O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

AS FOLHAS DOS VOSSOS OUTONOS

Chorais, acaso, pelas folhas do outono?

Ou conservais a lembrança da sua beleza, quando enfeitavam os vossos dias?

Queixai-vos do trabalho de recolhê-las, ou agradeceis ao Universo pela magia da primavera?

A cada um de vós, compete a própria decisão. E é justo que assim seja, porque cada homem precisará viver com as consequências das suas escolhas.


Deixai-me dizer-vos, entretanto, que não é sábio aquele que lamenta o passado; embaçada pelas lágrimas, a sua visão não conseguirá distinguir as belezas do presente.

Para ele o futuro nada prenuncia, senão a continuação das suas desditas. Porque todo homem que se prende aos próprios rastros é incapaz de descobrir novos caminhos.


Sensato é quem segue em frente. E cultiva, em seu coração, a gratidão pela dádiva de contemplar mais um outono; porque a ninguém é dado saber qual será a sua última estação.

Dobra os seus joelhos, e recolhe as folhas caídas sobre o chão; enquanto a sua alma recorda a beleza do verde e revive as sensações de paz e alegria que experimentou em cada dia florido.

Assim acontece na vida, como na própria natureza; e quanto mais outonos atravessardes, em vossas vidas, maior será o número de folhas que vos caberá recolher.


E não é com revolta, que as devereis recolher; pois, se assim fizerdes, a frustração lançará em vossa alma as suas raízes, que findarão por sufocar a delicada planta da paz interior.

Sabei, antes, que cada uma das folhas hoje tombadas representa uma lição que aprendestes; e, não importa se com sofrimento ou alegria, contribuiu em vossa caminhada para o Conhecimento.


Cultivai a humildade, para que possais reconhecer as vossas imperfeições. Cantai, ao recolher as folhas do vosso caminho, para que leve se torne a carga das vossas experiências.

Assim, aprendereis a conviver com o vosso próprio outono. Pois as lembranças do verão manterão aquecido o vosso coração, quando o tempo derramar a sua neve sobre os vossos cabelos.


E, quando os vossos joelhos já não se puderem dobrar para recolher as folhas dos vossos outonos, sabereis que chegou a hora do descanso, antes que a jornada recomece.

Rumo a um novo verão.

62 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe; ainda emocionada com tanta beleza. Assim é a nossa jornada e sábio é aquele que sabe agradecer cada passo dado, ainda que ele tenha sido em falso, porque cada um deles nos trouxe uma lição.
Lindo demais! A musica deve ter sido escolhida com bastante cuidado, porque ficou perfeita! A imagem é linda!
Bom fim de semana! Beijos

25 de novembro de 2011 16:34  
Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

Tão necessário...
Agradecida

25 de novembro de 2011 18:59  
Blogger Rô... disse...

oi meu amigo,

quanta delicadeza,
cada folha caida,
cada passo dado,
cada joelho dobrado
são sinais de uma vida vivida,
que tenhamos sempre muitas folhas para recolher,
e muitas primaveras
para aguardar...

beijinhos

26 de novembro de 2011 03:36  
Blogger M. Catalina disse...

Árabe! Nossa, como sempre, seus textos estão magníficos, fazendo-me pensar em cada palavra.
Fantástico, como você com certeza é!
Estou de volta, acho que nem sentiram minha falta, ha, mas eu espero que você volte a ler alguns textinhos meus. Para mim, sua opinião é muito importante.
Beijos e abraços!
M. Catalina

26 de novembro de 2011 07:44  
Blogger Cidinha disse...

Olá Àrabe. Passando por aqui... bela postagem! O texto é carregado de emoção. Bela reflexção a nos ensinar a percorrer o caminho da nossa vida. Recolhendo as folhas, muito sábio amigo. Adorei estar aqui! Se possivel venha me visitar, ficarei feliz. Grande abraço!

26 de novembro de 2011 10:44  
Blogger Flor da Vida disse...

Posso estar sendo repetitiva, mas falo de alma e coração, ler-te é renovação, me impulsiona a viver, me devolve a fé, me ensina plantar e a colher cada vez melhor...
Deus seja louvado por sua existência anjo querido!

Carinhos de flor pra ti viu?
Beijos de Luz e Paz

26 de novembro de 2011 12:33  
Blogger Magia da Inês disse...

º°❤
Olá, amiga!
Amei o texto.
Boa semana!
Beijinhos. º° ✿
♫° Brasil
·.♪
❤♥

26 de novembro de 2011 22:20  
Blogger TITA disse...

Àrabe,quanta humildade precisamos cultivar...Um abraço.

27 de novembro de 2011 01:48  
Anonymous Cris Fuly disse...

Querido Amigo,

Maravilhosamente expressada está a obra do Criador em tuas palavras. Sábias são as sementes que lanças aqui, neste oásis, a cada nova publicação meu amigo. Aqui achamos, sem dúvida, ensinamentos preciosos que nos fazem meditar em nosso comportamento nesta nova existência.
Permita-me relembrar sublime passagem
"... Dobra os seus joelhos, e recolhe as folhas caídas sobre o chão; enquanto a sua alma recorda a beleza do verde e revive as sensações de paz e alegria que experimentou em cada dia florido.
...
E não é com revolta, que as devereis recolher; pois, se assim fizerdes, a frustração lançará em vossa alma as suas raízes, que findarão por sufocar a delicada planta da paz interior. ..."
Felizes seremos quando com o nosso coração entendermos estas sublimes mensagens deixadas em teu coração pelas mãos do Eterno.
Com profundo respeito e carinho
Cris Fuly

27 de novembro de 2011 04:46  
Blogger helia disse...

Um texto muito interessante, acompanhado por uma imagem muito bonita!

27 de novembro de 2011 07:42  
Blogger ISA disse...

Meu Árabe inspirador

Bela reflexão quase acabar a estação do Outono, é como diz neste texto, no ano, no tempo passa caímos, mas vamos aprendendo a defendermos e saber viver cada dia, que dias melhores virão nesta caminhada da vida e, nos bons dias do desabrochar dessa maravilhosa Primavera, a qual mostra maravilhas as muitas deixamos passar em branco.

Um Abraço amigo

27 de novembro de 2011 11:45  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Árabe

mais um texto que nos dá azo a uma reflexão profunda em muitas das suas passagens.

muito bom.

um beij

27 de novembro de 2011 12:33  
Blogger Mada disse...

Olá Árabe

Gratidão profunda ao Universo por poder recolher as folhas caídas, tendo no coração a alegria das ter desfrutado em todo o seu explorador e a certeza de quando chegar o branco que cobrirá os meu cabelos poderei sorrir pela convicção que tudo vale a pena, especialmente o amor por toda a criação, pois que tudo é VIDA.

Boa semana
Mada :))))

27 de novembro de 2011 15:30  
Blogger ✿ chica disse...

Que coisa mais maravilhosa,Árabe...
E assim, lá vamos nós passando pelos outonos, invernos, esperando que a beleza da primavera fique em nosso coração e nunca seja esquecida.


abração,linda semana!chica

28 de novembro de 2011 06:38  
Blogger São disse...

Rumo a um nono Verão...tens razão: devemos seguir sempre em frente, nem que seja devagar!

Um abraço apertado, meu amigo e mestre

28 de novembro de 2011 07:52  
Blogger 。♥ Smareis ♥。 disse...

Oi Amigo Árabe, Quanta delicadeza no texto, fiquei até emocionada lendo. Seus texto são cheios de sabedoria, não há como não emocionar e refletir lendo seus texto. Destaco essa parte que me faz refletir muito.

Cantai, ao recolher as folhas do vosso caminho, para que leve se torne a carga das vossas experiências.Assim, aprendereis a conviver com o vosso próprio outono. Pois as lembranças do verão manterão aquecido o vosso coração, quando o tempo derramar a sua neve sobre os vossos cabelos.

Obrigada amigo pela leitura.
Um abraço e ótima semana.

28 de novembro de 2011 11:05  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Meu amigo, quem sou eu para comentar um texto tão bom?
É uma delícia ler o que o amigo
escreve.Faço-o muitas vezes várias
vezes, silenciosamente.
Um beijinho

28 de novembro de 2011 12:19  
Blogger O Árabe disse...

Concordamos em gênero, número e grau, Olhos de Mel: é preciso agradecer sempre, e a música e a imagem são lindas. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 04:56  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, ermitã amiga, pela presença. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 04:57  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, Rô... em cada novo dia. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 04:57  
Blogger O Árabe disse...

Você fez falta, sim, Catalina... os amigos sempre fazem! :) E vou voltar a ler seus textos; gosto deles. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 04:58  
Blogger O Árabe disse...

É uma alegria a sua visita, Cidinha... e a retribuirei, sim. Obrigado e volte sempre; o oásis é nosso. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 04:59  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Flor, pela gentileza e amizade. Sempre uma alegria a sua presença. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:00  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Inês; é sempre bom "ver" você. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:01  
Blogger O Árabe disse...

Quanta, Tita... e quanto disto nos esquecemos! Boa semana.

29 de novembro de 2011 05:01  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Cris, pela gentileza e amizade. Que o Eterno continue a plantar as Suas sementes, em nossos corações. Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:03  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Hélia, pela presença e pelo comentário. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:03  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Isa: muitas são as maravilhas que deixamos passar em branco, em nossas primaveras. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:04  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela gentileza e amizade. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:05  
Blogger O Árabe disse...

Bela reflexão, Mada. Obrigado! Boa semana.

29 de novembro de 2011 05:05  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Chica: o nosso coração guardará sempre a beleza da primavera. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:06  
Blogger O Árabe disse...

Mestre, São? Não sei. Amigo, com toda certeza! :) Boa semana, amiga; fica bem.

29 de novembro de 2011 05:07  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado a você, Smareis, pela opinião tão gentil. :) Boa semana!

29 de novembro de 2011 05:07  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Irene. Bom, mesmo, é ter amigos como vocês. :) Boa semana.

29 de novembro de 2011 05:09  
Blogger C Valente disse...

O Outono das nossas vidas
Saudações amigas

29 de novembro de 2011 07:24  
Blogger ONG ALERTA disse...

Ës sábio nas palavras, beijo Lisette.

29 de novembro de 2011 08:36  
Blogger Hana disse...

Como aprendiz, um ser em construção, recolherei com humildade as folha do outono.
Amei este texto, estou feliz por aprender mais e mais, seu espaço é muito rico.
Com carinho
Hana

29 de novembro de 2011 11:42  
Blogger Pensador disse...

Eu não posso queixar-me do outono, para mim a mais bela das estações. E, da mesma maneira, não vejo motivos para queixar-me dos rumos por onde a vida leve. Afinal, termos outonos e invernos pela frente, significa ainda estarmos vivos.
Abraços!

29 de novembro de 2011 11:56  
Blogger Sherazade disse...

Querido Árabe; que essa folhas sejam para guardar as lembranças da nossa caminhada, porque um dia precisaremos delas para saber como passamos pelos nossos caminhos. E que possamos aprender com o que fizemos de errado e suspirar com o certo.
Lindo demais!
Beijos

29 de novembro de 2011 12:24  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Rumo a muitos verões, Árabe!
Sempre buscando a beleza e os detalhes ocultos de cada estação, sempre.
Tô aqui com o rascunho do meu "continho de Natal", amigo. Amanhã, com muita calma, vou postá-lo. Sou lentinha mesmo, tenha paciência comigo, rs rs.
Boa semana e mil beijinhos...

29 de novembro de 2011 13:25  
Blogger Benó disse...

Os nossos desfolhados outonos. O inverno está muito perto e a primavera será de renovação. Não falemos, por agora, em hora de descanso pois a vida está sempre em movimento.

29 de novembro de 2011 14:20  
Blogger Parole disse...

Sempre sábio.Sempre poético.Adoro te ler.

Beijos, Árabe.

29 de novembro de 2011 16:14  
Blogger GarçaReal disse...

O presente é uma dádiva Divina que devemos interiorizar e aproveitar, para que o àmanhã tenha a beleza da vida e o sorriso da primavera.
No entanto, por mais que se queira é impossível apagar o passado,ou simplesmente esquecer mágoas e sofrimentos que marcaram.
A flor que se planta será colhida....Com mais ou menos beleza. Esse o porquê de fazer do presente a beleza do amanhã.

Bom fim de semana

Bjgrande do Lago

1 de dezembro de 2011 08:58  
Blogger Dilberto L. Rosa disse...

Belas palavras, profundos ensinamentos, meu caro: às vezes ficamos presos mais do que deveríamos a algo perdido e não enxergamos as novas conquistas (ou ao menos as possibilidades delas...)! Um abraço e apareça!

1 de dezembro de 2011 11:42  
Blogger Hana disse...

Hoje transbordade de amor fraternal, vim deixar meu carinho, e emanar meu afeto, toda esta energia, que te deixe feliz, mais feliz, mais tudo de belo, ofereço a vc.
Com carinho
Hana

1 de dezembro de 2011 14:35  
Anonymous De... disse...

Caríssimo Árabe...

Texto poético, belíssimo e com profundos ensinamentos.
Outono: tempo de recolhimento, de introspecção, de auto-análise...

A Vida realmente, caminha em ciclos, maiores e menores.
Vamos então, lembrar que em cada dia, todas as Estações se repetem: despertamos com a energia da Primavera, e adormecemos com o Inverno, hibernando enquanto a nova vida se refaz.

Em cada minuto de nosso dia, vivemos e morremos 16 vezes, com o ciclo de nossa respiração.

Outono: mais do que tempo de recordar, é tempo de sedimentar o aprendizado e traçar novos rumos. E então, adormecer... para acordarmos os mesmos, porém outros... diante de uma nova Primavera.

Ótimo fim de semana, viu?(eis mais um ciclo aí)

Beijosss...

2 de dezembro de 2011 10:25  
Blogger Olhos de mel disse...

É Árabe, existem explicações técnicas pra tudo: comportamentos, atitudes, sentimentos, mas para a vida, não. Até porque o Criador, não a deu a ninguém...
Portanto, tudo que escreveu aqui é lindo demais e eu concordo plenamente.
Beijos

2 de dezembro de 2011 15:51  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Carlos Valente. :) Bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:14  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Lisette. Bom fim de semana, amiga! :)

2 de dezembro de 2011 16:15  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Hana, pela gentileza das suas palavras. :) Bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:15  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Pensador! :) E devemos agradecer por essa imensa dádiva. :) Meu abraço, bom fim de semana.

2 de dezembro de 2011 16:16  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, Sherazade. Aprender e suspirar... eis dois motivos para a caminhada. :) Bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:17  
Blogger O Árabe disse...

Certo, Vanuza... vou conferir! :) Bom fim de semana, amiga.

2 de dezembro de 2011 16:18  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Benó: a vida está sempre em movimento. Em todo o Universo. :) Bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:19  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Parole. É sempe uma alegria a sua presença. :) Bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:20  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Garça amiga: construímos no presente a beleza (ou não) do amanhã. :) Bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:21  
Blogger O Árabe disse...

Bem dito, Dilberto: às vezes nos prendemos tanto ao passado, que perdemos as possibilidades do presente. :) Meu abraço, bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:22  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Hana, pelos votos que de coração retribuo. :)

2 de dezembro de 2011 16:23  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, De: a vida caminha em ciclos. Cabe-nos aproveitá-los, para que mais leve se torne a nossa própria caminhada. :) Bom fim de semana!

2 de dezembro de 2011 16:25  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. Bom fim de semana! :)

2 de dezembro de 2011 16:27  
Blogger Fa menor disse...

A folha caída de Outono tem o seu encanto... já foi rebento... e novo rebento brotará em seu lugar.

bjo

19 de dezembro de 2011 03:14  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Fa menor: o tempo a tudo subsitui... alegrias e tristezas. :) Boa semana!

19 de dezembro de 2011 16:16  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky