O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

terça-feira, 3 de junho de 2008

O APRENDIZADO DA VIDA

Não podemos dominar a vida, mas precisamos aprender a viver.

Como não dominamos o mar, mas aprendemos a respeitar as suas leis, para que possamos desfrutar das suas ondas.

Costumamos pensar que podemos controlar a nossa vida, e este é o primeiro erro que cometemos. Porque a vida, como o mar, tem as suas próprias leis e as suas ondas imprevistas.

Mas não é este, afinal, o seu maior encanto? O deserto não seria de uma monotonia atroz, se o sopro do vento não modificasse a cada dia as suas dunas? E como seriam as nossas vidas, sem os imprevistos que o destino nos traz?

Muitas vezes nos entregamos à revolta, quando a vida modifica os nossos planos. Entretanto, é nas dificuldades que mais aprendemos; se enfrentarmos a luta, a amarga preocupação de hoje trará o doce sabor da vitória de amanhã.

Em cada ser humano, existe a força de que necessita. E existem, também, as fraquezas que precisa vencer, para atingir a plenitude dessa força.

Dizem os pessimistas que a felicidade não existe; e, ao dizê-lo, esquecem de todos os momentos em que a receberam em seus corações.

E dizem os otimistas que a felicidade pode ser eterna. Esquecem que a felicidade é um estado de espírito, como a alegria e o amor; esperar que seja perene, é como acreditar que o vento possa soprar sempre na mesma direção.

A verdade é que nenhum de nós sente as mesmas emoções, todos os dias. O nosso Eu maior é livre, como a Força que o criou. E, assim como aprendemos a direcionar o vento, para que mova os nossos moinhos, precisamos direcionar a nós mesmos, para que mais rapidamente possamos atingir o fim do caminho.

Direcionar o nosso Eu, não é restringir a sua liberdade: é, antes, conceder-lhe uma liberdade maior, integrando-o ao infinito do Universo. É da responsabilidade plena, que deriva a plena Liberdade; e ninguém pode atingi-la sem o Conhecimento.

Nenhum homem será realmente livre, enquanto aos seus ouvidos ressoarem os grilhões de outrem. Como nenhuma gota do mar será inteiramente pura, enquanto existir a água poluída ao seu redor.

Entretanto, é pela purificação de uma gota que se inicia a purificação do mar. E pelo brilho da primeira estrela que se anuncia o belo espetáculo das constelações, reluzindo no céu noturno. Como é o primeiro raio de sol que afasta o escuro da noite, e traz o esplendor de um novo dia.

Juntos, executamos a Sinfonia. E o Maestro não descansará, enquanto as notas não estiverem perfeitas. Entretanto, não é Ele quem afinará os nossos instrumentos; nem tomará das nossas mãos, para obrigar-nos a extrair os acordes corretos. Ou não seríamos músicos, mas escravos; cada músico precisa tocar por si mesmo, para que seja plena a melodia.

É por isto, que não podemos dominar o que chamamos de vida: cada um de nossos momentos, cada uma de nossas caminhadas sobre a terra, não passa de um novo ensaio, para que possamos executar a Sinfonia do Universo.

A Sinfonia da Vida.

80 Comentários:

Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Árabe, lindíssimo texto... Quantas verdades!!! Adorei ler meu querido... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

4 de junho de 2008 06:42  
Anonymous MoonLight disse...

E que sinfonia!
Belíssima... Seja de que forma for.
Obrigado por mais uma partilha.
Bjs de Luz*

4 de junho de 2008 08:18  
Blogger ♥M@cellY♥ disse...

OOoo coisa dificil isso de aprender a viver não?
Não é a toa que é o nome do meu blog... é o meu maior desafio, acho...
Mas...
To sumida né?rss
Estou terminando monografia pra apresentar já esse mes... to doidinha, vc nem imagina.. rsr

Bjão!

4 de junho de 2008 08:50  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Querido Amigo,

As belas palavras aqui expressadas encheram meu coração de uma paz enorme. É tão bom quando o Eterno nos proporciona uma resposta de forma tão rápida, e, felizmente pelas mãos de uma pessoa que admiro pela alma que tem.
Nossa jornada por este orbe é bastante desafiadora, pois ela sempre vem de encontro ao que precisamos aprender para nos equilibrarmos e a cada uma delas vamos nos tornando um pouco melhor. No final vamos conseguir a missão maior que é nos tornarmos melhores, executando assim a Sinfonia do Universo. Agradeço mais uma vez a partilha.
Meu mundo se alegra com tua estada nele.

Pérolas incandescentes de sabedoria e luz, banhadas no rio de lava do meu mundo.

Carinhosamente

Eärwen

4 de junho de 2008 11:49  
Anonymous DO disse...

E tem gente que ainda insiste em querer ter seus pasos sob controle. Como se isto fosse possivel.
belissimo o texto,ARABE.
Grande abraço!!

4 de junho de 2008 12:50  
Anonymous KI disse...

A vida é um carrossel.
É sempre fantástico encontrar a paz por aqui.
Obrigada.

Abraço :)

4 de junho de 2008 13:55  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

..."e cada músico precisa tocar por si mesmo, para que seja plena a melodia." A vida é assim.

Eu vivo teus escritos. E agradeço por dividir.

beijo grande querido,

4 de junho de 2008 18:53  
Blogger Loba, a Keila disse...

Esse post deliciosamente mostrado aqui parece reverenciar a Mãe Terra, que tem hoje o seu dia mundial, maigo Árabe.

Gosto de pensar que um dia haveremos de internalizar ao menos metade das coisas lindas que escreves aqui. Do contrário, que sentido tem essa vida?

BeijUivooooooooooooossssssss da Loba

5 de junho de 2008 10:58  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe, só vir aqui, já é participar, efetivamente, dessa bela sinfonia da vida. É preencher a alma com uma sinfonia que cada nota nos leva a refletir e ao mesmo tempo sonhar. Assim, vamos construindo uma só harmonia e no fim, perceberemos, o som maravilhoso dessa linda sinfonia se espalhar pelo universo.
Eu não agradeço por partilhar, porque sei que todo aquele que faz essa doação, não espera agradecimento, mas acolhimento das palavras. Eu agradeço a Deus, pela oportunidade de fazer parte dessa mesma estrada, e assim, poder beber dessa fonte e me encantar com tão belas palavras. Bom fim de semana! Beijos

5 de junho de 2008 12:31  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fernanda. Mas só reconhece as verdades quem já as tem em si, não é mesmo? :)

5 de junho de 2008 12:38  
Blogger O Árabe disse...

Realmente, Moonlight, a Sinfonia caminha para a perfeição... como perfeito é o Maestro. :) Obrigado a você, amiga.

5 de junho de 2008 12:40  
Blogger O Árabe disse...

Celly, acho que você vai tirar de letra todos os seus desafios. A monografia, inclusive. :)

5 de junho de 2008 12:40  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Eärwen, pelo belo comentário. E acredita: a alegria é recíproca. :)

5 de junho de 2008 12:42  
Blogger O Árabe disse...

Só a presunção nos pode levar a isso, DO. Em nossas mãos não está a direção do vento, apenas o arranjo das velas... :) Abraço, amigo.

5 de junho de 2008 12:44  
Blogger O Árabe disse...

Ki, eu agradeço... e concordo sobre o carossel. :) Volte sempre, o oásis é nosso.

5 de junho de 2008 12:46  
Blogger O Árabe disse...

Eu apenas divido Tina. E sou grato a você, amiga, que multiplica as gentilezas. :)

5 de junho de 2008 12:47  
Blogger O Árabe disse...

Essa imagem é realmente linda, não, Keila? E creio que todos internalizamos um pouco, todos os dias... é o sentido da vida, sim. :)

5 de junho de 2008 12:49  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel, embora eu não me considere a fonte, mas apenas o leito por onde fugidias correm as águas. :) Boa semana.

5 de junho de 2008 12:51  
Blogger Carol disse...

Que texto tão bonito... Como sempre! Beijinhos e desculpa as longas ausências.

5 de junho de 2008 12:55  
Blogger pentelho real disse...

"otimistas" ...

ó caríssimo árabe o novo acordo ortográfico já está a vigorar? :)

5 de junho de 2008 15:50  
Blogger pentelho real disse...

árabe,
maravilhosas as coisas que escreveis mas difíceis de seguir ou alcançar pois somes seres fracos e imperfeitos.

5 de junho de 2008 15:58  
Anonymous Beatriz disse...

Confesso, amigo, que ao terminar de ler as tuas postagens a única vontade que sinto é de fechar os olhos e ficar quietinha absorvendo toda a beleza e verdade ali contidas. E depois, de sair devagarinho, continuando a sentir a deliciosa sensação de ter aprendido uma valiosa lição.

No entanto, não ouso fazê-lo, pois registrar a minha passagem por aqui é a única forma de agradecer pela preciosidade dos ensinamentos que nos transmites. Não existe uma só vez que tenha saído daqui sem levar um tesouro precioso no coração. Grata por isso, amigo querido!

Deixo-te sorrisos, flores e estrelas, no desejo de que mimosos anjos estejam sempre ao teu lado, dizendo 'amém' a todo o teu sonhar.

5 de junho de 2008 20:08  
Blogger lua prateada disse...

É verdade amigo e sem lutas não há vitórias, só é preciso termos forças para ir enfrente, mas isso por mais dificil que seja , um dia ou outro as ganhamos e lá subimos para outro barco rumo ao desconhecido...

Na brisa suave do vento
E, tudo o que dele emana,
Passei atravez do tempo
Deixando lindo fim de semana.
Beijinho prateado com carinho

SOL

6 de junho de 2008 05:06  
Blogger São disse...

A sinfonia de minha vida fica sempre mais harmoniosa quando me ofereces a tua sabedoria: obrigada, Amigo!
Feliz fim de semana.

6 de junho de 2008 12:13  
Blogger Claudinha disse...

Uma sinfonia belíssima esta que nos propõe. Na vida temos que seguir as regras da natureza, o mar tem as suas, o vento também e assim por diante. Por isto, eu prefiro observar de longe, respeitando a natureza, mas vivendo conforme as minhas leis...
Lindo texto, um beijo!

6 de junho de 2008 19:41  
Blogger EDUARDO disse...

Obrigado por estas linhas de elevada sabedoria amigo!
Forte abraço do

paradoxos

6 de junho de 2008 23:40  
Blogger Perla disse...

Sempre maravilhosos e verdadeiros, os seus textos. Neles se aprende e se confirma o que se já se pensava ser assim!

Bom fim de semana

7 de junho de 2008 07:55  
Blogger Turka disse...

belas palabras...me he quedado con un dulce sabor y con ganas de mas...



gracias....besitos

7 de junho de 2008 12:53  
Blogger Menina do Rio disse...

É...a vida tem suas próprias leis!
Um beijo

7 de junho de 2008 16:05  
Anonymous DO disse...

Oi,ARABE.

Passando pra agradecer e avisar que vc é o PAPIRO AMIGO de hj por la.

Abraços e otimo domingo!!

8 de junho de 2008 02:59  
Blogger su disse...

Nós gostamos de fazer as leis, as nossas leis, à nossa imagem e medida. Uma ajuda dissimulada para desculpar as pretensões de controle e de pseudo segurança num mundo natural que sabemos ser muito mais do que nós próprios.
Andamos em pontas de equilíbrio durante várias fases do próprio dia...e direccionamos ou tentamos controlar as passagens das horas nesse dia do modo que nós queremos...sendo à volta do EU.

Grandes verdades! Que nós até sabemos mas por vezes não conseguimos contornar.
Beijinhos.

8 de junho de 2008 09:00  
Blogger mundo azul disse...

...sim! Toda a mudança que sonhamos, deve começar em nós mesmos...Se afinarmos bem o nosso instrumento, teremos chance, de que os ouvidos ao nosso lado, também procurem afinar o seu...
Bela mensagem em seu texto!
Beijos de luz e uma semana feliz...

8 de junho de 2008 15:13  
Blogger O Árabe disse...

Esqueça as ausências, Carol... a presença é bem mais agradável.:) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:25  
Blogger O Árabe disse...

Ainda não, princesa... mas aqui no Brasil, esta é a grafia; não temos as consoantes mudas. :) E somos imperfeitos, sim... mas o segredo está em tentar. E, por falar nisto, como foi a tua volta ao palácio? :)

9 de junho de 2008 05:29  
Blogger O Árabe disse...

Beatriz, na verdade eu é que devo ser grato a todos vcs, pela gentileza e carinho que me incentivam a continuar o nosso oásis. Boa semana!

9 de junho de 2008 05:31  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Sol: devemos tentar sempre. Um dia conseguiremos... e vale a pena! :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:32  
Blogger O Árabe disse...

A sabedoria está em ti, cara São: as palvras apenas a fazem despertar, acredita! :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:33  
Blogger O Árabe disse...

É uma bela maneira, Claudinha, de participar da sinfonia! :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:34  
Blogger O Árabe disse...

Grande abraço, Eduardo... e obrigado pela generosidade, amigo! :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:35  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Perla... nada mais fazemos senão pronunciar as palavras que estão em todos nós. :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:36  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Turka, e volte sempre... o oásis é nosso! :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:37  
Blogger O Árabe disse...

Tem, Verônica... e segui-las é a única forma de aprendermos com ela. :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:38  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, DO! Sou eu a agradecer a sua gentileza e amizade. Boa semana!

9 de junho de 2008 05:39  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Su! E acredite... um dia, o conseguiremos! :) Boa semana.

9 de junho de 2008 05:40  
Blogger Menina do Rio disse...

Querido amigo Arabe, vim te soprar um beijo de boa semana

9 de junho de 2008 12:29  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Verônica. Boa semana, amiga! :)

9 de junho de 2008 13:13  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Zélia. E só assim estará completa a nossa sinfonia! :) Boa semana.

9 de junho de 2008 13:14  
Blogger Auréola Branca disse...

Pois é, meu amigo. Concordo contigo!
E, ao mer sobre o mar, lembrei-me certa vez (eu e minhas estórias!) de quando tentei desafiar uma onda imensa, dizendo que ela não seria maior que minha coragem. Bom, a minha coragem me superou, mas o mar quase me matou. Talvez, não devesse enfrentar a vida, mas deixar, mesmo, que ela me conduza, calmamente pelos seus caminhos.

Adorei ler-te!
Abraços.

9 de junho de 2008 18:52  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

e a vida segue sem dominação, mas com amor e alegria.
dias lindos querido poeta
beijos

9 de junho de 2008 18:55  
Blogger pentelho real disse...

árabe amigo, obrigado por perguntares, mas as coisas pelo palácio não vão muito bem.
um beijo

9 de junho de 2008 19:37  
Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe! Passei pra lhe ver e deixei beijinhos...

10 de junho de 2008 06:16  
Blogger LuzdeLua disse...

Sou como uma grande àrvore e meus amigos, minhas folhas acumuladas e juntas, que amenizam as tempestades da minha vida, de perto ou distantes.
E ainda há aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparece novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que me deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam o nosso caminho.
Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Em gratidão pela força e ajuda, estou chegando e superando mais uma batalha desta que é a minha vida.
Obrigada sempre por estar por perto.
Um beijo grande em teu coração.

"Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós".

10 de junho de 2008 08:33  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá amigo, passei para te deixar beijinhos de carinho,
Fernandinha

10 de junho de 2008 09:45  
Anonymous cõllybry disse...

A vida é um apredizado constante nesta viagem, que delicado texto...adorei ler

Bjcas

10 de junho de 2008 10:06  
Blogger Benó disse...

Como sempre, bons ensinamentos nesta Sinfonia da Vida.Não dominamos o mar e não dominamos nada; não há ninguém livre por completo e tantos outros ensinamentos que aquí podemos encontrar.
É bom lê-los.
DEIXO-TE UM GRANDE ABRAÇO.

10 de junho de 2008 12:17  
Blogger O Árabe disse...

Auréola, é como na oração: força para mudar as coisas que podemos, resignação para aceitar as que não podemos... e sabedoria para diferenciá-las :) Mas sempre vale a pena tentar!

10 de junho de 2008 14:22  
Blogger O Árabe disse...

Grande alegria em vê-la de volta, Clarinha. Ms você sabe disso não é? :)

10 de junho de 2008 14:22  
Blogger O Árabe disse...

Vão melhorar, princesa, com certeza! Mas irei tomar melhor conhecimento do assunto, se me permitires... :)

10 de junho de 2008 14:23  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. Boa semana!

10 de junho de 2008 14:24  
Blogger O Árabe disse...

Luz, amiga, prazer em vê-la de volta. A luz sempre encontra o seu caminho entre as nuvens! :)

10 de junho de 2008 14:25  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fernanda. Boa semana, amiga!

10 de junho de 2008 14:25  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Collybry. Mas delicada, mesmo, é a tua amizade... :) Boa semana.

10 de junho de 2008 14:26  
Blogger O Árabe disse...

E é bom, amiga Benó, poder contar com a tua companhia. Boa semana!

10 de junho de 2008 14:27  
Blogger Carla disse...

adorei ler esta Sinfonia da Vida...e tens tanta razãpo no que dizes! Nunca o nosso sentir é igual, mas é verdade que temos uma força desconhecida dentro de nós que aparece em força sempre que é preciso
gostei muito de te ler
beijos

11 de junho de 2008 08:08  
Anonymous Beatriz disse...

Passando pra desejar-te uma noite de lindos sonhos, amigo! Deixo sorrisos e estrelas no teu caminhar!

11 de junho de 2008 19:34  
Blogger Defensor disse...

Salve,
Como dizia o Rei: "É preciso saber viver..."
Belo post, mas isso não é novidade!
Abraços, bom fds

13 de junho de 2008 04:45  
Blogger mundo azul disse...

Que pena não ter um novo post...
Beijos de luz e muita alegria no seu coração!!!

13 de junho de 2008 05:18  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Venho deixar um carinho amigo nas pérolas incandescentes entrego em tuas mãos.

Eärwen

13 de junho de 2008 15:10  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Carla! Volta sempre, o oásis é nosso. :)

13 de junho de 2008 18:52  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amiga Beatriz. Desejo que as estrelas iluminem o teu caminho, e que nele muitas venturas estejam.

13 de junho de 2008 18:53  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Defensor. É sempre um prazer contar contigo aqui no oásis.

13 de junho de 2008 18:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Zélia, pelo gentil interesse... e já temos o novo texto. :) Desculpa-me o atraso, sim?

13 de junho de 2008 18:57  
Blogger O Árabe disse...

Garto, Eärwen, por tua presença e amizade.

13 de junho de 2008 18:57  
Anonymous poetaporkedeusker disse...

Olá amigo Árabe. Perdoa a minha intromissão no teu espaço, mas tenho, algures,publicado no meu blog, um soneto clássico que se chama exactamente assim. Vim aqui parar "por acaso" e gostei muito dos teus posts.
Que as tuas velas recebam sempre bons ventos!

15 de junho de 2008 13:08  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Poeta. Pena que não deixaste o endereço, para que eu possa conhecer o teu espaço. Um abraço, boa semana.

16 de junho de 2008 09:56  
Blogger musqueteira disse...

viva árabe...é isso! estou de velas aprontadas para o vento. que ele sopre... sopre com a boa força de me fazer chegar ao porto pretendido:) boa semana!

16 de junho de 2008 10:26  
Blogger O Árabe disse...

Boa semana, amiga Musqueteira... e boa viagem! :)

17 de junho de 2008 13:54  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Deixo uma pérola incandescente de boas energias para uma semana de luz.

Eärwen

23 de junho de 2008 20:35  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Eärwen... que a felicidade preencha a tua semana! :)

1 de julho de 2008 13:10  
Blogger paulo disse...

bom dia,

Que pedra preciosa voce tem escrita ai, voce nao imagina o quanto estas palavras me tocaram, gostaria de lhe desejar um fim de semana um abraco e muita luz

10 de setembro de 2010 02:24  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky