O Árabe

Idéias, sentimentos, emoções. Oásis que nos ajudam a atravessar os trechos desérticos da vida...

terça-feira, 6 de setembro de 2011

AS VOSSAS LEMBRANÇAS


É com o primeiro raio de sol, que nasce o novo dia.


Assim como a noite anuncia a sua chegada com a primeira sombra que se desdobra sobre a terra, e a primeira gota que toca os vossos cabelos faz sentir a presença da chuva.


Nada existe que seja um fim em si mesmo. E o que assim agora vos parece é apenas o prenúncio do recomeço. Como a semente, enterrada no solo, faz brotar a nova planta.


A saudade não é o fim do amor, mas a tentativa de manter vivas as vossas esperanças; e deixará os vossos corações, tão logo um outro amor vos faça viver novos sonhos.


Embora os vossos pés caminhem na realidade, são os sonhos as asas do vosso verdadeiro Eu. E delas necessitais, para que possam as vossas almas conhecer a mansão do amanhã.


Enquanto o vosso corpo está preso no hoje, é no amanhã que vive a vossa essência. Porque o ser infinito que existe em vós foge aos limites do tempo e se encontra no Universo.


É assim que é, desde o início das eras. E já o primeiro homem que andou sobre a terra fitou encantado as estrelas, entre uma saudade imprecisa e a esperança do retorno ao lar.


Em verdade, é da esperança que se nutre a vossa alma. Porque ninguém se disporia a enfrentar uma nova jornada, se em seu coração não acalentasse o sonho de chegar a um futuro melhor.


E, entretanto, insensato é o viajante cujos olhos veem apenas o futuro. Este rouba a si mesmo os encantos da viagem; as flores e as paisagens que encontra e abandona no caminho.


Pois o obcecado pela cachoeira ouve apenas o seu estrondo distante; não desfruta a musica suave do rio, nem o frescor das suas águas, nem o colorido dos peixes que o adornam.


Um dia, cada homem chegará ao fim do seu caminho. Aquele que abriga essa certeza saberá deleitar-se com cada momento feliz que lhe oferece a jornada e aprender com as suas dificuldades.


Pois tudo se perderá nas curvas do tempo; das alegrias e dos sofrimentos, apenas recordações ficarão. E estas constituirão a vossa bagagem; a carga que levareis pela Vida.


Em verdade, não podeis evitar os acontecimentos que o destino coloca em vosso caminho; mas decerto vos cabe escolher as lembranças que convosco guardareis.


Podeis, portanto, escolher entre as más e as boas lembranças; entre as pedras e as flores. Alijai de vós o peso das pedras, para guardar apenas a suavidade e a beleza das flores.


E perfumado se tornará o vosso caminho.


48 Comentários:

Blogger Olhos de mel disse...

Querido àrabe; quecoisa mais linda! A saudade é a falta de quem amamos, é a vontade de ter e não poder... Mas sonhos fazem com que renovemos as esperanças..
Lindo, Árabe!
Linda musica e linda imagem!
Bom fim de semana! Beijos

9 de setembro de 2011 18:17  
Blogger GarçaReal disse...

A caminhada é longa e por vezes difícil.

É certo que devíamos unicamente levar na bagagem as belas saudades, os belos momentos e beleza da vida.

No entanto por mais que queiramos isso não é possível, pois coisas há que caminham a nosso lado e não são boas saudades nem recordações.

Mas concordo que devemos pois fazer uma tentativa para realçar o lado positivo da vida.

Bom fim de semana

bjgrande do Lago

10 de setembro de 2011 03:27  
Blogger ISA disse...

Meu Caro Amigo

Belo texto, palavras agradáveis, mas sabemos que o percurso terá "espinhos" e para o suavizar apreciemos e desfrutemos dos pequenos momentos de lazer dos belas recordações que a vida nos proporciona.

Abraço amigo
Bom Fim-de-Semana

10 de setembro de 2011 15:13  
Blogger Claudinha ੴ disse...

Olá Árabe!

Os sentimentos , as lembranças vinculam-se às nossas experiências, ao que temos em mãos para analisar e viver. Tudo é aprendizado... Um beijo, lindas palavras!

11 de setembro de 2011 06:51  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um texto como sempre muito bem escrito, e esta frase achei-a muito bonita

"Um dia, cada homem chegará ao fim do seu caminho"

boa semana e um

beij

11 de setembro de 2011 10:16  
Blogger Ana Carla disse...

Em resumo: fazer dos limões, limonada! Bom domingo!

11 de setembro de 2011 10:25  
Blogger TITA disse...

Grande verdade,nesta nossa passagem...teçamos de beleza cada dia.Um abraço e boa semana.

11 de setembro de 2011 23:52  
Blogger ✿ chica disse...

Isso é sabedoria pura...Escolher o que vamos carregar na nossa "mochila"""... Lindo! Adoro te ler! abração,até segunda!chica

12 de setembro de 2011 08:15  
Blogger São disse...

A saudade é tão indefinível, tão pessoal, tão própria...

Um abraço enorme, meu amigo querido

12 de setembro de 2011 08:42  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Sim escolher entre as boas e
as más lembranças - pode ser
a nossa escolha.Ao longo da
n/caminhada há um pouco de tudo.
Beijo e boa semana.

12 de setembro de 2011 09:19  
Blogger 。♥ Smareis ♥。 disse...

Querido amigo, que lindo esse texto e me faz refletir bastante. Os sonhos sempre estão nos acalentando pra que podemos seguir em frente.A saudade é um dos tempero do nosso viver.Gosto da suavidade e a beleza das flores, ela sempre perfuma meu caminho nas horas mais difícil. Beijo grande, e ótimo começo de semana!
Smareis

12 de setembro de 2011 11:16  
Blogger mundo azul disse...

______________________________

...temos o livre arbítrio...Pena que por vezes, a ilusão parece tão brilhante que nos cega...

Obrigada, querido amigo! Suas palavras são sempre muito bem vindas em meu coração...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

_____________________________

12 de setembro de 2011 11:17  
Blogger Vanuza Pantaleão disse...

Há lembranças e "lembranças", eu penso assim. As primeiras nos fazem reviver momentos agradáveis, mas as outras nos angustiam.
Mas quer saber, amigo? Atualmente, penso que ambas se complementam e são válidas para o equilíbrio da nossa existência.
Beijão!!!

12 de setembro de 2011 14:19  
Blogger AFRICA EM POESIA disse...

Só hoje vim aqui.
Não por "desleixo" mas porque a nossa amiga blogueira Lindalva veio do Brasil e foi um prazer recebê-la e estarmos juntas.

hoje tranquilamente
sento deixo um beijo e poesia...


OLHAR


Olhar doce...
Dá segurança...
Olhar meigo...
Ajuda a superar...
A vida...
A tristeza...
A solidão...
Mas...
Ao ver os olhos...
De verdade...
E de Amor...
Sentimos...
Que os olhos...
São mesmo...
O espelho da alma...

LILI LARANJO

12 de setembro de 2011 16:48  
Blogger luz efemera disse...

Seguirei o seu sábio conselho...

Abraço

Adorei o seu blogue. Parabéns!

13 de setembro de 2011 04:55  
Blogger Fa menor disse...

Como "a esperança é o sonho do homem acordado" (Aristóteles)
assim as boas lembranças nos ajudam a caminhar.

Boa semana, amigo!

13 de setembro de 2011 06:27  
Blogger Daniel disse...

Arabe, gostaria que fosse fácil assimilar tudo isso. Mas me conforta saber que se fosse fácil eu não estaria aqui tentando e tentando e tentando...

Daniel

13 de setembro de 2011 11:40  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Olhos de Mel: os sonhos nos renovam as esperanças. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:27  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Garça amiga! É preciso, sim, realçar o que de positivo encontramos em cada dia! :) Boa semana.

13 de setembro de 2011 13:29  
Blogger O Árabe disse...

Certíssimo, Isa: são as pétalas que fazem valer os espinhos. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:29  
Blogger O Árabe disse...

Belo resumo, Claudinha: tudo é aprendizado! :) Boa semana.

13 de setembro de 2011 13:30  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Piedade. Cuidemos, pois, de aproveitar a caminhada. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:31  
Blogger O Árabe disse...

Isso, Ana Carla; em resumo. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:31  
Blogger O Árabe disse...

Assim façamos, Tita... e tornaremos melhor a vida. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:32  
Blogger O Árabe disse...

Obrigado, Chica... e tenho certeza que você sabe fazer essa escolha. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:32  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, São: própria... e extremamente valiosa ao aprendizado. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:33  
Blogger O Árabe disse...

Um pouco de tudo, sim, Irene.. e nos cabe escolher o que levaremos conosco. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:34  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Smareis... e a caminhada se torna menos áspera, quando aprendemos a perfumar o nosso caminho. :) Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:35  
Blogger O Árabe disse...

Assim como a sua presença em nosso oásis, Zélia... sempre uma grande alegria! :) Boa semana.

13 de setembro de 2011 13:37  
Blogger O Árabe disse...

E são, Vanuza... e são! :) Boa semana, amiga.

13 de setembro de 2011 13:39  
Blogger O Árabe disse...

É sempre uma grande alegria, Lili, quando podemos receber os nossos amigos. :) Volte sempre, o oásis é nosso. Boa semana!

13 de setembro de 2011 13:40  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Luz. Volte sempre; o oásis é nosso! :) Boa semana.

13 de setembro de 2011 13:41  
Blogger Dona Sra. Urtigão disse...

:-))

13 de setembro de 2011 13:42  
Blogger O Árabe disse...

Boa comparação, Fa menor. Assim é, de fato! :) Boa semana, amiga.

13 de setembro de 2011 13:44  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, Daniel. E um dia conseguiremos! :) Meu abraço, boa semana.

13 de setembro de 2011 13:44  
Blogger O Árabe disse...

Sempre uma grande alegria a sua presença, ermitã amiga! :) Boa semana, fica bem!

13 de setembro de 2011 13:47  
Anonymous Lua Nova disse...

Acho que a vida é feita de escolhas e essa responsabilidade é apenas nossa, nem da sorte, nem do destino. O conforto da viagem depende também da bagagem que carregamos. Eu prefiro uma bagagem mais leve feita de lembranças felizes e memórias doces.
Um texto impecável, inteligente e escrito de forma encantadora.
Beijokas.

13 de setembro de 2011 16:18  
Blogger Vieira Calado disse...

Olá, meu caro!

Os seus textos têm sempre qualquer coisa de encantatório,
que muito aprecio!

Um forte abraço

13 de setembro de 2011 17:15  
Blogger Pensador disse...

Como dizia a antiga marcha de carnaval, recordar é viver.
O importante é não fazer das recordações a nossa vida...
Abraços!

14 de setembro de 2011 11:31  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

:)

beij

15 de setembro de 2011 00:31  
Blogger O Árabe disse...

Eu também, Lua Nova... eu também! :) Grato pela gentileza, bom fim de semana.

16 de setembro de 2011 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Grato, mestre e amigo Vieira Calado! :) Meu abraço, bom fim de semana.

16 de setembro de 2011 11:56  
Blogger O Árabe disse...

Muito bem dito, Pensador... pois não podemos esquecer de viver a vida! :) Meu abraço, bom fim de semana.

16 de setembro de 2011 11:57  
Blogger O Árabe disse...

Grato, Piedade, e bom fim de semana!

16 de setembro de 2011 11:58  
Anonymous De... disse...

O Universo é ilimitado... o Criador é ilimitado... nós somos ilimitados.

O fim de um caminho é tão somente o início de outro.

Beijo grande, Árabe!

16 de setembro de 2011 19:21  
Blogger Olhos de mel disse...

Querido Árabe; creio que apenas as nossas lembranças são ilimitadas e permeiam por espeços inimagináveis. Porque os nossos limites vão até onde começa o espaço do outro.
Beijos

17 de setembro de 2011 05:44  
Blogger O Árabe disse...

Assim é, De... o aparente fim é sempre um recomeço. :) Boa semana!

19 de setembro de 2011 05:11  
Blogger O Árabe disse...

É uma boa colocação, Olhos de Mel: cada um tem o seu próprio espaço, e é preciso sempre respeitar o espaço alheio. :) Boa semana!

19 de setembro de 2011 05:13  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics Clicky