O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 30 de julho de 2010

OS PERSONAGENS DO UNIVERSO


Somos, talvez, os personagens do Universo.

Porém, mesmo se assim for, é certo que em cada novo dia podemos reescrever a nossa história. Porque cada um de nós não é uma página em branco, mas um livro composto por suas próprias experiências.

E a cada um cabe aprender com essas experiências. Pois a lição será repetida, tantas vezes quantas se façam necessárias ao aprendizado. E à dor se juntará o arrependimento de não a ter evitado.

Atentai, pois, para as vossas escolhas. Pois o pássaro que sobre o chão procura o seu alimento, não pode reclamar da serpente que lhe tira a vida; nem do Universo, que lhe deu as asas de que necessitava.

Àquele que escolhe a escuridão noturna, não cabe reclamar da ausência do sol, que ao mundo empresta a sua luz. E o beduíno, que decide viver no deserto, não se pode queixar da ausência do mar.

Eis que vos é dado escolher entre o egoísmo e a doação; a indiferença e o amor. Precisareis, entretanto, colher os seus frutos: a solidão inclemente, ou a doce sensação de companhia.

Tudo depende, em verdade, das vossas escolhas. Em cada dia de vossas vidas, sois chamados a dobrar esquinas; e cada uma delas vos pode levar a novos caminhos.

O Universo a tudo provê. E, como um pai amoroso, vos oferece todas as estradas; para que cada homem possa determinar o seu próprio rumo e aprender as suas próprias lições.

Deveis, portanto, escolher com cuidado o vosso caminho. E, quando uma estrada vos parecer coberta de rosas, lembrai-vos de que sob elas se podem esconder os espinhos que magoarão os vossos pés.

E não deveis temer as pedras, que em outro caminho vos pareçam existir. Porque o perigo não está no mal que se revela, mas no bem aparente, que guarda em si traiçoeiras armadilhas.

Menos perigosas são as presas brancas do lobo, que reluzem à luz do sol, do que os dentes envenenados da pequenina serpente, cujo vistoso colorido atrai o vosso olhar.

E o pântano fétido, que a todos assusta, é decerto menos letal que as belas dunas do deserto, que mudam de posição ao sabor do vento inconstante, desorientando o incauto viajante.

Cuidai-vos, portanto, quanto às vossas escolhas. Pois é ao escolher as causas, que determinais as consequências. É ao escolher as palavras, que estareis escrevendo a mais importante das histórias.

A vossa própria história.

Texto inspirado pela bela imagem; que, confesso, não sei de que site peguei.

52 Comentários:

Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe; maravilhosamente belo, emocionante! Sabe Árabe; foi um mergulho em minha vida, apesar de que, nem sempre fiz a escolha que gostaria, mas aceitei as que me foram impostas pela vida. Mas acredito que tenham sido caminhos que precisava passar.
A musica e a imagem lindas demais! Tudo perfeito!
Bom fim de semana! Beijos

30 de julho de 2010 19:37  
Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

Se fossem simples assim, ou claras as opções, mas os caminhos, as opções se disfarçam, induzem a equívocos, não se nos apresentam mapas, seguimos quase às cegas.

30 de julho de 2010 20:01  
Blogger São disse...

Seria tão mais fácil se todas as pessoas soubessem desta verdades em vez de se enfeudarem a dogmas estéreis e enganosos!!

Um enorme abraço, Swami querido!

30 de julho de 2010 21:55  
Blogger GarçaReal disse...

Na nossa caminhada tentamos sempre escolher os caminhos de luz, os caminhos certos da doação.
Por vezes acertamos, no entanto vezes há em que supomos estar a dar o bem , mas o erro está presente e não o vislumbramos.

Dái que o aprendizado pode ajudar um pouco.

As almas que muito dão por vezes não são compreendidas.

Texto para meditar como sempre.

Um fim de semana de luz para ti

Bjgrande do Lago com amizade

Obrigada pela contante presença no meu Lago

31 de julho de 2010 04:26  
Anonymous Nova Civilização disse...

caro amigo,

que texto tão precioso. Obrigado!

Viver não é fácil. É luta, batalha, quedas e tropeções aonde vamos nos fortalecendo e aprendendo... Essa é a questão. Um grande aprendizado. Denota uma grande atenção na canção do Universo pois a todo momento Ele nos dá o seu sinal, nos fala baixinho, nos aponta o caminho. Mas muitas vezes estamos desatentos e assim nos perdemos em nossas escolhas.

Arendi que somos viajantes, peregrinos e que a caminhada se faz caminhando justamento pelo o que vamos escolhendo para nós...e enquanto estamos andando é preciso estender a mão, recolher os feridos, as pedras ou muitas vezes só observar.

Aprendi também que tudo passa e que cada dia é o momento para recomeçar .Muitas vezes pelo amor outras pela dor. Mas nunca podemos deixar passar a oportunidade de encontrar a nossa essência .Aqui e Agora. Mas quando não sabemos fazê-lo ou a cegueira nos toma escondendo o verdadeiro caminho entreguemos a nossa vida , o nosso coração a Deus que a sua Luz nos conduzirá!


abraços fraternos,

Gisele

31 de julho de 2010 05:17  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. E, acredite, muitas vezes a primeira escolha é o direito de fazermos as nossas próprias. escolhas. :) Bom fim de semana!

31 de julho de 2010 05:47  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, ermitã amiga; talvez o objetivo de cada jornada seja, exatamente, aprendermos a traçar o mapa. :) Bom fim de semana!

31 de julho de 2010 05:49  
Blogger O Árabe disse...

Um dia a aprenderemos, São... um dia a aprenderemos. :) Bom fim de semana, minha amiga!

31 de julho de 2010 05:50  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Garça, pela gentileza do comentário e por sua amizade. :) Bom fim de semana!

31 de julho de 2010 05:51  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Gisele. Busquemos a Luz do Universo; ela nos conduzirá. :) Bom fim de semana!

31 de julho de 2010 05:52  
Blogger Barbara disse...

...desde que seja com a verdade...

31 de julho de 2010 10:31  
Blogger Sol e Mar disse...

a vida é o que é. à nossa disposição estão todos os cenários. somos nós que escolhemos.
:D
obrigada pela partilha terna da sua sabedoria interior.
Bom fim de semana.
bjs

31 de julho de 2010 15:54  
Blogger Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Vozes da Minha Alma. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

1 de agosto de 2010 10:29  
Anonymous De... disse...

Todas as escolhas estão realmente em nossas mãos.
E sempre que escolhemos algo, abrimos mão de alguma coisa.

Temos que estar atentos para escolher, pois por ser nossa decisão, não podemos nos queixar depois.

Isso pressupõe a não nos deixarmos levar apenas pelas aparências, como você descreve tão bem.

O caráter é mais importante que a beleza.
As facilidades muitas vezes servem a Forças involutivas.

Texto soberbo, Árabe... como sempre!

Boa semana!

1 de agosto de 2010 14:59  
Blogger Vieira Calado disse...

As verdadeiras personagens do Universo, são as estrelas!

Mas... está bem!...

O seu texto é bom!

um abraço

1 de agosto de 2010 16:26  
Blogger Fa menor disse...

Cada personagem tem a sua autonomia e é tão natural como uma flor que desabrocha ao sol.
A personagem se constrói a si própria sob o olhar atento de quem a criou.

Boa semana!

Bjins

2 de agosto de 2010 03:34  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Muito lindo!
Eu procuro sempre a luz, as asas e um voo sempre mais alto do que esperam de mim... Certa ou errada, sou personagem deste meu universo...
Um beijo!

2 de agosto de 2010 11:57  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Ia me esquecendo, já inclui sua participação nos 7 anos! Obrigada!

2 de agosto de 2010 11:57  
Blogger Chica disse...

A imagem é linda e tua insíração foi maravilhosa !Tudo lindo! abração, obrigado pelo carinho e o Neno, acabamos de voltar do médico e teve uma virose que provocou desidratação e desnutrição profunda.Deve recuperar logo,espero!abração,chica

2 de agosto de 2010 12:55  
Blogger Vozes de Minha Alma disse...

E que essa história seja escrita com o aprendizado de minha vinda aqui ao ler teus ensinamentos mais que bem vindos.
Um abraço.

2 de agosto de 2010 13:18  
Blogger C Valente disse...

Saudações amigas tambem com um abraço

2 de agosto de 2010 15:21  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Escolher uma meta é saudável, mas cumpri-la já é uma outra situação. Enfim, um pouco de bom-senso torna-se mais que necessário, pois qualquer deslize e tudo pode se perder.

Um abraço carinhoso, Árabe!!!
Já tem post novo!Rs

2 de agosto de 2010 19:36  
Blogger Tina disse...

Oi Árabe!

E, novamente texto que me cala fundo, bem aceito, preciso. Agradeço com carinho de sempre. Amigo.

beijo.

3 de agosto de 2010 20:37  
Blogger Eu sei que vou te amar disse...

Belo!! Um post que cumpre nos avisar que a vida nao é uma pagina em branco, cabe a nos colorir, desenhar e escrever sobre o nosso destino!
Beijo doce

4 de agosto de 2010 06:59  
Blogger Whispers disse...

Querido Arabe,

Cada palavra tua e uma licao da vida, um caminho de verdade.

Mas quando pisamos caminhos com pedras, sera que nao e a maneira de aprender a viver? claro que seguir o caminho mais facil sera sempre a escolha humana,mas por vezes o mais facil nao e o caminho da verdade e paz da alma

Adoro te vir ler,encontro uma ajuda em minha caminhada.

Mil beijos
Rachel

4 de agosto de 2010 19:32  
Blogger ♥MáH♥ disse...

Passar aqui é muitas vezes, um encontro comigo mesma.
Obrigado
beijos =*

5 de agosto de 2010 17:15  
Blogger moonlight song disse...

Lindo texto, amigo Árabe.
Comecei a colher todas as pedras para delas mais tarde fazer um Castelo, como diria o admirável Mestre Fernando Pessoa.
Bom fim de semana, bj.

6 de agosto de 2010 00:19  
Blogger Hana disse...

Oi Arabe, olha seu post é uma divina lição, li atentamente e vo levar no coração mas este pedecinho vou levar p/ os meus documentos...se me permitir.
Eis que vos é dado escolher entre o egoísmo e a doação; a indiferença e o amor. Precisareis, entretanto, colher os seus frutos: a solidão inclemente, ou a doce sensação de companhia.
meu muito obrigada per seu cantinho de paz.

com carinho
Hana

6 de agosto de 2010 06:22  
Blogger O Árabe disse...

Sempre com ela, Bárbara... ou de nada adiantaria. :) Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:39  
Blogger O Árabe disse...

Eu agradeço, Sol e Mar, por vossa constante amizade :) Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:40  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Fabricio, pela visita; que retribuirei em breve. :) Bom fim de semana.

6 de agosto de 2010 11:41  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, De. Obrigado! :) Bom fim de semana.

6 de agosto de 2010 11:42  
Blogger O Árabe disse...

Grato, mestre Vieira Calado. Meu abraço, bom fim de semana! :)

6 de agosto de 2010 11:43  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Fa Menor... assim realmente acontece! :) Bom fim de semana.

6 de agosto de 2010 11:43  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Claudinha: certos ou errados, todos o somos. :) Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:44  
Blogger O Árabe disse...

Ah, e vi a inclusão. :) Obrigado, amiga!

6 de agosto de 2010 11:45  
Blogger O Árabe disse...

Espero que ele já esteja bem, Chica. A gente se preocupa com os amigos. Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:46  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amigo Antonio Lidio, pela constante presença que me honra e alegra! :) Meu abraço, bom fim de semana.

6 de agosto de 2010 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Grande alegria com a tua presença, amigo Valente. Meu abraço, bom fim de semana! :)

6 de agosto de 2010 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Vanuza... quanto necessitamos do bom senso! :) Bom fim de semana.

6 de agosto de 2010 11:48  
Blogger O Árabe disse...

E eu sinto a alegria de sempre, Tina, com a sua presença. :) Bom fim de semana, amiga!

6 de agosto de 2010 11:49  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, minha romântica amiga: somos os nossos autores e os nossos personagens. :) Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Rachel, pela amizade e pela presença. Fica bem, amiga! Bom fim de semana.

6 de agosto de 2010 11:50  
Blogger O Árabe disse...

E é sempre uma alegria encontrar você, MáH. :) Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Moonlight Song: também às pedras, precisamos colher. :) Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:52  
Blogger O Árabe disse...

Permitir, Hana? Só me cabe agradecer, pela honra e pela amizade. :) Bom fim de semana!

6 de agosto de 2010 11:53  
Blogger Eärwen Tulcakelumë disse...

Estive a ler antes, mas não comentei... então volto hoje para dizer que difícil é saber qual das lições aqui postadas.
É com muita sabedoria que devemos olhar para nossa estrada e com muita fé que devemos fazer a escolha do nosso rumo. Cuidar para que não armemos nós mesmo as ciladas em que mais tarde iremos cair.
Sabias são as palavras aqui escritas, como são valiosas as lições que o Eterno nos oferece através das tuas mãos.
Obrigado meu amigo por mais esta lição.
Entrego em tuas mãos pérolas incandescentes de luz e inspiração.
Com carinho amigo

Eärwen

10 de agosto de 2010 12:47  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Eärwen, pela gentileza e amizade! :) Boa semana, amiga.

11 de agosto de 2010 04:31  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Às vezes é difícil escolher...

Beijinho doce:)

16 de agosto de 2010 16:35  
Blogger O Árabe disse...

Difícil, sim, Doce Amor... aprender, talvez seja a verdadeira ciência da Vida! :)

17 de agosto de 2010 09:06  
Blogger Rosa Brava disse...

Uma verdadeira descoberta este seu blogue!
"Perdi-me" por aqui a ler ...

Sensibilidade e bom gosto nesta imensa partilha.
Obrigada.

24 de agosto de 2010 10:12  
Blogger O Árabe disse...

Acabo de ler o seu comentário, Rosa. Grato, pela gentileza e volte sempre; o oásis é nosso! :) Bom resto de semana!

25 de agosto de 2010 15:55  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky