O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

O CARINHO E O SEXO


Não vos é possível negar os vossos desejos.

No frio da noite, o vosso corpo reclama outro corpo; a vossa carne anseia por outra carne, e a vossa pele necessita do contato macio de outra pele. É quando mais vos faz sofrer o toque cruel da solidão.

Que não sejam estas, entretanto, as vossas únicas necessidades. Porque o sexo, sem amor, é como a noite sem as estrelas; como o rio sem a canção das águas, e a flor sem o aroma que encanta.

Sem amor, o sexo não vos pode oferecer o prazer da plenitude. E, ainda que atenda aos vossos corpos, é incapaz de satisfazer às vossas almas, que reclamam a sensação de companhia.

É da ternura que une as almas, que deverá brotar o desejo a unir os corpos. Das mãos entrelaçadas, dos olhos nos olhos, nascerá a luz da comunhão, a santificar a carne que penetra na carne; a construir a invisível ponte entre corpos e almas.

É preciso que os lábios não apenas suguem os bicos enrijecidos dos seios excitados, mas pousem levemente no rosto e nos lábios da amante satisfeita, nos eternos minutos que devem seguir-se ao prazer.

E as mesmas mãos que exploram sequiosas o corpo desnudo, na ânsia urgente da posse, devem tornar-se suaves como as asas de um anjo, ao acariciar os cabelos desalinhados pelos frenéticos movimentos da entrega recente.

Porque, se o amor se faz mais urgente na paixão, sobrevive e mais profundo se mostra na infinitude da saciedade, quando corpo e alma satisfeitos repousam no Coração do Universo.

E, se a beleza do corpo desperta o vosso desejo, necessário se faz que também vos atraia a alma que o habita, para que não finde a comunhão no último estertor do orgasmo.

Pois um dia se extinguirá a beleza que encanta os olhos; e o sexo não mais será o caminho onde se encontrarão os amantes. Persistirá, entretanto, a união entre as almas que se completam.

Desfrutai das vossas horas de desejo e prazer; é ao mergulhar profundamente no oceano do sexo, que vos podereis abandonar ao doce calor das suas águas e experimentar as mais fortes sensações.

Cuidai, entretanto, para que sempre em vós esteja o amor; e o carinho exista em cada gesto. Porque só assim será completo o vosso prazer, e pura se tornará a vossa paixão.

De alma e corpo, sois formados; e se uma e outro não podeis separar, a ambos necessitareis satisfazer, para transcender os limites que vos impõe o mundo onde caminhais.

E ouvir a voz do Universo, que ecoa em vós.

62 Comentários:

Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe; imenso em carinho, amor e por que não dizer, desejo? Lindo e profundo! Sabe Àrabe, muitas vezes não consigo ler seus posts sem me emocionar. E entre lágrimas eu lhe digo: acho que enquanto lia, fui imaginando um céu cheio de estrelas... Musica, imagem e poema de nos levar a uma viagem encantadora, num mundo que só existe em nossa imaginação.
Bom fim de semana!

30 de abril de 2010 17:53  
Blogger FERNANDINHA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDO AMIGO ÁRABE, CONCORDO PLENAMENTE COM O TEU TEXTO... SUBLIME ´... AMIGO!...ADOREI...!
ABRAÇO-TE COM MUITO CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

1 de maio de 2010 08:30  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Árabe
Todos nós somos sexo e o sexo é a emoção e a vida e a capacidade de amar.
E não estou a referir-me especificamente ao sexo e ao acto sexual. Estou a referir-me à sensualidade que brota dos nossos poros, que nos dá discernimento, capacidade de amar, generosidade, descoberta e envolvimento.
Quando nos apaixonamos renovamos as nossas capacidades, descobrimos fontes de energia, somos capazes de conquistar o mundo. Se a paixão morre vem a monotonia, a solidão e a alma vazia.
Nós somos diferentes dos outros animais porque em nós tudo se entrelaça e é essa harmonia, que a sensualidade cria, que nos impele a ver nascer cada dia.
O sexo pelo sexo esse não é gratificante, nem estruturante.

Abraço

1 de maio de 2010 12:49  
Blogger @philipsouza disse...

Heheh vc tem saudade quando tirou sua habilitação? eu to doido pra fugir disso o processo é muito complicado e muito chato, tem q ter muitos detalhes mesmo, senao full...

sobre o seu post como sempre vc sabe fazer uma junção em tudo que transforma e escreve e passa para o leitor pensar.

abraçao

1 de maio de 2010 12:51  
Blogger Nova Civilização disse...

Caro árabe,

muito bom texto e muito importante também. Quantas vezes nos perdemos na ânsia de vivermos separados entre corpo e alma. Em querer buscar uma falsa independência em irmos somente pelos desejos carnais e mais tardes descobrimos o quanto a nossa verdadeira essência nos cobra...


abraços fraternos,

Gisele

1 de maio de 2010 14:34  
Blogger Bernardete disse...

Como de costume, sábias palavras, caro amigo Árabe.
No meio de tantas tribulações, acaba-se por esquecer que, além do amor espiritual, existe o amor carnal.

Ótimo final de semana para você e para todos que frequentam o seu oásis.

1 de maio de 2010 15:47  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

“É da ternura que une as almas, que deverá brotar o desejo a unir os corpos. Das mãos entrelaçadas, dos olhos nos olhos, nascerá a luz da comunhão, a santificar a carne que penetra na carne; a construir a invisível ponte entre corpos e almas.”
Acredito meu amigo que aqui esta resumido o amor que devemos cultivar em nós para que possa ele ser perpetuado.
Temos aqui uma lição muito especial e necessária, como sempre muito bem descrita em tuas palavras.
Pérolas incandescentes da voz do Universo entrego em tuas mãos.
Com carinho amigo,

Eärwen

1 de maio de 2010 16:21  
Blogger Rosa disse...

O amor e o sexo devem andar sempre juntos. Um completa o outro e os dois completam nossos desejos e nossa alma.
Um ótimo domingo Árabe.
bjs!!

2 de maio de 2010 08:43  
Blogger Khalit Sabanur disse...

"Feliz aquele que ante o desejo do corpo, entrega-se ao êxtase da alma..."

Ler teu texto, foi um grato presente, Mouro ...arte e essência em divino conluio!

Bauces masri

2 de maio de 2010 19:34  
Blogger Whispers disse...

Querido Árabe,
Fazer amor é uma arte, se pinta cada emoção,com carinho, se tatua cada desejo,onde fica marcado não na pele mas na alma e coração de quem se ama
Desejo que tenhas uma feliz semana
Mil beijos
Rachel

2 de maio de 2010 21:49  
Blogger Sol e Mar disse...

ah! sempre atento...
É fantástico mesmo!
Boa semana e OBRIGADO!

3 de maio de 2010 04:14  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Fantásticas as tuas palavras, Árabe. Nem há o que comentar... mas há muito o que pensar enquanto me delicio com essa leitura.

Boa semana, querido.

3 de maio de 2010 04:17  
Blogger São disse...

Neste momento o sexo vale por si só, o que me parece inadequado. E não por razões moralistas, mas sim por aquilo que tão bem apontas!

Uma feliz semana, Mestre.

3 de maio de 2010 08:12  
Blogger Fa menor disse...

Um belíssimo texto, com o qual concordo plenamente!

Boa semana!

bjinhos

3 de maio de 2010 09:32  
Blogger Chica disse...

O amor deve ser total.Apenas sexo, é passatempo...Lindo e reflexivo!abração,chica

3 de maio de 2010 10:02  
Blogger VANUZA PANTALEÃO disse...

E é com muito carinho e já uma pontinha de saudade que tiro esse tempinho para dar-lhe um "até breve", meu sábio amigo.
Vou deixar um post para o Dia das Mães, meu filho vai administrar as coisas por aqui. O descanso para o corpo e a alma faz-se necessário, tu sabes.
Mas volto! Deus o permitirá...
Beijo carinhoso!!!

3 de maio de 2010 10:37  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. Em verdade, acredito que assim deva ser. Sempre. :) Boa semana!

3 de maio de 2010 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a tua presença, Fernanda. Grato, amiga! :) Boa semana.

3 de maio de 2010 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Lídia; também creio que a sensualidade é algo inerente ao ser humano... e implica sempre no amor. :) Boa semana!

3 de maio de 2010 11:48  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Philip... e boa sorte com a CNH! :) Abraço, boa semana.

3 de maio de 2010 11:49  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Gisele: é muito alto o preço, quando da essência nos afastamos. :) Boa semana!

3 de maio de 2010 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Bernardete. Boa semana, amiga!

3 de maio de 2010 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Eärwen... e grato pela gentileza! :) Boa semana.

3 de maio de 2010 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Assim, Rosa: juntos, eles se completam. :) Boa semana!

3 de maio de 2010 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Khalit. Pela citação... e pela gentileza! :) Boa semana.

3 de maio de 2010 11:52  
Blogger O Árabe disse...

Bem descrito, Rachel! :) Boa semana, amiga.

3 de maio de 2010 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Sol e Mar, pela gentileza e amizade. :) Boa semana!

3 de maio de 2010 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Fantástico, Keila, é contar com a amizade de vocês! :) Boa semana, amiga.

3 de maio de 2010 11:57  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, São... é no amor que reside a plenitude. Boa semana, fica bem!

3 de maio de 2010 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fa Menor. :) Boa semana!

3 de maio de 2010 11:58  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Chica... e o passatempo por si mesmo se esgota. :) Boa semana!

3 de maio de 2010 11:59  
Blogger O Árabe disse...

Belas férias, Vanuza... você merece! :) Boa semana.

3 de maio de 2010 11:59  
Blogger GarçaReal disse...

Daí a diferença enorme entre sexo e amor.

O sexo existe, mas só tem valor , interesse ,atracção se for repleto de amor, pois o carinho para existir necessita da palavra amor.
Este teu texto é muito importante

A humanidade está a esquecer a ternura e o amor

O viver do sexo em si não dá luz à alma.

è preciso haver amor ....Em tudo

Boa semana

Bjgrande do lago

3 de maio de 2010 12:06  
Blogger Fátima disse...

Meu querido Árabe,

O amor é peça fundamental sempre!!!

Isolado ainda é amor...diferentemente de todos os outros sentimentos,

Obrigada pelo seu carinho, gosto muito.
Um abraço carregado de carinho.

3 de maio de 2010 12:55  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

Lindo e verdadeiro, realidade. Como eu sempre digo: vir aqui me acalenta e me encanta, sempre. Obrigada querido amigo.

grande beijo e ótima semana,

3 de maio de 2010 14:32  
Blogger Vozes de Minha Alma disse...

Meu querido irmão,
Assalamaleikum!
Quero agradecer tuas gentis palavras, e dexar contigo essas benditas palavras:
"Allah prodigaliza o sustento a quem quer de Seus servos, e restringe-lho. Por certo Allah, de todas as coisas, é Onisciente".
Surata 62

3 de maio de 2010 16:18  
Blogger Pensador disse...

Nada mais verdadeiro do que estas suas palavras, Árabe.
O sexo sem amor é possível. Mas é incompleto, sem graça, falta algo.
Quando existe a união completa entre os dois, o momento torna-se mágico. Diferente. Único!
Abraços!

3 de maio de 2010 16:51  
Blogger Vampira Dea disse...

Tudo de bom nessas palavras...

4 de maio de 2010 05:25  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Garça amiga... em tudo! :) Boa semana.

4 de maio de 2010 11:42  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fátima, pela reflexão... e pela gentileza! :) Boa semana.

4 de maio de 2010 11:43  
Blogger O Árabe disse...

E para nós, Tina, a sua presença é sempre uma alegria! :) Boa semana, amiga.

4 de maio de 2010 11:44  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Antonio Lidio. Meu abraço, boa semana!

4 de maio de 2010 11:44  
Blogger O Árabe disse...

Bm definido, Pensador! :) Meu abraço, amigo; boa semana.

4 de maio de 2010 11:45  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Dea. :) Boa semana!

4 de maio de 2010 11:46  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

ahh!

gostei de ler, um pouco diferente dos temas que aqui nos trás, mas, embora pertinente, muito bem!

beij

5 de maio de 2010 06:13  
Blogger Maria Valadas disse...

"Pois um dia se extinguirá a beleza que encanta os olhos; e o sexo não mais será o caminho onde se encontrarão os amantes. Persistirá, entretanto, a união entre as almas que se completam."

E assim é, meu amigo!

Uma felicidade plena, ao ler-te... sempre!

Beijos meu.

Maria

5 de maio de 2010 21:15  
Blogger Benó disse...

Como é bom lê-lo.
"É da ternura que une as almas, que deverá brotar o desejo a unir os corpos." quando essa ternura se acaba, a união dos corpos não tem mais significado e torna-se num acto animalesco.É ou não é?
Um resto de uma boa semana, Arabe.

6 de maio de 2010 07:17  
Anonymous Márcia(clarinha) disse...

Que beleza de texto!
Sexo está em nós, é divino e fantástico quando feito com amor.
lindos dias
beijos

6 de maio de 2010 08:53  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade. Realmente, foge um pouco aos temas costumeiros. :) Bom resto de semana!

6 de maio de 2010 13:00  
Blogger O Árabe disse...

Asim é, Maria. :) Felicidade também com a tua presença. Bom resto de semana!

6 de maio de 2010 13:00  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Benó! E é sempre bom contar com a tua presença, amiga! :) Bom resto de semana.

6 de maio de 2010 13:01  
Blogger O Árabe disse...

Bela colocação, Clarinha. E uma alegria encontrar-te de novo, amiga! :) Bom resto de semana.

6 de maio de 2010 13:03  
Blogger Barbara disse...

Perfeito.
Tá aqui exposta a noção - do desejado.

7 de maio de 2010 04:40  
Blogger Daniel disse...

Arabe, sempre preferi o amor ao sexo. Mas como bem disse, temos uma necessidade e muitas vezes quando não estamos amando ninguém, hoje em dia é tão comum isso, procuramos o sexo casual, mas acredito que a maioria das pessoas saibam a diferença entre os dois, simplesmente porque há uma grande diferença.

No sexo é como apenas uma troca de prazer. O amor é muito maior do que apenas o ato sexual, abrange muitos sentimentos, que, inclusive, podem vir a ser eternos.

abs

7 de maio de 2010 08:02  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Sem dúvida.

Mas o que perdura hoje em dia, é o contrário.O físico, pelo físico...

Beijinho doce

7 de maio de 2010 08:31  
Blogger O Árabe disse...

Sempre desejado, Bárbara. É a união entre corpo e alma que conduz à plenitude. :) Bom fim de semana!

7 de maio de 2010 14:05  
Blogger O Árabe disse...

Bela colocação, Daniel! Ou, como bem disse Vinicius: "infinito enquanto dure". :) Bom fim de semana, meu abraço.

7 de maio de 2010 14:06  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Doce Amor... e, com isto, perdem os relacionamentos. :( Bom fim de semana!

7 de maio de 2010 14:07  
Blogger Vieira Calado disse...

Hoje sobre o amor.

Bom, como sempre!

Um abraço

7 de maio de 2010 16:24  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo (e grande poeta) Vieira Calado. :) Bom fim de semana!

7 de maio de 2010 20:14  
Blogger Luma Rosa disse...

Este texto poderia ser lido por essa moçadinha que a cada hora 'fica' com um e com outro, numa verdadeira depreciação do amor próprio. Depois que a incapacidade de amar se instala é melhor ter fé e entregar para Deus, pois sem isso, vemos muitas pessoas chegarem ao fundo do poço.

Bom fim de semana! Beijus,

7 de maio de 2010 20:21  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, Luma! O fundo do poço sobrevém com a falência do amor. Bom fim de semana!

7 de maio de 2010 20:49  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky