O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

DO FUTURO E DO MEDO

Talvez que a solidão vos aguarde, ao fim da jornada.

Se assim for, entretanto, deixai-me lembrar-vos que o melhor refúgio está nas boas lembranças. Pois o calor deixado por um sonho pode fazer esquecer a frieza da noite, mesmo depois da sua partida.

Como o limo deixado pelas águas da cheia fertiliza as margens, ainda que na seca em pó se transforme o próprio rio. E, ao anunciar o batizado, o som alegre dos sinos ameniza o choro triste do enterro que passa.

Vivei os vossos momentos. Pois a verdade é que estareis sós, no instante final: ainda que muitos tomem as vossas mãos, ou vos envolvam em seus braços, ninguém poderá acompanhar o vosso verdadeiro Eu durante a grande viagem.

E mais leve será a vossa bagagem, se conduzida pelas asas da alegria, do que atrelada aos grilhões da frustração. Pior do que a tristeza de não eternizar um sonho, é o vazio de não o ter vivido.

É de tijolos, que construís a vossa casa; entretanto, é nos sentimentos que encontrareis ou não a alegria de nela viver. Porque as paredes, que vos atraem pela segurança, não vos trazem a felicidade.

O asfalto, que torna seguras as vossas estradas, é o mesmo que vos rouba o cheiro precioso da terra molhada; e, ao proteger o vosso corpo, as roupas o impedem de sentir o toque suave da brisa.

É preciso que o pássaro se lance do ninho, para descobrir o prazer de voar; que a crisálida abandone a segurança do casulo, para que a borboleta se torne o adorno dos ares. E que a semente se perca na terra, para que a planta possa brotar.

Não é o caminho, que deveis temer; mas o vosso medo de percorrê-lo. Porque se com temor o fizerdes, não vos será dado desfrutar dos seus encantos.

Se vos assustar o frio, evitareis a carícia da chuva; e por temer as pedras do rio, deixareis de ouvir a música das suas águas. Entretanto, após a chuva poderia o sol aquecer o vosso corpo; e entre as pedras do rio encontraríeis, talvez, a vossa passagem.

A ninguém é dado prever o futuro. Cada novo dia vos oferece muitas escolhas; e cada escolha é como o dobrar de uma esquina, que vos leva a novos caminhos.

Deveis, entretanto, abandonar o medo após a escolha do vosso caminho; ou buscar um novo caminho, se em vós o medo persistir. Pois a quem teme a vinda do silêncio, não encanta a melodia que afaga os seus ouvidos.

E temer o sofrimento futuro é plantar as suas sementes, ao sufocar no medo as alegrias do presente.

54 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Árabe, me calei diante de tamanha beleza. Porém, acredito, que cada pessoa reage de uma forma diferente, diante dessa situação. Eu por exemplo, acho, que por melhor que seja a lembrança, não substitui a ternura da doce companhia, até porque essa mesma lembrança, se torna com o tempo, um pesadelo, pela frustração de não ter sido realizado. E que viver sem perspectivas de futuro, deixa a sensação de vazio.
Confesso, que sua primeira frase me assustou. Acho que ainda que vida nos reserve a solidão, é difícil saber, que estamos caminhando por uma estrada, que fatalmente, nos levará a ela, sem nada fazer.
Na mesma medida que achei triste, achei imensamente belo!
Bom fim de semana! Beijos

30 de janeiro de 2009 06:54  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe!
Sábias palavras como sempre. O medo sempre fará parte de nossas vidas, quem nao o sente? Gostei muito! Beijo!

30 de janeiro de 2009 10:07  
Blogger Porcelain Doll disse...

Somos sós por natureza... nada há a temer na solidão... se avançarmos sem medo para a solidão, iremos ao encontro de todos os outros que fizeram o mesmo...

:-)) É como eu costumo dizer... o que eu vivi de bom já ninguém me tira!! :-D

Acho que estamos sós sempre... ninguém mais tem acesso às nossas vivências, às nossas aprendizagens... ninguém sente da mesma forma que o outro... estamos sempre sós... e isso é maravilhoso, pois coloca-nos o desafio de procurar partilhar aquilo a que só nós acedemos, de forma a que os outros sintam, pelo menos, de forma semelhante à nossa!!

"Pior do que a tristeza de não eternizar um sonho, é o vazio de não o ter vivido." Uau!! :-DD esta é daquelas que me deixa calada!! (Coisa difíciiilll :-P :-D)

Para encontrarmos a felicidade... temos sim de deixar a segurança para trás... pois se viver é fundamental e viver implica riscos!!

"There is nothing to fear except for fear itself" - já dizia Roosevelt... :-))

"E temer o sofrimento futuro é plantar as suas sementes, ao sufocar no medo as alegrias do presente." - de mestre!!

Quem me dera conseguir fazer com que as minhas vozes interiores se expressassem por palavras tão bonitas!! :-)

30 de janeiro de 2009 12:28  
Blogger Cacau disse...

Se existe uma verdade absoluta é que somos "recheados" pelo medo.
A importância desta conscientização é a necessidade de levar na mochila do eu, o renovar de conceitos, a profunda reflexão das experiências obtidas, a certeza do mudar constante como os ciclos das marés, e a necessidade de arriscar sempre.
Só assim podemos analisar nosso comportamento, compreender nossas ações e melhorar nosso caminho.
NAMASTÊ
Um excelente final de semana!!!!

30 de janeiro de 2009 13:38  
Blogger Marlene Maravilha disse...

"Pior do que a tristeza de não eternizar um sonho, é o vazio de não o ter vivido".
Isto é muito importante. Devemos tentar sempre viver os nossos sonhos. Se tentamos e nao conseguirmos, é melhor, do que passarmos pela vida sem sequer ter tentado.
Há muito para refletir neste pedaco!
beijo

30 de janeiro de 2009 14:09  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO ÁRABE MAGNÍFICO POEMA...
DIGO MAIS SUBLIMES PALAVRAS QUE NOS AJUDAM A VIVER... OBRIGADA MEU QUERIDO AMIGO, VOTOS DE BOM FIM DE SEMANA... UM GRANDE ABRAÇO DO CORAÇÃO...
FERNANDINHA

30 de janeiro de 2009 14:28  
Anonymous DO disse...

Que mensagem,hem ARABE. Alias,pra mim,oportuníssima,pois ando temendo certas coisas futuras,certos caminhos à vista...

Parabens,mais uma vez

Grande abraço!!

30 de janeiro de 2009 14:42  
Blogger C Valente disse...

Muito bem,
saudações amigas

30 de janeiro de 2009 16:05  
Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

Sabias palavras, como sempre, do sabio Hassan
Abraço!

31 de janeiro de 2009 00:06  
Blogger Bill Stein Husenbar disse...

Amigo,

Belissimo a sua reflexão e subscrevo. Abandonar o medo é o segredo.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

31 de janeiro de 2009 02:30  
Blogger Entre "aspas" disse...

A vida por vezes reserva-nos caminhos indecifráveis,que só através do tempo obtemos a resposta.
Mas como lema..viver sempre de acordo com as prespectivas.
Bom fim de semana
Bjs Zita

31 de janeiro de 2009 05:02  
Blogger MoonLight disse...

Olá Árabe!
sempre sábias as palavras.
o medo do que pode vir a acontecer, acaba por moldar o momento presente. e é aí, que já deitamos fora a oportunidade de sermos felizes!
obrigado pelas tuas partilhas sempre atentas e sábias!
bjs de Luz*

31 de janeiro de 2009 13:07  
Blogger Arabica disse...

Como sempre, um texto cheio de sabedoria que partilho por completo, embora :) às vezes...


Um beijo, boa semana

31 de janeiro de 2009 14:41  
Blogger Chirifulfly disse...

As boas lembranças sempre adoçam nossas vidas.

31 de janeiro de 2009 22:41  
Blogger Menina do Rio disse...

Reflectivo...

Tem uma boa semana

beijinhos

1 de fevereiro de 2009 04:20  
Blogger São disse...

Estar só é muito melhor do que se estar em má companhia.
E quanto ao medo, nada resolve, só piora.
Boa semana, Swami!

1 de fevereiro de 2009 05:14  
Blogger Dennys Reys disse...

A Sagrada Escritura diz que todos os temores nos atimgem se temos medo deles..... Ter medo é fruto do nosso coração porque somos humanos... mas precisamos enfretar-los para nosso crescimento interior

1 de fevereiro de 2009 06:13  
Blogger Multiolhares disse...

Quantas pessoas sofrem, por não
ter vivido, só por medo de viver.
Os medos são um grande inibidor do caminho interior
bj

1 de fevereiro de 2009 12:58  
Blogger alex disse...

Árabe
Magnificos como sempre os seus poemas.
O medo do desconhecido, a sólidão, o estar sózinho,são sentimentos que povoam a mente de qualquer ser humano.Nesta fase da vida estou a tirar tijolos de paredes que eu mesmo construí ao longo de tantos anos para me proteger e que só me trouxeram frustações e mais medo ainda.Não tem sido fácil mas tem sido mt gratificante.
Não tenho deixado o medo vencer e aos poucos vou realizando os meus sonhos.
Aprendi a viver os momentos de solidão para dar mais valor aos de partilha e nunca mais me senti sózinha.
Obg por visitar meu bloggle
beijo

1 de fevereiro de 2009 23:53  
Blogger O Árabe disse...

Eu acredito, Olhos de Mel, que a lembrança é sempre melhor que o vazio de uma vida sem sonhos. Mas vida não nos reserva a solidão: nós mesmos a cultivamos... ou não. :) Belo comentário, boa semana!

2 de fevereiro de 2009 06:50  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Claudinha, e você está certa:o medo faz parte de nossas vidas. O perigo está em ceder a ele... :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 06:51  
Blogger O Árabe disse...

Alegre em vê-la, Porcelain Doll. Obrigado, pelas gentis palavras, e parabéns: o essencial é que sempre demos ouvidos à nossa voz interior, acredite. Ela faz a beleza das palavras! :) Boa semana.

2 de fevereiro de 2009 06:53  
Blogger O Árabe disse...

Bom comentário, Cacau. Vocês valorizam (e muito!) os nossos textos. Obrigado, boa semana!

2 de fevereiro de 2009 06:55  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Marlene. Precisamos valorizar os nossos sonhos, que nos sustentam pela vida. :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 06:56  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Fernanda. Tenha uma bela semana, amiga!

2 de fevereiro de 2009 06:57  
Blogger O Árabe disse...

O temor sempre existirá, DO... mas não nos deve privar dos novos caminhos. Boa jornada, amigo, meu abraço!

2 de fevereiro de 2009 06:58  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Valente. Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 06:59  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, cara amiga ermitã. Mas estou certo de que a sabedoria está naqueles que se dispõem a ouvir. :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:00  
Blogger O Árabe disse...

Este é o segredo, sim, Bill... e precisamos ao menos tentar! :) Meu abraço, boa semana.

2 de fevereiro de 2009 07:01  
Blogger O Árabe disse...

É um bom lema, Zita. Ajustar as nossas velas à direção do vento... :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:02  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a vocês, Moonlight, que dão vida às nossas palavras. :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:03  
Blogger O Árabe disse...

É a partilha, Arábica, que mais valoriza as nossas idéias. Obrigado, boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:04  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Chirilfulfly... vver sem elas seria um amargo deserto. :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:05  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Menina. Boa semana, com saúde e paz! :)

2 de fevereiro de 2009 07:06  
Blogger O Árabe disse...

Estás certíssima, São... em ambas as reflexões. :) Boa semana, amiga!

2 de fevereiro de 2009 07:06  
Blogger O Árabe disse...

Bem sintetizado, Dennys. É preciso combater o medo, que nos tolhe os novos caminhos. Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:08  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Multiolhares: na maioria das vezes,é o medo que impede o nosso desenvolvimento. :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:11  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Alex, pela companhia e pelas sensatas palavras. :) Boa semana!

2 de fevereiro de 2009 07:12  
Blogger tagarelas-miamendes disse...

Ola Arabe,
Mais uma bonita licao de vida do nosso filosofo da Blogger. O texto esta cheio de sabedoria, mas eu gosto sempre de eleger uma frase:"Pior do que a tristeza de não eternizar um sonho, é o vazio de não o ter vivido."

2 de fevereiro de 2009 12:39  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Hoje estou meio down porque precisei fazer algo que jamais imaginei ter coragem de fazer. Deixo o silêncio de quem quer se recompor com o universo, mas também deixo o coração de quem quer colo e ombro.



BeijUivoooooooooooosssssss da Loba

2 de fevereiro de 2009 15:22  
Blogger Danny Doo® disse...

Quem deixa de amar por medo de perder... já perdeu! Perdeu a oportunidade de disfrutar algo de bom!

Muito bem escrito, transformaste teus conselhos em palavras afáveis ao coração!

Parabéns sábio árabe! rssss

4 de fevereiro de 2009 03:50  
Blogger Carla disse...

o futuro é feito de uma infinidade de caminhos e cabe-nos escolher o que achamos melhor...tens toda a razão o momento final é de solidão
beijos

5 de fevereiro de 2009 04:04  
Blogger Perla disse...

"Pior do que a tristeza de não eternizar um sonho, é o vazio de não o ter vivido."

"É preciso que o pássaro se lance do ninho, para descobrir o prazer de voar; que a crisálida abandone a segurança do casulo, para que a borboleta se torne o adorno dos ares."

Belíssimo!!! Que mais posso dizer?
falta de inspiração :)

Bjos

5 de fevereiro de 2009 10:12  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Oie Árabe! Existem sonhos, que a própria vida se encarrega de eternizar dentro de nós e são eles que nos ajudam a viver.
Bom fim de semana!
Beijos

5 de fevereiro de 2009 18:10  
Blogger . fina flor . disse...

nossa, que lindo, um dos mais bonitos que já li por aqui.... também acho que nossas lembranças são nossas melhores companhias para todas as horas ;o)

beijos, querido e bom fim de semana

MM.

5 de fevereiro de 2009 20:18  
Blogger Naty disse...

Passei para te desejar um bom fim de semana e dizer-te que e sempre bom vir ate aqui.
bjs naty

6 de fevereiro de 2009 03:21  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Tagarelas. Sempre uma alegria a tua presença no oásis. Bom fim de semana.

6 de fevereiro de 2009 11:02  
Blogger O Árabe disse...

É na necessidade que muitas vezes encontramos a coragem, Keila. Espero que você já esteja bem, amiga. Bom fim de semana!

6 de fevereiro de 2009 11:03  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, Danny: cada momento passado torna-se desfrutado... ou perdido. :0 Quanto ao "sábio", agradeço-te a gentileza. :) Bom fim de semana!

6 de fevereiro de 2009 11:05  
Blogger O Árabe disse...

E é justo, Carla... porque por ele caminharemos. :) Bom final de semana!

6 de fevereiro de 2009 11:05  
Blogger O Árabe disse...

Falta, Perla? Não creio: a tua inspiração é abundante como o orvalho. :) Bom fim de semana!

6 de fevereiro de 2009 11:06  
Blogger O Árabe disse...

Em parte, Olhos de Mel: precisamos viver, para realizá-los. :) Bom fim de semana!

6 de fevereiro de 2009 11:07  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Mônica. Bom fim de semana, amiga! :)

6 de fevereiro de 2009 11:08  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Naty, pela gentileza das palavras... e parabéns pelos seus blogs! :) Bom fim de semana.

6 de fevereiro de 2009 11:13  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky