O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

AS MINHAS PALAVRAS

Como o sândalo oferece ao vento o seu perfume, eu vos trago as minhas palavras. E vos alerto para que saibais desfrutar de vossos momentos felizes.

Pois, quando vos buscar a tristeza, são as lembranças alegres que vos confortarão. E, ainda que as lágrimas vos banhem as faces, em vossos lábios bailará um sorriso.


Eis que não podeis vencer o rio do tempo. E as suas águas não trazem apenas o colorido dos peixes, mas também os troncos ocultos que ferem e magoam.


Entretanto, em vós residem a magia e a força do Universo. E se delas souberdes dispor, leve não se tornará o vosso fardo, mas encontrareis a força para transportá-lo.


As minhas palavras vos dirão dos contrastes que existem na natureza e em vós mesmos. Pois não me é dado cantar a canção da liberdade, mas ensinar-vos como ouví-la em vossas almas.


A liberdade não é uma graça, mas uma conquista. E ninguém a conseguirá alcançar, sem antes conhecer a si mesmo; sem aprender a respeitar os seus limites, para que em seu caminho não ofenda a seus irmãos.


Ao sopro da brisa, eu vos falarei do carinho e da ternura; para que reconfortados possais sentir os vossos corações. E quando bramir a tormenta, as minhas palavras vos dirão da força e da coragem, para que a possais superar e prosseguir em vosso caminho.


Pois o tempo, que é o senhor do homem, é também a ferramenta do Universo. E por isto vos traz as alegrias e os sofrimentos, as esperanças e as desilusões. Porque ninguém existe em cujo coração frutifique a boa palavra, sem o calor do sorriso e a chuva fria do pranto.


Acolhei, portanto, as vossas tristezas; como o fazeis às vossas alegrias. E sabei que, se estas vos revigoram as forças, para que em frente possais seguir, aquelas vos ensinam a evitar os tropeços que por terra vos lançariam, retardando a vossa jornada.


Conservai em vós a criança interior, para que possais acalentar os vossos sonhos e desfrutar dos vossos momentos felizes. Sede, porém, como o adulto previdente, que não se amedronta com o escuro da noite, mas a ele opõe a sua lâmpada e segue o seu caminho.


E a cada manhã, quando o calor e a luz do sol se espalharem pelo mundo, recordai que a noite voltará a encontrar-vos. Se assim fizerdes, havereis de cuidar das vossas roupas e economizar o vosso azeite; e não temereis o frio, nem a escuridão.


A escuridão e o frio fazem parte da vossa jornada, e não os podeis evitar. Atentai, entretanto, ao vosso verdadeiro Eu; e o vereis sair fortalecido dos momentos difíceis, enquanto a Fé vos conduzir ao Universo e o Amor guiar os vossos passos.


Eu vos sou grato, pela generosidade com que ouvis as minhas palavras. E, entretanto, peço que não as escutem apenas os vossos ouvidos; porque é de coração que vos falo, e a linguagem do coração não se faz entender, senão por outros corações.


Oferecei-me os vossos corações. Porque eu vos ofereço o maior dos tributos que pode ofertar um coração: os meus sorrisos e as minhas lágrimas, os meus sonhos e as minhas desilusões; as minhas noites insones e as manhãs das minhas esperanças.


Eu vos ofereço a minha alma. Para que se junte às vossas próprias almas e unidos possamos prosseguir a nossa jornada.


Rumo ao Coração do Universo.


46 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Sabe Árabe, ainda não consigo ver direito o que estou escrevendo, porque tenho os olhos marejados de lágrimas.
Lindo demais! São palavrasdo fundo do coração. Em cada parágrafo um coração que pulsa forte cheio de emoção.
"Pois não me é dado cantar a canção da liberdade, mas ensinar-vos como ouví-la em vossas almas!. Simplesmente maravilhoso!
Bom fim de semana! Beijos
Amei a imagem e a musica!

2 de setembro de 2011 18:13  
Blogger Antônio Lídio Gomes disse...

Meu irmão, essa frase por si só já encerra com brilhos todo o texto:

Eu vos ofereço a minha alma. Para que se junte às vossas próprias almas e unidos possamos prosseguir a nossa jornada.
Rumo ao Coração do Universo.

Um abraço deste leitor e amigo, um bom domingo.

4 de setembro de 2011 10:01  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Belo sentimento Árabe, doar-se assim de alma e coração. Que suas palavras atinjam todos os corações. Um beijo!

4 de setembro de 2011 12:15  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um texto muito profundo que toca qualquer alma sensível.

Grata!

uma boa semana.

um beij

5 de setembro de 2011 04:47  
Blogger ✿ chica disse...

Tuas palavras são firmes, encantadoras e de doação...LINDO! abração,chica e ótima semana!

5 de setembro de 2011 06:51  
Blogger São disse...

As tuas palavras são, como sempre, bálsamo e veículo de sabedoria.

Bem hajas pela dádiva que nos fazes aqui, Swami!

5 de setembro de 2011 08:01  
Blogger Parole disse...

Olá, Árabe.

Troquei o endereço do meu blog... é só clicar no meu nome nesse comentário que vc chega até ele, mas ainda não fiz nenhuma postagem... não sei como, mas perdi todos os comentários do meu outro blog, então para evitar problemas maiores resolvi fazer um novo.

Um lindo dia para ti, querido, depois volto para ler e comentar o seu texto.

5 de setembro de 2011 08:22  
Blogger ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

Hoje a minha visita
é para agradecer
suas generosas palavras
sobre a entrevista
que fiz para o
blog da amiga
Sonia Silvino.

Muito obrigado.
As palavras vindas
de fontes puras
como são as suas
nos alimentam a alma,
e valorizam a vida.

Obrigado de coração.

Aluisio Cavalcante Jr.

5 de setembro de 2011 09:59  
Blogger moonlight song disse...

Oi Amigo árabe,
passei só para te desejar uma excelente semana! Fique bem, bj.

5 de setembro de 2011 10:38  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

De coração para coração, é assim que falamos a linguagem dos nossos melhores sentimentos.
Sempre guardo com carinho as suas palavras, meu amigo.
Uma semana de paz...

5 de setembro de 2011 11:24  
Blogger C Valente disse...

saudações amigas

5 de setembro de 2011 11:56  
Blogger Rô... disse...

oi meu querido,

você nos deu uma aula
de como se doar,
de corpo,alma e coração,
fiquei encantada com tanta emoção,

beijinhos

5 de setembro de 2011 17:28  
Blogger Evanir disse...

VIAJAR PELO MUNDO
E TIRAR DESSAS AVENTURAS LIÇÕES
QUE AMPLIAM SUA VISÃO DE FELICIDADE.
OU FAZER UMA VIAGEM DENTRO DE VOCÊ MESMO
VERÁ QUANTO VOCÊ PODE SER FELIZ
COM O AMOR QUE EXISTE DENTRO DE VOCÊ.
E SER FELIZ FAZENDO FELIZ A TODOS AO SEU REDOR.
uMA ABENÇOADA TERÇA FEIRA
PAZ AMOR E LUZ.
BEIJOS O CORAÇÃO.
EVANIR

6 de setembro de 2011 04:22  
Blogger Fa menor disse...

De uma alma grande brotam palavras de luz. Obrigada.
Prossigamos, sim... com sol, com nuvens, vento e chuva... porque tudo faz parte da jornada.

Boa semana, amigo.

6 de setembro de 2011 10:55  
Blogger BlueShell disse...

Todo o texto é uma relíquia: pelas considerações que faz, pelo que nos deixa a pensar...
EXCELENTE!
BJ, meu amigo....
Fica bem e tem um bom dia.

7 de setembro de 2011 00:45  
Blogger ONG ALERTA disse...

Que estas palavras sejam seguidas por todos nós beijo Lisette.

7 de setembro de 2011 08:36  
Blogger Vanessa ੴ disse...

Belíssimo texto, querido amigo.
As palavras são um alento para as almas desérticas, são expressões dos sentimentos que convivem com nossas almas... e quantas vezes tentamos traduzi-los sem sucesso?
Apenas um coração compreende outro coração, sem a necessidade de palavra alguma ou com a necessidade de todas as palavras. Depende da entrega de cada um de nós...

Bom restinho de semana pra você :)
beeijo

P.S.
Estou em falta com você, mas prometo compensar!

7 de setembro de 2011 09:34  
Blogger Pensador disse...

Não apenas a tristeza, mas muitos outros sentimentos ruins podem ser amenizados lembrando-nos de momentos felizes.
Em especial se estes momentos são passados com quem amamos...
E, se sabemos usar a recordação destes bons momentos, encontramos a força que necessitamos para vencermos os obstáculos. Inclusive a nós mesmos.
Abraços, Árabe, bom feriado.

7 de setembro de 2011 09:38  
Anonymous De... disse...

Árabe...

Suavemente, harmoniosamente, eis que você expõe sabiamente, a diversidade como criação divina e a dualidade como caminho de evolução.

Suas palavras, assim como a mágica música, são cascatas de cristais, tilintando em minha alma, rebrilhando em meu coração.

Que as almas se entrelacem...

Minha profunda reverência... sempre!

7 de setembro de 2011 22:16  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Olhos de Mel. E o que pode haver de melhor que ouvir a canção da liberdade em nossa própria alma, não? :) Bom resto de semana.

8 de setembro de 2011 07:35  
Blogger O Árabe disse...

Grande abraço, meu irmão Antonio Lídio. E prossigamos juntos, rumo ao Coração do Universo. :) Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:36  
Blogger O Árabe disse...

Que assim seja, Claudinha! :) Obrigado, bom resto de semana.

8 de setembro de 2011 07:37  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, pela amizade e gentileza. :) Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:37  
Blogger O Árabe disse...

Lindo mesmo, Chica, é contar com a amizade de vocês. :) Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:38  
Blogger O Árabe disse...

Bem hajas, São, por tua gentileza e amizade. :) Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:38  
Blogger O Árabe disse...

Aguardo, então, Parole, as novas postagens. :) Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:39  
Blogger O Árabe disse...

Sabe, amigo Aluísio? Não generosas, mas sinceras. :) Meu abraço, bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:40  
Blogger O Árabe disse...

Sempre um alegria a tua presença, Moonlight Song! :) Bom resto de semana.

8 de setembro de 2011 07:41  
Blogger O Árabe disse...

E com carinho, Vanuza, leio os teus textos e comentários.:) Bom resto de semana, amiga!

8 de setembro de 2011 07:42  
Blogger O Árabe disse...

Meu abraço, amigo Carlos Valente. Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:42  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Rô. Bom resto de semana, amiga! :)

8 de setembro de 2011 07:43  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Evanir, pelo belo conselho! :) Bom resto de semana.

8 de setembro de 2011 07:43  
Blogger O Árabe disse...

Faz, sim, Fa menor... e precisamos seguir em frente. Sempre. :) Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:44  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Blue Shell. Bom resto de semana, amiga; fica bem!

8 de setembro de 2011 07:45  
Blogger O Árabe disse...

Que consigamos, Lisette, seguir o caminho do conhecimento! :) Bom resto de semana.

8 de setembro de 2011 07:45  
Blogger O Árabe disse...

Amigos nunca estão em falta, Vanessa; é sempre uma alegria a sua presença. :) Bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:46  
Blogger O Árabe disse...

Belo comentário, Pensador! De fato, são especiais todos os momentos passados com quem amamos. :) Meu abraço, amigo; bom resto de semana!

8 de setembro de 2011 07:47  
Blogger O Árabe disse...

Grato, De, pela gentileza de suas palavras. :) Boa semana, fica bem!

8 de setembro de 2011 07:48  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois meu amigo, este seu post
é difícil de comentar, de tão
maravilhoso"Eu vos ofereço a minha
alma" depois disso que se pode
dizer?É de uma pessoa com uma
grande sensibilidade e facilidade
de colocar em palavras.
Caminhemos então Rumo ao Coração
do Universo.
Bj

8 de setembro de 2011 12:04  
Blogger MEU DOCE AMOR disse...

Olá Árabe:

Não éassim tão fácil o sorrir banahr os nossos lábios quando choramos.

Por isso me doi tanto o corpo...será dos troncos?sÓ PODE!

A vida é feita de contrastes, como dizes.Mas seriam precisos tantos contrastes?

Beijinho doce esperando por ti:)

8 de setembro de 2011 14:01  
Blogger Parole disse...

"Pois não me é dado cantar a canção da liberdade, mas ensinar-vos como ouví-la em vossas almas."

E você faz isso tão bem, Árabe!Seus textos são magníficos, pois acordam o pensamento e o coração.

Beijo

8 de setembro de 2011 15:32  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Irene. E vc está certa: sigamos o nosso caminho. :) Bom fim de semana!

9 de setembro de 2011 07:25  
Blogger O Árabe disse...

Quem sabe, Doce Amor? Certo é que precisamos de muitos contrastes... e troncos. :) Bom fim de semana!

9 de setembro de 2011 07:26  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Parole, pela gentileza de suas palavras! :) Bom fim de semana.

9 de setembro de 2011 07:27  
Blogger Bela disse...

Caro amigo Árabe,
Suas palavras caíram em meu coração como chuva em solo fértil, porém sedento de água.
Hoje estou passando por um momento de muitos obstáculos a serem superados e de muitas lições a serem aprendidas. Enfrentando de frente o meu caminho pude receber tantos golpes dos troncos ocultos do rio da vida. A busca pela liberdade me é só mais um item a ser conquistado com ardor. É tão difícil realmente se doar ao outro... é tão difícil ser feliz...
É tão difícil agradar a todos que você ama... Mas ainda assim temos que persistir.
Confiarei que o tempo é o senhor do homem e, assim, tem o poder de modificá-lo, mesmo que durante o processo nos venhamos a perder pessoas queridas e momentos de felicidade devido ao momentâneo despreparo do ser.
Um grande abraço,
Isabela.

9 de setembro de 2011 10:06  
Blogger O Árabe disse...

Fico feliz, Bela, se o texto lhe foi útil. :) Dificuldades sempre existirão... para que possamos aprender, ao superá-las. :) Bom fim de semana!

9 de setembro de 2011 20:05  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky