! :)

26 de março de 2008 06:52  
Blogger O Árabe disse...

É realmente o caminho, Tina! E obrigado pela gentileza, amiga! :) Boa semana.

26 de março de 2008 07:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fernanda. E é a pura verdade: sempre podemos fazer um mundo melhor. Boa semana.

26 de março de 2008 07:04  
Blogger O Árabe disse...

E eu também voltando, Zé Manel... mas acho que vc já percebeu! :)

26 de março de 2008 07:05  
Blogger O Árabe disse...

Precisamos acreditar nisto, não é, Celly? ;)

26 de março de 2008 07:06  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Incongruente. E, sim... este é um mundo maravilhoso. Ou poderia ser. ;)

26 de março de 2008 07:07  
Blogger O Árabe disse...

Assim precisa ser, não é, Mônica? :) Boa semana, amiga.

26 de março de 2008 07:07  
Blogger O Árabe disse...

DO, amigo, eu não sabia... mas fico feliz que assim tenha sido! :) Grande abraço.

26 de março de 2008 07:08  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Perla, e volte sim... o oásis é nosso!

26 de março de 2008 07:09  
Blogger O Árabe disse...

Já o faço, caro burro. Todos os textos aqui publicados saíram da nossa lavra. Os livros, inclusive. Grato, portanto, pelo "maravilhosos". :) Grande abraço.

26 de março de 2008 07:11  
Blogger O Árabe disse...

E belo raciocínio, Verônica! Se mais atentássemos à consciência, mais ouviríamos a Voz do Universo em nós.

26 de março de 2008 07:12  
Blogger O Árabe disse...

Musqueteira, talvez o mais nobre... o aprendizado da humildade, com certeza, é um dos mais difíceis. :)

26 de março de 2008 07:14  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, São. E grato pela amizade, que te leva a bondosamente chamar-me mestre... :)

26 de março de 2008 07:15  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, amigo Vieira. Mas o tempo a tudo coloca no seu devido lugar... eis que todos eles se perdem na noite da história. Grande abraço.

26 de março de 2008 07:16  
Anonymous carla granja disse...

ola amigo! ainda ha muitas pessoas k precisavam de ler este texto pois ainda falta muita humildade no coracao das pessoas.. se quiseres passa por ca
bjo carla granja

26 de março de 2008 08:21  
Blogger C Valente disse...

Saudações amigas

26 de março de 2008 13:55  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Árabe
A humildade, a verdaeira humildade, é a verdadeira grandeza do ser.

Só as pessoas frustradas exibem poder e arrogância e se mostram orgulhosas e inflexíveis.

Esta reflexão que aqui tens é de excelência como todas as que costumas publicar.

Um abraço apertado

26 de março de 2008 15:48  
Anonymous Katia disse...

Não há motivo para julgamentos quando não estamos aptos a fazê-los.

Consinto.
Sinto com.

26 de março de 2008 19:57  
Blogger Marta disse...

Olá Árabe :)
Antes de mais agradeço o seu comentário.

A canção da humildade...
Uma canção que devia estar nos lábios de cada um.
É um dos valores que mais aprecio, e colocou uma questão " se somos filhos do mesmo Pai, e temos tantos irmãos, porque nos achamos superiores ?"

Gostei bastante.
Beijinhs

27 de março de 2008 09:27  
Blogger LuzdeLua disse...

Que eu seja como o junco, que não afronta o vento, mas antes lhe cede a passagem; pois o carvalho, que julga poder detê-lo, muitas vezes tomba durante a desnecessária luta.

Texto belíssimo amigo, como todos. Deixo-te um abraço amigo e levo a certeza de ter aprendido aqui um pouquinho mais.
Bjs

27 de março de 2008 12:30  
Blogger Gerlane disse...

Humildade,virtude raramente encontrada, mas essencial no ser humano, nas relações humanas.

Beijos pra ti!

27 de março de 2008 13:04  
Blogger lua prateada disse...

Adorei ...é tão fácil ser feliz e viver num mundo bom e porque tem de ser assim?...
Se um dia precisares de silêncio para pensar em alguem,lembra-te que em silêncio,alguem pensa em ti...
Que teu fim de semana luminoso, lindo e brilhe para ti!...
Beijinho prateado com carinho
SOL

27 de março de 2008 17:05  
Blogger burro disse...

como vês sou mesmo burro. não tinha percebido. obrigado.
abraço

27 de março de 2008 20:14  
Blogger burro disse...

e parabéns...

27 de março de 2008 20:16  
Anonymous Bia disse...

Meu querido, muito grata pelos comentários tão delicados que sempre deixas no meu espaço. Acredite, fica sempre um raio de luz quando me visitas.

Tuas mensagens, confesso, muito mais do que comentá-las, apraz-me 'senti-las'. Leio com atenção cada palavra, cada frase, deixando-as se aninharem na minha alma como sementes que eu sei, germinarão no tempo certo.

Deixo-te sorrisos e pétalas para enfeitar teu final de semana, que desejo seja de muita paz, alegria e amor.

28 de março de 2008 14:12  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Carla... sempre precisamos dela! :)

28 de março de 2008 17:49  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Valente. De coração retribuo!

28 de março de 2008 17:49  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lídia. E estamos de acordo: crescemos, sim, na humildade. Sempre.

28 de março de 2008 17:50  
Blogger O Árabe disse...

É isso, Kátia. E quase nunca o estamos... :)

28 de março de 2008 17:51  
Blogger O Árabe disse...

É essa a pergunta, Marta: por que tantos se julgam superiores a tantos? ;)

28 de março de 2008 17:52  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Luz, mas acredita: a verdade é que aprendemos todos juntos... ;)

28 de março de 2008 17:53  
Blogger O Árabe disse...

De coração, Sol, retribuo os teus votos!

28 de março de 2008 17:54  
Blogger O Árabe disse...

Par aser sincero, burro, não concordo com o primeiro comentário. E agradeço o segundo! :) Grande abraço

28 de março de 2008 17:55  
Blogger O Árabe disse...

Comentário profundo Gerlane. E, infelizmente, verdadeiro. Como essa virtude faz falta ao nosso mundo!... :(

28 de março de 2008 17:57  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bia, pelas pétalas de gtentileza e amizade com que enfeitas o nosso oásis.

28 de março de 2008 17:58  
Blogger Divinius disse...

Sempre com grandes pensamentos tu.
Abraço grande:)

28 de março de 2008 18:04  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá amigo, bom fim de semana... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

29 de março de 2008 06:41  
Blogger São disse...

Vim só deixar um abraço de feliz fim de semana, caríssimo.

29 de março de 2008 13:49  
Anonymous cõllybry disse...

Humildade tão escassa, nos dias de hoje...

Texto rixo para refletir...

Doce beijo

29 de março de 2008 15:49  
Blogger O Árabe disse...

Bom ver você por aqui, amigo Divinius. :) Grande abraço!

31 de março de 2008 05:57  
Blogger O Árabe disse...

Obrtigado, Fernanda. Boa semana!

31 de março de 2008 05:57  
Blogger O Árabe disse...

Gratíssimo, São. Grande abraço.

31 de março de 2008 05:58  
Blogger O Árabe disse...

Infelizmente, Collybry... e tanto precisamos dela! Boa semana, amiga.

31 de março de 2008 05:59  
Blogger Verônica Martinelli disse...

Lindo!
Tudo o que qualquer um precisa esta contido neste trecho!
Tudo o que um ser humano precisa cultivar!
HUMILDADE! AMOR!AMIZADE!

'Pois as verdadeiras sementes são eternas'

pois ninguém é melhor que ninguém, sob o céu todos somos um!

Beijos:)

4 de abril de 2008 18:29  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky