O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

A FELICIDADE E O SOFRIMENTO

Cultuais a Felicidade, no altar das vossas esperanças.

E, como fazeis a todos os deuses, a buscais onde ela não está. Pois que vos acostumastes a procurar, ao vosso redor, aquilo que só em vós mesmos podereis encontrar.

Sois como peixes a buscar o Pai na água que os cerca, quando poderiam encontrá-Lo na Vida que pulsa em seus próprios corpos. Ou como plantas que O procuram no brilho do sol, enquanto as raízes transformam o solo na seiva que as nutre.

Dentre vós, muitos são aqueles que desejam presenciar um milagre. E, entretanto, não o percebem no botão que se transforma em flor; ou na vida que de uma gota se forma, no ventre da mulher que dorme ao seu lado.

E aqueles que assim fazem são os mesmos que se dizem sem fé. Como o viajante ingrato, que reclama pela falta da lua no céu, enquanto as estrelas brilham para iluminar o seu caminho.

Sim: acreditais que o Coração do Universo deva satisfazer aos vossos desejos. E não percebeis que, em todos os momentos, Ele satisfaz às vossas necessidades.

Em verdade, eu vos digo que vos perdeis nas vossas inquietações e em vossos próprios medos. Pois não pode aspirar ao encanto da bela paisagem aquele que teme escalar a montanha; como não voará o pássaro, a menos que encontre coragem para deixar o ninho.

Fazeis da felicidade o vosso maior sonho. E temeis o sofrimento.

Não percebeis, acaso, que é preciso que o sol se ponha, para que possais desfrutar do encanto da lua? E que ambos, sol e lua, existem no mesmo céu, cada um a seu turno?

Eis que assim também acontece à Felicidade e ao Sofrimento: a presença de uma é a ausência do outro, e não dura senão o breve tempo que possa transcorrer até o seu retorno.

É através dos sentimentos, que ambos visitam o vosso coração. E a uma não podereis receber, se ao outro fechardes a porta. Pois na raiz do sofrimento presente, existe uma felicidade passada.

Ocorre que a Felicidade e o Sofrimento são como as faces opostas de uma mesma moeda. Enquanto uma provê à vossa mesa, o outro aguarda à vossa porta; e decerto vos apresentará a conta do ilusório banquete.

E os vossos desejos, incensos com os quais envolveis o vosso culto à Felicidade, são os mesmos que perfumam o Sofrimento. Pois, se a felicidade é um desejo realizado, outra coisa não é o sofrimento senão um desejo frustrado.

Guardai-vos, portanto, de cultuar a Felicidade. Aprendei, antes, a encontrá-la nas pequeninas coisas que vos cercam, como a carícia da brisa, o encanto da música, a beleza das flores e a pureza das crianças.

E aprendei a ver o seu brilho nos olhos do ser amado; a ouvir o seu som em cada gemido de paixão, a beber o seu mel em cada beijo de amor.

Assim as lembranças vos sustentarão quando, em nome da realidade, o sofrimento reclamar o seu quinhão das vossas almas.

E mais cedo a Felicidade retornará ao vosso coração...

71 Comentários:

Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe! Doces são as palavras que dão encanto e beleza a essa belissima prosa poética! Realmente, a felicidade está, muitas vezes, nos mínimos detalhes da vida, porém nos detemos mais, nos momentos em que nos encontramos nos braços do amado, porque a realização é completa.
Bom fim de semana! Beijos

7 de novembro de 2008 12:27  
Blogger Vanda disse...

Árabe,


Faces da mesma moeda, mas uma tão desejada e a outra tão temida!

E afinal...precisamos pssuir tão pouco, para possuirmos o segredo que nos traz felicidade!

Bom fim de semana, um beijo daqui até aí!

7 de novembro de 2008 17:13  
Blogger Bill Stein Husenbar disse...

Meu querido amigo Árabe,

O caminho para a felicidade é tão grande ou mesmo até uma vida.

Procurames sempre mas nunca a temos. Será que a felicidade se resume a conformarmo-nos com o que temos?

Mais um precioso texto amigo.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

8 de novembro de 2008 00:20  
Blogger Paradoxos disse...

colocas a alma nas palavras e dás almas a gramática dos teus sentimentos!!


dúvidas não tenho de que és poderosamente O ÁRABE!!


abraços amigo!!

8 de novembro de 2008 08:52  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Meu Amigo

Mais uma lição de vida que recebemos aqui neste teu mundo.
Acredito que a felicidade encontra-se nas pequenas coisas que nós às vezes não damos o devido valor. Nos perdemos pelo caminho até encontrarmos a rota correta e assim tentarmos trilhar com equilíbrio. Mais uma vez obrigado.
Tua presença em meu mundo deixa sempre um raio de sabedoria.

Pérolas incandescentes de luz e carinho amigo entrego em tuas mãos.

Eärwen

8 de novembro de 2008 19:07  
Blogger Menina do Rio disse...

"Pois, se a felicidade é um desejo realizado, outra coisa não é o sofrimento senão um desejo frustrado".

Belas palavras. Sábias palavras!

um beijo

8 de novembro de 2008 19:15  
Blogger MoonLight disse...

A Felicidade existe em nós. Em cada célula!
Basta deixar que ela "saia".
Já tinha passado aqui, mas sem conseguir comentar... faltaram-me as palavras.
e como pudeste ver, a felicidade pode captar-se em pequenos grandes momentos... como as fotos do por do sol de ontem! maravilhaaaaaaaaaaaaaa! :D
Bjito*

9 de novembro de 2008 02:53  
Blogger Entre "aspas" disse...

Um peso e duas medidas,com preços tão elevados,embora é nas pequenas coisas da vida se encontra esse conceito tão maravilhoso,mas por vezes olhámos apenas para o vasto horizonte.
Bom Domingo
Bjs Zita

9 de novembro de 2008 04:19  
Blogger São disse...

Que posso fazer senão repetir-me?!
Excelente, como sempre!
Graças, Mestre!

9 de novembro de 2008 05:14  
Blogger Sonhadora... disse...

Ótima mensagem, como sempre vc trazendo ensinamentos q nos fazem muito bem..a busca pela felicidade é constante e as vezes não a enxergamos ao nosso lado.

bjos carinhosos e um domingo muito feliz!

9 de novembro de 2008 05:38  
Blogger VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Com certeza, Árabe!
Sem levar a Felicidade na bagagem, não superamos o sofrimento...
Um domingo de muitas alegrias!!!Bjs

9 de novembro de 2008 08:40  
Blogger FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Árabe... Belíssimo texto, como é apanágio deste blogue... Um bom começo de semana... Beijinhos de carinho e ternura Amigo!...
Fernandinha

9 de novembro de 2008 09:59  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe !

Mais um lindo texto, como bálsamo.

Sempre nas pequenas coisas: é lá que ela está.

O sofrimento fortalece-nos, com certeza.

beijos meu querido amigo, boa semana.

9 de novembro de 2008 11:02  
Blogger Dual disse...

Ciao navigando per gli infiniti mari del web..eccomi qui..ti lascio un salutino!!

9 de novembro de 2008 11:40  
Anonymous cõllybry disse...

Olá amigo, felecidade os momentos bons a fazem, já o sofrimento que é a semente que no passado pantamos,os frutos no hoje se colhe...dois opostos...Porem se esquece mais facilmente a felicidade que o sofrimento, mas é desse que se aprende a ser melhor...

Gostei muito

Beijitos

9 de novembro de 2008 13:15  
Blogger Gerlane disse...

Dizes, aqui, uma grande verdade, amigo! Que já sabemos, mas sempre esquecemos: que não encontraremos a felicidade fora de nós mesmos.

* Uma boa semana, abraços!

9 de novembro de 2008 14:12  
Blogger LuzdeLua disse...

"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses."
Rubem Alves

Passando para te ler, deixo aqui um abraço amigo e bons desejos pra semana.

9 de novembro de 2008 14:54  
Blogger Yvonne disse...

Árabe, mais uma lindeza, mais uma maravilha. Obrigada.
Beijocas

10 de novembro de 2008 04:47  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel.E você está certa: não há realização mais plena! :) Boa semana.

10 de novembro de 2008 05:26  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Vanda: de pouco precisamos... e muito desejamos! :) Boa semana.

10 de novembro de 2008 05:27  
Blogger O Árabe disse...

Talvez, Bill. Ou em buscarmos, sem ânsia nem desespero, aquilo que nos falta. :) Boa semana, amigo!

10 de novembro de 2008 05:29  
Blogger O Árabe disse...

Bem vindo, mestre dos paradoxos! A tua presença é sempre uma alegria. :) Meu abraço, boa semana.

10 de novembro de 2008 05:36  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Eärwen. E a tua presença em nosso oásis é sempre uma alegria. amiga. :) Boa semana!

10 de novembro de 2008 05:37  
Blogger O Árabe disse...

Palavras da experiência, Verônica, que só os anos nos trazem! :) Boa semana.

10 de novembro de 2008 05:38  
Blogger O Árabe disse...

Realmente, Moonlight: a felicidade está em nós. E até em um belo por do sol podemos encontrá-la! :) Boa semana.

10 de novembro de 2008 05:39  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Zita! E buscandoo horizonte, deixmos de ver ao nosso redor. :) Boa semana.

10 de novembro de 2008 05:40  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, São. Pela gentileza e pela amizade, que te faz ver-me melhor do que sou. :) Boa semana, fica bem.

10 de novembro de 2008 05:41  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Sonhadora: não raro, nos perdemos na busca, que assim se torna sem fim. :) Boa semana!

10 de novembro de 2008 05:46  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Vanusa! São os momentos felizes que nos ajudam a superar as tristezas. :) Boa semana!

10 de novembro de 2008 05:47  
Blogger O Árabe disse...

Grato pela gentileza, Fernanda. Boa semana, amiga! :)

10 de novembro de 2008 05:48  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Tina! É entre o sofrimento e a felicidade, que se molda o nosso verdadeiro Eu. :) Boa semana, amiga!

10 de novembro de 2008 05:49  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Dual, pela visita. Volte sempre e tenha uma boa semana!

10 de novembro de 2008 05:50  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Collybry... é assim que acomtece, sempre! :) Boa semana.

10 de novembro de 2008 05:50  
Blogger O Árabe disse...

É fato, Gerlane: o que precisamos está em nosso verdadeiro Eu. :) Boa semana!

10 de novembro de 2008 06:08  
Blogger O Árabe disse...

Com certeza, Luz. Precisamos passar por diversas fases, para aprendermos a voar. :) Boa semana!

10 de novembro de 2008 06:10  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado Yvonne. Maravilha, mesmo, é essa gentileza dos amigos! :) Boa semana.

10 de novembro de 2008 06:10  
Blogger Dri Viaro disse...

vc escreve muito bonito, gostei do texto

bjao

10 de novembro de 2008 07:33  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

A felicidade só conhecemos depois de um sofrimento.
lindo dia amigo poeta
beijos

10 de novembro de 2008 10:32  
Blogger Maria Valadas disse...

Após ter acabado de ler o texto... fiquei a meditar que nada vem por acaso.
Precisva de ler ou ouvir essas mesmas palavrs, tão cheias de sabedoria.

Acalmaram-me... Tão ávida que estava de calmaria no meu coração.

Árabe, meu querido amigo, agradeço-te o bem que fizeste em forma de recado.

Bem Hajas.

Beijos da Maria

10 de novembro de 2008 11:21  
Anonymous DO disse...

Eu babo com estes seus posts,ARABE. Vc consegue,como poucos,integrar a palavra com a musica escolhida. Perfeitos!!

Grande abraço!

10 de novembro de 2008 11:41  
Blogger Maria Clarinda disse...

(...)Pois não pode aspirar ao encanto da bela paisagem aquele que teme escalar a montanha; como não voará o pássaro, a menos que encontre coragem para deixar o ninho.(...)


Belas as palavras que nos enchem o coração. Obrigada por elas.Jhs mil

10 de novembro de 2008 13:18  
Blogger hora tardia disse...

das emoções....:)
????


aqui. sim. tb.



obrigada!

10 de novembro de 2008 14:14  
Blogger Perla disse...

Aqui respiro e bebo um néctar precioso. O que leio vem ao encontro daquilo que penso, sem o conseguir traduzir em palavras tão belas!

Beijos

10 de novembro de 2008 15:32  
Blogger Olhos de mel disse...

Árabe! Novamente aqui, aprendendo e admirando a proeza do encanto em cada verso. Doces palavras que tocam até o coração do universo...
Boa semana! Beijos

10 de novembro de 2008 15:38  
Blogger pront'habitar disse...

a procura deve ser eterna...

10 de novembro de 2008 15:50  
Anonymous Lizzie disse...

Belas palavras, amigo Árabe. Desejamos tanto a felicidade, mas não a cultivamos...Como fazer a colheita, assim?


Gosto muito dos teus posts!

Beijocas
www.lizziepohlmann.com

10 de novembro de 2008 17:02  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Dri. Boa semana!

11 de novembro de 2008 07:37  
Blogger O Árabe disse...

Bem o disseste, Clarinha. Só os extremos fazem surgir os parâmetros. :) Bela semana, amiga!

11 de novembro de 2008 07:38  
Blogger O Árabe disse...

Fico feliz, Maria, se o nosso texto lhe foi útil. E agradeço-te muito, pela gentileza! :) Boa semana.

11 de novembro de 2008 07:39  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, DO. E saiba que levo em alta conta a sua opinião. :) Meu abraço, boa semana.

11 de novembro de 2008 07:40  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Clarinda! E volte sempre, o oásis é nosso! :) Boa semana.

11 de novembro de 2008 07:40  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Isabel, pela presença amiga e gentil! :) Boa semana.

11 de novembro de 2008 07:42  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Perla, mas és mestra, sim, nas belas palavras que compõem os teus versos! :) Boa semana.

11 de novembro de 2008 07:43  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. Cada um de nós é uma pequenina parte desse infinito Coração. :)

11 de novembro de 2008 07:44  
Blogger O Árabe disse...

Assim, é Pront'habitar. Durará até que prontos estejamos. :) Boa semana!

11 de novembro de 2008 07:45  
Blogger O Árabe disse...

E nós do oásis, Lizie, gostamos muito da tua presença. :) Boa semana!

11 de novembro de 2008 07:46  
Blogger GarçaReal disse...

Ao ler-te tenho que concordar que realmente não se sabe procurar a felicidade, pois há sempre aquela noção que ao estender a mão ela ali está á nossa espera....

Assim não é. Há que lutar e tentar ultrapassar os sofrimentos para que eles não pesem em demasia nos pratos da balança.

como sempre fentástico o teu texto.

Resto de boa semana

Bjgrandr do Lago

11 de novembro de 2008 08:05  
Blogger C Valente disse...

Gostei do que li
Saudações amigas

11 de novembro de 2008 15:48  
Anonymous Beatriz disse...

Na sabedoria de sempre, tu, amigo, nos presenteias com mais esta bela página, onde nos deixamos perder/encontrar na suavidade de tão preciosas lições de vida.

Fica um raio de luar nos teus sonhos e um beijo no coração.

11 de novembro de 2008 17:24  
Blogger burro disse...

amigo árabe, já não sei no que acreditar...

11 de novembro de 2008 20:18  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Garça: se valorizarmos demais os sofrimentos, corremos o risco de desvalorizar as alegrias... :) Bom resto de semana.

13 de novembro de 2008 07:23  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, amigo Valente. A tua presença nos alegra sempre. :) Meu abraço, bom resto de semana.

13 de novembro de 2008 07:24  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Beatriz. Deejo-te um belo restante de semana, amiga.

13 de novembro de 2008 07:25  
Blogger O Árabe disse...

E acaso alguém o sabe, amigo Burro? Há que acreditar, sim, no nosso verdadeiro Eu. :) Bom resto de semana.

13 de novembro de 2008 07:26  
Blogger Olhos de mel disse...

Árabe! Passei para lhe ver e apreciar, mais uma vez, a bela prosa poética!
Beijos

13 de novembro de 2008 13:00  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Olhos de Mel. Bom fim de semana! :)

14 de novembro de 2008 04:13  
Blogger São disse...

Para ti e para quem amas, feliz fim de semana.
Beijos.

14 de novembro de 2008 04:17  
Blogger O Árabe disse...

Grato, São. O mesmo te desejo, de coração! :) Feliz final de semana.

14 de novembro de 2008 07:21  
Blogger mundo azul disse...

...sim!
Quando aceitamos as delicias do amor, devemos ter em mente que o pranto é o outro lado da moeda...


Beijos em seu coração!

14 de novembro de 2008 12:54  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Zélia. Em nossa ingenuidade, entretanto, tentamos iludir-nos sempre. :)

19 de novembro de 2008 07:37  
Blogger Porcelain Doll disse...

Somos como o velhote tolo e senil que busca os óculos em cima da cabeça!! Ahahahah!! :-D

Como eu sempre digo... a felicidade está nas pequenas e aparentemente insignificantes coisas... :-)) Não é uma questão da coisa em si... é uma questão da atitude perante essa mesma coisa...

As lembranças e a sabedoria sustentam-nos durante os tempos difíceis...

:-))

31 de janeiro de 2009 06:55  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky