O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

JOVENS E IDOSOS


A vida é uma viagem pelo tempo.

E, enquanto o jovem percorre o caminho das experiências, segue o mais velho o roteiro das lembranças, que o levam de retorno aos sonhos e desenganos do passado.

Por isto, é que um avança com o passo rápido das esperanças apenas nascidas; e o outro caminha lentamente, tolhido pelo receio de uma nova desilusão.

Entretanto, a esperança e a desilusão fazem parte dos vossos caminhos. E, conquanto opostas vos pareçam, em verdade uma é apenas a véspera da outra; e também a sua sucessora.

Isto eu vos posso afirmar, com todo o meu coração. Pois é esta alternância que tenho encontrado, em todos os dias da minha vida; e sei que assim será, enquanto me for dado trilhar os caminhos deste mundo.

Assim, surge em nós o conhecimento; que não nos rouba o dom de sonhar, mas nos torna conscientes de que sonhos e realidade convivem em nossos dias.

Aquele que a um sonho totalmente se entrega, haverá de chorar a volta à realidade; e chamará de desperdiçado o tempo do sonho, esquecido de que aquele foi o tempo da sua felicidade.

E aquele que sufoca os seus sonhos, decerto não vergará os ombros ao peso da desilusão; mas tampouco conhecerá a plenitude que só o amor e a esperança podem trazer à nossa alma.

Cuidai-vos, para que em vós os sonhos e a realidade sejam como a chuva e o sol, que se combinam para formar a beleza do arco-íris. Assim, não vereis cinzenta a realidade; nem vos perdereis no colorido sonho.

O tempo passa. E não nos traz apenas a prata aos cabelos, mas também o ouro do conhecimento acumulado. E, embora debilite o nosso corpo, fortalece a nossa alma.

Em cada dia, haverá o mais velho de retornar ao passado; e o jovem ansiará pelo futuro. E não é sábio invejar a experiência de um, ou a pujança do outro; pois a cada um o Universo provê o que necessita.

Um dia, tombará a rosa sobre o solo; e o afluente mergulhará em outras águas. E é preciso que assim seja, para que possa brotar o novo botão e surgir o majestoso rio.

Sede, pois, pacientes em vosso relacionamento; busquem os jovens a experiência dos mais velhos e saibam estes orientar o vigor da juventude. Que a compreensão e o afeto existam entre vós, para que juntos possais caminhar.

E descobrir o sentido da Vida.


Texto inspirado pela bela foto do site 1.000 Imagens.



44 Comentários:

Blogger TITA disse...

belo e como sempre interpelaçao...Faz-nos ver que a beleza não tem idade e que a idade é um estado de alma.Obrigado e um abraço.

13 de agosto de 2010 17:16  
Blogger Pensador disse...

É verdade que ninguém fica mais jovem a cada dia que se passa. Mas também é verdade que a idade do calendário é apenas uma referência.
Existem anciãos cuja maneira de pensar é jovem, ativa.
E existem jovens que, de tão velhos, parece estarem já esperando a chegada da morte.
Existem sonhos aos quais é tolice agarrar-se, são fúteis e vazios.
Mas também há aqueles que devem ser perseguidos com toda a tenacidade.
A vida é uma sequência de escolhas, impossível saber de antemão se escolheremos certo.
Na duvida, a sensatez do caminho do meio é a melhor opção.

13 de agosto de 2010 20:10  
Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

olá, amigo!
Ouso discordar em algum ponto, de tuas sempres sábias palavras, mas pelo critério do primeiro parágrafo não teria mais, o humano avançado em anos de experiências o direito de ainda experimentar mais e mais?
Quando penso que já se esgotaram algumas possibilidades, mais e mais surgem. Ou só se fica velho ao desistir de experimentar? Mas nesse caso não haveria sabedoria...

13 de agosto de 2010 21:15  
Blogger Hana disse...

Querido amigo. Vc esta em meu Mural do QUEM SOU DEIXA MARCA, acabei de post um dos seu lindos texto em meu mural, espero que goste do carinho e admiração que sinto por ti e da maneira com que expressei minha gratidão aos seus post.
com carinho
Hana

14 de agosto de 2010 05:53  
Blogger Barbara disse...

Não há mais ouvidos de ouvir, nem olhos de ver.
A grande mácula da civilização ocidental é a ausência da tradição oral.
Isso não acontece com índios, com grupos menos engajados nos vícios que podam os sentidos.
1 abraço a você.

14 de agosto de 2010 13:41  
Blogger Fa menor disse...

Sim, sonhos e a realidade devem combinar-se para encontrar um equilíbrio que permita sonhar, mas sem andar no mundo da lua, mas sim com os pés na terra.

Como sempre um escrito cheio de sabedoria!

Bjins

14 de agosto de 2010 14:26  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Tita. E você está certa: a idade é, também, um estado de alma. :) Bom fim de semana!

14 de agosto de 2010 19:36  
Blogger O Árabe disse...

Bem colocado, amigo Pensador. Obrigado! :) Meu abraço, bom fim de semana.

14 de agosto de 2010 19:37  
Blogger O Árabe disse...

Ermitã amiga, é tão certa a sua observação que fiz uma pequena alateração no texto. Vocês realmente engrandecem o nosso oásis!:) Obrigado, bom fim de semana.

14 de agosto de 2010 19:40  
Blogger O Árabe disse...

Hana, sinto-me honrado e de coração agradeço. Obrigado, amiga!:) Bom fim de semana.

14 de agosto de 2010 19:41  
Blogger O Árabe disse...

Concordo, Bárbara; a tradição oral é parte importante da cultura de um povo. Bom fim de semana, amiga!

14 de agosto de 2010 19:43  
Blogger O Árabe disse...

E como sempre, Fa Menor, um rico comentário. :) Bom fim de semana!

14 de agosto de 2010 19:45  
Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

Olá, amigo.
Vim reler ou, ler novamente. Perfeitas suas considerações.

14 de agosto de 2010 20:19  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Árabe, sua sabedoria sempre me comove. Não há como ler seus textos sem aprender uma lição. Lembrei-me do enigma da esfinge... É! É bom decifrar o tempo, saber tirar o melhor, senão ele nos devora!
Beijo.

15 de agosto de 2010 17:02  
Blogger Whispers disse...

Querido Árabe,
Idade é simplesmente um numero e nada mais.

Mas a verdade se diga, São os anos que vão passando que fazem os sábios mais sábios.

Desejo te uma feliz semana
Mil beijos
Rachel

15 de agosto de 2010 17:40  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Querido Árabe; Mais um post para reflexão, cujo conteúdo é muito rico e muito lindo!
Essas duas faces da mesma moeda, são imprevisíveis. Poderemos encontrar uma, ou a outra, em quaisquer caminhos que escolhamos trilhar. Muitas vezes, o medo da desilusão, implica em uma solidão eterna, ainda que acompanhados. E deixamos de experimentar algo que poderia ser bom demais. Compreendo que a cautela seria o mais sensato. O jovem tem o direito de se aventurar e o idoso de refletir, antes de dar qualquer passo, mas nunca ficar paralisado. Ademais, a desilusão também acontece pela decepção conosco, por não termos arriscado, ou decidido. Dar certo ou não, é muito difícil prever, com quem quer que seja e em qualquer circunstância. Mas precisamos apenas avaliar, em qual situação sofreremos menos.
Que sua semana seja de paz, saúde e realizações!
Beijos

16 de agosto de 2010 10:05  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

A terra está ficando cada vez mais conflituosa, amigo. Sua mensagem chegou na hora certa.
Uma semana de muita Paz!!!Bjsss

16 de agosto de 2010 10:54  
Blogger GarçaReal disse...

O caminho que trilhamos é recheado de realidades, sonhos, alegrias, desgostos , decepções....

Temos realmente que tirar alguma lição de quem já percorreu mais caminho que nós e dar as mãos para que os passos sejam mais leves e para que a rosa tombe o mais tarde possivel.

Afinal se mantivermos a alma brilhante a rosa nunca chega a morrer...

Boa semana

Bjgrande do Lago

16 de agosto de 2010 12:50  
Blogger Chica disse...

Que maravilha de reflexão Àrabe...

Passar pela vida, somar anos, branquear cabelos, mas não perder a vontade, a garra, a criança dentro de nós(a minha está sempre bem presente,srsr)e saber ver a graça de viver.

Se não for assim, pra mim, nada adianta.

Não suportaria apenas vegetar e esperar os dias passando...abração,chica

16 de agosto de 2010 13:19  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Chegueiiii!!!

Olá!!!

"Em cada dia, haverá o mais velho de retornar ao passado..."

Porquê?E para quê?

Beijinho doce e obrigda pela visita:)))

16 de agosto de 2010 16:50  
Blogger O Árabe disse...

Grato, amiga ermitã, pela pertinente observação, que nos ajudou a aprimorar a idéia. :)

16 de agosto de 2010 20:25  
Blogger O Árabe disse...

É, sim, Claudinha... e obrigado, pela amizade e gentileza! :) Boa semana.

16 de agosto de 2010 20:26  
Blogger O Árabe disse...

Grande verdade, Rachel... quanto os anos nos ensinam! :) Boa semana, amiga.

16 de agosto de 2010 20:26  
Blogger O Árabe disse...

Belo e acertado comentário, Olhos de Mel. Obrigado, boa semana! :)

16 de agosto de 2010 20:27  
Blogger O Árabe disse...

E como precisamos, Vanuza, repetir as mensagens que falam de paz!:) Boa semana, amiga.

16 de agosto de 2010 20:28  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Garça! Em nós, podemos conservar sempre as rosas. :) Boa semana!

16 de agosto de 2010 20:28  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Chica: a criança em nós nos ajuda a viver. Sempre! :) Boa semana.

16 de agosto de 2010 20:29  
Blogger O Árabe disse...

Belas perguntas, Doce Amor! Mas assim fazemos, sempre. Infelizmente! :) Alegra-nos o seu retorno, amiga; boa semana!

16 de agosto de 2010 20:31  
Blogger Nova Civilização disse...

Caro amigo,

obrigada pela partilha,

abraços fraternos

Gisele

17 de agosto de 2010 03:47  
Blogger Hana disse...

Oi querido amigo, vc esta no meu mural do dia 13 de agosto, tem seu post lá, gostaria que fosse lá ver, obrigada pelo carinho, hoje te vi em meu cantinho, então vim te avisar onde esta seu post, agora ja passa de 1 horas da madrugada aki no Japão, então amanha eu venho te ler,com calma, to precisando de uns ensinamentos novos, grande abraço!
com carinho
Hana

17 de agosto de 2010 09:21  
Blogger Vozes de Minha Alma disse...

Amigo estimado, claro que a velhice quando chega vai nos tolhendo a matéria e nos debilitando.
Mas haverá sempre o espírito que não envelhecerá, pois ele é o portador de fonte de sabedoria.
Este, prevalece sobre a matéria e é indestrutível.
Transcende, e quem sabe se não reencaranrá noutra vida?
Um abraço, meu dileto amigo meu irmão.

17 de agosto de 2010 10:11  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

que dizer?!

um texto muito bem escrito cheio de sabedoria, inspirado, numa foto tb muito boa.

fica o meu abraço

18 de agosto de 2010 07:39  
Blogger O Árabe disse...

Obriugado, Gisele. Infelizmente, não estou conseguindo acessar o Nova Civilização, para ler e comentar os seus belos posts. :( Houve algo por lá? Bom resto de semana, amiga!

19 de agosto de 2010 04:14  
Blogger O Árabe disse...

Hana, amiga, eu já havia lido o post; e tinha certeza de o haver comentado, agradecendo a honra de participar do Mural. Voltei lá, não vi o meu comentário... e comentei de novo. :) E de novo te digo: obrigado! :) Bom resto de semana.

19 de agosto de 2010 04:16  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, amigo e irmão Antonio Lídio. Obrigado; meu abraço, bom resto de semana!

19 de agosto de 2010 04:17  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade. E a foto é realmente linda, não? Bom resto de semana, amiga!

19 de agosto de 2010 04:18  
Anonymous De... disse...

Caro Árabe...

Excelentes ensinamentos, como sempre.
Permita-me porém, discordar um pouquinho, em certo aspecto... pois existem jovens com almas antigas, e existem "velhos" que quase nada aprenderam.

Certamente que a vida traz a todos oportunidades de aprendizado, mas o que realmente acrescenta sabedoria e evolução, não são simplesmente as experiências que se apresentaram, e sim, a bagagem que o enfrentamento dá.

E quando assim é, nada mais belo que um jovem olhar encontrar-se, reverente, com um olhar que entendeu o dom de se viver.

Um abraço e ótimo fim de semana...

19 de agosto de 2010 19:51  
Blogger moonlight song disse...

O teu Dom das palavras tocarem corações deixa-me emocionada.
Que as tuas palavras continuem brotando como rosas na Primavera, para que nos deliciemos no seu perfume e na sua bela cor.
Bom fim de semana, amigo Árabe :).

20 de agosto de 2010 00:48  
Blogger Multiolhares disse...

Os jovens não entendem a sabedoria que se encontra por de traz da pele enrugadas das mãos tremulas, mas chegará um dia em que os jovens sentirão esse peso do corpo dorido e aí entenderão a sabedoria que as tuas palavras encerram
Bj

20 de agosto de 2010 13:11  
Blogger O Árabe disse...

De, discordar é necessário; é assim que surgem as novas idéias. :) Grato, bom fim de semana!

20 de agosto de 2010 21:17  
Blogger O Árabe disse...

Agradeço, Moonlight Song, pela gentileza e amizade. :) Bom fim de semana!

20 de agosto de 2010 21:18  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Luna: a força da juventude nos spera do aprendizado dos anos que passam. :) Bom fim de semana!

20 de agosto de 2010 21:19  
Blogger Copélio disse...

Quanta sabedoria...
Texto é pra se pensar.
Ai meus cabelos brancos!!
Abç

3 de setembro de 2010 03:40  
Blogger O Árabe disse...

E os meus, Copélio... e os meus? :) Abraço, bom fim de semana!

3 de setembro de 2010 19:50  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky