O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O DIA DOS DIAS



Quando virá o dia dos dias?

Quando o sol se deitará no horizonte pela última vez, aos meus olhos? Quando me será dado envolver-me na colcha da eternidade, e repousar no berço estrelado do Infinito?

Quando, enfim, cessarão as dores e as inquietações? Quando repousarei a minha cabeça sobre o travesseiro da paz, e despirei as vestes com as quais atravesso esta jornada?

Anseio por este dia, eis a verdade. Como o caminhante cansado, que anseia pelo repouso, mas não se pode assentar à beira do caminho, porque dele necessita a caravana.

Como o rio, que segue em frente e fertiliza as suas margens, apesar da erosão do seu leito. Como o vento que continua a soprar e a árvore que precisa oferecer os seus frutos.

Porque não nos pertence o tempo da jornada; e aquele que julga antecipar o seu fim, descobrirá que apenas escolheu o caminho mais difícil e as lágrimas mais amargas.

Até a última gota, é preciso sorver a taça. E o homem a quem hoje desgosta o fel é o mesmo que desfrutou do mel. Como a rosa que pende sobre o solo é o mesmo botão que ontem floresceu.

Aproveitemos, pois, cada um dos nossos dias felizes. Cada um dos nossos momentos de sono tranquilo, cada um dos nossos sorrisos, cada uma das nossas vitórias.

Pois decerto nos encontrará a tristeza; como virão as madrugadas insones. E muitas vezes nos afogaremos em nossas próprias lágrimas, e sofreremos com as nossas derrotas.

Então, desejaremos não haver nascido. E, esquecidos de tudo de bom que a Vida nos trouxe, em altas vozes clamaremos pelo seu final... que a outro início nos levará.

Assim é a Vida. É por isto que a cada dia o sol se ergue do horizonte, e nele mergulha a cada entardecer. A jornada prossegue, por mais que o cansaço nos faça implorar o seu fim.

Porém, um dia será o dia dos dias. E neste dia haverá o silêncio; e o sol não mais fará sentir os seus raios; e o vento não mais despenteará os nossos cabelos.

E virá um descanso sobre o tempo, e passadas se tornarão as nossas inquietações; entretanto, persistirão o céu e o mar, para que um dia os voltemos a encontrar.

Existirá, então, a paz?

50 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Oie Árabe, uma mensagem muito linda!
Essa paz depende do nosso crescimento espiritual, porque precisamos voltar até que tenhamos completado o aprendizado.
Esse dia nada mais é do que a passagem de dimensão e ele terminará uma etapa e iniciará a outra... menos, ou mais leve a depender do que tenhamos traçado ao longo da viagem.
Bom fim de semana! Beijos

7 de outubro de 2011 18:57  
Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; que imagem, heim? Tem tudo a ver com a mensagem, linda! A musica também.
Beijos

7 de outubro de 2011 19:53  
Blogger BlueShell disse...

Quem sabe?
Anseias por esse dia...
O dia em que poremos fim a todas as dores...


Será?

te beijo.
BShell

8 de outubro de 2011 00:22  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel... e o que parece um fim é, na verdade, um recomeço. :) Bom fim de semana!

8 de outubro de 2011 17:47  
Blogger O Árabe disse...

Também adorei a imagem, Olhos de Mel... e essa música é realmente linda! :)

8 de outubro de 2011 17:48  
Blogger O Árabe disse...

A pergunta é essa, Blue Shell: será? Eu acredito que reiniciaremos a jornada, enquanto nos for necessário... e ela inclui as dores. :) Bom fim de semana, amiga!

8 de outubro de 2011 17:52  
Blogger ONG ALERTA disse...

Nosso busca pela sabedoria, beijo Lisette.

8 de outubro de 2011 19:34  
Blogger GarçaReal disse...

Sim, essa paz existe e quando no cais da vida partirmos ela tomará conta de nós.
Há momentos em que desejamos e ansiamos esse dia, outros porém que sentimos temor e não queremos sequer pensar que a tal ultima gota do cálice será tomada e partiremos então.

Terá valido a pena esta passagem terrena?

Bom texto...Meditativo

Bom domingo

Bjgrande do Lago

9 de outubro de 2011 03:03  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

existirá a paz?

todos somos forçados a crer que sim, mas, será?

um beij

9 de outubro de 2011 03:28  
Blogger ♥MáH♥ disse...

Se existirá paz eu não sei com exatidão,nem quando nem como, mas mesmo assim eu prefiro acreditar ainda chegaremos lá!

9 de outubro de 2011 13:03  
Blogger BlueShell disse...

Te abraço, hoje, dia de trabalho...e te desejo tudo de bom, meu aquerido amigo.

9 de outubro de 2011 23:44  
Blogger São disse...

Para seres humanos com a tua sensibilidade, riqueza e sabedoria haverá, sim, paz. E em abubdância.

Bem hajas, meu Amigo!

10 de outubro de 2011 06:26  
Anonymous Irene Alves disse...

Mensagem maravilhosa.
E muita certa amiga.Muito certa.
Vou colocar no meu http://intemporal-
pippas.blogspot.com
Posso?
Se houver inconveniente diga.
Um beijinho
Irene

10 de outubro de 2011 08:26  
Blogger ✿ chica disse...

Esperamos que ela exista de verdade... Enquanto isso, vamos vivendo, dia após dia...abração,linda semana,chica

10 de outubro de 2011 09:27  
Blogger C Valente disse...

Que a boa imagem nos guie
Saudações amigas

10 de outubro de 2011 12:26  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Não tenho mais acreditado em futuros e dias assim. Parece-me que as esperanças morrem com a vivência, como as flores sem jardineiro, como as nuvens sem vento... Será que no dia dos dias estaremos preparados para o grande silêncio?
Linda mensagem! Um beijo!

10 de outubro de 2011 17:42  
Blogger ISA disse...

Meu Caro Amigo

Esse Dia para Todos há-de chegar, uma mensagem que todos haviamos de aceitar e encarar com normalidade e como certa, pois só assim saberemos a Paz que existe no N/ interior.

Um Abraço
Resto de Bom Semana

11 de outubro de 2011 05:31  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Meu irmão árabe, poderá o lado do mal exceder as vezes o do bem, sob a influência dos impulsos do desejo que caracteriza a natureza humana? É quando sabemos que a Justiça Divina pressupõe que os direitos dos filhos de Deus sejam assegurados no dia dos dias... Imperioso se torna que outra vida exista, diferente desta, onde se restabeleçam os direitos das criaturas que o amam.
Um texto reflexivo e um dos mais belos do meu irmão.
Um abraço fraterno, Assalam Aleikum!

11 de outubro de 2011 09:30  
Blogger O Árabe disse...

A busca de todos os dias, Lisette! :) Boa semana.

11 de outubro de 2011 13:46  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Garça... mas sempre vale a pena! :) Boa semana.

11 de outubro de 2011 13:46  
Blogger O Árabe disse...

Esperemos que sim, Piedade... esperemos que sim! :) Boa semana.

11 de outubro de 2011 13:47  
Blogger O Árabe disse...

Eu também, MáH... precisamos acreditar! :) Boa semana.

11 de outubro de 2011 13:48  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Blue Shell! :) Boa semana, amiga!

11 de outubro de 2011 13:48  
Blogger O Árabe disse...

Esperemos que para todos nós, São! Mas obrigado, amiga, pelas gentis palavras. Boa semana, fica bem! :)

11 de outubro de 2011 13:49  
Blogger O Árabe disse...

Claro, Irene. Agradeço, amiga, a gentileza e a divulgação. :) Boa semana!

11 de outubro de 2011 13:50  
Blogger O Árabe disse...

Vamos, sim, Chica... um de cada vez! :) Boa semana.

11 de outubro de 2011 13:50  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, Carlos Valente! :) Meu abraço, amigo; boa semana.

11 de outubro de 2011 13:51  
Blogger O Árabe disse...

Precisaremos estar, Claudinha... precisaremos estar! :) Boa semana.

11 de outubro de 2011 13:52  
Blogger O Árabe disse...

E esta descoberta, Isa, nos é extremamente necessária. :) Boa semana!

11 de outubro de 2011 13:52  
Blogger O Árabe disse...

Grato, irmão Antonio Lidio; pela gentileza das palavras, e pelo belo comentário! Meu abraço, boa semana.

11 de outubro de 2011 13:53  
Blogger ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

Quando este dia
chegar,
penso que saberemos...

Peço apenas a vida,
que não me deixe
saudades das coisas
que não vivi...

Que a luz da vida
esteja sempre em teu olhar.

11 de outubro de 2011 14:08  
Blogger AFRICA EM POESIA disse...

Amigo

Vim ...O meu o poema
é o meu grito de desigualdade. Eu sei que quem tem pouco consegue dividir muito mais que aquele que tem muito.
uma reflexão. Não apenas umas letras por outras letras.
um beijo e gosto muito de ti porque sei que entendes a minha mensagem
Passa no meu blogue...NOVA POSTAGM...
beijos

11 de outubro de 2011 15:47  
Blogger parole disse...

Morrer é um fato, querido, mas é sempre tão triste ... mas penso também que é o único jeito de ter paz. Profundo o texto!

Beijos

11 de outubro de 2011 18:01  
Blogger Magia da Inês disse...

Querida amigo,

Passei para desejar:
FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!!!

Beijinhos.
Minas ˚。♥♥
♥ •˚。
°° 。♥。
●/ ♥•˚。˚

12 de outubro de 2011 07:45  
Blogger 。♥ Smareis ♥。 disse...

Oi Amigo Árabe, quanta sabedoria nesse texto, que me leva a meditar bastante.O que conforta nossos corações é que essa paz é prometida, a nós, depois de uma longa jornada nessa vida. Um primor seu post.Um exelente resto de semana cheio de coisas boas. Bjs grande!

12 de outubro de 2011 20:13  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Amigo Árabe,
Não, creio que não existirá a tão sonhada Paz para aquele que não soube se comportar diante do sol e do vento na jornada da vida. Não sei se haverá a outra vida dos espíritos ou do céu, ou do inferno, mas a Paz, essa é uma conquista para poucos, infelizmente.
Belíssimo filosofar!
Uma pacífica semana!Beijos!

13 de outubro de 2011 12:41  
Blogger TITA disse...

Acredito que sim,Árabe.Creio que aquilo que experimentamos hoje é muito pouco diante do que haveremos de viver nesse dia dos dias...Haverá paz,assim o desejamos,não é?Um abraço ermanado no mesmo sentir.

13 de outubro de 2011 16:11  
Anonymous De... disse...

A paz é uma conquista da alma... e somente dela. Mais ainda: a paz é uma decisão da alma.

Mas muito tempo ainda transcorrerá até o momento em que venceremos essa batalha interna.

Essa é a jornada... a jornada que continuará mesmo após "o dia dos dias"... mas que será cada vez mais bela e luminosa, a cada passo que dermos apoiados no cajado do Amor.

Beijos em seu fim de semana, Árabe...

13 de outubro de 2011 20:43  
Blogger Jaqueline Sales disse...

Para o meu deleite, todas às vezes que venho aqui encontro palavras tocantes, profundas e sábias.

BeijUivooooooosssssss

14 de outubro de 2011 11:24  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Aluísio; pela amizade e pelo poético comentário, que valoriza o nosso oásis. :) Meu abraço, amigo; bom fim de semana!

14 de outubro de 2011 11:41  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Lili; e estou passando, sim. :) Bom fim de semana!

14 de outubro de 2011 11:42  
Blogger O Árabe disse...

Talvez nem tão triste, Parole, se apenas o encararmos como um descanso antes do recomeço. ;) Bom fim de semana, fica bem!

14 de outubro de 2011 11:43  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Inês; a cada ano, fica mais difícil me felicitarem por esse dia! :) Bom fim de semana.

14 de outubro de 2011 11:44  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Smareis, e você tem razão: essa esperança nos reanima! :) Bom fim de semana.

14 de outubro de 2011 11:46  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Vanuza; mas precisamos lutar por ela! :) Boa semana, amiga; fica bem.

14 de outubro de 2011 11:47  
Blogger O Árabe disse...

Bem disseste, Tita: assim o desejamos. :) Bom fim de semana!

14 de outubro de 2011 11:50  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, De, e estamos de acordo: a paz é uma decisão da alma. :) Bom fim de semana!

14 de outubro de 2011 11:51  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma alegria a sua presença, Keyla! :) Bom fim de semana, amiga, e obrigado.

14 de outubro de 2011 11:52  
Blogger Fa menor disse...

Que o dia dos dias nos encontre vigilantes, porque não o sabemos, nem a hora.

Beijo

15 de outubro de 2011 10:32  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Fa Menor: nem o dia, e nem a hora. :) Bom fim de semana.

16 de outubro de 2011 18:28  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky