O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

VIAGEM

Eu estarei no sopro do vento.

E na primeira estrela que iluminar o escuro do céu. E estarei nas flores de cada jardim, no sorriso de cada criança, e no pranto desencantado do velho sem esperanças.

Eu estarei em cada palavra de cada livro sagrado, e no riso profano do ébrio que sob o luar cruza as ruas, em passos vacilantes. Em cada sonho morto, e em cada ilusão que renasce.

Estarei nas palavras de cada sacerdote, e em cada altar onde estiver a vossa fé. E no silêncio respeitoso do ateu, que se queda encantado ante a beleza do bosque e a magia do céu estrelado.

Estive no início dos tempos, e estarei no seu final. Porque a Vida reside nos jardins da eternidade, no Coração do Universo.

Eu estarei em cada onda do mar, e no imutável espelho do lago profundo. Estarei no desespero do marujo, que vê naufragar o seu barco e sabe que à praia não chegará.

Mas estarei na alegria de cada vela que retorna à praia; e de cada beduíno que avista ao longe as palmeiras do oásis, seu sonho mais lindo nas solitárias noites do deserto.

Eu estarei em cada verdade e em cada mentira que for dita entre os amantes. Em cada jura de amor e em cada expressão de desprezo; em cada gemido de prazer, e cada lágrima de saudade.

Eu estarei na pétala da rosa, cuja maciez acaricia a vossa pele, e no seu aroma, que vos encanta o olfato. E estarei no espinho que vos magoa, e no acre odor do adubo que tão bela a fez brotar.

Estarei na música, que vos encanta; e nos gemidos de dor de cada homem que padece a injustiça do mundo. No sangue de cada criança mutilada pelas guerras que não entende.

Estarei nos aviões que despejam as bombas e nas famílias que choram as suas casas destruídas; no desamparo de cada órfão, e na dor indescritível de cada mãe que perde o filho amado.

Mas estarei no retorno do guerreiro, que jamais voltará a pegar em armas contra os seus irmãos. E em cada canto de paz que ecoar no mundo, abafando o cruel ruído do ódio insensato.

Estarei nos grilhões de cada escravo, e nas asas do pássaro que se eleva no céu. Na semente que ao solo atirais, e na majestosa árvore que vos acolhe em sua sombra benfazeja.

Estarei convosco, em cada momento. Para que juntos aprendamos a viajar nas asas do vento, caminhar sobre as águas do mar e ouvir a canção que as estrelas cantam para o Universo.

E ecoa em nosso verdadeiro Eu.

36 Comentários:

Blogger Phoenix disse...

"E no silêncio respeitoso do ateu, que se queda encantado ante a beleza do bosque e o encanto do céu estrelado." Conseguiste juntar algo que a maioria considera impossível..ateu e a "energia divina"..mt bonito mesmo=)*

11 de setembro de 2010 12:46  
Blogger Eu sei que vou te amar disse...

Lindo!! Viajo entre os versos sublimes e profundos para um Universo doce e imparavel!
Beijo doce

11 de setembro de 2010 16:55  
Blogger Pensador disse...

Lindas palavras, Árabe!
Este seu texto me lembrou a letra de "Gitá", mas está escrito com muito mais sensibilidade.
Abraços, bom final de semana!

11 de setembro de 2010 18:34  
Blogger Fa menor disse...

O que é preciso é saber olhar... e ver.

:)

Boa semana

Bjos

12 de setembro de 2010 05:26  
Blogger GarçaReal disse...

É verdade essa Mão está sempre sobre tudo e é condutora da Verdade.
é o amparo e alegria, felicidade e tristeza. A Sua presença banha o sentir.

Belo Texto

Boa semana

Bjgrande do lago

12 de setembro de 2010 07:29  
Blogger Rosa disse...

Belo artigo Árabe! Tuas palavras repousa a alma dos cansados.
Uma ótima semana pra vc!
bjs!!

12 de setembro de 2010 18:16  
Anonymous Olhos de Mel disse...

Árabe; nesta viagem também embarco sempre e levo os sonhos e meus encantos. Linda mensagem! Apesar de sentir uma pontinha de triteza. Mas é doce e suave.
Boa semana! Beijos

13 de setembro de 2010 04:12  
Blogger mariavento disse...

Porque fazemos parte do Todo...
Muito bonito!

13 de setembro de 2010 04:38  
Blogger moonlight song disse...

Li-te de lágrimas nos olhos. Dou-te um abraço, em pensamento, caro amigo Árabe. Se cuida!

14 de setembro de 2010 00:28  
Blogger Chica disse...

Estamos sempre bem acompanhados em todas as empreitadas da vida...Uma linda viagem!abraços.chica

14 de setembro de 2010 10:02  
Blogger Vozes de Minha Alma disse...

Meu querido, vindo de ti que o que escrevo é belo, para mim me orgulha e me envaidece.
Mas que tu é um escritor brilhante e benvolente, não tenho como negar.
Meu afetuoso abraço, e que Deus o torne cada vez mais essa criatura maravilhosa em suas Mãos.
Assalamaleikum.

14 de setembro de 2010 11:03  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Que Viagem Divina!

Ele está em tudo e a todos envolve com a sua candura e amor.

Obrigada por esse momento, amigo!!!Bjsss

15 de setembro de 2010 15:32  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá amigo!
Boa viagem e esteja sempre assim, em cada partícula do universo, em cada emoção proporcionada pelos laços invisíveis da existência.
Um beijo!

15 de setembro de 2010 16:46  
Blogger Fátima disse...

Que delícia de viagem meu amigo.
Temos a presença dele em cada sentelha e momento.
Lindo!

Agradeço seu carinho amigo Árabe.

Beijinho no coração.

15 de setembro de 2010 23:14  
Anonymous De... disse...

O que dizer?
Apenas viajar nessa Verdade profunda... e na maravilhosa música.

Minha reverência, Árabe!

16 de setembro de 2010 07:37  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Phoenix. Ainda que o ateu não perceba, existe nele a reverência à grande do Universo. :) Bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:24  
Blogger O Árabe disse...

Grato, minha romântica amiga. :) Bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:24  
Blogger O Árabe disse...

Muito me honra a comparação, Pensador, mesmo acreditando que que amizade e gentileza tiveram nela alguma influência. :) Meu abraço, bom resto de semana.

16 de setembro de 2010 09:25  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Fa Menor: é preciso apenas olhar... e ver. :) Bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:26  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Garça amiga: a presença do Universo banha o nosso sentir. :) Bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:26  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a tua presença, Rosa. :) Grato, e bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:27  
Blogger O Árabe disse...

Tristeza, Olhos de Mel? Não sei... agrada-me acreditar que moramos na eternidade, embora não atuemos sempre no mesmo palco. :) Grato, bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:29  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Mariavento... e uma fagulha Dele existe em nós.:) Grato. bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:30  
Blogger O Árabe disse...

... e um sorriso nos lábios, espero, Moonlight Song. :) Grato, amiga; bom resto de semana.

16 de setembro de 2010 09:31  
Blogger O Árabe disse...

Feliz colocação, Chica; obrigado. :) Bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:32  
Blogger O Árabe disse...

É realmente belo, Antonio Lídio, e ninguém que leia os teus versos a eles ficará indiferente, tenho certeza. :) Meu abraço, irmão; bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:35  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Vanuza, pela gentileza e pela bela reflexão.:) Bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:35  
Blogger O Árabe disse...

Estamos, Claudinha... cada um de nós, e todos nós! :) Grato, bom resto de semana.

16 de setembro de 2010 09:36  
Blogger O Árabe disse...

Uma alegria rever-te, Fátima... e fizeste uma acertada colocação! :) Obrigado, bom resto de semana.

16 de setembro de 2010 09:37  
Blogger O Árabe disse...

Maravilhosa, realmente, não, De? :) Bom resto de semana!

16 de setembro de 2010 09:38  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um texto de prosa poética de inegavel beleza.

quase um poema....

deixo um beijo de maresia

16 de setembro de 2010 12:40  
Blogger Nova Civilização disse...

Caro amigo,

ESPETACULAR!!!

a cada frase lida meu coração sorria de alegria. Muito lindo!
Seus textos são maravilhosos. Sua inspiração é repleta de luz!

obrigada,

abraços fraternos,

Gisele

16 de setembro de 2010 15:09  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela gentileza e amizade. :) Bom fim de semana!

17 de setembro de 2010 10:08  
Blogger O Árabe disse...

Que posso dizer, Gisele, senão agradecer a gentileza de suas palavras? :) Bom fim de semana!

17 de setembro de 2010 10:09  
Blogger TITA disse...

O eco do nosso verdadeiro eu,será decerto o fertilidade do silêncio que nos habita,ao deparar com esta tua beleza.Um abraço.

17 de setembro de 2010 15:23  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Tita, pela gentil opinião. :) Bom fim de semana!

17 de setembro de 2010 19:23  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky