O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

domingo, 12 de outubro de 2008

PARTICIPAÇÃO DO CO-AUTOR

- Quem é Hassan?
- Onde ele vive?
- Como ele é?

Muitas pessoas me fazem estas perguntas, depois da leitura dos meus livros. E outra, ainda mais difícil de responder:

- Ele existe de verdade?

Para ser sincero, só posso responder que não sei. Por algum tempo, pensei que Hassan fosse fruto de minha imaginação: um personagem que criei, para responder a perguntas que inquietam a todos nós.

Hoje, sinceramente, não sei. Talvez eu o tenha conhecido, em dias de que não me lembro; outros tempos, outros lugares, outras vestes, outra vida. Talvez eu tenha sido um dos que ouviram as suas palavras e a semente permaneceu em mim, esperando o momento de brotar.

Em todos os meus livros, Hassan é uma voz que dá vida a idéias e verdades eternas. Não escrevi qualquer palavra sobre o seu tipo físico, nunca o descrevi. Jamais cheguei, sequer, a pensar como ele poderia ser.

Agora, com todas as perguntas, a minha própria curiosidade foi despertada. Como já disse, não sei se Hassan existe ou existiu em nosso mundo; se caminhou entre nós. Posso, apenas, dizer como o imagino.

Eu o vejo com uma idade imprecisa, talvez em torno de cinqüenta a sessenta anos. É magro, de altura mediana, cabelos e barbas brancos. Tem um rosto comum, onde se destacam apenas os olhos; brilhantes, profundos, cheios de vida e de paz. As suas vestes, semelhantes às dos árabes no deserto, são brancas, como branco é o albornoz que lhe cobre a cabeça.

Fisicamente, uma pessoa comum; entretanto, transfigura-se quando começa a falar. A sua voz é baixa e não possui as ricas inflexões dos grandes oradores; apenas o sentimento e a tranqüila certeza que emanam das suas palavras fazem com que todos se calem, para que melhor possam ouvi-lo. E em seus lábios as palavras adquirem novo significado; as certezas vacilam, as dúvidas fazem brotar novos conhecimentos.

É assim que imagino Hassan: é assim que ele é para mim. E me pergunto se escrevo as suas palavras, ou se é ele que, através de mim, busca perpetuar as verdades que descobriu.

Confesso que, ao ler e reler os livros em que trato de Hassan, sempre aprendo alguma coisa; descubro verdades que não estavam entre as minhas próprias verdades. E cada verdade que descobrimos é um passo em direção ao nosso crescimento.

Quem é Hassan? Não sei. Talvez o conhecimento adormecido, que persiste em cada um de nós. Ele existe realmente? Não sei. Talvez em algum lugar do espaço, ao qual o corpo físico não tem acesso; certo é que as suas palavras ecoam em nossas almas.

Por isto, ele existe. Transcende o ambiente dos livros, está em nosso mundo. E sente-se feliz, de cada vez que as suas palavras acalmam um coração aflito, ou trazem uma nova luz ao caminho de um irmão.

Este é Hassan. E gosto de pensar que ele existe em cada um de nós...

Resolvi publicar este trecho do meu livro mais recente,para atender a amigos como o DO e a Perla, dando uma rápida idéia sobre a visão que tenho de nosso amigo Hassan.
E ao amigo Bill_Stein_Husenbar agradeço por este belo selo, que hoje adorna o nosso oásis. Obrigado, Bill; obrigado, amigos. Este cantinho não existiria sem vocês!

73 Comentários:

Blogger isabel mendes ferreira disse...

ENCANTADA!!!!!!!

_________________.

13 de outubro de 2008 07:25  
Blogger Yvonne disse...

Hassan é apenas um belo que traz belezas maiores para o mundo.
Beijocas carinhosas

13 de outubro de 2008 07:28  
Blogger Perla disse...

Ah! Deixa ver se percebi... Hassan é como um heterónimo teu?
Seja como for ele é inundado de sabedoria, sim, que nos faz bem para a vivência diária!
Abraço
e obrigada por não ter esquecido a minha pergunta.

13 de outubro de 2008 07:33  
Blogger margarida já muito desfolhada disse...

ele existe.

o resto talvez não importe.

13 de outubro de 2008 08:24  
Anonymous DO disse...

Agradeço a atenção,meu amigo,mas você não respondeu,rsss. Mas tudo bem,afinal,o que seria da blogosfera se todos os segredos fossem desvendados,rss
Tbem nada sabia sobre seus livros.
Devia divulgá-los,viu.

Abraços e uma otima semana!

13 de outubro de 2008 09:37  
Blogger Bill Stein Husenbar disse...

Hassan é simplesmente aquela pessoa maravilhosa que todos gostaríamos de ter no nosso dia a dia. Os meus parabéns e espero que Hassan nos possa trazer durante muitos e muitos mais anos sabedorias que nunca poderemos alcançar.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

13 de outubro de 2008 11:38  
Blogger pront'habitar disse...

...será um blog sonhador...

mas não é o sonho que comanda a vida?, como disse o poeta...

13 de outubro de 2008 14:08  
Blogger Tina disse...

Oi meu amigo!

Hassan = Arabe ? Fico mais feliz ainda, tenha toda certeza. Seus esritos me fazem bem, muito bem. Obrigada por dividir tanta beleza e verdades conosco. Obrigada mesmo, querido amigo.

beijo grande, tenha uma linda semana,

13 de outubro de 2008 16:48  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Árabe, gostei da explicação, mas é como tu dizes, ele existe ? existi-o ? Não faz a menor diferença... Os teus escritos é que importam... São eles que nos ajudam a ter paz num momento menos bom... São eles que nos trazem a sabedoria de encantar a nossa alma ... São eles que nos ajudam a ser melhores com o próximo... São eles que nos ensinam a gostar de nós mesmos... Tudo isto é muito importante!...
Apenas um pequeno detalhe, que não matou a minha curiosidade femenina!
Quem é o homem ou mulher que está por detrás da máscara do Árabe ?
Talvez nunca saiba a resposta mas, intriga-me!...
Bem hajas ou Árabe, por tudo o que nos tens dado...
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

14 de outubro de 2008 08:01  
Blogger LuzdeLua disse...

Ao amigo de tempos. Para mim, Hassan é o meu colo, é meu silêncio, minhas palavras, algo escondido dentro de mim, que quando venho aqui se mostra por este blog. Quando preciso de um céu, ele tem olhos azuis. De me afogar no mar, olhos verdes. Quando a alma está fria, tem gosto de abraço. Nas tribulações (tantas que tive) foi alguém que esteve a minha frente, com este mesmo chale imenso que se cobre, ora retirava e cobria-me do vento. Ora me fazia sombra. Afinal, o qeu são mesmo as pessoas além daquilo que deixam marcados em nós? Um abraço amigo, meu amigo de sempre.
É sempre muito bom saber que estás aí.
Bjs

14 de outubro de 2008 08:35  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

Sim, ele existe em você que se apresenta todos os dias.
Muito prazer Hassan!

lindos sejam seus dias poeta,
beijos

14 de outubro de 2008 10:47  
Blogger mundo azul disse...

Sempre achei que fosse assim...


Beijos de luz e o meu especial carinho!!!

14 de outubro de 2008 11:24  
Blogger Sonhadora... disse...

É como tua voz interior falando o q tua alma sente, através de um personagem...estou te conhecendo agora e vou ler os textos anteriores.

bjos..pessoa especial!

14 de outubro de 2008 11:34  
Blogger MoonLight disse...

Existe sim, Árabe!
Dentro de cada um de nós! Se te lemos, se lemos estas palavras, se nos toca, existe!
:)
Maravilha!
Bjs de Luz*

14 de outubro de 2008 11:37  
Blogger VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Não pense que pirei de vez, meu amigo, mas vou te revelar um segredo: EU SEI QUEM É HASSAN!
Espero contar-te, um dia...Gosto de estar aqui nesse oásis!!!Bjsss

14 de outubro de 2008 13:21  
Blogger Maria Clarinda disse...

OBRIGADA!!!!Jhs

15 de outubro de 2008 02:10  
Blogger GarçaReal disse...

Por vezes penso que há sempre em nós uma segunda pessoa, talvez retratada com mais veracidade , pois será ela a verdadeira alma, o verdadeiro sentir.
O corpo é o mesmo.
Um alguém que que o mundo vê, e com quem contacta nas restrições que a vida impõe.
Um outro alguém interior, verdadeiro, puro....A alma

Serão um todo?
Não sei

É sempre bom ler-te, pois sinto em mim vontade de meditar.

Bom resto de semana

Bjgrande do Lago

15 de outubro de 2008 06:58  
Blogger Patty disse...

Que bom que ele existe e vive em cada um de nós. Beijo

15 de outubro de 2008 07:05  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Quem é Hassan... digo agora o que vejo.
Hassan, um nômade do deserto que trás consigo ensinamentos que tem o prazer de partilhar e o faz com o coração aberto.
Desde a primeira vez que li as palavras do Amigo, visualizei uma imagem não muito diferente dessa que tu mesmo descreves...
Digo então, que bendito é o ato que acontece de conseguires relembrar as palavras de luz que esse Amigo sopra em tua mente. Com isso nobre Árabe, da-nos aulas maravilhosas, com ensinamentos de valor incalculável.
Acredito que por isso, entreguei a ti a saudação dos nômades do deserto....lembras?...
“...Curvando-se, levou a mão direita ao peito, tocando-o com o indicador,depois aos lábios,aos olhos e à fronte, saudando como era costume dos povos nômades do deserto, falando: - Com meu coração, meus lábios, meus olhos e minha alma a vos servir....”
Tua carinhosa presença em meu mundo deixa um rastro de sabedoria.

Em tuas mãos entrego pérolas incandescentes de harmonia e inspiração, retiradas da nascente do rio de lava do meu mundo.

Com carinho

Eärwen

15 de outubro de 2008 08:11  
Blogger O Árabe disse...

Encantado confesso-me eu, Isabel, diante da gentileza dos amigos! :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 09:52  
Blogger O Árabe disse...

Bela e gentil definição, Yvonne. :) Em nosso nome, agradeço! :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 09:52  
Blogger O Árabe disse...

A gente não esquece os amigos, Perla... só me desculpe pela demora, sim? :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 09:53  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Margarida. Enquanto existirem as vozes do bem, os nossos ouvidos estarão prontos a ouvi-las. :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 09:55  
Blogger O Árabe disse...

Respondi uma parte, DO... no comentário do post anterior. :) Quanto aos livros, amigo, eu tento, sim; acho que a mensagem vale a pena! Meu abraço, boa semana.

15 de outubro de 2008 09:56  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Bill. Confio em que, juntos, a alcançaremos. :) Meu abraço, boa semana.

15 de outubro de 2008 09:57  
Blogger O Árabe disse...

´Com certeza, Pront'habitar: os sonhos e as emoções que nos motivam. :) Boa semana!

15 de outubro de 2008 09:59  
Blogger O Árabe disse...

Sou eu que agradeço Tina, pela paciência e gentileza constantes. :) Boa semana!

15 de outubro de 2008 10:00  
Blogger O Árabe disse...

O homem é irrevelante, Fernanda: é apenas como o vento, que nos traz o eco de belas canções. Boa semana!

15 de outubro de 2008 10:01  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Luz. E acredita: é bom saber que continuas a caminhar com coragem, no rumo da felicidade! :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 10:02  
Blogger O Árabe disse...

Que ele continue a existir, Clarinha, guiando os nossos passos para um futuro melhor. :) Bela semana, amiga!

15 de outubro de 2008 10:03  
Blogger O Árabe disse...

É assim que também o imagino, Zélia... e espero que um dia me seja dado conhecê-lo, ainda que em outras paragens... :) Boa semana!

15 de outubro de 2008 10:05  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Sonhadora, e retorne sempre. O oásis é nosso! :) Boa semana!

15 de outubro de 2008 10:06  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Moonlight: tudo aquilo que nos toca, passa a existir para nós! :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 10:07  
Blogger O Árabe disse...

A alegria é mútua Vanuza: também gostamos nós da tua presença! :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 10:08  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Clarinda, pela gentileza da presença e comentário. Volte sempre, o oásis é nosso! :) Boa semana.

15 de outubro de 2008 10:09  
Blogger O Árabe disse...

Também acredito que exista, Garça: o verdadeiro Eu, que nos liga ao Universo! :) Boa semana, amiga.

15 de outubro de 2008 10:10  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Patti. E que esses amigos continuem a existir e iluminar o nosso caminho. :) Boa semana!

15 de outubro de 2008 10:11  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Eärwen... e confesso que convosco compartilho o aprendizado! :) Boa semana, amiga.

15 de outubro de 2008 10:14  
Blogger Dr. Alban disse...

Esse gajo hassan nao tem nada haver com aquele que jogou no benfica.. xiça

15 de outubro de 2008 10:42  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Oie Árabe, continuo sem internet, aguardando resolver o problema. Mas ler O Árabe sempre faz bem. A mim, pouco importa quem seja, gosto dele independentemente de qualquer coisa. Porque sempre nos apresenta uma lição de vida.
Suas prosas poéticas, maravilhosas, deixam uma mensagem para que repensemos nossas vidas.
Beijos

15 de outubro de 2008 10:49  
Anonymous DO disse...

Fui lá olhar as suas respostas,Arabe. Muito obrigado mesmo por ter respondido.
E saiba que terei o maior prazer em adquirir livro seu.

Grande abraço!!

15 de outubro de 2008 11:08  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Àrabe
As pessoas são a sua força interior, as suas ideias e as suas raízes.
É isso que faz brilhar o Hassan, não as suas caracteristicas fisicas que podem ser essas ou serem outras. Mas as palavras que aqui deixaste (e nos teus livros), essas são únicas, abrem caminhos e deixarão as suas pegadas através dos tempos.
Abraço

15 de outubro de 2008 12:42  
Blogger Benó disse...

Agradável de ler; suave e filosófico ao mesmo tempo que nos põe a meditar.
Magro ou gordinho,olhos claros ou escuros não interessa pois a sua escrita leio-a com gosto.

Um abraço.

15 de outubro de 2008 13:56  
Blogger Cadinho RoCo disse...

Mas esse cantinho é assinado por você ou pelo Hassan? Parabéns pela homenagem recebida e por relato tão carinhoso para com o seu personagem.
Cadinho RoCo

15 de outubro de 2008 14:40  
Anonymous cacau disse...

Acredito nestes pequenos pedaços de terra salvadores de homens, no deserto um Oasis é um pedaço do paraíso, lá o nômade consegue abrigo, manutenção da vida e paz perante as adversidades do meio, por isso peguei emprestado algo de um outro maravilhoso poeta que pode traduzir um pouco do que penso deste pedaço do céu protegido por Àlah .
Amei estar aqui de novo

" Dentro deste mundo há outro mundo
Impermeável às palavras
Nele nem a vida teme a morte, nem a primavera dá lugar ao outono
Histórias e lendas surgem dos tetos e paredes
Até mesmo as rochas e árvores exalam poesia
Aqui a coruja transforma-se em pavão
O lobo, em belo pastor
Para mudar a paisagem, basta mudar o que sentes
E se queres passear por esses lugares, basta expressar o desejo
Fixa o olhar num deserto de espinhos
Já é agora um jardim florido. Amei passar por aqui neste lugar de paz.
E que paz esteja contigo.

15 de outubro de 2008 16:29  
Anonymous Beatriz disse...

Hassan e Árabe, dois amigos que se vestem de Profeta quando visitam a minha alma através de textos tão cheios de sabedoria.

Hassan e Árabe, Árabe e Hassan... apenas uma estrela que brilha nessa imensidão da blogosfera e nos presenteia com textos tão profundos.

Um beijo, dois beijos, que importa, apenas um agradecimento pelo muito que me chega quando aqui visito.

15 de outubro de 2008 19:30  
Blogger Carla disse...

Acho que todos nós temos um pouco de Hassan em cada um de nós...o teu tem uma beleza e uma riqueza interores fabulosa
parabéns
beijos

16 de outubro de 2008 06:56  
Blogger Margarida disse...

Hassan e tudo aquilo que transmites, nas palavras que nos ofereces..é paz..é beleza!
Voltei..para te ler e visitar.
Um beijinho
Margarida

16 de outubro de 2008 08:50  
Blogger ♥M@cellY♥ disse...

Passando para esclarcer minha ausência: estudando para concurso... heheh

Torçam por mim... a prova já é esta semana!!!

Bjooo grande.... e já já eu to de volta... ^^

16 de outubro de 2008 13:09  
Blogger O Árabe disse...

Acredito que não, amigo Alban... mas já aprendi que nada se pode garantir neste mundo! :)

16 de outubro de 2008 13:48  
Blogger O Árabe disse...

Olhos de Mel, espero que o problema seja resolvido em breve. Você faz falta!

16 de outubro de 2008 13:49  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, DO. E eu gostaria de saber a sua opinião sobre eles, sim... :) Meu abraço.

16 de outubro de 2008 13:50  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Lídia. A maior recompensa, para quem escreve, é fazer brotar novas idéias. Bom fim de semana, amiga.

16 de outubro de 2008 13:52  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Benó... é isso muito me agrada! :) Bom fim de semana.

16 de outubro de 2008 13:53  
Blogger O Árabe disse...

Boa pergunta, Cadinho! Digamos que eu assino... em nome dele! :) Bom fim de semana.

16 de outubro de 2008 13:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Cacau. Que a paz esteja conosco, sim, e volta sempre. O oásis é nosso! :)

16 de outubro de 2008 13:55  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Beatriz. É uma forma de retribuir a poesia que emana das tuas cartas, amiga. :)

16 de outubro de 2008 13:56  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Carla. Pela gentileza das palavras e pelas fantásticas partilhas. :)

16 de outubro de 2008 13:57  
Blogger O Árabe disse...

Volta, sim, Margarida... o oásis é nosso! :) Obrigado, bom fim de semana.

16 de outubro de 2008 13:59  
Blogger O Árabe disse...

Boa sorte, Celly... você vai passar, sim! :) E volte sempre.

16 de outubro de 2008 14:00  
Blogger Carol disse...

Não me interessa quem e como ele é. Basta-me que continue a partilhar os seus pensamentos, as suas ideias connosco.

Obrigada por mo deixares conhecer.

16 de outubro de 2008 14:37  
Blogger São disse...

Mestre, Hassan vive em teu coração e habita a alma de quem aqui vem beber a tua sabedoria.
Bom fim de semana.

17 de outubro de 2008 06:10  
Blogger GiGi disse...

Gosto de vir aqui e, em silêncio, leio Hassan...

17 de outubro de 2008 07:44  
Blogger Olhos de mel disse...

Árabe, bom fim de semana! Beijos

17 de outubro de 2008 11:49  
Blogger pront'habitar disse...

Hassan existe, sim , um pouco em cada um de nós. Mas outras forças também albergamos cá dentro...

17 de outubro de 2008 14:54  
Blogger O Árabe disse...

Também penso assim, Carol. Quando ele não me fala, as suas palavras me fazem falta.:) Bom fim de semana!

17 de outubro de 2008 15:54  
Blogger O Árabe disse...

São, amiga, eu diria que juntos bebemos a sabedoria que nos traz o Universo... :) Bom fim de semana, fica bem.

17 de outubro de 2008 15:56  
Blogger O Árabe disse...

Volta sempre, Gigi; és bem vinda ao nosso oásis. Bom fim de semana.

17 de outubro de 2008 15:57  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. Desejo-te um fim de semana com muita saúde e paz!

17 de outubro de 2008 15:57  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Pront'habitar... e talvez em equilibrá-las esteja o nosso crescimento. :) Bom fim de semana!

17 de outubro de 2008 15:59  
Blogger Vanda disse...

Árabe,


Gosto de acreditar que ele existe.


Independentmente do seu aspecto exterior, a sua alma, comove-me.
Os seus pensamentos vão de encontro, muitas vezes, aos meus...


De cabelo e barba grisalha,ou não, vestido de branco ou não, o importante é senti-lo atravessando os desertos que em nós ainda existem...

...ou a partiha destas conversas de paz e de boa vontade.

:) Um beijo

18 de outubro de 2008 11:16  
Blogger O Árabe disse...

Então, Vanda... ele decerto existe! :) Bom fim de semana, amiga.

18 de outubro de 2008 15:06  
Blogger Porcelain Doll disse...

:-DD Acho que já percebi quem é Hassan!! Certamente é alguém do passado... acho que todos temos vozes do passado dentro de nós, vozes de alguém que talvez até possamos ter sido nós mesmos, mas que já esquecemos...

Também tenho vozes que me dizem umas vezes coisas sábias, mas outras lançam a confusão no meu interior e insistem em enviar-me naquele que parece o caminho errado... depois, nunca é, percebo sempre porque motivo fui enviada por ali... mas mesmo assim sinto que muito ainda está por explicar... talvez eu devesse dar voz a essas vozes, assim como tu fazes, criando-lhes uma personagem...

É curioso que, de cada vez que olhamos para um escrito, sobretudo se nosso, sobretudo se imbuído das nossas vozes, depois de um certo tempo, ele parece revelar-nos mais qualquer coisa... gosto muito que isso aconteça, acho que significa que me enriqueci entretanto...

Até mesmo os pedagogos do século XIX afirmavam que a criança quando vem ao mundo já traz a sua própria sabedoria, que deve ser respeitada e aproveitada!! :-D

Creio que também tenho um Hassan... o meu é meio destrambelhado, mas não tenho outro remédio, se não segui-lo!!!

:-))

30 de janeiro de 2009 10:55  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky