O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

SENTIMENTOS E EMOÇÕES

O vosso coração é a sementeira da Eternidade. É uma ponte entre o que julgais ser e o vosso verdadeiro Eu.

É dele, e das sementes que vós mesmos plantais, que nascem as vossas alegrias e as vossas tristezas. O vosso sorriso e as vossas lágrimas.

Como o sol e a chuva, são o sorriso e as lágrimas para os vossos corações. E fazem brotar as vossas sementes.

Por isto se alternam e sucedem, como o sol e a chuva. Necessitais de ambos, porque não sabeis ainda escolher as vossas sementes.

Mas não vos desespereis com as lágrimas, porque delas nascerá o sorriso. Nem vos empolgueis com o sorriso, pois às lágrimas ele vos há de levar.

Sede sábios; como a terra, que se ensopa com a chuva e se aquece com o sol.

E recordai que, assim como a terra não escolhe as sementes que lhe traz o semeador, ao vosso coração não cabe a escolha do que nele será semeado; é à vossa razão que pertence essa escolha.

Assim, sois os vossos próprios semeadores; e podeis escolher o que desejais colher.

E, se vos disseram que quem planta o amor colhe a saudade, eu vos digo que aquele que não o plantar colherá a solidão.

Como quem planta a vingança colherá o arrependimento,
quem planta a violência colherá o medo,
quem planta a adulação colherá a falsidade,
quem planta o egoísmo colherá o vazio.

Porém, quem planta a esperança colherá a certeza,
quem planta a tolerância colherá o perdão,
quem planta o ensino colherá o saber,
quem planta a ternura colherá o carinho.

E muito mais eu vos poderia falar, pois são infinitas as sementes que o Pai colocou ao vosso alcance.

Entretanto, a escolha das sementes é parte do aprendizado; e deveis comparar cada colheita, para que possais escolher as novas sementes que ireis plantar.

Ou todas elas deverão passar pelo vosso coração, antes que se complete a sementeira.

E dela possa brotar o Conhecimento.

Texto do livro "A Sabedoria de Hassan"

64 Comentários:

Blogger Vanda disse...

Bm dia Árabe!

Pois que o nosso coração seja terra fertil de bons frutos e a nossa razão, mão sabia na hora de escolher as sementes...

E que o tempo seja mestre...


Abraço e votos de um bom fim de semana!

3 de outubro de 2008 23:27  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Grande mensagem, Árabe! A vida nos traz momentos de álegrias e trsitezas. Mas se no mar de sentimentos, não encontramos um porto chamado esperança, onde acharemos estímulo para continuar a nadar? É certo que um breve sorriso, compensa incontáveis lágrimas e acredito que é isso, que não nos deixa desistir.
Maravilhosa prosa poéta! Confesso me tocou tanto, que ainda tenho os olhos marejados pelas lágrimas.
Bom fim de semana!
Beijos

4 de outubro de 2008 10:00  
Blogger tagarelas-miamendes disse...

Ola Arabe,
Eu tenho adorado ler os seus poemas, ao longo deste ano em que passei a ser visita constante. Todos eles brotam a sabedoria de um filosofo. O de hoje, creio que o elegi como meu preferido. Eu tambem, acredito que quem nao semeia o amor, encontra a solidao e que a nossa felicidade depende das decisoes que tomamos durante a nossa vida.

5 de outubro de 2008 00:04  
Anonymous cõllybry disse...

Sempre com sabedoria...Dizem que quam ama coração grande tem...

Doce amigo, doce meu beijo

5 de outubro de 2008 11:29  
Anonymous Cacau disse...

Adorei passear por aqui e ler algo tão bom, sábio e mágico. Assim como outros magos que também transmitem esta ciência que nada mais é que o encontro com o "eu" voce conseguiu mostrar que a terra pode ser fértil e que este mudar as vezes depende de nós "do cultivo e do cuidado. Uma vez li isto de outro sábio e permaneceu como META em minha vida. " Há pessoas que não podem viver significativamente o hoje e não o podem esperar levar uma vida brilhante amanhã . Não importando que grandes planos esta pessoa possa fazer, se não valorizar cada momento, será exatamente como muitos castelos no ar. Todas as causas no passado e todos os efeitos no futuro estão condensados dentro do momento presente da vida. Se melhoramos ou não o nosso estado de vida neste momento, determinar se podemos expiar as maldades que causamos desde o infinito passado e se seremos capazes de acumular a boa sorte que permanecer por toda a eternidade.(Daisaku Ikeda).
Amei encontrar um canto tão bom de leitura.

5 de outubro de 2008 21:32  
Anonymous DO disse...

Vou te confessar uma coisa,Arabe: com todas estas mensagens lindas e reflexivas que vc sempre aqui coloca,fico me perguntando sobre vc,o que faz,o que pensa,de onde tc,rsss... São suas estas mensagens? ou retira-as de algum seu conhecimento?

Perdoe as divagações...

abraços e uma otima semana!

6 de outubro de 2008 07:16  
Blogger Porcelain Doll disse...

"O vosso coração é a sementeira da Eternidade. É uma ponte entre o que julgais ser e o vosso verdadeiro Eu."

Fiquei a matutar nisto pelo menos 5minutos :-DD!! Desta vez fui surpreendida por uma foma de colocar as coisas em que não havia pensado... o nosso "coração" como mediador... convém tê-lo puro, por isso... convém cuidar da sua pureza... reflectir é uma boa forma de cuidar do coração e de eliminar dele sentimentos negativos, compreendendo as suas reais motivações, assim como as de toda a Humanidade... pois é de facto dele que provêm as nossas acções... e o seu carácter positivo ou negativo... se é que se podecolocar a questão dessa forma.

É dessa alternância que nos construímos, que nos descobrimos... para escolher o que havemos de colher, há-que escolher muito bem que sementes plantar... com cuidado, pois elas, como parte da Natureza e da sua espontaneidade, a maioria das vezes voam com o vento e "plantam-se" a elas próprias sem que nos apercebamos... mas se forem de boa qualidade, se tiveram boa origem, originarão belas e agradáveis surpresas...

O Conhecimento... provavelmente a melhor meta jamais inventada.. :-DD

6 de outubro de 2008 07:56  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

A gente colhe o que planta, com certeza. Lindíssimo texto, como sempre. Obrigada meu amigo.

beijo grande querido e boa semana.

6 de outubro de 2008 17:24  
Blogger mundo azul disse...

Tantas palavras a acariciar o nosso coração...
Mais uma linda mensagem! Obrigada, querido amigo!


Beijos de luz e o meu carinho...

7 de outubro de 2008 14:55  
Blogger MoonLight disse...

Terra fértil o nosso coração!
Terra prontinha a semear e germinar e ajudar a crescer... o que escolhemos a cada instante!
Lindíssima a partilha!
Bjs de Luz*

8 de outubro de 2008 12:53  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Árabe
É lindo o teu texto que fala no amor possível, no amor que se auto-alimenta por ser amor.
Apesar de acreditar que o ódio e o ressentimento consomem e que ninguém é feliz quando as chamas da hostilidade devoram a sua segurança, ainda assim duvido que o amor seja sempre, ou quase sempre, recompensado.
As sociedades mercantilistas em que nos integramos têm nos levado tudo até a capacidade de sentirmos gratidão.
E mesmo os que, como nós, lutam para repor afectos encontram demasiados desvios ocasionados pelos ventos que sopram e que são agrestes.

Abraço

8 de outubro de 2008 14:31  
Blogger moonlight song disse...

Olá querido amigo Árabe :)a vida é dinâmica, nada permanece imortalizado como uma foto perfeita. Tudo flui e se transforma. A Roda da Vida. Lágrimas e sorrisos que germinam em nós. Esses ciclos alimentam o equilíbrio. Tristeza e alegria são ambas necessárias para valorizarmos a essência de cada uma. Quem não conhece a tristeza, nunca verá a alegria em todo o seu esplendor! Pois na Natureza tão sábia, a noite não sucede o dia e o dia sucede a noite? Cada um deles tem a sua beleza, complementam-se.
Hoje desejo-te sorrisos!
Beijo

9 de outubro de 2008 04:17  
Blogger Claudinha disse...

Olá Árabe... Linda lição , como sempre...Difícil é quando se planta a consideração e se colhe o desapontamento...

Estou voltando timidamente... Beijos!

9 de outubro de 2008 11:57  
Blogger VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Querido Árabe, a Lei é a Lei: "A SEMEADURA É LIVRE, MAS A COLHEITA É CERTA!"
Seu texto sempre bem cuidado é um diamante lapidado. Obrigada!Bjs

9 de outubro de 2008 21:06  
Blogger Bill Stein Husenbar disse...

Queridíssimo amigo Árabe,

Sempre que passo por aqui confesso-lhe que as palavras perdem-se e as ideias desorganizam-se. Encontro-me num espaço onde tudo é tão maravilhoso que só dá para viver o presente actual (Carpe Diem).

O nosso coração é a peça chave para vivermos. Graças a ele e às suas decisões, podemos ser felizes (ou não) neste jogo real que é a vida.

Como diz muito bem, "Como o sol e a chuva, são o sorriso e as lágrimas para os vossos corações. E fazem brotar as vossas sementes."

A verdade, como diz novamente e repleto de razão. só colhemos o que plantamos, mas por vezes torna-se tão desesperante esperar pelo que colhemos que abandonamos o que plantámos. Desacreditamos... Tudo porque não estamos preparados para esperar mais do que o tempo que nossa consciência e coração permitem.

Para concluir da melhor maneira:

"Entretanto, a escolha das sementes é parte do aprendizado; e deveis comparar cada colheita, para que possais escolher as novas sementes que ireis plantar.

Ou todas elas deverão passar pelo vosso coração, antes que se complete a sementeira.

E dela possa brotar o Conhecimento."

Mais uma bela obra.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

10 de outubro de 2008 00:57  
Blogger musqueteira disse...

... por isso andamos com os pés na terra. tão minusculos como a pequenez de cada uma das grandes sementes.
boa semana.

10 de outubro de 2008 06:02  
Blogger Bill Stein Husenbar disse...

Sei que venho atrasado mas...

http://img152.imageshack.us/my.php?image=selohs3.jpg

É para si!

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

10 de outubro de 2008 11:08  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

Mais pura verdade, não se escolhe quem acolher no amor que existe em nós, nem a razão muitas vezes tem razão.

lindas palavras poeta.
lindo dia,
beijos

10 de outubro de 2008 12:22  
Blogger Beatriz disse...

Uma imagem perfeita, linda, que nos encanta o olhar, encimando uma mensagem tão profunda, onde também as imagens criadas ficam como sementes na nossa alma, e nos ensejam belas lições de vida.

Te deixo, amigo querido, um raio de sol para enfeitar o teu final de semana e um beijo no coração.

10 de outubro de 2008 14:02  
Blogger Benó disse...

"Quem semeia ventos colhe tempestades"

Recolho os vossos ensinamentos e espero saber escolher as sementes que me proporcionarão alegrias e tristezas pois, sem uma, não saberia apreciar a outra.
Um bom fim de semana, meu amigo

10 de outubro de 2008 14:54  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Árabe, belíssimo texto com riquíssimos ensinamentos!... desejo-te um bom fim de semana e deixo-te muitos beijinhos,
Fernandinha

10 de outubro de 2008 20:08  
Blogger Ceci disse...

Olá,Arabe, achei seu link na Claudinha.
Belo poema, como o são os que falam da profundidade dos ensinamentos. Parabéns pela escolha.
Bom fim de semana, abraço.

11 de outubro de 2008 02:26  
Blogger LuzdeLua disse...

Mas não vos desespereis com as lágrimas, porque delas nascerá o sorriso.

Espero mesmo que possa voltar a sorrir depois de tantas lágrimas.
Passando te deixo um abraço amigo. Como sempre, maravilhoso post
Bjs

11 de outubro de 2008 13:13  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Meu querido Amigo

Sempre são sábias as palavras que aqui leio.
Sempre são lições para esta alma que tanto gosta de aprender.
Sempre são, acredito, bálsamo para tantos corações.
Diante disso só posso entender que plantas as tuas sementes da melhor forma que é distribuindo os ensinamentos que guardas na tua essência. Bem haja amigo por tudo isso.
Tua presença em meu mundo deixa um rastro de sabedoria.

Pérolas incandescentes de boas sementes entrego em tuas mãos.

Eärwen

11 de outubro de 2008 17:36  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, Vanda... e nos tornemos alunos atentos a esse sábio mestre! :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 18:52  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel: um único sorriso recompensa incontáveis lágimas. E pode aquecer o coração onde o frio do desânimo imperava... :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 18:54  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Tagarelas. E assim realmente é: doce ou amarga, a colheita virá da semeadura. E esta só de nossa escolha depende. :) Bom fim de semana!

11 de outubro de 2008 18:56  
Blogger O Árabe disse...

Grande, Collybry? Não sei... mas sempre esperançoso, com certeza! :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 18:57  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Cacau! Obrigado pela partilha e volte sempre... o oásis é nosso! :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 18:58  
Blogger O Árabe disse...

Eu vivo na Bahia, DO, e sou publicitário: ganho a vida escrevendo. :) Mas estas mensagens, amigo, embora escritas por mim são diferentes de todos os meus outros textos. Por isto,confesso, prefiro pensar que o Hassan me escolheu para distribuí-las. Bom fim de semana, meu abraço!

11 de outubro de 2008 19:05  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Porcelain Doll... permita-me fazer minhas as suas palavras, que enriqueceram o nosso texto. :) Bom fim de semana!

11 de outubro de 2008 19:07  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Tina. A sabedoria talvez esteja em nos lembrarmos disto, em cada colheita... :) Bom fim de semana, amiga!

11 de outubro de 2008 19:08  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Zélia! Desejo-te um belo fim de semana, azul como o teu poético mundo...

11 de outubro de 2008 19:10  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Moonlight! Assim é o nosso coração, que faz nascer o que nele semeamos. :) Bom fim de semana!

11 de outubro de 2008 19:12  
Blogger O Árabe disse...

Verdadeiras são as tuas palavras, Lídia... e, entretanto, o amor contém em si mesmo a própria recompensa! :) Bom fim de semana, amiga.

11 de outubro de 2008 19:14  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Moonlight Song: como o dia e a noite, complementam-se no homem a alegria e a tristeza, o pecado e a ternura. E é através deles que encontraremos o nosso verdadeiro Eu. :) Bom fim de semana!

11 de outubro de 2008 19:17  
Blogger O Árabe disse...

Plantaremos novamente, Claudinha... e irrigada pelas lágrimas a planta findará por crescer! É muito bom ver-te de volta, amiga. :) Bom fim de semana!

11 de outubro de 2008 19:20  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Vanuza. E acredite: esta é a lei que os anos melhor me ensinaram! :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 19:22  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Bill, pelo belo comentário. E pelo lindo selo, que em breve adornará o nosso oásis. Meu abraço,bom fim de semana!

11 de outubro de 2008 19:24  
Blogger O Árabe disse...

Assim é Musqueteira. E, entretanto, em nós existe a semente do Universo... :) Bom fim de semana!

11 de outubro de 2008 19:25  
Blogger O Árabe disse...

Verdade, Clarinha: não escolhemos os sentimentos, apenas as ações. :) Belo fim de semana, amiga!

11 de outubro de 2008 19:29  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Beatriz. Que tenhas um iluminado final de semana, de amor e alegrias!

11 de outubro de 2008 19:30  
Blogger O Árabe disse...

Decerto, o sabes, amiga Benó. Pelos teus escritos, adivinha-se uma grande professora de vida! :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 19:31  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fernanda! Que tenhas um bom fim de semana, ao jeito dos teus belos poemas! :)

11 de outubro de 2008 19:32  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Ceci. Parabéns pelo seu blog, e volte sempre: o oásis é nosso. :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 19:33  
Blogger O Árabe disse...

Voltarás, sim, amiga. Nem todas as lágrimas seriam capazes de apagar a luz da lua. Acredita, podes construir o teu futuro! :) Bom fim de semana.

11 de outubro de 2008 19:37  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amiga Eärwen. E que este fim de semana te traga incontáveis pérolas resplandecentes de alegria!

11 de outubro de 2008 19:38  
Blogger GarçaReal disse...

Fantástico este texto

Um aglomerado de mensagens que a maioria das vezes nem nos debruçamos para pensar um pouco.
Esperemos que nossos corações sejam terra fértil para haver uma boa colheita.

Bom domingo

bjgrande do Lago

12 de outubro de 2008 02:00  
Blogger VIAJANTE disse...

Pois é, Amigo. Embora as comparações não correspondam sempre a um bom método, conforme o amigo Dácio, é preciso a gente pensar que nosso país tem tantas condições de superação, mas o nível da consciência coletiva parece adormecido. Tomara que a essência aflore com força e possamos dar passos firmes na boa direção. Abraços

12 de outubro de 2008 06:20  
Blogger Carla disse...

doce sementeira da paz, do amor e da felicidade
...dá-me paz passar por este teu espaço
beijos
bom resto de domingo

12 de outubro de 2008 11:14  
Blogger Carol disse...

"Quem semeia ventos,colhe tempestades" já lá diz o povo.

Boa semana, meu amigo.

12 de outubro de 2008 14:35  
Blogger Tina disse...

Oi amigo!

Passo para lhe desejar lindos dias, serena semana.

beijo grande.

12 de outubro de 2008 16:19  
Blogger FINA FLOR disse...

é por essas e por outra que vigiar a nossa mente é sempre o pressagio de uma boa colheita

beijos e boa semana, querido

MM.

12 de outubro de 2008 22:02  
Blogger O Árabe disse...

Assim é,amiga Garça. Mas a colheita ocorrerá um dia, a diferença está apenas no tempo de amadurecimento. :) Boa semana.

13 de outubro de 2008 05:48  
Blogger O Árabe disse...

Daremos, Viajante. Ainda que possamos andar em círculos por algum tempo, é nessa direção que nos levam os nossos passos. Boa semana!

13 de outubro de 2008 05:51  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Carla. E saiba que a recíproca é inteiramente verdadeira. :) Boa semana!

13 de outubro de 2008 05:52  
Blogger O Árabe disse...

A voz do povo é a voz de Deus, Carol... ou uma das formas pelas quais ela se faz ouvir! :) Boa semana.

13 de outubro de 2008 05:53  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Tina. Que assim ocorra com você, amiga! Feliz semana.

13 de outubro de 2008 05:53  
Blogger O Árabe disse...

Sempre, Mônica. E uma prova de sabedoria... ;) Boa semana!

13 de outubro de 2008 05:54  
Blogger Poesias e Canções disse...

não escolhemos o que será semeado,mas podemos permitir ou ão que germine...que brote...ou mais tarde frutifique!não permito que nasça qualquer coisa em meu solo;e procuro escolher as sementes que irei semear...aprendí que podemos plantar para eternidade...e essa é a minha escolha!
Beatriz foi quem me deu seu link;pois postamos na mesma época (semeamos)um texto que nos faz refletir a respeito da semeadura e colheita!
parabéns pelo seu texto cheio de sabedoria

13 de outubro de 2008 22:31  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amiga, pelas gentis palavras, e parabéns por sua forma de pensar e seu belo blog! :) Boa semana, volte sempre: o oásis é nosso!

15 de outubro de 2008 06:43  
Blogger Perla disse...

Não se pode estar à espera de colher do que não se plantou.
Portanto se queremos bons frutos temos que ser criteriosos na escolha da semente.
Abraço

10 de novembro de 2008 15:47  
Blogger Vilma Oliveira disse...

adorei o seu blog, parece-me um ser sensível, me escreva, nina.roberts@yahoo.com.br

5 de fevereiro de 2009 07:18  
Blogger SMM disse...

Gostei do teu blog! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com

15 de maio de 2010 11:00  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky